Passagem Biblica

Cerca de 563 frases e pensamentos: Passagem Biblica

Nossa passagem aqui na Terra é um rascunho com garranchos inescrutáveis e está sendo corrigido minuciosamente pelo Escritor do Livro da Vida.

Lu Lena

Existem tantas coisas para experimentar, e a nossa passagem pela terra é tão curta que sofrer é uma perda de tempo não desperdice lágrimas não se esforça por desinteressados não de 5 passos pra frente 20 pra trás

dj gege

Passagem

Despeço-me do sonho de viver
Do delírio de um dia conseguir
De uma vez apenas ter as mãos
E o coração onde quero e como
Sem desviar disso como perda
Do tempo que perco sem pesar

Não, não acredito mais em mim
Nem no que invento para dar-me
Uma segunda, outra chance
De provar o contrário
Do que sempre foi
A minha vida

Se abrigo algo com afeto
É porque já está morto
Porque aprendi o traquejo
De não me abraçar ao que muda
E não pensar-me preciso quando sou
[meio

Minha saudade é sempre mais amável
Minha memória diz mentiras perfeitas
Que nenhuma realidade desmonta
Em um punhado de palavras e outro
[de vulgaridades
Mesquinhas em entrelinhas
Que me fazem sentir a vida
Como se sente uma pedra
[no sapato
De quem precisa correr atrás
Correr, com passadas medidas
Correr, sem ter qualquer meta
E chamar a coleção de feridas
De história da sua vida

História de um idiota
Certezas de uma besta
Percurso de um imbecil
Objetivos de um estúpido
Me trouxeram até aqui
Foi a história de um erro
Levado até os últimos fôlegos
[do engano
E cuja hora já passou

Agora, resto assim
A sujeira e os cacos
De um sonho perdido
Da amizade com o erro
Do sofrer sem o orgulho
Da luta para ser infeliz
Da solidão de um palhaço
Esforçado em levar-se a sério

Agora
Esforço-me para ver-me passar
E somente passar em branco
[ao negro

André Díspore Cancian

Vai ser dificil alguem que te compreenda. Vou dormir...comprar passagem sem volta para o Piaui.

Mestre Arievlis

Reminiscências...


