Pingos de Chuva

Cerca de 3178 frases e pensamentos: Pingos de Chuva

Que as gotas da chuva de hoje possam lavar
os pensamentos ruins e alegrar os olhos.

Edson Rufo

E eu estou de pé. Depois de uma virada em minha vida quem sabe, depois de uma chuva forte que caiu durante uns dois ou três anos. Aprendizados que agora caem em minhas mãos, como se fossem os pingos que ficaram no telhado, arrependimentos que batem em minha porta pedindo pra que eu os enxugue, vozes que me dizem uma mesma coisa o tempo todo como uma goteira caindo e fazendo o mesmo som. Coisas momentâneas. Coisas que vão passar quando eu ver o sol nascer amanhã. Minha previsão do tempo particular me diz que ainda vão vir algumas chuvas de verão, daquelas que logo passam... Mas nada que possa derrubar o abrigo que eu fiz essa noite. Um abrigo com o telhado e as portas de amor próprio, com janelas que são à prova de barulhos que possam me fazer querer sair lá fora, e com paredes que não deixam se quer o cheiro da chuva entrar. Mas sempre existe aquela frestinha como dizem, e se algum vestígio dessa chuva entrar... E não conseguir me conter com a vontade de sair lá fora, peço que me segurem. Não quero me molhar, eu sei que não vale a pena, não por essa chuva!

AmandaB.

E agora?
A chuva veio linda e mansa...
Sai la fora e me molhei nela...
Peço desculpas aos invejosos...mas agora vou florir

Lili cunha

‎" Viver não é esperar a tempestade passar... é aprender como dançar na chuva."

Mudanças.

Sacanagem não é chuva no feriado.
Sacanagem é feriado no sábado ou domingo!

Juliana Schaffelen

Não apresse a chuva,
Ela tem seu tempo de cair
E saciar a sede da terra;

Não apresse o por do sol,
Ele tem seu tempo de anunciar
O anoitecer até seu último raio;

Não apresse a sua alegria,
Ela tem seu tempo para aprender
Com a sua tristeza;

Não apresse seu silêncio,
Ele tem seu tempo de paz
Após o barulho cessar;

Não apresse seu amor,
Ele tem seu tempo de semear
Mesmo nos solos mais áridos Do seu coração;

Não apresse sua raiva,
Ela tem seu tempo para
Abrir-se nas águas mansas
Da sua consciência;

Não apresse o outro,
Pois ele tem seu tempo
Para florescer aos olhos
Do criador;

Não apresse a si mesmo,
Pois precisa de tempo
Para sentir a sua própria
Evolução.

Desconheço o autor...

Quando a chuva passar, quando o tempo abrir, abra a janela e veja: Eu sou o SOL...

IVETE SANGALO

Qual folha que vaga
sem rumo e sem vida
no espaço perdida
sou eu vagar!
Qual chuva crescendo nos olhos do tempo
nos mares crescendo
nos olhos do tempo
sou eu chorar!
qual sombra da noite
de um céu nevoento
que canta a tristeza
sou eu cantar!
Igualmente o que vai
aos pés do infinito
Gritando...gritando..
sou eu esse grito!
Eu sou o consumo
de um sol sem calor
enfim sou resumo
do riso e da dor
eu colho a tristeza
em forma de flor
na paz da certeza
onde canta o AMOR!

Roberto Carlos

A chuva e o telhado, eu sem você!

