Pessoas Dissimuladas

Cerca de 83 frases e pensamentos: Pessoas Dissimuladas

Falam que sou severo rígido e grosso... Mas prefiro ser assim do que se mentiroso e dissimulado!

Jr Ferrara

Não se engane com a ingenuidade de meu sorriso, ele é dissimulado. Sou perspicaz e estrategista. Escondo com sorriso o que meus olhos nunca deixam escapar.

Letícia Piva

O dissimulado tem um tempo limitado e o distraído costuma acordar a qualquer momento.

Wal Águia Esteves

O traidor é tão dissimulado que até engana a própria consciência.

Poeta Gilson Silva

É melhor uma oposição sincera, que uma concordância dissimulada.

Derciley Chaves Bastos

O MELHOR DOS MEUS DRAMAS

Nunca fui de fazer dramas para afetar os outros com lágrimas dissimuladas e discursos de intensidade barata, mas sempre fui dramática. Você sabe. Não é que eu aumente fatos e sentimentos, é apenas aquela coisa de que eles já brotam acrescidos e alargados em mim. Tudo o que passa por esse meu peito tem o costume de ficar profundo, singular e agigantado. Até nas pessoas que nem se preocuparam em trazer originalidade, falando e agindo como com tantas outras, eu enxerguei o que de incomum e maior poderia abstrair. Entretanto, é a primeira vez em que me deparo com tão algo imenso, tão incalculável e real. É clarividente a lisura e autenticidade do oceano que vivo agora, é transparente que desta vez não é grande só partindo de mim, e que o meu âmago não ampliou nada, ele apenas está fazendo o exato reflexo do que já existe por si só como gigante: Doa a quem doer, olhe quem olhar. É dos dois lados e não somente interna, a nossa enormidade. Por isto mesmo, por já sermos o drama, a intensidade, o mar inteiro, é que resolvi me ater à realidade para falar de nós.

A verdade é que não preciso que você venha para que eu sobreviva. Preciso é tomar na hora certa aquele remédio horrível que o médico me indicou na semana passada. Preciso comprar papel higiênico e consertar o meu micro-ondas quebrado a quase um mês, porque é necessário que eu esteja limpa e alimentada para não cair dura no chão por doenças ou anorexia não intencional (isso existe?). Preciso fazer atividades físicas, porque a minha respiração está péssima e aquela dor que senti noite passada pode ser consequência da minha preguiça e sedentarismo. Preciso de muita coisa, mas não de você. Não para existir, não para que meus órgãos funcionem e para que meu coração continue pulsando o sangue que necessito.

Contudo, não sei como seria a etapa de aguentar a dor de perder as suas manias e cuidados. Não quero nem pensar. Porque justamente por não precisar, é que surge a questão do querer, e eu quero. Não porque vou morrer se não tiver, porém, porque só estarei agora vivendo bem e realizada, ao ter. É que não almejo só sobreviver, só existir, só perambular pela vida com o básico necessário. Quero viver, ser e acrescer. Foi um dos desejos que você despertou em mim com tudo o que veio a lecionar. Quero então, a evolução tão descrita pelos velhos de alma. E para isto, eu preciso de você. Careço dos nossos planos para que a minha esperança seja revitalizada nos dias difíceis e do seu colo acompanhado de palavras que me ajudam a acreditar um pouco mais em mim quando tudo parece perdido. Quero a garra que ganho também quando vejo a força que temos e que sou capaz de possuir por nós. Preciso dos seus afagos que me mostram que não devemos só tomar um remédio para que a saúde esteja normalizada, mas sim, para estarmos vivos e dispostos para cuidar também de quem amamos. Preciso dos nossos risos e da sua massagem agressiva que me faz lembrar que as dores também podem ser engraçadas, se olharmos de um ponto de vista mais bem humorado, ou um tempo depois. Preciso das suas teses, brincadeiras, de você por quem é, sendo e estando presente para que haja mais do que apenas o ar e as obrigações no meu mundo, para me tirar do universo prescrito, mostrando que a vida vai além da sobrevivência, que se trata de viver, e que viver sozinho não faz tanto sentido assim.

