Pequenos textos sobre Morte

Cerca de 634 pequenos textos sobre Morte

Quando Tudo Estiver Consumado



Desde a hora da morte
nossas obras todas cessam...
aqui nesta Terra.

E tudo o que foi
já não mais será.
Tudo contabilizado está...
quer as boas obras,
quer as más.

E diante da presença do Juiz
quem de pé poderá estar,
senão aqueles que aguardam
a justa recompensa
obtida pela fé?

Foi afastada toda sentença
de condenação eterna
para serem livres e amados
sem a mancha de qualquer pecado;
pois todos foram lavados
no sangue do Cordeiro imaculado.

Silvio Dutra

Tornar-se Morte

Quantos eis de morrer por amar
E de nobre Imortal se tornar mero Mortal
E pelo erro de amar se deixar levar
E o mais nobre sentimento sua vida sugar

Se Aquiles não amasse a princesa, tivesse vivido mais
Se jesus não amasse o povo, não seria crucificado
Se Orfeu não amasse Eurídice não teria conhecido o Inferno

Como pode o amor mudar o rumo de uma vida
e como pode uma vida nascer de amor
e se não viver o amor, isso não foi vida

E se um dia eu morrer de amar, que eu também seja lembrado
E abençoado sejam !
Os que morrem de amor e continuam vivendo.

Rodrigo Ramos

Incondicionalmente, "até que a morte nos separe"... ou

a tua intolerância;
o teu mal humor;
o teu egoísmo;
a tua inconstância;
o teu ato infiel;
a tua mãe;
tuas atitudes infantis;
tua falta de estilo;
tua ânsia de consumo;
teu ciúme;
tua desorganização,
tua ignorância intelectual;
teu toque sem graça;

E todos os teus que são também meus.


Já não se fazem mais casamentos como antigamente.
Dó.

Ross

A vida, a arte, a loucura, o prazer e a morte.
São doses de êxtase... Uma trança eterna, cruel e necessária. Uma coisa complementa a outra. Não existe vida sem morte, prazer ou arte sem loucura, nem mesmo vida sem arte. Mesmo sem a praticar, você a sente. Mesmo sem querer, as coisas morrem, as pessoas, os pensamentos... tudo morre!! Aí a loucura assume a sua vida, então cabe a ti transformá-la em prazer ou arte, continuando assim o eterno ciclo. Até que você morra.

Priscila Arantes

Quando a morte chegar
Espero que traga uma caneta.
Espero também estar bem vestido e ter em mãos, minha agenda e um talão de cheques.
Uma agenda para registrar meu ultimo comprador.
Um talão de cheques para negociar o valor que ela pagará por toda a história de minha vida.
E sua caneta pois não tenho certeza se terei uma para dar-lhe um autógrafo.

Francisco Ponciano

A valsa

Que imagem assombrosa
Que pousa em minha mente.
De eu ver a valsa da morte
E sorrir aceitando-a contente.

Tenho a honra
De acompanhá-la em dois passos.
E criar laços...
Um pacto anormal.

- Leva minha alma,
Para matar tua insaciável
Fome de destruir a felicidade da gente.

Deixa que eu viva mais uns anos
Que tal mil?
Dois mil.
Ou ao lado de minha amada,
Não mais que um ano.

Troco minha alma
Boa.
Para matar a saudade
Que soa.
Em meu coração descontente.

- Terminamos a dança aqui...
Onde assino minha sina?

Axi Reed

É errado

A frente do tempo somente a morte,
Que seu tempo pôde conquistar.
Atrás do tempo
Apenas nós, pobres mortais.

Que nascemos,
Reproduzimos
E vencemos.

De um lado a dúvida
De outro mais dúvida,
Atrás...? O tempo não dá ré.
A frente somente a certeza.

O Rico, o pobre
Correndo atrás da morte,
Não há maior certeza.

Axi Reed

''Nem o fogo nem o vento, o nascimento nem a morte pode apagar nossas boas ações.
Não há nada mais terrível do que o hábito da dúvida. Dúvida separa as pessoas. É um veneno que desintegra amizades e rompe relações agradáveis. É um espinho que irrita e dói, é uma espada que mata.
Milhares de velas podem ser acesas a partir de uma única vela ea vida da vela não será encurtada. Felicidade nunca diminui ao ser compartilhada.''

Siddhartha Gautam Buddha

Muitos encaram a morte como algo ruim, como algo injusto,
Mas a morte nada é do que apenas uma passagem desse mundo para outro melhor,
Aki stamos apenas de passagem,
E tds nossos atos do dia a dia
Serão lembrados quando formos para o o julgamento final,
E td que fizemos no passado vai definir nosso destino final,...
E por lah ficaremos ate o fim dos tempos,...

Gabriel mendes

Gato preto não dá azar, pio de coruja não é sinônimo de mau agouro, corvos não indicam morte, sonhar com cobra não é traição.
Todas essas lendas indicam que nós humanos somos desprovidos de sensibilidade e compreensão da Mãe Natureza, se esses e outros animais estão palmilhando esse Planeta conosco é sinal que somos todos um prolongamento do outro, somos um elo de vida neste imenso Cosmos.
Afinal, SOMOS TODOS UM, PERANTE O COSMOS.
Preconceito é ignorância, é doença da alma.

