Pessoas Feias

Cerca de 272 frases e pensamentos: Pessoas Feias

A aparência não é nada. Conheço feios felizes e bonitos tristes.

Danilo Felix

Homens ousados demais tornam-se tão feios quanto mulheres vulgares.

Natalia Felix

No mundo não Existem FÉIOS nê BONÍTOS.
Apenas somos "DIFERENTES".

joãolole

O Mundo é um lugar belo onde apenas os feios podem reinar.

Francis O. Rion

Silencio faz os labios mais feios bonitos e os bonitos precisarem ser feios para esconder no silencio de seu coração a sabidoria a chave de toda beleza que lhe fez com delicadeza tudo que como mocinha ou rapazinho aprendeu com bom modos vindo do principio ao comportamento e não ao contrario pois não se coloca chapeu ou toca antes de ter uma cabeça

Silence makes the lips more beautiful and ugly need to be pretty ugly to hide in the silence of your heart sabidoria the key to all beauty that made him all gently as girl or boy learned good manners from the beginning to the behavior and not the contrary it does not arise hat or touches before having a head

El silencio hace que los labios más hermoso y feo necesidad de ser bastante feo para ocultar en el silencio de su corazón sabidoria la clave de toda la belleza que lo hizo todo suavemente como niña o niño aprendió buenos modales desde el principio hasta el comportamiento y no la contrario, no se plantea sombrero o toques antes de tener una cabeza

Eron de Sousa Tavares

Parecer é fácil, parecemos o tempo inteiro.
Sábios ou ignorantes, feios ou bonitos, atentos ou distraídos.
Parecemos o que parecemos, de propósito ou até sem querer.
Eu quero ser, o que é difícil. Ser o que? Sábio, atento, bonito?
Não, quero ser eu, e isso não é pouco.
Sou o que? Não sei, e esse é o problema.

Ulisses Formiga

Que os olhares feios, sorrisos amarelos e narizes tortos não se virem em minha direção. E se virarem, que Deus proteja.

Livia Araújo

Não existe homens feios , existe mulheres sem a capacidade de perceber sua beleza

Amanda Aguiar

Normalmente feios
Ate os corvos ficam belos
Na manha de neve

Matsuo Basho

Não vá pela aparência, pois os bonitos de hoje, são os feios de amanha.

Leonardo Lyon

Pés

Afora estes pés outros pés,
milhões de passos...
Pés macios e calejados,
feios, bonitos,
diferentes, amortecidos,
lentos e apressados.
Pés idosos, milenares,
fincados na terra mãe
e outras terras densas...
Pés sutis, voláteis,
vagando outros lugares,
provocando emoções...
Por ora, examino a realeza e a bruteza
dos pés calçando este caminho
entre a diversidade de sensações.
Estarão sempre buscando levezas?
Sim... não?

Suzette Rizzo

Se pra mim, tá dificil... Imagino pra vocês, que são feios.

Mayk Sanches

Só existe amizade entre feios e bonitos, entre os bonitos existe atração.

Italosotero

eu nao ecredito na existencia de feios, mas sim na divergencia do olhar, porque cada um tem o seu parecer.

Azarias Luciano Lemos

Há navios que são lindos quando estão ancorados no porto, mas feios quando cruzam grandes oceanos.

Lenny Agostinho

Terra de contrastes intensos. De animais belos e feios, grandes e pequenos, traiçoeiros e leais; mas acredite, nenhum deles é pior que os perversos seres humanos.

Nelson Barh

A beleza é uma qualidade tão sublime que acertadamente ela costuma ser mais comum nos feios!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

