Pequenos textos sobre Morte

Cerca de 610 pequenos textos sobre Morte

Imagine que você não seja imortal porém tenha varias vidas.
A saudade pode te matar.
O amor pode te matar, assim como a paixão.
Mas a traição será a mais dolorosa e amarga das mortes!
Se por ventura você esquecer por qual saudade ou amor morreu, certamente não esquecera por qual traição fora. A traição é o trauma que jamais é esquecido pela consciência.

Douglas Varine

O sopro da existência passeia por jardins celestiais - fazendo respirar - os girassóis.
Todos eles, até os que foram colhidos para compor vasos terrenos.
Quem diz que não há vida após a morte, não entendeu que o corpos são vasilhames: vestidos para guardar girassóis.
A ‘morte’ principia ao girassol no instante em que ele se destina a habitar o oco vaso de barro...
e logo pela manhã ou no entardecer ele voltará para o jardim: o lar.

Clara Dawn

Ao abrir as cortinas deste dia "nunca mais" é a melodia que girola o vinil:
... na tela fria do computador - a maciez de seus cabelos - nunca mais.
[Deus - nunca mais!? ]
E a melodia toca-me... toca... toca Insistentemente...
[toca-me... e[n]toca... ]

Clara Dawn

A existência é maior milagre e maldição para todos os seres. A magnitude do sofrimento só se é percebida quando se da conta de como e impossível viver em sociedade sem se corromper, assim como fugir da mesma.

Viver e como um jogo repetitivo onde temos dd seguir o script que não concordamos e acreditar que um dia faremos improviso, mesmo que a crença faça oarte do script.

Danilo Carvalho

Em que abismos do céu
provou arder dos seu olhos?
Um fogo que plasma tão mau
e bom de tão perfeita simetria.

Tentes e atentes, à vida-morte,
a carne e que sequer deseja,
derretida em mar de luxúria
com apenas uma luz em reflexo.

tão árduo caminho se vem
como no espelho da verdade,
me perco em olhar pro céu
nas lágrimas da mente humana.

O coração e mente, do fruto
que é doce ao comer,
expressando o engano
que celebra o prazer.

Marcio Eli Barbosa Júnior

Eu queria mais tempo.
Passar mais situações com você,
discutir, brincar, amar,
e até se chatear com problemas.
Eu queria mais tempo.
Tempo para lutar
por tudo que acredito.
Até de derrotas me satisfaria.
Eu queria mais tempo.
Pra lhe dizer, meu amor,
que você era minha felicidade.
Que você movia meus pensamentos
e minha vida era ti.
Eu queria mais tempo...

Marcio Eli Barbosa Júnior

Imortal canção levada pela brisa
esvai-se pelo brilho da lua no orvalho,
seca, fria, e que sequer frisa
porém no amor, carinho, amealho.

Som que abala o conceito de paz,
nem bom, nem ruim, apenas tocante.
Leva-me na sutileza que aqui jaz,
esperança não mais aqui, perante.

Embora tentes ainda, em tono,
como primavera, clamar ao céu,
coração já não pulsa. Apenas outono.

Prazer insípido em meio ao ensejo
Denotando sofrimento, apenas léu.
Um brinde à morte, vestida de desejo.

Marcio Eli Barbosa Júnior

M? Não sei. Você é que mudou um tanto, amigo.
Se distanciou mais e mais do seu passado.
Ela continua lá
junto daquele cara que conheceu
mas que agora já não é mais o mesmo.
E assim é: estradas e encruzilhadas
e novamente estradas.
Pessoas se encontram, partilham coisas,
caminham juntas algum tempo
e, depois,
cada qual segue seu rumo
na ampulheta descendente dos minutos,
dos dias, dos anos...
Destino: sinuoso sendeiro onde deambulamos todos
na direção dos braços da inelutável morte.

Raniere Gonçalves

FÉTIDO CERIMONIAL (B.A.S)

Somos fossas vivas, exalando nossas toxinas e
hormônios, num fétido e poético existir...
Carrego minhas excrescências e fezes, prova de minha
humilhação carnal...
Aguardo num fétido cerimonial funesto e fúnebre
a data da minha morte...Para o além-vida...o além-vida...

Bartolomeu Assis Souza

A tortuosa estrada do fim

O silêncio envolve-me lentamente
O vazio se torna presente
Eu tento ser compreensivo
Mas o mundo nem sabe que existo

Eu tento ser amigo
Mas você me afastou
E ainda continua sorrindo
Uma máscara de ouro para um interior pútrido

A luz emana do globo dourado
Queima cada pedaço de meu corpo
Um sopro de lucidez
Agora chegou a minha vez...

Partir
Fugir
Sentir
Vivi?
Morri?

Fincando seu olhar negro
A obscuridade voa ao meu lado
Apenas continuo meu caminho em direção ao novo mundo
Já não me importo...

