Passarinhos

Cerca de 97 frases e pensamentos: Passarinhos

Quando há uma tormenta, os passarinhos escondem-se, as águias, porém, voam mais alto.

Indira Gandhi

Canto de regresso à pátria


Minha terra tem palmares
Onde gorjeia o mar
Os passarinhos daqui
Não cantam como os de lá
Minha terra tem mais rosas
E quase que mais amores
Minha terra tem mais ouro
Minha terra tem mais terra
Ouro terra amor e rosas
Eu quero tudo de lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte pra São Paulo
Sem que veja a Rua 15
E o progresso de São Paulo.

Oswald de Andrade

Quando os homens se tornarem amáveis...
os passarinhos vão dizer bom dia.

Gafc

Dia Nublado

"Chuva fina no telhado,
Vida que goteja do céu nublado.
Na árvore,
passarinhos entre galhos, procurando proteção.
Sentado na janela,
gatinho preguiçoso, olha tudo com atenção.
Aqui dentro me reconforto com essa imagem,
Dentro do meu aconchego e da minha pequena solidão,
Sinto-me simplesmente abençoada,
E transbordo gratidão."

Célia Cristina Prado

Beija-flor no jardim florido
raios do sol na varanda
passarinhos cantando
o amanhecer despontando
que lindo dia, que linda aurora.

Marta Michela Amorim

Felicidade

Felicidade, quando chega,
Chega sem avisar
Acorda os passarinhos
E cedo começam a cantar
Avisam que o amor chegou
Muda tudo ao redor
A moça se alegra
A tristeza vai embora
O coração bate forte
Levando os dissabores
A porta se fecha
Deixando a tristeza lá fora.

Rita Padoin

TEUS SEIOS

De tanto os ver arfar, arfar, arfar...
- quando os meus olhos a mirar-te quédo -
os teus seios me fazem recordar
dois pombos novos a tremer de medo,
que fugir tentam... sem poder voar.

São o altarzinho, Virgem sem pecados,
que tanto olhar enamorado atrai;
teus seios são os frutos delicados
que, tão somente quando sejas mãe,
poderei ver de todo sazonados.

E tão puros até, que o próprio Deus
os não destina as bocas venenosas.
Ele os criou para os filhinhos teus
com lábiozinhos tenros como rosas,
com o candor dos querubins dos Céus.

Por isso, meu Amor, depressa, vem,
vem a meus braços, dá-te por isso vencida;
que havemos de vivera mesma vida
e que teus filhos serão meus também.

Ânforas cheias de preciosos vinhos!
teus seios - dias ondas de desejos -
são como dois emplumes passarinhos
que para o cibo - meus ardentes beijos -
cheios de fome estendem seus biquinhos.

Roberto Eduardo da Costa Macedo

Ramo florido.
Canções de passarinhos.
Encontro de amor.

Dayse Sene

Já vi várias vezes passarinhos entrando e saindo pela caixa de som de uma congregação, enquanto que alguns infiéis entram e saem da presença do Senhor, fazendo ninhos com os demônios.

Helgir Girodo

Meu pai não foi um homem afetivo. Entretanto, sempre me apontou passarinhos.

Josie Conti

RECOMECE SEMPRE
(Autora: Profª Lourdes Duarte)

Observe a natureza, siga o seu exemplo.
Tudo nela recomeça e nasce outra vez.
No lugar da poda surgem os brotos novos.
Com a água, as plantas vicejam novamente (renascem).
Aos poucos tudo muda, nada para, os campos tórridos pela seca, ficam verdejantes com a água da chuva que cai.
A própria terra se veste diferentemente todas as manhãs. As flores começam a desabrochar, os passarinhos dão vida a terra com seus lindos cantos.
Isso acontece também conosco.
As feridas cicatrizam, o coração volta a amar mesmo depois de grandes decepções.
A dores desaparecem.
A doença é vencida pela saúde.
A calma vem após e o nervosismo e do stress do dia de trabalho.
O descanso restitui as forças nos revestimos de ânimos para mais um dia de luta.
Recomece.
Anime-se.
Se preciso for, pode suas folhagens e deixe que novos brotos surjam, para que no futuro tenhas boas sementes para por no campo.
Assim, é a VIDA, RECOMECE SEMPRE!

