Peguei

Cerca de 434 frases e pensamentos: Peguei

"Peguei no verde" ... "Isolei na madeira" ... "Tomei sua sorte" .
Eu era dessas !

Camila Godoy

Liberta-me...

Ontem me peguei pensando em você... E quando foi que esqueci? Quando eu me recuperei de sua partida, qual foi o dia que aceitei não te ter mais aqui...
É difícil aceitar o fim... Seguir enfrente, como se eu não te esqueci, se não sai de mim. Vou negar o que sinto... Como prosseguir como você em mim?
Por que você não sai de mim, por que não me liberto, não me permito um recomeço. Um renascer sem ti...
Eu me torturo pensando coisas em vão, procurando resposta que não as encontro, o meu tormento é te esquecer, quando somente consigo lembra-te...
Que sentimento é esse? Que me rende assim, que me causa sensações que vão da plenitude ao desespero... Que são do encantamento ao pesadelo... Sim! Estou a me questionar se é realmente amor ou loucura?
Meus dias se arrastam sem noticias suas, parei minha vida... Por que não consigo prosseguir sem você, que dependência é essa, que me anula, que me cega, que me algema a ti...
E nesse desespero que me encontro, me pergunto, me interrogo... Será q sente ou sentiu o mesmo... Sentiu-se ou sentiu como conseguiu partir...
Não foi loucura sentia o seu amor... O seu bem querer, eu me sentia amada. E pensando nisso penso, o q eu fiz para que partisse assim? Torturo-me procurando o meu erro fatal, onde foi que eu errei? Em que parte te fiz partir...
Passo horas a imaginar quando eu abrir a porta para que me deixasse, e os dias passam, as horas correm , correm contra o meu desejo de te ter de novo. Voltar a viver... Infelizmente sem você não sei... Não que seja tão tola, não. É que me sentir completa e metade não sei viver...

felicity Secret

Então, alguns dias cansada de me manter em pé como um bambu oco, me peguei desprevenida e fumando um maldito cigarro azul.

Káah Azamba

" E hoje me peguei olhando para o nada e vi o quanto o ser humano é preguiçoso... hoje eu olhando o tempo la fora e vi um pardal pegando pedaço de folhas ou pedaço de galhos para construir seu ninho, fiquei ali por alguns minutos, e vi que ele pegava de um em um, com toda disposição... e logo depois vi passar um rapaz dirigindo lentamente seu carro, tomando um refrigerante, e ao passar por uma lixeira tentou jogar a lata no lixo, mas caiu ao chão, rapidamente ele olha o lata no chão, mas sem nenhuma preocupação ele continua dirigindo seu carro lentamente... é como dizia Mario Quintana ..."A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda" As vezes um pouquinho de força de vontade pode mudar o mundo... e fazer como o pardal... construir novas vidas" !!!

Algacir Lopes

Me peguei pensando em você com uma forma muito especial, uma forma um tanto carinhoso mais do que poderia;
Mas as dúvidas e receios insistiram não deixar que a coragem se manifestasse em mim travando todas as minhas palavras de me declarar-me a ti;
Sei que superar é necessário, mas amar também se faz essencial e o tempo não decide qual sentimento seguir;

Julio Aukay

Alma

No dia que te peguei nos braços
pela primeira vez,
eu senti que eras um anjo
senti meu corpo extremecer
de tanta felicidade...........
...e o anjo me ensinou que um filho
é o maior amor do mundo.........
e onde eu estiver sempre estarás ao meu lado..........
eu sei que te perdi ........
você retornou ao céu
mas tua alma se mesclou com a minha
e jamais nos perderemos.............
tambem voarei um dia
e você,
você estará
me esperando........
tua mae para a eternidade........

Eliane R Gobbi

Já perdia as contas de quantas vezes me peguei chorando anoite no meu quarto,pensando nos erros cometidos, nos amores platonicos, na vida que teria ao seu lado, como poderia concertar os meus erros , como um sonho tão grande se foi junto com a pessoa amada, nas lembranças , Fico lembrando como era o gosto do seus beijos em um domingo chuvoso, como era nossas brincadeiras, nossos filmes nos finais de semana, Nas vezes que fomos a praia em que viamos o por do sol, planejando nossos futuros juntos ,mais isso se quebrou como uma onda a sua chegada na praia,como um coração na mão de criança, mais já eramos bem crecidinhos pra saber nossas brincadeiras, mais como todo mundo tem suas fazes aquela era a minha de acreditar em tudo, pensava que tudo era mar de rosas, que poderia fazer de tudo sem que ninguem muchucar meus sentimentos e como mais uma vez estava errada, perdida no espaço que nem era meu, não tinha volta, era um jogo entre duas pessoas, e se acabasse um deles iria sair ferido. Como a lei que tudo que vai volta a gente aprende a viver e a suportar dores passadas.