Ontem fiz uma viagem de volta ao passado. Uma viagem com passagem de ida e volta. Sentei-me no quarto das minhas memórias, esvaziei as gavetas das lembranças, arrumei com cuidado no baú das ilusões e na estação do presente, peguei uma carona no trem do pensamento e parti de volta à minha história. Trilhei caminhos planos e tortuosos, peguei atalhos, construí desvios no afã de me desvencilhar da realidade, refiz obstáculos, ri outra vez meus risos, derramei outra vez minhas lágrimas, amei, perdi amores, folheei um livro do qual não pude destacar sequer uma página, trilhei outra vez meu caminho feito de nanquim. Nada consertei, nada pude mudar. A borracha do tempo não havia apagado meus erros , as oportunidades que perdi adormecidas à beira do caminho... Algumas sementes que espalhei a o longo da minha estrada já haviam se tornado frutos, outras haviam sido mortas pelas intempéries da vida. Poucas foram as flores que vi na minha estrada de volta... Nesse amargo regresso, os espinhos me feriram novamente os pés e sequer pude ver as pessoas amadas que perdi... No meio do percurso cansada do peso da bagagem que levava, sentei-me na estação dos saudosistas e acenei para os devaneios, que seguiam conduzidos pela nostalgia, que presto pararam e indagaram o meu destino. Falei-lhes do meu desejo de voltar no tempo para fazer novas escolhas, rever pessoas que haviam passado por mim sem serem notadas, quem sabe o primeiro amor...Estender a mão a algumas que eu havia deixado sentadas à beira do caminho, encontrar outra vez a minha infância perdida, queria falar com o tempo, pedir-lhe outra chance, recolher migalhas de alegria que porventura houvessem caído da minha vida, sonhar outros sonhos, mesmo que fosse por alguns instantes... Ter a ilusão de que poderia fazer tudo outra vez e melhor e diferente. Mas nesse momento o tempo passou muito apresado e me disse que o seu itinerário era o futuro que era impossível que ele retrocedesse comigo, pois em sua companhia viajavam os que estavam deixando para sempre o passado. Eram os que olhavam horizontes muito além dos meus, que eram muitos, pois andavam leves, que não carregavam nos ombros o peso de lembranças, mágoas e amarguras e recordações como eu carregava..... E mesmo sabendo que o tempo jamais voltaria, parti sozinha ao meu destino final. Continuei minha jornada mais de lágrimas que sorrisos, num caminho mais de pedras que de flores... Passei por ilusões perdidas, por lembranças já quase esquecidas, vi de longe, muito longe a paz acenar com seu lenço branco na estação das despedidas e prossegui... Chegando à casa do passado, encontrei –a cheia de sombras e fantasmas, a saudade sentada à porta, me estreitou num forte abraço. Arriei minhas malas e parei. Encontrei-me criança inocente e sem pressa, em balanços de alegria, contando estrelas e transformando em pássaros, anjos e monstros, nuvens que passavam junto com a vida sem dizer para onde estavam me levando... mas o tempo, implacável, seguia seu caminho sem volta e corria muito rápido, roubando-me a inocência, a pureza. Agora já cheia de anseios e planos, o meu maior desejo era que o tempo continuasse mesmo a correr... Comecei a pedir-lhe que passasse e eu o fustigava para que voasse, dei rédeas a ele e galopando sobre vales e transpondo montanhas, e passando por cima de tudo, cheguei ao mais belo lugar onde se pode estar: À minha juventude. Mas nessa parte da vida, também não estava o que eu buscava. Muita coisa me prendia, muitos me dominavam, eu não poderia viver assim. Necessitava ser livre, queria as asas da liberdade sobre mim... Pedi então ao tempo que corresse mais depressa. Precisava me livrar das amarras que me prendiam ser adulta, encontrar um grande amor, fazer novas descobertas, desvendar os mistérios da vida, fazer tudo aquilo que sentisse vontade e finalmente ser dona de mim... E o tempo obediente, correu, correu, voou... Cheguei ao presente, lugar onde estão todas as oportunidades, onde moram o agora e o hoje, mas sequer olhei para eles. Passei a me preocupar o que viria adiante e não tive tempo de desatar os laços dessa caixa preciosa, que tantos a deixam num canto, sem ao menos desembrulhar, dado a pressa de chegar ao futuro e ver o que a vida faria . Precisava ser urgentemente alguém importante, com muitas histórias para contar, vencer todas as batalhas e finalmente ser independente. Então, na minha ânsia insana, gritei com o tempo, reclamei dos dias que pareciam não ter fim, das estações que nunca mudavam, das luas novas que nunca se iam, adiantei o relógio do destino. E a corrida continuou e o tempo voava e me levava pela mão e me arrastava com ele, até que me encontrei velha e sem forças e quis descansar. Agora já não precisava mais pedir ao tempo que passasse. Eu estava quase à sua frente... Comecei então pedir que parasse, ou pelo menos que andasse mais devagar, pois a louca corrida em busca de realizações me tornara cansada e saudosa do presente que não vivi. Mas ele se fez surdo, inclemente e implacável passou muito mais velozmente, e viajando nas suas asas ele me trouxe e me fez pousar onde estou. Um lugar chamado velhice, outono da existência para quem soube aproveitá-lo e inverno dos corações para quem o desperdiçou sem ter vivido a primavera!

Linda Lacerda

Só de passagem

"..Eu hoje eu acordei com a lembrança
De algo bonito,
Mas inconstante ,
Como uma estrela cadente.
Ventania..
Vento que se foi, mas deixou,
Vento que permanece.
Vento bom, belo.. Breve.."

Jessica Camurça

Não adianta abrir o coração para qualquer pessoa adorável se ela só vai estar ali de passagem.

