Pessoa Querida

Cerca de 195 frases e pensamentos: Pessoa Querida

Querido amigo. Às vezes passamos muito tempo sem nos ver, sem nos falar. Sei que a nossa amizade não acabou. Tenho tanta certeza desta nossa amizade, que não sinto a sua falta e nem você da minha.
Mas quando me lembro de você, meu amigo, me brota um leve sorriso, na certeza de que você estará sempre aí, e eu aqui, nos esperando. É como se tivéssemos uma poupança para os momentos de aperto; aquele remédio poderoso, que nos cura num piscar de olhos. E no dia em que a gente se encontrar, as mágoas não existirão e nem haverá cobranças pelas nossas ausências: haverá um abraço terno, apertado, sorrisos amplos e até gargalhadas. Lembraremos novamente das histórias passadas juntos, as velhas mentirinhas sem maldade alguma e... lá vem de novo aqueles elogios trocados, em tom de emoção. Tudo Isso está preso por um laço sem nó chamado perdão. E isso se chama amizade, de verdade. Porque amizade jamais acaba, ela hiberna.

Pascoal Nunes

"Jesus Cristo Supremo".
Ah, meu querido amigo, por que vos deixastes matar?
Por que aceitastes tão cruel destino?
Vós, que sempre fostes tão sensato e prudente, e que numa época em que os vossos seguidores eram brutalmente massacrados e perseguidos.
Ensinastes aos vossos apóstolos a sublime lição de oferecer a outra face e, jamais revidar, diante das ofensas recebidas.
Soubestes como lhes falar à razão e ao coração. Pondo-os a salvo e poupando-lhes assim a vida. Para que fossem vossos fieis mensageiros através do mundo.
Então..Por que demonstrastes tão pouco apreço pela vossa própria vida, meu amigo? Por que desafiastes aos vossos poderosos algozes?
Será que foi apenas para que a profecia se cumprisse..
Sabias, melhor que todos, que a tentação sempre esteve entranhada na alma de todos os homens.
Será, meu bom Jesus, que valeu a pena o vosso grandioso e insano sacrifício?
Vossa vida era o que havia de mais precioso e, entretanto, a ofertastes pela suposta salvação dos terríveis e insensíveis seres humanos.
Por que vós acreditastes tão piamente que aqueles eram os desígnios de Deus? Talvez, uma paixão cega apossou-se de Ti.
Se porventura, fôreis um homem comum, um reles fanático religioso, destituído de atributos, ou semelhante aos néscios que atualmente vendem a própria alma, com o intuito de tornarem-se celebres..
Eu confesso que até entenderia vosso extremado gesto.
Mas não, Vós, meu glorioso Senhor.
Vós fostes o ser mais virtuoso, digno, sublime equânime e grandioso que já habitou entre nós.
O mais sábio dentre todos os sábios.
O mais notável dos homens que jamais existiu.
Se pudésseis ver agora, meu amado mestre, o vosso mundo e como zombam de Vós! Por certo, uma lágrima triste rolaria da tua face e muito vos arrependerias!.
O mundo tornou-se uma grande selva repleta de ferozes abutres carniceiros: São cruéis aves de rapina, são vis criaturas, são os piores ladrões. Utilizam o Vosso nome, como fachada, para usufruir bens, para se locupletarem, e, acintosamente, enganam aos desesperados, aos tristes enfermos, aos pobres desesperançados. As inúteis guerras continuam. Os bens materiais são cada vez mais apreciados. Todavia, muitos são os que passam fome, e bem poucos são os que honram o Vosso nome e espalham amor e pão.
Se, como um simples mortal, novamente aqui voltásseis, todos os tribunais vos condenariam; Vós seriais covardemente açoitado, humilhado, atormentado, apedrejado e cruelíssimamente morto. Seriam convocados os maiores cientistas, religiosos e intelectuais pra engendrarem os piores suplícios e uma morte, infinitamente, superior à da Vossa crucificação.
Vossas vestes seriam divididas e expostas em todos os museus. Vosso corpo esquartejado e, também dividido, entre as principais nações. Provavelmente, haveria descontentamento e motivo de guerras entre os povos, pela divisão. Cada governante corrupto disputando vossos restos mortais e querendo receber cada qual, um quinhão maior.
Vedes que tristes infortúnios vos aguardam no futuro!
Ah, Senhor, perdoai as minhas duras palavras... mas talvez nem tudo esteja totalmente perdido ainda temos as nossas inocentes crianças.
Ainda nos resta uma tênue esperança no futuro.
Temos alguns grupos de pessoas bondosas, embora sejam poucas, mas que Vos amam de verdade e, ainda seguem os vossos verdadeiros passos; praticando belas ações e acreditando em Vós, como sendo a mais sublime personificação de um Deus vivo.
Senhor, Jesus.
Dai-nos a Vossa santa paz e seja feita a Vossa divina vontade.
Texto: Nelson Barh

