Poema Concreto a Chuva e o Vento

Cerca de 264 poema Concreto a Chuva e o Vento

Título:
Amar é ....

Amar é enfrentar o mundo... as distâncias ...a chuva..o vento, o sol... as tempestades.

Amar é ...enfrentar as diferenças...as tradições ..as religiões...as discriminações....para estar e ficar ao lado de quem nos ama e a quem amamos tambem!!
Amar é.....simplesmente amar e ser feliz !
è isso ...simples e real, basta querer , lutar e amar !
Autor:
Gilberto Braga

Gilberto Braga, cerimonialista, celebrante de caasamentos,locutor..

Hoje eu acordei assim no meio da chuva no meio do frio no meio
Do vento
Deixei minha cama vazia para encarar São Paulo
Passei minha manha sem escuta um canto de um pássaro
Não vir o brilho do sol não senti o aroma da mata
Não vi o desabrochar das flores
Não ouvir o lati dos cachorros
Não ouvir as crianças a brincar

Anoiteceu a lua desceu, mas ela não apareceu por quê?
No meio da chuva são Paulo não deixa a lua dançar
O sol cantar os pássaros assobiar
Os cachorros passear
As crianças brincar
Isso é vida sem luar?

Na minha terra do lado de lá
Os pássaros cantam
O sol se levanta
A lua convida os amigos na praça a senta-se a ela admirar
Os casais a namorar
A serenata tocar

Vou dormi
Quem sabe amanha vou sorrir?
Quem sabe amanha o sol vai brilhar?
Quem sabe os pássaros vão cantar?
Quem sabe as flores vão se abrir?
Quem sabe pela noite a lua me convida
Com ela a senta-me?
Com ela conversar?

Quem sabe?

Tinho

Chove chove
Que até da pra ouvir
O barulho do vento
E a chuva cair
Chove chove
Já faz algum tempo
E ta na hora
De sonhar e dormir
Chove chove
Há cada momento
A chuva que dança
Do lado de fora
Chove chove
Deixando lembranças
Antes de ir embora

Marcus Patrick Pens

Quando criança
Tinha medo da chuva
E não temia o vento
Que espalhava os cabelos

E onde morava
Corria de braços abertos
Para poder voar
E voava e voava

Iris Borges

"E bem que viu o bem-te-vi
A sabiá sabia já
A lua só olhou pro sol
A chuva abençoou
O vento diz "ele é feliz"
A águia quis saber
Por que, por que, por qual será..."

Natércia Rocha

Tão calmo como a chuva
Tão leve como o vento
Eu caminho pela rua
Na intensidade do momento
Do outro lado da cidade
Depois do muro
Tem mais alguém a procura de felicidade
Que caminha no escuro

Marcus Patrick P.

A brisa acaricia-me o rosto..
e percorre o meu corpo!
O vento geme de dor!
A chuva derrama as lágrimas..
de prazer e amor.!
E nós somos dois em um só corpo...
como a brisa,o vento e a chuva....
juntas são a tempestade da paixão!!
somos feitos na dor,no amor e no prazer.!

isabelRibeiroFonseca

A chuva pode ser calma
Assim como o vento é intenso
O mar pode ser profundo
Assim como deserto é imenso
O horizonte pode ser distante
Assim como o céu é infinito
Mas no coração de quem sonha
Só uma existência não é o bastante
Eu quero viver muito mais que uma vida
Nessa mesma vida

Marcus Patrick Pens

A lua brilhar
O vento refresca
As estrelas confessão que você é perfeita
O barulho da chuva entre raios e trovões,servem para trazer inspirações

A os galhos secos que caí das árvores
Das manhãs frias,das tardes quentes,
das noites belas...
me fazem lembrar você!
Um carinho a tantos sorrisos,
a tantos beijos e abraços apertados

Entre o sol e a terra
Entre a lua e o mar
me fazem sonhar..

Yohan Nambar

Poeta não é só aquele que escreve poesia
Poeta faz da chuva, do vento
Da tristeza da alegria
Da noite e do dia
Uma eterna poesia

Marcus Patrick Pens

Ao lado do vento caminha a chuva
Dois amigos passeando pela rua
Naquela tarde de inverno
Nesse dia cinzento
Passeia a chuva e o vento

Marcus Patrick Pens

Ele passou a tarde lendo 'A Sombra do Vento'
E na rua chovia com gosto,
gosto de chuva e cheiro de terra molhada
Ao lado um copo de café, seu camarada
Ele passou a tarde lendo um bom livro
Quem diria...
Seu melhor amigo!

