Permito ser como

Cerca de 205 frases e pensamentos: Permito ser como

Eu permito a todos serem como quiserem, e a mim
como devo ser.

Chico Xavier

Não permito que nenhuma reflexão filosófica me tire a alegria das coisas simples da vida

Sigmund Freud

Se ages contra a justiça e eu permito que assim o faças, então a injustiça é minha.

Mahatma Gandhi

"Eu permito a todos ser como quiserem e a mim como devo ser."

Chico Xavier

Eu me permito apreciar isso, a manipular a coisa a meu favor porque eu tenho a febre da faca amolada, dos céus azuis e profundos.

Charles Bukowski

Gaia

Você sabe como eu sou despreocupada
que me encerro neste quarto e me permito
todas as divagações, as fantasias
obsessões, perseguições, todos os dias
você sabe que eu me viro de inventos
que eu me reparto e dou crias
que eu mal me resolvo e me aguento
carrego pedras no bolso
e enfrento ventanias.

Você sabe como eu sou desorientada
raciocínio pelo instinto e cometo
fugas de túnel de ladra de galeria
uso malhas e madras manhas e lenhas
e percorro superfícies
em que você escorregaria

Mas você sabe como eu sou de subsolos
de subterfúgios, de subversos subliminares
como eu sou de submundos
subterrãneos, de sub-reptícias folias
meio de circo, meio de farsa
ervas, panfletos, fluídos, presságios
quebrantos, jeitos, gírias, reviras
de sensações e cismas, filosofias

de como eu sou de estradas, andanças, pressentimentos
atmosférica e vadia
gato da noite, de crises, guitarras
ouros e danças e circunstâncias
de vinho azedo e companhia.

Que eu sou de todas as misturas
todas as formas e sintonias
e enfrento esse aperto, essas normas
forças, pressões, imposições, o poderio
os intervalos, o silêncio da maioria.

Você sabe de toda minha luta
mesmo quando a intenção silencia
que eu não cedo, não desisto
a todo custo,, a toda faca, a todo risco
eu sobrevivo de paixão e de anarquia.

Você sabe bem de minha fraude
Você conhece as minhas alquimias.

Bruna Lombardi

“Confiança é um luxo que não me permito ter”

Revenge

Calmo, desapegado, interiormente livre, habito o Eu silencioso e permito que sua energia atue por meio de Seus instrumentos naturais

Sri Aurobindo

Você sabe como eu sou despreocupada, que me encerro neste quarto e me permito todas as divagações, as fantasias, obsessões, perseguições. Todos os dias você sabe que eu me viro de inventos, que eu me reparto e dou crias que eu mal me resolvo e me agüento... Carrego pedras no bolso e enfrento ventanias

Bruna Lombardi

Quando consigo me desprender das pessoas e permito que o Senhor me liberte de uma dependência insalubre em relação a elas, mais eu consigo lhes dedicar minha existência, escutar com mais atenção, amar com mais altruísmo, falar com maior compaixão, brincar de maneira mais esportiva, me levar menos a sério e ter a plena consciência de que o meu rosto brilha sorridente sempre que me acho num jogo que aprecio completamente.

Brennan Manning

No meu egoísmo egocêntrico - na redundância e superlatividade que me permito usar - achei uma fresta escondida, onde a luz do "nós" tenta penetrar nesse salão obscuro.
Me reviro em meio a tantas coisas miudas do meu "eu".
Me perco dentro de cada passo que dou em direção a um infinito desconhecido.
Procuro tentar entender aquilo que nem mesmo eu sei explicar.
Esta luz que me invade aos poucos, talvez, quem sabe, possa me ajudar ... Ou até mesmo possa explicar o que acontece por aqui...
Ah... há tanto que não conseguia ver essa mobíia velha e empoeirada..
Ah, como eu senti falta desse cheiro doce de vida...
Há muito que só havia escuridão neste lugar... E eu só ouvia meus prórpios passos, neste chão que range a cada batida de meu coração fraco e aturdido.
Oh!... Meu coração!... Ele está batendo mais uma vez... E eu que não havia percebido que ele estava quase parado.
Será que toda esta transformação do meu "eu", toda essa mudança repentina.. Tudo isto, foi causado apenas por aquela pequena fresta de luz, no cantinho do salão?...
E o que será que acontecerá se eu abrir um pouquinho mais?