Nelson Barh

Don Juan - Esse poema é em homenagem ao meu querido amigo Don Juan Castelano




Don Juan


Olha-me em meus olhos
Que de tão puros, agora são em perdição
Abraça-me, como sol do deserto
Quente
Sedutor
Transforma-me em teus poemas
Faça-me a tua poesia
Traduza-me para que me entendas
Olhando assim o teu rosto angelical
Jamais se imagina o perigo de seu toque
És armadilha do destino
És sombra em dias de verão
És sonho
Jamais ilusão
Queira eu poder em teu caminho cruzar
Um abraço
Um sorriso
A me conquistar
És Don Juan de letras algozes ou heróicas
És simplesmente
Don Juan Castellano...

Letícia Andrea Pessôa

Homenagem ao Amigo

Hoje eu quero homenagear uma pessoa muito especial
Um amigo muito querido que sempre, sempre está comigo
Nas horas felizes, ele está presente
Nas horas mais difíceis, principalmente.

Na verdade ele é mais que um amigo
É o meu irmão mais velho e muito querido
É com ele que me abro e revelo todos meus segredos
É por ele que chamo durante os pesadelos.

Estou sempre com ele, pois com ele quero aprender
Dia e noite, noite e dia, sem de nada me esquecer
Sei que nele posso confiar, pois me protege e me guia
Não me deixando vacilar.

Gosto de me recostar em seu colo e deitar
E na sua paz descansar
Passo com ele 24h todos os dias
E às vezes, até chego, com Ele sonhar.

Não há nada em mim que Ele desconheça
Porque dele não escondo nada, mesmo que o entristeça
Ao seu lado sou criança
E por mais que eu erre, me perdoa, e nunca perde a esperança.

E de cuidar de mim, nunca se cansa
Sei que ao seu lado sou pequeno e nele está minha fé
Sou seu irmão caçula, sempre criança, e nunca largo o seu pé
E como criança, às vezes o deixo falando sozinho.

Mas não é por desobediência ou má-criação
É o cansaço que me pega, o sono que chega
Sem nenhuma compaixão
E quando acordo, vou logo lhe falar
E pedir o seu perdão.

Ele é o meu super herói e é nele que me inspiro
E procuro em minha fraqueza e na minha fragilidade
Juntar minhas forças e humildemente segui-lo
E quando lhe perguntam: quem és?
Ele costuma dizer: sou o caminho, a verdade e a vida
E sou o que te tira das trevas para a luz
E se você ainda não sabe quem é o meu amigo e irmão...

É o meu Senhor Jesus!

Marcio Chagas Santos

*……QUERIDO AMIGO……*

Todos os dias deste ano,
Você esteve presente.
Fazendo-me sorrir quando eu mais queria chorar.
Todas as suas palavras confortaram Meu coração quando eu mais precisei.
E é com todo carinho que desejo
Tudo de bom na sua vida,
Um Natal repleto de alegrias.
E que todos seus sonhos se tornem realidade neste
E em todos os Natais que ainda virão.
Um forte abraço.