Marcus Patrick Pens

A chuva desce do céu,
encontra seu amigo para conversar
O vento frio
Quando a lagrima escorre do rosto pergunta ao tempo, porque ele demora tanto pra passar
E preencher esse vazio

Marcus Patrick Pens

As tristezas deixo o vento levar
E que a chuva da felicidade venha me molhar
E quando a tempestade chegar
Vou pintar um céu com estrelas e com a lua que me faz sonhar
Escurecer o tempo de sofrimento e dor
E clarear meu céu de Amor
Dsenhar o sol a nascer e deixar de paz meu coração aquecer
Esquecer do mundo lá fora, desperdicar horas com o que é bom
Deespertar como a flor
Descansar no teu ninho
Me faz sentir como passarinho
Pra pousar no teu corpo
E que eu seja a tua chuva, a tua lua, o teu sol, o teu céu
Que eu seja da maneira que você me quer.

Joyce Amanajás

Chuva fina que cai, vento frio que vem...
Mas eu estou tão inteira
em minha total alegria
que o cenário que pinto
é de um poema ao sol

Sou eu sorrindo pra vida,
a vida sorrindo pra mim
É minha alma em festa,
que contempla e contempla
a sinfonia vagueante
_ de chuva mais frio _
trepidante e barulhenta,
mas chã, deixando a todo vapor
minha vida alagada
de esperanças e de amanhãs.

Rosemary Chaia

Que o nosso lar seja um ninho de amor..
de respeito e confiança.!
A chuva e o vento sejam a nossa esperança...
O cheiro do perfume das flores seja o nosso viver.!
Os grãos de areia sejam como os passos da nossa vida.!
Que nunca tenhamos medo de voar bem alto.!
Que as gotas do orvalho sejam a nossa brisa ao amanhecer.!
O nosso amor seja o canto da nossa canção.....
ao ouvir as ondas do mar.!
Os filhos são como as flores na nossa vida.....
eles são a benção de Deus!!

isabelRibeiroFonseca

As vezes ouço vento passar e a chuva cair,
da janela do meu quarto, pensando em você...
O que eu faço pra te conquistar ? sabe...
já de ter te conhecido a minha vida já valeu...
não sei explicar o que eu sinto quando estou ao teu lado,
não sei se te mereço, mais quero você pertinho de mim,
queria olhar nos teus olhos, beijar tua boca, é te fazer feliz.

PaulloRobert

A vida é como o vento que balança as árvores
É como a chuva caindo sobre a terra seca.
A vida é um segundo antes que ele se acabe
É a luz do dia, o brilho de um cometa.

A vida é um sorriso que às vezes chora
É alegria e tristeza ao mesmo tempo
A vida é assim como a água que evapora
É o balanço suave do pequeno catavento.

A vida é como um vasto e desconhecido oceano
Com suas marés, tempestades e calmarias
A vida é o medo de amar, mesmo amando
É o direito de experimentar a alegria.

A vida é como o por do sol deslumbrante
É como as nuvens que passam sem direção
A vida é um sonho sincero e apaixonante
É o refrão de uma linda canção.

A vida é um ato de amor
Uma poesia, um beijo
A vida é o tempo que ainda não passou
É um grande segredo.

José Rodrigues A. Filho

TUDO É POESIA



O sorrir o chorar a dor de amar
A chuva o sol o vento que vem do mar
O homem que desperta para trabalhar a terra
Que aprendeu a amar
Para comer o pão no suor de cada manhã
Tudo é poesia

Tudo inspira-nos magia
O simples transpirar o ar do respirar
A magia do olhar andar e falar
Tudo é poesia que a cada dia
Faz da vida uma inspiração Divina
Que tudo domina orienta e ilumina

Se Deus é poeta
O mundo é uma poesia
Uma melodia cantada e vivida
Amada e querida
Num amor Divino para toda vida

Lyster da Cruz

Vontade de correr
Na chuva,
No vento
No mar...
Agarrar flores
Tocar saudades
Cantar lembranças
Plantar Sorrisos
Colher felicidades
Podar tristezas
Multiplicar loucuras
Descrever sonhos
Fazer vontades...

Leônia Teixeira