Dizem que a tristeza é o que mais aflora o nosso lado artístico, porque nos fechamos em nós para digerir as mágoas, assim, refletindo até expelir em imagens caladas. E quando alegres, queremos viver, tanto que não "podemos" parar para compartilhar aquilo, só que você, que me faz tão bem, me dá vontade de correr para a vida e de desmembrar em palavras, de tentar os dois. E mesmo que seja bem mais fácil não falar nada, porque quem sente faz mais do que cita e o cotidiano vai levando algumas das juras e das lindas palavras, e transformando tudo em apenas pequenos (e tão grandes) atos, ainda assim, eu falo. O amor continua a ser aquele que usa a voz e comete, não esquecendo nem de um e nem do outro. E esta é mais uma das coisas que você tem efetivado e consolidado no meu novo estar. Por isso eu afirmo sempre para mim mesma, todos os dias, o quanto é surpreendente a forma com que você chegou de mansinho e provou que as minhas teorias sobre o amor podem ser concretas mesmo sem um cavalo branco e as palavras do Nicholas Sparks citadas dia após dia. Que é na rotina, nas durezas da vida e na intimidade construída que a ligação realmente está presente, fazendo o seu papel. Que não tem isso de enjoar, que no amor de verdade a gente luta, segura no que prende a estrutura, mas não joga fora tão fácil assim. Você quebrou as minhas asas só para reconstruí-las, e me mostrou que a realidade pode ser linda também, mesmo que com suas guerrilhas bobas.

Eu podia estar remoendo minha carga de dores passadas. Aliais, não posso dizer que sou dessas pessoas que conseguem simplesmente abandonar as mágoas. Tenho o terrível costume de reler a minha vida inteira e debater como aquelas feridas chegaram onde puderam. Então eu podia sim, continuar dessa maneira, vivendo com um pé lá atrás e metade do outro aqui, no entanto, você me dá vontade de olhar para frente e estar no agora, de observar a sua paciência e entender que generalizar não adianta quando se trata de construir algo sólido. Que cada pedacinho de cada ser é diferente e deixa uma saudade inigualável.

É que é de dar agonia tanto amor! Você me emociona. Faz com que eu pergunte e responda, com que eu amadureça meu autoconhecimento e meu repertório, não como naquele amor que eu descrevi a uns meses atrás, e sim como naquele que eu nem sabia que existia, como aquele que me ensina como é. Porque você é a verdade mais bonita que conheci. Só peço é que nunca desacredite, que não abandone aquele nosso acordo de sempre falarmos um com o outro antes de ouvirmos os burburinhos. Só peço que tente entender a quantidade infinita desse calor que você plantou aqui, que faz com que o meu receio de acordar descabelada na frente de alguém e de escancarar os meus defeitos mais chocantes sejam uma bobagem, quando ao seu lado.

Então venha. Fique. Nunca foi tão bom lutar contra dragões e inverdades como está sendo agora. Traga as suas cicatrizes, isso não é problema, eu sou cheia delas também. Continue mostrando tudo, cada pedaço, porque eu quero descobrir novos com a sua existência. Vamos nos curando e deixando as bagagens pesadas no armário dos fundos. Não vamos jogá-las fora, porque é preciso abrir essas malas vez ou outra, porém já não quero futucar, reorganizar, renascer os mortos... Por isso venha, esteja. Leve-me. É por ser grande demais que aceito este amor como é: de verdade. Nem sempre tão lindo, nem sempre como queremos. Mas sem máscaras, e com uma intensidade tão absurda que para explicar até o meu drama vira indiferente. E para quem não acreditar, dane-se. É tudo grandão assim mesmo! Podem jogar as pedras no castelo, estamos aqui preparados, porque ele não é de areia e nem feito só do que o meu coração quis achar. Ele é tão de verdade, que cada tijolo que o mundo tasca pela janela, vira só mais um para segurar a base.

Vanessa Brunt

O pior tipo de pessoa, é a dissimulada, ela mente bem, e pior, mente olhando no fundo dos seus olhos. Não é fácil identificar, mais se conseguir, a mantenha o mais longe possível da sua vida.