Feliz Natal!

Mensagens com Amor

Querido Irmão...

Amigo, de fato.
Apoia meus passos
E corrige, no ato.

Francismar Prestes Leal

Você é mais que um amigo, mas ainda não entendi o que somos !
Você é mais do que querido, mAS ainda não sei se devo te amar.
Voce é mais do que vc pensa que é..e eu quero saber quem sou!

chistal holly

O aniversário não é tão mais querido
talvez será por que tenho tão pouco amigo,
Meu nome em germânico significa homem nobre e famoso.
é relativo.
meu conceito vem nessa base,.
mais onde fica o alicerce.
importa ter .
saber que posso contar com apenas um ao em vários
me apanhar pela costa.

jandaiu

"Nunca diga "eu te amo".
Diga "Obrigado, querido (a) amigo (a) , por me lembrar da presença que eu sou, a presença que nós somos, o incondicional imutável amor, solto, que não pode ser dado ou tirado, que dá origem a universos, à primavera, às flores e trovoadas e a passagem gloriosa das coisas; que satura todas as formas e derrete a separação entre amante e amado ... "
Ou então diga: "Eu te amo"...

Jeff Foster

Enfim, meu querido ex-eterno-melhor-amigo,

Levante e sacuda a poeira sempre de tudo que lhe faz mal, como eu faço e fiz com a nossa amizade que se perdeu no tempo.

Reynaldo Araújo

Querido amigo filho

Drigo Tantã

Pai, meu querido, meu amigo, meu melhor amigo., eu nunca irei, em momento algum, esquecer-me do quanto eu o amo., e do orgulho que sinto por você ser meu pai.

Pai, como eu poderia esquecer-me desse homem lindo, forte, vistoso, de voz grave, firme, seguro, correto, amante do bem, das boas escolhas, das decisões acertadas, da preservação da prole, do lutador em todos os sentidos, do grande exemplo, sagaz, exuberante, conhecedor das ciências, meu melhor professor?


Pai, jamais esquecerei que ainda que você seja dotado de tantas qualidades e virtudes, ocorreram alguns erros de sua parte, e em outros momentos você errou feio., mas em toda minha vida, nunca conheci um homem que reconhecesse seus próprios erros a ponto de se humilhar de um jeito jamais visto., gosto do seu olhar, do seu modo de se expressar, da sua vontade de querer melhorar.. dia após dia..


Pai, se os filhos e filhas soubessem que quando honramos nosso pai, as portas para uma vida melhor se abrem dentro de nós, e também diante de nós., existem filhos e filhas que estão muito bem neste mundo porque sabem que se não fossem pelos seus pais, jamais existiriam., por isso, vivem uma vida toda cheios de gratidão, e mesmo que seus pais partam deste mundo, eles nunca são esquecidos, vivem dentro do coração deles e delas.

Pai, eu acredito que os filhos e filhas que não amam e desprezam seus pais, independentemente dos problemas que eles causaram ou não na vida deles e delas, é porque eles e elas ainda não entenderam que a vida é breve, e que eles e elas hoje, são filhos e filhas, posto que amanhã, serão pais e mães, cheios de erros e de defeitos até mesmo piores e maiores que tiveram seus pais.


Pai, eu fico imaginando aqueles filhos e filhas que neste momento não têm seus pais para abraçá-los, para dizer-lhes que os amam, para pedirem perdão hoje, visto que no passado demoraram muito para deixarem que o arrependimento pulsasse dentro dos seus corações para alcançar seus sentimentos mais egoístas e portanto, perversos, e que só agora podem entender., tarde demais.


Pai, quantos filhos e filhas abandonam seus pais hoje por causa do materialismo e do individualismo, por causa dos bens deste mundo que logo enferrujam, quebram ou amassam.., e quando se dão por conta, já não há mais tempo, a vida se foi?