Erick Todd Barker

A estrela

Cerra-se as cortinas do palco
A estrela que então brilhava
Sente o fim do seu ultimo ato
Com os aplausos que já não ecoam mais

Vultos e sombras circulam pelos camarins
Como recordações de uma vida inteira
Risos, lágrimas e emoções
Formam quadros de uma cena
que se voltam ao silêncio do choro comovido
Da pequena platéia que a espreita

As luzes então apagam-se lentamente
A escuridão toma conta do cenário
A solidão e um vazio invade minha alma
É o fim do seu ultimo ato

IVAN HAUPTMAN

Sim a vida é dura, nem tudo o que se quer se tem.
Temos que batalhar pelo que queremos, e muitas vezes não se obtém o sucesso desejado.
Muitos desistem de seus sonhos, acredito que por pura idiotice. Estamos carecas de saber que a vida não é fácil, e se você não aguenta o "tranco", cai fora que você esta no lugar errado.
Viver não é para os fracos baby.

Kscampos

Um dia

Um dia...
Um dia tudo terá fim
Esses olhos não mais verão
Esses dedos não mais tocarão

E esse coração que hoje bate por ti
Não irá bater...
Nem por ti e nem por ninguém mais
Ele irá perecer

Será decomposto
Pelo verme que come
Os míseros restos
Que sobrarão do meu ser

'Que morbidez!'
Você pode dizer...
Mas apenas escrevo
O que vai acontecer

Porque um dia tudo terá fim
Ao vento será deixado
E tudo que há em mim
Será apenas pó espalhado

Débora Soares

Morte do Amor

Havia um amor, feliz, leve e liberto...
Sentira livre pra voar...
Emergiram-se nas nuvens, estas carregadas de ilusão, mentiras e traição.

O amor nunca mais retornou...
Embrenhou entre trovoadas de ódio e furor.
Decretada a morte foi...
De um amor que se elevou...
Perdeu-se nas alturas da liberdade que ousou.

Priscila Lara

Oscar Niemeyer ainda vive!
Hoje, 5 de dezembro, é em teoria o aniversário de morte de Oscar Niemeyer, e há muitos comentários a respeito do falecimento do gênio. Um ano sem Oscar? Eu não acredito nisso. Certa vez, li em algum lugar uma frase que dizia: “a pessoa morre quando seus feitos forem esquecidos”. Oscar nunca vai morrer. A cada linha curva, a cada estrutura ligada totalmente com forma, a cada detalhe imprevisível, bate o coração de Oscar. A Arquitetura é mais do que cabe em uma vida. Assim como o amor, a Arquitetura é eterna.

Niti Sirtoli

No dia em que os céus escuros da morte baixar sobre meus olhos,
Será o dia em que eu não puder mais ver a luz que seu sorriso trazia ao meu coração,
Será um dia no qual não haverá mais um amanhecer,
Pois sem o brilho dos seus olhos, não há um amanhecer,
Será o dia em que o Sol se apagará para sempre, para não ver o fim.
Sem você em meu caminho, não há um caminho.
Sem seu sorriso, não há felicidade.
Sem você, logo não existirei.

Johnatan Oliveira Wanderley Santos

''Nem o fogo nem o vento, o nascimento nem a morte pode apagar nossas boas ações.
Não há nada mais terrível do que o hábito da dúvida. Dúvida separa as pessoas. É um veneno que desintegra amizades e rompe relações agradáveis. É um espinho que irrita e dói, é uma espada que mata.
Milhares de velas podem ser acesas a partir de uma única vela e a vida da vela não será encurtada. Felicidade nunca diminui ao ser compartilhada.''

Siddhartha Gautam Buddha

Qual a coisa mais difícil que temos que enfrentar?
A morte ou a perda da pessoa que nós amamos?
Eu acho que as duas coisas, porque um dia todos vamos morrer,mas enquanto estamos aqui e vivos, temos que viver o máximo que pudermos. Cada sorriso, cada tristeza, cada choro, devemos aproveitar esses momentos porque devemos amar, sorrir e chorar, devemos viver...

Isa Reis

confissão

esperando pela morte
como um gato
que vai pular
na cama
sinto muita pena de
minha mulher
ela vai ver este
corpo
rijo e
branco
vai sacudi-lo talvez
sacudi-lo de novo:
hank!
e hank não vai responder
não é minha morte que me
preocupa, é minha mulher
deixada sozinha com este monte
de coisa
nenhuma.
no entanto
eu quero que ela
saiba
que dormir todas as noites
a seu lado
e mesmo as
discussões mais banais
eram coisas
realmente esplêndidas
e as palavras
difíceis
que sempre tive medo de
dizer
podem agora ser ditas:
eu te
amo.

Charles Bukowski

Não é fácil escrever sobre certas coisas complexas, como:
Amor, morte, Deus... mas à medida que cresço essas palavras vão ganhando novas formas, sentidos e significados e assim vou escrevendo sem grandes esforços, então percebo que escrever é a respiração da minha experiência, a tradução do meu existir.

Idenir Ramos