Prof Lourdes Duarte

Não quero guerra nem paz
nem saber se há céu, mar,
terra, flores, ar
passarinhos, outros bichinhos.

Não vou lembrar de safados
de honestos, dos modestos,
dos cometas dos planetas
dos continentes
de idiomas diferentes
hoje eu quero o vazio
o nu.
que importa o vento
o frio ou o calor
quero o nada.
Nem sonhos
menos ainda realizações
nem fastio me atrai.
candura, ardil
frescura ou secura
tanto faz,
não quero.
Eu não quero existir
sentir.
Não estou a fugir
só não quero
nem fingir.
Me dispo de tudo,
esvazio.

Que importa a poluição
a má intenção
que interessa a solidariedade
o rancor, o amor?
Fico parada, sem pensamento
nem que seja por um momento
não quero saber de nada.

Paula Xavier

Liberdade de viver

Viver é passarinhos do mar
Peixes a voar
Vagalumes a iluminar
Se jogar de uma ponte imaginária
Amar loucamente
Cantar desafinado
Dançar feito molusco
Gritar sendo mudo
Voar sem ter asas
Fugir de casa depois voltar sentindo saudades antes que alguém perceba
Ficar preso num sentimento pertubador.
Depois soltar-se das correntes e perceber que era amor
Depois prender-se denovo sem culpa, sem dor
Ter medo do escuro e infiltrar-se dentro dele
Não ter medo de ser ridiculo
Ser insolentemente sutil
Ah, viver é não pensar!

Sabrina Ferreira

O som do piano chora poesia, soletra sentimentos, aconchega passarinhos... Onde está? O som do piano só quer brincar.

Emanuelle Carbinatti

A derrota do esperto é pensar que eu sou bocó, passarinhos fazem festa mais quem comanda a orquestra é o cantar do curió.

Eduardo Costa

Os passarinhos sabem onde encontrarem água.
Os insetos bebem-a numa gota de orvalho...
E o homem polui-a e disperdiça-a!

Maria Teresa O M Cambronio ( Autora do livro de poesia Meus Momentos

A vida é isso, nada é complexo, é tudo simples. O sol, a lua, o cheiro do mato, os passarinhos, a família, qualquer coisa simples que nos faça sorrir. Tenha prazeres simples, e a vida sempre te dará alegrias.

Hermann Palmeira M. Neto, Hermann Neto

Manhã abençoada... por uma chuva calma desde a madrugada...
Tem passarinhos eufóricos lá fora...dizendo que a chuva veio em boa hora...

BOM DIA QUERIDOS AMIGOS!!!

mel - ((*_*))

Melania Ludwig

quatro e meia da manhã

(Tradução: Jorge Wanderley)

os barulhos do mundo
com passarinhos vermelhos,
são quatro e meia da
manhã,
são sempre

quatro e meia da manhã,
e eu escuto
meus amigos:
os lixeiros
e os ladrões
e gatos sonhando com
minhocas,
e minhocas sonhando
os ossos
do meu amor,
e eu não posso dormir
e logo vai amanhecer,
os trabalhadores vão se levantar
e eles vão procurar por mim
no estaleiro
e dirão:
“ele tá bêbado de novo”,
mas eu estarei adormecido,
finalmente, no meio das garrafas e
da luz do sol,
toda a escuridão acabada,
os braços abertos como
uma cruz,
os passarinhos vermelhos
voando,
voando,
rosas se abrindo no fumo
e
como algo esfaqueado e
cicatrizando,
como 40 páginas de um romance ruim,
um sorriso bem na
minha cara de idiota.

Charles Bukowski

A música é como a natureza...ela é ouvida ao longe, no chilrear dos passarinhos e no sussuro das cascatas...

Adelmar marques marinho