Pai, ah! Se os filhos e filhas soubessem, sairiam correndo agora mesmo para irem ao encontro dos seus pais, para dizer-lhes o quanto os amam e o quanto eles são importantes para suas vidas.


Pai, abrace-me, beije-me, quero sentir-me seguro em seus braços em meio aos seus afetos, envolver-me no seu carinho, ser fitado pelos seus olhos de amor e de lealdade, quero que o mundo pare enquanto eu estiver perto de você, que este encanto nunca termine, pois meu amor para com você, este amor, levarei dentro do meu coração, não importa para aonde eu for, não importa para aonde você for, ele será sempre eterno.

Pai.

Gil Nunes

Revolta!!!

Como nos dizia o nosso querido e saudoso amigo, Zeca Afonso. -"Eles comem tudo e não deixam nada!"... Como ele estava enganado! Finou-se sem se ter apercebido da dimensão! dos COMILÕES! que vieram depois daqueles a que se referia! Que se revezam e ainda lá se encontram!!!

Jorge Ferreira dos Santos

Dias atrás meu amigo também perdeu um ente querido. E para confortá-lo, eu disse que a gente deve comparar a morte a uma viagem. Uma longa viagem. E nesse destino, não há telefone, não há e-mail, não chegam cartas, mas existe a certeza de que um dia haverá um (re) encontro. É mais fácil se apegar a isso. É menos doloroso. É o fio de esperança que nos estimula a continuar. Algumas vezes consigo, outras vezes não.

Corrinha R. Rodrigues

Sempre quando eu estiver triste , sempre terei você meu querido amigo para me consolar.

Lukas henrique

"Lar doce quarto, posso vê lo daqui, meu querido amigo, costumo dizer que o quarto é o melhor amigo de uma mulher. ele não te irrita, não te enche de perguntas, não te acusa, não te da sermoes... Apenas nos ouve com seus quatro ouvidos, se é que me entendem..."
*Pensamentos Desventurados.

Michel Nery

O TEMPO

Anota: A vida é uma ausência.

"Querido amigo,
Eu venho notando as mudanças que o tempo nos proporcionou com os olhos daquela criança que acaba de conhecer o mar. É lindo! Pisar na areia, tocar o mar com os pés, escutar o barulho das ondas, sentir o vento balançar os cabelos... E perceber que aquele momento é único.
É único o momento em que paramos para pensar na vida e refletimos como está tudo bem. As peças do quebra-cabeça se encaixaram, não é? Faltam algumas, eu sei. Mas eu consigo notar a força que nós adquirimos para arrumar o que nos falta. Eu sei que, no final, o quebra-cabeça formará uma linda imagem.
Eu estou em paz, meu amigo. Eu perdi aquela ansiedade apaixonante pela vida. Apaixonar-se pela vida é o tormento que não nos deixa dormir. A idade nos proporciona esse desapego pelas procuras daquilo que sabemos que não iremos encontrar. E ainda, a idade nos faz entender que mesmo que estejamos com os braços abertos, nem tudo estará em nossas mãos.
É justamente no ponto em que conseguimos compreender que a vida é uma ausência que nós ganhamos a tão sonhada paz. Passei – sim – a vida procurando por felicidade. E descobri que a única coisa que eu precisara fora paz. Porque a felicidade, meu caro amigo, é utopia. Ninguém é feliz em todos os momentos e nós dois sabemos bem disso. Eu venho acreditando que nós somos felizes somente uma hora antes de encontrarmos a morte. Pense bem, uma hora antes de ela nos tocar, já sabemos tudo pelo qual devemos nos orgulhar em nossa vida. Acabou. Hora de festejar.
Venho pensando em retomar antigos projetos. Você se lembra? Lembra como eu era um sonhador? Sabe... eu me lembro. Eu me lembro dos seus olhos brilhando quando falávamos em sonhar. Eu não consigo me lembrar se você tivera um sonho, me desculpe. Mas não me esqueço da maneira poética com que você costumava falar sobre o futuro. É uma pena que não possamos mais nos comunicar como antes. O tempo altera muita coisa, não é meu amigo? O tempo, muitas vezes, é traiçoeiro. Infelizmente nós vivemos apenas uma vez. E as horas não esperam que nós possamos nos decidir quando iremos ir. Se deixarmos para amanhã, o caminho pode não estar mais lá.
Eu queria poder acreditar em destino se já não tivesse perdido tantas coisas por pensar que ele traria de volta... Não trouxe. Foi uma escolha minha deixar a vida seguir seu ritmo natural. O curso natural da vida nem sempre poderá nos orgulhar.
Queria lhe contar que eu não sou mais o mesmo. Ainda tenho e, penso que nunca perderei, a minha ambição. Porém, não me preocupo mais com tantas coisas. O essencial já me parece o bastante. Às vezes a gente quer cuidar de tantas coisas que deixamos o que é bonito passar. Nem tudo nós é permitido, não é? É preciso deixar algumas coisas de lado e nos entregar àquilo que a alma pede. E, é bom limitarmos a alma, para que ela deseje somente o que os braços possam alcançar. Repito: nem tudo estará em nossas mãos.
Também queria lhe lembrar da minha fé. Continua forte. Vivenciei experiências fantásticas que fortaleceram a minha crença de que algo nos protege. Gostaria de partilhar esses momentos, mas já está ficando tarde e amanhã acordo cedo. Lhe escrevo em breve.