Rebecah Zanardo

Quantas vezes ja me peguei imaginando eu e você num domingo chuvoso.

Rebecah Zanardo

Ele: Hoje eu me peguei pensando em você...
Ela: Como assim? O que quer dizer?
Ele: Quero dizer que faz dias que isso acontece. Que eu te dou vários "sinais" e você não se toca. Faz três anos que somos amigos e eu não quero mais isso, eu não suporto mais isso. Desde aquele dia que eu comecei a te enxergar de outras formas - você até me chamou atenção e perguntou novamente como estava a sua roupa para o baile de outono, ano passado - que eu venho jogando indiretas e indiretas. Não aguento mais esperar, mas não tive coragem suficiente para fazer o que estou fazendo agora, logo em Janeiro. Enfim, o que eu quero que saiba é que eu estou apaixonado por você e não suporto ser seu amigo, quero mais do que isso. Quero que você me ame como eu te amo, quero dividir minhas coisas com você, quero te mandar uma mensagem do nada dizendo que te amo, quero dizer como foi meu dia e escutar como foi o seu. Quero ter filhos com você, que aliás serão vários. É isso que eu quero.... Ser feliz ao teu lado. E se me permite, irei te beijar.

Marcelo Castro Rêgo

Pensamentos de taxímetro09/10/2012

Peguei táxi porque estava atrasada. Expliquei o endereço escondendo o sotaque para ver se dessa vez o taxista, agora sem rosto, me levaria para o endereço sem muitas voltas nessas ruas cinzas e idênticas de São Paulo. Queria chegar logo e na hora, mas isso seria impossível porque quando sai de casa faltavam exatamente dois minutos para o horário marcado. Demoro esse tempo para descer as escadas. Mas, vai, pega o caminho sem muito trânsito nesse horário, eu não faço ideia, só me leva daqui. Pela Alameda fulano sei lá o que. Essa mesmo.
Nesses momentos me sinto adulta. Mas ainda sim, sozinha. Nessas ruas cheias de desconhecidos apressados. Fico olhando de longe, através da janela. Imaginando onde eles vão e de onde eles vem. Rapazes, garotas, crianças, algumas árvores solitárias e cachorros de raças que eu nem sabia que existia Aí, que saudade da minha cadelinha que ficou em Minas. Se ela tivesse aqui seria mais fácil. Sinto falta de abraçá-la no meio da noite. Da festa que a casa vira quando chego de qualquer lugar. Odeio esse silêncio que fica. Odeio ter que tomar cuidado com a chave.
Vim pra cá porque não queria ser mais uma pessoazinha perdida no mundo. Mas a única coisa que essa cidade tem feito é me fazer sentir assim. Conheço pessoas diferentes todo santo dia. Mas ainda sim, cada vez acho elas mais rasas e iguais. Não lembro nomes, endereços ou o número do celular. Eu nem sei mais direito quem sou eu. Me desconheço, no espelho, no restaurante, na fila do metrô. Tenho medo de me esforçar demais tentando entender as coisas. Já ouvi histórias de pessoas que não aguentaram a pressão e desistiram dos seus sonhos. Eu no futuro me mataria no presente se fizesse isso agora. Eu no passado não fazia ideia disso tudo.
Não gosto dessa música que está tocando na rádio. Mas o dia tá lindo e eu adoro o sol que bate na minha cama pela manhã. Ele faz o meu quarto parecer cenário do filme. Adoro minha bagunça. Todo mundo pergunta como eu consigo sobreviver assim. E eu penso, como vocês conseguem viver com tanta espaço?
Algumas ruas daqui já contam histórias. Aquele beijo. Aquela vez que sai da balada e comi qualquer besteira com o pessoal em um restaurante com nome engraçado. Aquela reunião no prédio vermelho que nunca deu em nada. Naquele momento, respirei fundo e lembrei das outras coisas boas que estavam acontecendo ao mesmo tempo na minha vida. Das lembranças que andavam preenchendo outras lembranças. Enchi meu coração de esperança e minha mente de novas ideias.
A vida às vezes é deixar um pouco pra lá. Sem apagar ou se apegar. Matar a saudade, mas do futuro. O destino precisa de um pouco de espaço para um simples abraço. Abrir a janela dos nossos sentimentos e deixar o vento mudar a ordem das prioridades. Até parar de ser um esforço e se tornar uma certeza. Pode custar, um real, uma noite ou um texto, mas no final vale a pena.
É mesmo impossível escolher o que me fará feliz. Mas é possível afastar o que me faz triste. Simples, o resto às vezes não é só o que sobra. O resto pode ser o que temos e no final das contas, nos completa.
Meus pensamentos foram interrompidos pelo taxista confirmando o endereço.
- Isso, naquele prédio espelhado com letreiros. Quanto deu?
- 34,70.
- Não precisa do troco. Até!
- Boa dia, menina!

