Poema de Mulher Negra

Cerca de 4 poema de Mulher Negra

Negra ou parda? - Sou negra. Não! Você é moreninha! - Então onde está a opção moreninha? Ah! Não tem! Então você é parda! - Não sou parda! Sou negra. Você que sabe... Não sou racista nem nada, mas só porque o seu cabelo é crespo e sua pele é moreninha, não quer dizer que você é negra. - Então o que seria negra para você?
Sou negra e pronto e acabou.
Preenche por favor aí na ficha, que ser negra para mim não é ofensa, para você tchau e bença. Me amo do jeito mulher negra que sou!
Moreninha fica para você que com certeza não aceita a cor linda que a natureza lhe pintou!

Thayná Andrade Silva Barreto

Meu pai era um rapaz branco, minha mãe era uma mulher negra e eu fiquei entre. Como você sabe eu não sou nada eu só tenho Deus.

Bob Marley

Sou negra e não tenho um dia... tenho uma vida uma história uma cultura um valor um sonho. Consciência? mas o que é isso mesmo? Prefiro a inconsciência dos desejos, dos ébrios, dos loucos e dos apaixonados. Meu dia são todos os dias. De consciente mesmo só a minha negritude claramente estampada na retina do branco-branco.
(Poema composto para a peça teatral VAGABUNDOS, Teatro do Sesc, Fortaleza- CE, a pedido do meu genial e predileto ator Getúlio Cavalcante, em 27/03/2014, 14:58)

hildalene

Sonhei em ter ao meu lado uma mulher negra. Aí descobri que são inteligentes. Nenhuma pretendente.

Poeta Dantas