Com carinho,
Chico."

Gabriella Beth Invitti

A FÉ

Anota:
A vida é um presságio

"Querido amigo,
peço-lhe desculpas por minha falta de educação em minha última carta. Deveria ter sido mais atencioso com a sua vida. Como vão as crianças? Acredito que se tornaram jovens lindos! Annabeth se formou em Artes, não é? Ah, uma moça tão bela não poderia ter feito outra coisa!
É intrigante montar os rostos de seus filhos em minha mente. Caio, por exemplo, eu imagino que tenha o teu sorriso, mas os olhos só poderiam ser verdes como os de Julietta. – Julietta ainda cozinha tão bem como antes? – Lembro do sonho de sua amada de montar um restaurante. Conheci a Itália recentemente e imagino que ela aprovaria o tempero daquela terra romântica.
Em minha última correspondência eu comentei que a minha fé havia passado por experiências fantásticas. Foi justamente na Itália que tudo começou. Conheci um jovem casal que me fez relembrar nosso tempo de juventude onde o único objetivo era viver para fazer amor. O rapaz, chamado Rafael, era cheio de bravura e perspicácia. A moça, chamada Antônia, era bela como a lua e doce como um morango.
Era bonito ver a maneira com que se adoravam. Alias, depois que os conheci, passei a admirar a palavra "bonito". Deve ter prestado atenção que já a usei pela segunda vez desde que iniciamos nossas correspondências. É que a moça tinha tanta fé naqueles olhos que aquela esperança me cativou. Ela explicara com a voz de quem ensina que, "fazer bonito" era um ato próprio de quem amara.
Certa vez, Antônia me dissera que só quem já amou, poderia ter fé. Ela costumara usar a palavra "fé" de maneira cuidadosa. Acho que era porque quando ela falava de fé, ela também queria falar sobre Deus. E mesmo que pareçam a mesma coisa, eu comecei a notar que são duas palavras de significados diferentes.
Rafael sofrera de uma doença fatal. Os médicos já haviam o alertado de que ele não reagiria aos tratamentos. Foi justamente por isso que ele resolveu não contar nada a Antônia sobre sua situação. Fico me perguntando se há como contar à quem nós amamos que nós iremos morrer. Bem, se há um jeito de contar, Rafael não tivera descoberto.
Porém é impossível esconder algo que nos atormenta de quem possui o nosso coração, não é mesmo? Namoravam há um ano e dois meses quando Antônia descobriu que seu companheiro provavelmente não iria acompanhá-la até o final de sua trajetória. Você pode imaginar a aflição que aqueles lindos olhos de Antônia levaram ao ver os exames de Rafael. O fato é que o rapaz, com sua culpa, fez a moça viver uma mentira.
Rafael e Antônia falavam línguas totalmente diferentes, metaforicamente é claro. Mas não importara, não para eles. O amor parecia bastar. Bastou para que Antônia o perdoasse e o ajudasse a enfrentar sua enfermidade. O amor é a multiplicação do perdão, não é mesmo? Certa vez, o poeta escreveu "diga-me quem mais perdoou nesta vida e eu lhe direi quem tu mais amou". Antônia esqueceu sua dor para salvar a vida de quem ela tanto amara. Preste atenção: ela não o curou da doença, ela salvou a vida.