David Felix

Amorzinho... quem manda.. comanda essa cama sou eu... vc aqui tá só de passagem.... uso , abuso de vc quando eu quiser.. quando eu bem entender... e vc tem que aceitar caladinho as minhas condições...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Meu silêncio te condenará o resto da sua passagem pela terra. Que sabe te acompanhará durante o teu sofrer pelo inferno.

Arielson Pinto

Como se a multidão ou os mais sábios em nome da multidão não estivessem prontos a dar passagem muito mais àquilo que é popular e superficial do que ao que é substancial e profundo; pois a verdade é que o tempo parece ter a natureza de um rio ou correnteza, que carrega até nós tudo o que é leve e inflado, mas afunda e afoga tudo aquilo que tem peso e solidez.

Francis Bacon, in "Ensaios"

Eu comprarei uma passagem só de ida, e não vai haver abandono na partida

Adriely Piovezan

Que o medo não nos paralise. Que toda tristeza venha só de visita, com hora marcada e passagem pra ir embora. Que os sorrisos nos fortaleçam. Que os amigos nos amparem. Que a alegria seja o pão-nosso-de-cada-dia. Que cada um cuide do que diz e do que sente, sem dar importância demais aos que os outros pensam. Que o sono venha de uma consciência tranquila. Que a felicidade, nunca, jamais, em tempo algum, seja vendida em cápsulas numa farmácia. Que o amor seja capaz de transformar o mundo a nossa volta. Que os anjos digam Amém.

Val Garcia

Sorria , pois o sorriso é a passagem de sua alegria interna para o externo do próximo

Kétria Angiolett

"Sou proprietária de um céu e de um inferno,à passagem para um dos dois depende do meu estado de espírito"

Gemária Sampaio

Quando você tem uma passagem como um HOMEM de VERDADE na vida de uma mulher, sendo transparente e sincero, mesmo que não dê certo e ela conheça uma centena de outros caras depois, pode ter certeza de uma coisa, ela sempre vai lembrar de você.

Jarbas Santos

AMIZADE É...

Afinidade como bagagem de viagem,
Nesta vida de passagem na paisagem!
Guria da Poesia Gaúcha

GuriaPoesia

Para quem já presenciou uma virada de milênio, passagem de ano... tem cara de final de semana.

Josemar Bosi

Nunca deixe que uma simples barreira no seu caminho empesa sua passagem

Huemerson Duarte

Somos todos peregrinos, neste mundo de ilusão, e estamos aqui só de passagem, caminhando rumo de encontro com o Pai, aonde a matéria não existe, e o corpo se desfaz, e o que levamos de bagagens, são os valores espirituais.

Miguelito Acosta

Passagem do culto à Lúcifer:

Sua vida é agora:

Uma vida permeada de experiências ruins não é o pior que pode haver.
O que de pior pode suceder-se com o ser humano, é ter uma vida insípida, fácil ...uma vida em que não se suceda nada. E ao longo desta jornada, uma vida fácil nada nos ensina.
É o que se aprende com os altos e baixos, o que importa: o que aprendemos é o que nos leva à evolução como seres humanos.
É como seres humanos que traçamos nossas escolhas. E quando nossas escolhas são feitas de forma passiva... quando não somos nós mesmos que traçamos nossas vidas; decerto que um dia ao olhar para trás teremos um profundo sentimento de frustração.
Uma pequena decisão hoje pode acarretar uma mudança em sua vida amanhã, e tornar tudo diferente.
E são grandes as recompensas para aqueles que têm sabedoria, discernimento e coragem de mudar, mesmo que essas recompensas levem um tempo para eclodir. Só de nós depende gerar nossos próprios meios. Assim obtemos àquilo pelo que lutamos.
Somos os únicos responsáveis pela vida que levamos. Então nesse caso:
Quem é culpado?
À quem cabe o louvor?
Quem pode mudar nossas vidas, senão nós mesmos?
E não importam as circunstâncias nem o tempo, pois somente à nós cabe esta decisão.

Marcel Cout