Ricardo Blefari

Um contemplar dissimulado à
fogosa rosa rubi que incendeia
corações e deixa rubro de
paixão o tímido desconcertado
violino, a tocar partituras a mística violeta
ametista em floração de seus pequenos rizomas
roxos que encanta o rouxinol...
com um olhar enigmático ao brilhante
diamante de um escultural envidraçado
santuário para admirar em topázios...
em turmalinas...
a magnífica orquídia
que contempla dissimuladamente a rosa...

Em num canteiro a margarida
apaixonada pelo gira-sol...
que girando sempre em busca do sol
mas a noite, cabisbaixo...
ele olha a margarida que se sente como um sol...
e se despetala em amor-perfeito
bem-me-quer...
mal-me-quer...
bem-me-quer... até o sol despontar

mfpoton

Imagino que sou o vento
Que te balança fresco e lento
Ou quem sabe uma cigana
Dissimulada que te encanta...

Rosalie Rose

Se quentes somos loucos, profanos ou pagãos. Se frios somos insensíveis, nojentos ou dissimulados. Ser morno é se adequar a sociedade, a falsa alegria da normalidade, consumir até que os produtos nos consumam, reinventar-se dependendo da moda e quando a mentira não puder mais ser superficial e comprada, o sorriso plastificado dará lugar a depressão.

Teresa Almeida

"Esse gosto suave que vem da sua boca perfura dissimuladamente o meu paladar."

Fernanda Timbira

O medo das consequências faz com que o homem utilize de meios dissimulados para não sofrer com seus proprios atos!

Daniela Timm

DISSIMULADA

Submissa, me deito
Lânguida, me ofereço
Devassa, te como!

Amina Haddad

"...sempre achara aquelas mulheres peixes dissimuladas e cruéis demais. Elas eram cheias de regras, de liberdade, de amor nunca encontrado, em busca de tudo! Por simplesmente nada..."

(Do texto: O rubi )

Fernanda Alencar

Como uma pessoa consegue ser tão cruel, mentirosa, dissimulada e mil variadas coisas quando diz a frase eu te amo, ao beijar, abraçar e olhar no fundo dos olhos a pessoa que no dia seguinte será mencionada, considerada e tratada como uma outra qualquer, sem importância, valor? Como uma pessoa consegue trair a outra, e por conseguinte seguir sua vida, e ainda mais triste, da forma mais serena possível? Como uma pessoa consegue destruir em um gesto tudo o que foi vivido anteriormente? Sejam anos, meses, semanas, dias... É apenas um detalhe, válido mesmo é aquilo o que cada um pode absorver, sentir, compartilhar. A traição é transitória, ela está nos olhos, depois nos sentidos, visita os pensamentos, porém somente se permitirmos ela conquistará o seu destino final, cumprindo assim sua missão e acrescentando um número à estatística. Quem nunca cobiçou? Convenhamos, também não sou santa, assim como ninguém na terra. Contudo, imaginação e ação nesse contexto são antônimos, e uma gangorra, balança ou até mesmo um cabo de guerra, onde independente do lado que ceda, um sairá perdendo e não com gosto de derrota, mas acredito que de desilusão, o que deve ser bem pior. Porque perder, perdemos um grampo, um ônibus, um passeio, porém, a crença nas pessoas e no amor, não podem ser comprados, perdidos, substituídos e remarcados. A popular frase: 'Nunca diga nunca' é válida. Só que as palavras consciência e respeito, para mim, são em demasia mais valiosas. Cabe a cada um decidir o seu destino, e saborear os seus frutos. E saibamos: 'A malícia é cúmplice da vontade', passa vontade quem quer, entretanto, a verdade é o melhor caminho, seja qual direção pretenda seguir.

Jackeline Costa

Criticar os erros alheios é uma forma dissimulada ou despercebida de vangloriarmo-nos dos nossos supostos acertos.

Manoel Brandão Nobilli

Saquear os tesouros de um coração é deliberadamente perdoar uma alma dissimulada!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Neon
com a boca impressa
em papel de segunda

e os lábios dissimulados
criados pelo bisturi

a criatura
luzia em neon
a brevidade
e o
ínfimo

Solange Mazzeto

Dissimulados são como camaleões,eles se moldam de acordo com a necessidade.

Maryanne Schramm