Peguei

Cerca de 352 frases e pensamentos: Peguei

Hoje me peguei distraído pensando na minha infância, e cheguei a uma conclusão de que os anos 90 talvez tenham sido a ultima das décadas em que uma criança de fato era uma criança. Onde assistíamos desenhos de criança, brincávamos com brinquedos de criança e também brincadeiras de criança, afinal celulares eram coisas de adultos, assim como os computadores, tablets? Nem se quer imaginávamos com isso, as roupas eram de criança, já hoje as roupas são as mesmas dos adultos apenas menores. O mundo evoluiu pena que a infância também evoluiu junto com o mundo.
Será que um dia as crianças voltarão a serem crianças?

Romulo Santos

Peguei um pedaço de papel, comecei a rabiscar, a escrever sem rumo, ía escrevendo enquanto meus olhos deixavam cair gotas da saudade. Ía escrevendo sem perceber, e em cada pedaço havia muita tristeza, dor, angustia tentando ser decifrada através daqueles rabiscos. Quando terminei, percebi que em cada palavra encontrava um pocuo de você, que em cada parágrafo colocava aquelas palavras que um dia seu coração mostrou pra mim.

Letícia Silva

E pelas estradas da vida...
Aprendi a me perder
E me perdendo me encontrei
Peguei a estrada errada...errada?
Digo a certa
E "sem querer querendo"
me encontrei me perdendo...

Marcella Macedo

último romance

Peguei aquelas mensagens e fui relendo aguando a saudade confusa que eu sinto quase sempre ou de vez em nunca. A gente tem que entender onde começa e onde termina tudo. E eu que não entendia, reparei. Naquele meio beijo, naquela meia verdade, naquele meio cheiro, naquela meia dor. Nada de meio, nem meio final. E tudo é, e tudo não é. Nunca fui aquele tipo que acerta o tiro, tenho um olhar vesgo, mas sei o que eu quero, disso eu sempre soube. E eu quis a ponto de não querer outra coisa. Quis muito ir fundo, ir onde ninguém foi. Mas minha engrenagem não funcionou. A gente não desiste, a gente só abre mão. Uma hora a coisa toda cansa de sofrer, cansa de doer, e a gente quer a calma da cura. Isso existe sim, eu li nos livros. Minha Vó sempre me disse para acreditar nos livros. A gente também não escolhe quem amar ora. A vida tem um jeito doido e minucioso de nos mostrar as coisas. Que quem perde tempo tentando entender, perde na verdade, o tempo de viver. E se eu pequei na vontade de ter um amor de verdade, agora me vejo pegando o barco e remando para um outro mar, meu bem. E a gente não sabe onde vai parar. Nunca sabemos. E explicar já não faz sentido, ao certo, uma vez. Chorei. Esmaguei aquela parte que despertou umas cinco vezes enquanto meu corpo agonizava por falta do que nunca foi. Por saudade de um beijo que eu nem se quer provei. Tudo e nada se misturavam enquanto eu via a porta sendo aberta e fechada na minha frente. Então é isso. Deixo ir. Não há forma mais sincera de guardar alguém dentro de si, do que deixa-la ir. Deixo sem culpa, sem rancor, sem ódio, só um pouco da óbvia dor que eu sempre soube que sentiria. Natural. Eu que não sei deixar ninguém sair da minha zona de proteção, estou deixando. Sem despedidas. Já que deixar ir é apenas uma metáfora para aquilo que não podemos mais tocar. E eu sou horrível em metáforas. Mas aprendi. Como tantas outras coisas que aprendi com você, moreno. Bonitas, grandes e puras. E ainda aprendo. Não acabou por aqui, só estamos abrindo outra porta e o que está por trás desta, espero que seja o melhor para nós.

Chaiene Nascimento

Mais uma vez, peguei meus papéis, caneta, e cá estou, tentando expressar com palavras o que não sai da minha mente. Não entendo o por quê de tanta dificuldade, conheço quatro simples letrinhas capazes de descrever por completo tudo o que penso, "você".

Larissa Broggio

E hoje me peguei pensando em você, pensando em nós dois. Fazendo planos e mais planos, sonhando acordada com o nosso encontro...

Thaís Duara

Ja me peguei chorando por lembrar de um sorriso que você me deu.

MiroMorais

Reunião dos Sábios Poetas

Já me toquei e fui safado como Bukowski
e me peguei amando o tanto quanto posso igual Vinícius,
porém já me vi cético e racional como João Cabral.

Um dia me senti tímido igual Drummond
tanto que precisei e decidi ler Baudelaire
e essa necessidade me induziu a ser precoce como Rimbaud.
Já quis ir embora como Bandeira foi
e revolucionário como Mário de Andrade pelo novo,
pela arte, pelo povo.

Já quis beber como Oswald de Andrade
e ser rebelde a vontade.