"OS DIFERENTES, FEIOS E/OU BELOS EXCLUSIVOS"
I
Os diferentes são aqueles que, nas sociedades capitalistas pós-modernas – e são a grande maioria –, estão fora dos padrões ditatoriais estéticos do que a política de consumo da Indústria Cultural sistematiza como sendo ditos padrões universais de beleza.
Eles, esses diferentes, são os homens e/ou mulheres reais, concretos (a), diferentes dos (a) da ficção.
Diferente, nesse sentido, não é, de fato, quem, ou aquele que, por um motivo e/ou vontade deliberada qualquer, pretenda sê-lo ou sê-la:
1- Ser diferente é ser o que se é, enquanto ente singular;
2- Ser diferente é ser um feio, belo e/ou um lindo único, exclusivo, fora dos padrões estéticos capitalistas universais e/ou globais de beleza impostos pela indústria de consumo do capitalismo.
Isto é, frise-se:
"Aquele que pretende ser diferente, feio e/ou "belo exclusivo", é apenas o imitador de um ser diferente, de um feio e/ou de um belo exclusivo, mas, nunca, de fato, um ser diferente, feio e/ou belo exclusivo."
Diferente, feio e/ou belo exclusivo, é todo aquele que, ainda que inconsciente sobre a sua diferença, feiura e/ou beleza exclusiva, contribui, de alguma forma, para que o espaço-tempo onde ele supostamente esteja alocado, enquanto corpo dito estranho:
1- Não perca o seu potencial enriquecedor;
2- Não perca a possibilidade de poder ser vislumbrado por outro ângulo, por outra maneira ou modo de ver;
3- Não perca a possibilidade de poder ser tomado, enquanto interação social, por um espaço-tempo de diálogos, como forma de se abominar a violência, entre todos os diferentes nele alocados;
4- Não perca a capacidade de, por ser um espaço-tempo de coexistência, promover-se essa mesma interação;
5- Não perca a capacidade de se tolerar os outros diferentes, feios e/ou belos exclusivos que nesse mesmo espaço supostamente estejam.
Pensa-se aqui que:
"Só onde (no espaço-tempo) existem seres humanos diferentes, feios e/ou belos exclusivos, o amor verdadeiro pode surgir, permanecer e se tornar o valor supremo de afirmação da vida."
Os diferentes, feios e/ou belos exclusivos estão todos aí:
1- Os altos demais;
2- Os pequenos ao extremo;
3- Os belos diferentes;
4- Os belos maltrapilhos;
5- Os com narizes muito finos;
6- Os com narizes muito largos;
7- Os com narizes normais onde reinam narizes grandes ou pequenos;
8- Os magros;
9- Os gordos;
10- Os sem cabelo;
11- Os com cabeleiras;
12- Os muito bem vestidos;
13- Os vestidos de farrapos;
14- Os tímidos;
15- Os extrovertidos;
16- Os trabalhadores;
17- Os sonhadores;
18- Os esperançosos;
19- Os realistas;
20- Os que amam e não são amados;
21- Os que são amados e não amam;
22- Os que gostam de cantar;
23- Os que preferem ouvir;
24- Os que vivem para trabalhar;
25- Os que trabalham para viver e etc.
Como já antes dito, mas que aqui ainda faz-se necessário redizer, diferente de fato não é quem, nem tampouco aquele que, movido por um objetivo ou desejo qualquer, pretende ou pretenda sê-lo. Isto é, frise-se:
"Aquele que pretende ser diferente é apenas o imitador de um ser diferente, mas nunca um ser diferente de fato." (Artur da távola)
II - CONCLUSÕES
Existem muitas formas de desumanização e, uma delas, talvez a mais crucial, seja aquela que está sistematizada no desrespeito às diferenças, na medida em que esse desrespeito - no sentido micro - leva o indivíduo para longe da sua capacidade de coexistir e, consequentemente, para longe da possibilidade de aprendizagem, crescimento e desenvolvimento pessoal; no sentido macro, leva a sociedade para xenofobismos, nacionalismos exacerbados, genocidismos, biocidismos, apartheids, exclusão socioeconômica e para formas unilaterais e ortodoxas de ver o mundo, culminando em guerras, conflitos armados, ódio e posições políticas e/ou religiosas radicais.
Todavia, não se pode e não se deve perder a esperança, ainda que, para muitos, ela, a busca pelo respeito às diferenças soe apenas como sendo mais uma grande utopia. Ou seja, é preciso que ainda se acredite que o homem pode qualitativamente transformar-se. É preciso que se acredite que, como nos diria Nietzsche, "o homem pode e precisa ser superado".

CLEBERSON EDUARDO DA COSTA