Salvar a vida de alguém é estender o braço quando o caminho a seguir é árduo. É assim que amamos as pessoas: salvando vidas. Foi salvando a nossa vida que Jesus Cristo nos deu amor. É deixar o peso da existência e compreender a parte bonita de estarmos aqui. – Rafael teve que esquecer que sua existência iria acabar mais cedo para se permitir viver a beleza de um grande amor.
Pude acompanhar de perto a doença de meu jovem amigo e o companheirismo de sua doce namorada. Quando Rafael se foi, Antônia se mudou para o Brasil. No dia do velório, o corpo no caixão parecia sorrir. Foi quando entendi que a felicidade só seria cumprida quando a vida estivesse cumprida também.
Sabe, se não houvesse fé naqueles dois, não teriam atravessado o caminho. É preciso muita coragem para levar adiante um amor que não será como os outros. Não tiveram tempo de casar, ter filhos e possuir casa. Nunca vi Rafael e Antônia se preocuparem se iriam terminar a faculdade, se conquistariam o emprego dos sonhos e se o dinheiro pagaria a prestação do carro. O fato de entenderem que aqui é apenas um presságio foi o que os deu força para não ter medo do que vem depois.
A vida é um presságio, amigo. Não há tempo para esperas. É por isso que todo o amor do mundo deve ser dado hoje. Se não viemos aqui para cumprir a tarefa de amar, por que parece que Rafael não viveu o suficiente?
Espero que esteja lendo com pausas esta carta. Quero que se apegue às seguintes palavras: fé, Deus, amor. Hoje eu sei que embora significados diferentes, estão juntas. Só conhece a Deus quem já amou. Quem não teve a capacidade de amar, não poderia ter fé e nem poderia reconhecer quem o criou.
Eu venho percebendo que Deus não quer que sigamos regras. Para Ele tanto faz se vamos guardar o domingo ou não, desde que saibamos que Ele nos criou. O que importa se é chamado de Deus ou Alá? Os trajes das moças ou os chapéus dos rapazes. O que importa? Não é isso que Ele quer de nós. O que é preciso é ter fé.
É saber que há uma força, independente de como você crê nela, que nos rege. É permitido ter a sua religião, como é permitido não a ter. Repito: O que é preciso é ter fé. A fé que nos traz o amor. O amor que é a meta de estarmos aqui.
Porque a fé significa esperança. Dela poderemos construir coragem, mover montanhas, construir prédios, separar o mar vermelho. E o amor é bonito. É com ele que nós dividimos a vida e é com amor que poderemos nos salvar.
Bom, acho que eu já escrevi demais hoje. Queria novamente demonstrar a saudade que tenho de poder conversar com você, meu amigo. Frente a frente seria mais fácil você entender a minha fé. Desejo uma boa semana e boas histórias.

Com esperança,
Chico."

Gabriella Beth Invitti

João Batista
Querido amigo
Essas duas netas são o meu maior abrigo
Nos momentos de solidão
Onde a paixão briga insana com o coração

Raimundo grossi

Caleidoscópio querido
Amigo  da minha Infância 
Só tu companheiro aguerido
Para lembrar as minhas lembranças 

Raimundo grossi