Quis escrever versos em Quintanas
e lutar como Leminski, para poder dar um golpe certeiro em cada poesia.
Pensei em suicídio e morrer por amores como Álvares de Azevedo em seus poemas.
Hesitei e decidi ir à igreja conversar um pouco com Deus no corpo feminino de Adélia
[Prado,
pedir força para conseguir escrever sonetos parnasianos parecidos com os de Olavo
[Bilac, com métricas, rimas ricas no encaixe.

Brinquei e joguei palavras no papel,
esparramei-as e esforcei para formar algo concreto, alá Ferreira Gullar
mas minha incapacidade de me entender me faz ficar desentendido em dizer o que eu sei
[escrever

Meu canibalismo antropofágico nacional,
o elo com o belo
o natural
me enraizou os pés na terra moderna e fofa,
e a chuva me afundou junto com Manoel de Barros à toa.

Embriaguei-me com vinho do porto, no Porto de Portugal.
Com isso, avistei Fernando Pessoa adentrar além-mar salgado, ou talvez um de seus
[pseudônimos.
Não me lembro de nada direito, sentia-me puro e instigado.

Já pus em cheque a vida que passei e me inspirei.
Todos me adentram o núcleo do âmago
o interior do interior de mim mesmo.

alexandre morais

Me peguei olhando para o nada, e imaginando tudo,minha mente em disparada, nesse mundo de sonhos, onde nada é tudo e tudo é apenas ilusão e minha vida se torna um nada .

Murilo Telírio

Peguei seu nome entre as estrelas
Escrevi seu nome com um pincel bem fininho
De todas as horas que escrevi seu nome
Sabia, que em escrever seu nome, estaria a linha do meu destino.

Juarez F. Sales

Hoje tá ventando bem, aí eu me peguei pensando uma parada...
Deus já fez a água sem sabor, não poderia ter feito o vento com odor?
Vento com perfume da marola...
O mundo vivendo numa eterna brisa...

Thiago Lucas

Vamos definir!

Sou negro, flamenguista, e já peguei uma negra chamada Tereza!
MAS.
Não gosto de SAMBAFUNK, drogas e “probremas”, além de MCs.
O lugar que você frequenta eu dou descarga. Não me manda mais convite.

Professor Glauco Marques

Peguei um pedaço de papel e comecei escrever-te algo. Sobraram sentimentos, faltaram palavras. Rasguei a folha num ato súbito de raiva e frustração, meu desejo era poder estar ai do seu lado e poder te abraçar e te tocar, ao invés de tentar te explicar tudo o que eu sinto através das palavras. Essa maldita distância me limita tanto, e essa limitação me sufoca.

Pablo Reis Expresiones

CONFLITO

Hoje me peguei pensando, imaginação fluindo,
lembranças de amores passado sofridos, amado.
Pensamentos, conflitos, grito, às vezes calado,
Amores que vem chegando, outros que vai saído.

Em meus pensamentos, linhas mal traçadas,
insônia na madrugado sonhos no adormecer.
Choro só, de saudade, sofrendo sem merecer,
Sinto a falta tua, essa distancia me maltrata.

Tento unir, passado, presente em meu pensar,
tento voltar no tempo pra cura a minha dor.
Tento saber quem sou pra nunca ser esquecido.

Procuro lembra de te, em meu pensamentos,
flui na mente imagem tua, nossos momentos.
E tudo volta o que era, o sonhado reencontro.

Marcos Maluly

Peguei um punhado de afeto, de sonhos, amor, fé, alegria, poesia e deixei como crédito no meu baú secreto...
Quando alguém precisar, posso doar!

Simone Resende

Abandonei as roupas no chão, peguei um vento no rosto e me encontrei aqui, pensando o quão pouco precisamos para ser feliz...
Talvez a felicidade seja essa simplicidade, um vento no rosto, um estar nu de corpo e alma e só sentir a brincadeira que o vento faz com as nossas sensações!

Simone Resende

"OS PROBLEMAS DA VIDA CHEGAM E ME DIZEM: -TE PEGUEI !.. MAS DOU UMA GARGALHADA E DIGO: - PALHAÇOS, VOCES ME FAZEM SORRIR !..

RobsonAlves

Nem sei porque sou assim

Um dia me peguei a olhar as flores
Balançando airosas no jardim
Sentada no ócio, sem labores
Fiquei a pensar assim

Sempre fui ativa e laboriosa
Nunca deixei de trabalhar
Por que agora esse descaso
Ao airoso labutar?

Me deixei ficar assim
Porque não tenho mais metas
Ninguém mais está a fim
Pois estou obsoleta

Não tenho mais brilho no olhar
Nem sorrisos ao redor
Sou sozinha a caminhar
Cada vez fica pior

Sonhos desaparecem
Como o assovio do vento
E todos sempre esquecem
Que um dia tive talento

Quero ter algo na vida
Que me traga alguma luz
Pois no coração a ferida
É como pesada Cruz

Ando sem rumo e sozinha
Pois não tenho mais o aprumo
Que um dia me dava arrimo

Não tenho mais alegria
Que tive naqueles dias
Com sua mão entre as minhas.

Paola Rhoden

quando falo que o rolé foi daora, meu pai ja sabe que eu chapei e peguei uma mina

giampa