Estou ouvindo a chuva bater no telhado, sentindo o telhado, a chuva bater, a chuva cair, a lágrima rolar, tristeza, a tristeza chegar, veio mais uma vez, veio outra vez.
Veio me roubar, veio me conturbar, vem como um ladrão vem me roubar, mas você, você nunca vem, como a chuva que sempre volta, eu nunca vejo você voltar!
Feliz é o telhado que sempre espera a chuva, e a chuva é a sua única alegria, a alegria que o telhado vem a sentir, mas eu não consigo sentir você, sem você não tenho ninguém.
Vem ser minha chuva, ser minha única esperança, vem, deixa eu te sentir não seja ruim, seja como a chuva que sempre volta e sempre dá á esperança voltar.
Tempestade de saudade, nem sei mais como seu rosto está, meu desgosto é que vem te mostrar, entra fica dentro de mim, tira sim o meu medo, ser o seu tanto de pena de mim.
Já perdi o medo, perdi a noção do perigo, sem você já até consigo viver por viver, só vivo por você, meu coração bate sem te ter.
Acabou a chuva, vou esperar outra chuva, mas você eu não devo esperar, você não vai voltar, mas a chuva vai o telhado alegrar, ela vai o telhado alegrar!
Ela não vai mais voltar, você não vai me chamar, mas eu vou chorar e ela vai voltar, a chuva vai voltar, o telhado vai se alegrar, eu vou ter minha lágrima rolar.
O romance entre você e eu já terminou, já acabou nosso amor, eu vou embora, pois acabou nosso amor, você me deixou, eu já me vou.
Como devo acreditar, como vou suportar, você tem que me ajudar, eu preciso me aceitar, preciso te deixar, tenho que acreditar.
Feliz é o telhado que espera a chuva voltar, ela vai voltar, ela sempre volta, você nunca volta, ela deixa esperança, você nunca deixa nada.
Não sei, só sei falar de nós dois, só sei que depois que você se foi, não sei mais o que foi, que eu acreditei, eu acreditei na sua volta e na volta da chuva, mas a chuva voltou, você não.
Essa tortura, ela dura, pendura e não tem cura se você não vem, se você voltar, vou curar.
O coração tristonho, cheio de sonho, vai sorrir e se encontrar, não vai mais a lágrima rolar.
Sinto saudades de você, meu fim ainda não teve fim, todo dia meu sofrimento começa de novo, toda vez você vem me atormentar com a lembrança de quando eu sabia pensar.
Não sei mais pois, só penso em nós dois, me lembra de seu cheiro, sua voz e a suave brisa da chuva fina á molhar nosso rosto ao luar, sim nós dois ao luar.
Eu pensei que nunca ia te perder, esperei o amanhecer, só depois percebi que tava sem o meu querer, não tinha como segurar, você deslizou como chuva desliza no telhado.
Se o telhado fica feliz de ver ela, a chuva deslizar e fugir, estou triste de não ter você aqui, e não sei onde está você, mas a chuva está pra cair.
As lembranças de nós dois, recordações de um tempo que se foi, saudade do amor que esteve comigo, e agora não espero porque não vem.
Sem medo, mas com receio me acordei, me deparei com a ausência de você, saudade sabor de desejo, sentido do meu meio ficar só, sem sua metade, mas com saudade.
Não vou mais falar de você, me deixou aqui, se soltou de mim, resvalou minha vida no abismo, que sem saber por um trisco, consegui me salvar, mas voltei á arriscar.
Feliz ta o telhado que sem ter risco, nem arisco precisa ficar, já que a chuva quando vem se divide com a sua metade, e o coitado sempre pensa, com a melhor parte ficar.

Paulo Master

DEPOIS
Depois da tempestade, a bonança. Depois da chuva, o sol. Depois do inverno, a primavera.
É bom acreditar e esperar um depois que há de vir carregado de esperanças. Um amanhã que se espera mesmo por toda a vida.
Acreditar que a tormenta passará. Que se abrirá um céu azul cheio de paz... Acreditar que após uma noite escura de vigílias, há de nascer um dia lindo, brilhante e promissor.
Depois da lágrima chorada na despedida, o regresso há de colorir de sorrisos a saudade.
Depois da briga, a reconciliação. Depois do ódio, o perdão. Depois da batalha perdida, uma nova luta. Depois da queda, um novo passo. Depois do barulho, o silêncio.
Acreditar num depois faz o homem caminhar. Mesmo cansado, mesmo desiludido. Grande é o homem que não se deixa abater pelas tormentas do dia. Feliz o homem que acredita, mesmo decepcionado.
Uns caminham machucando e outros machucados. Em meio a tanta mentira, há os que acreditam. Em meio a tanta covardia, há os que enfrentam as derrotas sem esmorecimento. Depois dos campos queimados, a volta do verde.
Nas árvores despidas, a nova folhagem e o matriz das flores. Tudo se renova quando se acredita no caminho, no objetivo e naquilo que se propõe a fazer. O melhor depois, é quando se tem a consciência de um dever cumprido com responsabilidade e amor.