depois dos quinze

Num certo dia sem esperança. me peguei aos meus SENTIMENTOS e logo surgiram emoções que me tocaram a´lma como uma poesia sem fim, tornando possível meu sonho de transmitir mais que palavras, mais que imagens, simplesmente SENTIMENTOS DA ALMA.

Marcelo Rondoni

Hoje eu me peguei, pensando em você te amo e nem sei como eu amo,coisas do amor.

Sandra de sá

Não peguei ar. Tô pegando a gravidade de toda a composição atmosférica.

Dani Leão

Peguei teu perfume e borrifei no meu travesseiro pra ver se assim consigo dormir melhor. Para imaginar com tudo um pouco de nós, em ocasiões incríveis que se encaixão em pequenos e perfeitos momentos.

Danielle Gomez

Peguei uma foto nossa nos meus documentos, sentei na cama e fiquei a observá-la. Seu rosto estava tão iluminado, seus olhos estavam nos meus olhos, seu sorriso era sofisticado e tímido. É até irônico dizer que foi o melhor dia que passei ao seu lado, por que, apesar de termos duas fotos parecidas, elas não conseguem me fazer lembrar como ele foi. Senti vontade de chorar, tem bastante tempo que não te vejo passar mirando-me como uma presa mira o alvo antes de atacá-lo. Eu não sabia fugir, deixava você atacar-me com toda beleza que portava e me tirava o fôlego. Agora eu estou chorando. E não consigo expressar nem derramar o meu desconforto nesse papel. As linhas parecem ser mais longas e a minha letra diminuiu ao ponto de não conseguir chegar ao final da margem. Quero muito saber o motivo do meu choro, deve ser saudade, ou angustia… E novamente não acho palavra alguma que se encaixe no contexto. Eu nunca escrevi muito bem, e nunca quis que você me lesse, mas desta vez, meu bem, me ler… Só desta vez.

Alice Andrade

Que falta você me faz amigo! Agora sou apenas lembranças, e quanta coisa boa para lembrar. Já peguei o telefone querendo te ligar e ouvir sua voz do outro lado falando que era apenas um pesadelo e você está bem, está vivo. Mas a realidade me chacoalha e mostra que sim, não tenho mais meu melhor amigo, que sim Deus o levou. Você morreu pro mundo, mas continua vivo, dentro do coração de quem te ama. Amigo querido amigo, me vejo ainda perdido, a realidade e a ilusão parecem intercalar seus papeis diante mim. Tudo que passei ao teu lado, agora me fazem companhia, hora me fazem chorar, hora vem para consolar. É difícil, porém preciso e vou continuar a seguir meus dias, pois a vida continua e pede "sorria segue as lágrimas, teu amigo cumpriu sua missão, está junto de Deus olhando por você, e vai estar eternamente vivo em seu coração, então vamos lá, viva, por quem te ama, por quem ama, por você, por ele". Sim, bora lá, vou sentir saudades e sei que um dia vou poder acabar com ela, um dia vamos nos reencontrar e veremos que o tempo foi apenas um capricho de Deus.

Roger Stankewski

Já enfrentei gente ruim no braço
Levei picada de escorpião venenoso
Já peguei cobra pelo pescoço
Mas o que me derrubou, foi o olhar de uma morena que traz o sorriso no rosto!

Sid Aguiar

CARONA


Com você peguei carona
Num sonho lindo.
E nesta viagem embarquei sem pensar.
Voei pelas estrelas
E corri pelo arco-íris.
Hoje só me restam lembranças:
_Planto sonhos na esperança de vê-lo voltar.

Fátima Duarte (Penápolis)