Amara Antara

“Gato preto não dá azar, pio de coruja não é sinônimo de mau agouro, corvos não indicam morte, sonhar com cobra não é traição. Todas essas lendas indicam que nós humanos somos desprovidos de sensibilidade e compreensão da Mãe Natureza, se esses e outros animais estão palmilhando esse Planeta conosco é sinal que somos todos um prolongamento do outro, somos um elo de vida neste imenso Cosmos.
Preconceito é ignorância, é doença da alma.”

Amara Antara

No desespero do meu sorriso encontro forças para continuar, até que a morte me leve e me faça perceber que todo sofrimento compartilhado sem um motivo é apenas mais uma forma de existência contínua que o ser humano insiste em viver.

O sofrimento compartilhado é a forma de desperdício sentimental e psicológico ao qual nada é tão importante quanto a sobrevivência daquilo que se mais espera dentro de você mesmo.

Milorde

Um dia pediremos a morte que venha para ficarmos juntos de quem partiu e que ainda amamos, só que acho que esse não é o momento, é preciso se descobrir na vida, para perceber que já mereça a morte para ser feliz só com paz.

Dizem que no final tudo acaba bem, mais acho que o final é a morte e vai dar tudo certo, afinal quem não almeja aquela paz que vem de dentro ?

Milorde

Desde o nascimento até à nossa morte,
à vida nos contempla com diversos ciclos; que vem e vão.
Ciclos de alegrias e de tristezas.
Ciclos de certezas e de dúvidas.
Ciclos de confianças e de temores.
Ciclos de amores e solidão.
E como as marés que vem e vão...
E os dias que terminam; para o iniciar das noites...
Que eu tenha à estrutura, de absorver
e superar estas transições, de forma sábia e serena.
Que eu seja senhor de minha alma e dono de meu destino.

Marcel Cout

Fuja da morte e escolha a vida

Quem resiste a Jesus
Rejeita a justiça
Escolhe a morte
E não a vida

Quem rejeita a Cristo
Rejeita a justiça divina
E nesta sua soberba
retém o espírito em trevas
Nas trevas da injustiça.
E jamais verá a vida.

Mas o que se humilha
e confessa
que está perdido e sujo
e que corre para Cristo
para ser achado e limpo
encontrará a vida eterna
A vida do próprio Cristo.

Silvio Dutra

MORTE E RESSURREIÇÃO

A cada coração partido
Um sonho desfeito
A cada sonho desfeito
Um novo sonho surge

Não importa quantas vezes meu coração se despedace
Estarei sempre pronto a sofrer tudo de novo

Pois os ventos que levam a quem amamos
São os mesmos que nos trazem a quem aprendemos a amar

É isso que nos mantém vivos
A esperança de que o novo ressurja amanhã
E o desejo de querer amar de novo
Mesmo sendo o sofrimento uma certeza
E a possibilidade de um novo coração...
... Despedaçado

Arturo Angelin

A morte é além de cruzar o mundo, como amigos fazem nos mares; Vivem dentro um do outro.
Para eles as necessidades devem estar presentes, esse amor é viver naquele que é Onipotente.
Neste vidro/espelho divino, se vêem cara a cara; e suas conversas são livres, assim como puras.
Este é o conforto dos amigos, que pensavam que poderiam
morrer, ainda sua amizade e sociedade são, no melhor sentido, sempre presente, porque é imortal.

Willian Pen

PENUMBRA

Por onde andas a vida?
Só consigo ver a morte
Só vejo o escuro
Não consigo ver a luz, pois ela me machuca.
Eu vivo tão assim
Muito mais pra lá
E muito menos pra cá
Por onde andas a velha busca
Por onde anda o novo encontro que barra o nosso encanto
Será que é pelos cantos
Lá onde há tantos prantos
Somos, vamos
Não sei o que e nem pra onde
Que isso não me espante
Ou me aponte o caminho dos moinhos longínquos errantes.

Wesley Rodrigues Correia

Até quando você vai ficar numa casa sem ruído, esperando a morte, doce e resignada, respirando um ar podre de um casamento morto?

Não sente entrando pelas frestas da janela a correnteza de um vento livre e puro que corre lá fora?

Não quer ser livre e se tornar verdadeiramente mulher?

Não quer dançar a dança das fêmeas?

Não quer conhecer o amor e trocá-lo por esse sentimento que apenas sufoca?

Charles Canela

No campo de batalha é vida ou morte, você joga os dados e aceita a sorte.
A vida é assim, o mundo age assim, mas todo mundo sabe que tudo tem um fim.
Acreditar no jogo é um mistério, mas correr atras dos sonhos é um proverbio.
A luta que perdemos os sonhos que esquecemos, hoje o mundo não é mais como queremos.
Esperamos um Herói, mas esquecemos de ser UM.
Queremos a vitória, mas não queremos uma derrota.
O engraçado é que o mundo amanhã poderá ser melhor.
Os nossos sonhos poderão voltar e a dor não mais será uma mera diversão.

Laura Andrade Costa