Colaboração enviada por: Ana Cintia Souza Gomes

enviada por Ana Cintia Souza Gomes

Uma lágrima
Mistura-se a água da chuva.
Mais uma vez a distância venceu...
E tua ausência é sentida. ( Red Rose )

Moon Red Rose Red...

Siberianos

Comumente à todos os dias de chuva, as gotas fizeram lembrar-me de você.
As mesmas gotas de chuva lavaram os basculhantes de minh'alma, e também aquela janela do segundo andar, por onde queria admirar a paisagem certa vez. E as nuvens afastavam-se cada vez mais do meu teto negro, lentamente...levando a frente fria que tanto me deprimia.
O sol novamente tornou a brilhar em minha vida, de uma forma diferente desta vez, como jamais pensei em experimentar. Um crepúsculo radiante, parecia Sol da meia noite de um verão no Alasca, onde só ameaçava a ir embora - logo pensei, que tal fato poderia concretizar-se em nossas vidas. Lembrei da vez que te disse para não sumir.
Me aproximei desnudo da janela, e naquele instante consegui limpar minha mente, focando-a em sua pessoa, como havia aprendido a fazer, sempre que as antigas canções tocavam ao meu ouvido.
Não consegui enxergar nada, nem uma vizinha simpática sequer. Olhei pra trás, procurando outras saídas - corredores longos - parecia um labirinto: Estávamos eu e a janela estreita.
Se estava quase nu? Ah, sim! Procurei purificar-me - feito água destilada - de qualquer sentimento duvidoso ou incerto e, por isso, não sobrou quase nada. Despir-me de tudo que estava acumulado fazia anos, me deixou vulnerável. Tremendo de frio, mesmo sob o Sol, avistei uma lembrança na fresta da janela e abri as cortinas imediatamente. Eu precisava de um casaco, um novo escudo. Estava a fim de de terminar a faxina em algumas emoções repentinas inúteis e sair a andar de trenó, puxado por Siberianos. Continuar sentindo um pouco de frio, mas sabendo que estava protegido, por ter resgatado sua presença dentro de meu coração. Com um pouco de tempo eu sei que estarei bem mais quente e até os siberianos vão sentir o calor e saberão a hora em que devem estacionar o trenó, no mesmo endereço - uma casa simples - mas com novos sentimentos: certos e sinceros; capazes de aquecer um coração congelado.
Sem chuva, sem nuvens... o frio do Alasca.

Jonathan Messias de Freitas

Patéticos... Comparam chuva com tristezas e trovões com as suas ansiedades, o Sol é tão lindo quanto às nuvens que o cobre, a lua é tão linda quanto os trovões que atiçam o medo nas pessoas

Anjo Poeta Igor Improta Figueredo

Mesmo que esteja uma chuva torrencial...daquelas de temer, saio de casa desprotegida e acredito que com tanto espaço para cairem os raios, não será em cima da minha pequenez de gente certamente!

Ana Neto

"Se lhe ensinassem que os elfos causam a chuva, toda vez que chovesse, você veria a prova dos elfos."

Ariex

Oh chuva
Eu peço que caia devagar
Só molhe esse povo de alegria
Para nunca mais chorar.

Planta e Raiz

Nada o que eu sinto por você vai mudar .. só vai se acalmar como uma chuva tempestiva e pode até sumir por algum tempo,e algum dia volta.

Adriano Soares

Eu me preparo e espero a chuva que há de vir,
eu já sinto o vento e o frio que a anuncia.

Eu espero e me preparo para o que há de vir, seja com qual intensidade for,
pronta eu estou, eu me preparo para.

Eu não paro, eu me deparo, parada não estou,
seja vendaval, seja chuva de verão, seja dor, seja amor

Dona Geo

"O MELHOR DA VIDA É SORRIR, GIRAR NA CHUVA COM OS OLHOS E BRAÇOS ABERTOS, SENTIR AS GOTAS ESCORRENDO NO ROSTO E LAVAR A ALMA!"

Adriana Miramontes

Que nossa tarde seja iluminada pelos raios do sol e tocada pelas gotas de chuva, transformado em um lindo e maravilhoso arco íris.

Claudia Mazzolli Jeske