Samila Andrade

A humilhação é insistente e desde sempre me atormenta.
Mas sou dura na queda!...
Não permito-me ser submissa...
Não me faço de vítima, sou indomável!

A vida me apresentou pessoas vaidosas
Pessoas orgulhosas, cheias de si.
Tentando fazer a todo instante, com que eu me achasse sem valia...
Pessoas teóricas e frias. - eu sou mulher de prática, de emoção, de fantasia!

Não aceito humilhação. Embora algumas vezes,
A mesma me confronte, me encare, me desafie!
Mas não sou fraca, sou idealista.
Sou Minha Alquimista.

Em dias insípidos, busco o agridoce.
Em dias cortantes, faço-me flexível.
Em dias frios, visto-me de sol.
Em dias sem paixão, não adianta, perco o ímpeto!

Entro em crise na esfera coração!
Busco sinceridade e dou de cara com a soberba.
Sou feliz um dia. E os outros não!
Tenho tudo! Mas não tenho nada!

Será que a vida para mim já basta!
Que mistério é esse?
Indago...
Quero colher o fruto, mas ele nunca está maduro.

Está tudo errado!
O meu passado...
O meu presente.
O futuro não se mostra, quero apenas uma simplória resposta.

Sei que tenho a marca,
Sei que tenho o dom,
Sei que sou sacerdotisa,
Mas estão brincando de pique esconde comigo!

Sou de carne e osso, à espera do alvoroço.
Sou de sangue e vida, à espera da quimera.
Sagrada e desejada é a paz para mim!...
Tenho-a tatuado em meu corpo, ela sim! Deixo-me possuir!

Camila Senna

”(…) Eu me permito ser exatamente como sou. Eu sou uma permissão, uma concessão, uma chance. Eu sou uma tentativa, um sucesso, um fracasso, eu sou um monte de palavra desconexas que para alguns fazem todo sentido. Eu sou e sinto o que sou. (…) Eu sou concreta, embora abstrata, eu sou confusa embora saiba me explicar, eu sou sozinha quando acompanhada e acompanhada quando só. Eu sou mais reticências que ponto final. Eu sou mais aspas que travessão. Eu sou uma força frágil. Eu sou um doce amargo no final. Eu não canso de falar de mim, eu não canso de me descobrir. Eu sempre tenho algo a mais pra dizer, pra sentir, pra ser. Aqui estou eu em outro texto falando de mim, é que ultimamente eu sou meu assunto favorito.”

Luana Gabriela

Me permito amar de novo, mesmo sangrando no peito, por vaidade ou por direito, mesmo que a febre não cessar.

Rodrigo Mez

Permita-se.
Permito-me agora repensar, refletir.
Permito-me olhar para o que passou e esperar que venham coisas, momentos, vitórias ainda melhores. Permito-me esperar.
Permito-me olhar para os erros cometidos, e não repeti-los novamente. Permito-me novos erros.
Permito-me repensar as palavras mal ditas e não dizê-las. Permito-me o silêncio.
Permito-me recordar os bons momentos e desejar outros melhores. Permito-me diversão.
Permito-me despedir-me deste ano que passa e viver o que está por vir. Permito-me um novo ano!
Permito-me desligar-me de tudo que me causa dor. Permito-me FELICIDADE.
Que o Novo Ano seja MARAVILHOSO e surpreendente, que os sonhos realmente se realizem, que a esperança vença o temor, que a alegria vença a tristeza, que todos possamos ser neste ano que se inicia VITORIOSOS, e que o nosso Maravilhoso Deus esteja a nos proteger.

Monalisa Macedo

Me permito a duvida por mais ignorante que ela possa ser,mas não me permito a prepotência por mais inteligente que ela possa parecer.

Murilo Jorge

Te quero demais meu amor
Não deixe esse sonho acabar
Me permito levar por você
Seja pra qualquer lugar
Minha vida é sua vida
Meus pensamentos são seus
Meu amor a ti dedico
Nunca me digas adeus.

Emily Barbosa

"Eu nunca me permito precisar de alguém. Nunca."

One Tree Hill

Permito-me viver intensa e desapegadamente o amor/presença e também o seu reverso... Assim, terei a real noção dos abismos oceânicos; da amplitude do horizonte; dos "limites" do infinito, em minh'alma, represados.

Maria Aparecida Giacomini Dóro