Páscoa

Cerca de 129 frases e pensamentos: Páscoa

"O Luiz Fernando Veríssimo escreveu uma crônica hilariante
sobre a Páscoa. Foi um diálogo absurdo entre um menino, seu
pai e sua mãe, sobre o sentido dessa festa. A crônica termina
com uma observação justíssima do menino. Disse ele: "Eu acho
que ao invés de "coelho da Páscoa" deveria ser "galinha da
Páscoa..." Pois é claro. Todo mundo sabe que coelhos não
botam ovos. E todos sabem que galinhas botam ovos...
Confesso minha ignorância: não sei como é que o coelho entrou
nessa estória. Para início de conversa é preciso lembrar que
os textos sagrados não fazem referência alguma a esse
animalzinho fofo. Quem foi que teve a idéia de torná-lo o
personagem mais importante dessa celebração cristã?


Certamente um gozador. E para tornar a estória mais absurda,
fizeram com que os coelhos, que não botam ovos, botassem ovos
de chocolate... Nos tempos de Jesus Cristo havia chocolate?
Acho que não. Galinhas não são seres poéticos. Na poesia elas
sempre aparecem como bichos engraçados, cacarejantes, de
inteligência curta, cuja única função é botar ovos e serem
transformadas em canja. Assim é compreensível que vocês não
gostem da idéia de galinhas de Páscoa. Eu também não gosto.
Mas poderia ser "pombas de Páscoa". Pombas são seres
teológicos. Começando com a Arca de Noé. A se acreditar no
relato do Antigo Testamento Noé, para se certificar de que o
dilúvio acabara, soltou um corvo. Confesso que se eu fosse
Noé teria adotado um método mais simples. Teria aberto a
janela da arca e esticado o pescoço para fora. Eu veria,
então, que a chuva havia terminado e que as plantas já
estavam soltando os seus brotos. Será que Noé acreditava que
o corvo, depois de voar, voltaria para dar um relatório? Como
é que o corvo comunicaria os seus achados? O corvo ingrato
não voltou. Desde então eles ficaram aves de má fama,
injustamente. Vendo que o corvo não voltava e sem se dar
conta do método mais fácil que sugeri, ele soltou uma pomba.
Ah! Ave maravilhosa! Voou, viu, apanhou um ramo verde de
oliveira, e o trouxe para Noé! É preciso notar que as
oliveiras daqueles tempos extraordinários deveriam ser
diferentes das oliveiras de agora. As oliveiras de agora
certamente estariam mortas, depois de passar tanto tempo
debaixo d'água. Oliveiras não são plantas sub-aquáticas. Foi
então que, pelo galho de oliveira que a pomba lhe trouxera,
Noé ficou sabendo que o dilúvio havia chegado ao fim. Desde
então as pombas passaram a ser símbolos teológicos: símbolos
de pureza, símbolos de paz. Uma das telas mais comoventes de
Picasso é uma menina com uma pombinha nas mãos. De fato as
pombas têm um jeitinho de mansidão. O que não acontece com os
corvos negros de bico torto. Bom para os corvos, mau para as
pombas. As pombas passaram a serem usadas como aves a serem
sacrificadas no templo pelas razões mais incríveis. Se não me
falha a memória as mulheres, terminado seu período menstrual
de impureza, deveriam sacrificar pombas no templo para se
purificarem. Pobres pombas! O templo era uma sangüeira. Quem
quiser saber mais sobre a sangüeira do templo que leia o
livro de Saramago, "O evangelho segundo Jesus Cristo". Os
corvos, pela esperteza do primeiro corvo que não voltou,
ficaram livres desse triste destino. Vem então o Novo
Testamento que sacraliza definitivamente as pombas, ao
relatar que o Espírito Santo é uma pomba. Sobre isso leia-se
o poema de Alberto Caeiro em que ele conta como Jesus voltou
à terra, tornado outra vez menino. É lindo.
Brincadeira de lado, o embaraço dos pais e a pergunta do
menino revelam a confusão que marca essa festa. Ninguém sabe
direito o que é que está sendo celebrado. E, para dizer a
verdade, acho que são bem poucos aqueles que fazem alguma
celebração. Antigamente semana santa era coisa séria. Lembro-
me da procissão do enterro, os panos roxos, a banda de música
tocando a marcha fúnebre de Chopin, as matracas, as mulheres
mais piedosas carregando pedras na cabeça, como penitência...
Isso mesmo: as mulheres carregavam pedras na cabeça. Como é
bem sabido, Deus gosta de ver os seus filhos e filhas sofrer.
Isso para não dizer da quaresma que a antecede, tempo em que
as hostes do mal, demônios de todos os tipos, assombrações,
mulas sem cabeça, almas penadas, ficavam soltas e todo mundo
tinha medo de sair à noite. Sempre havia alguém que relatava,
pela salvação da mãe morta, que havia visto uma mula sem
cabeça numa encruzilhada à meia-noite. Meia noite era a hora
do medo. E no escuro ouvia-se o zunido sinistro dos berra-
bois. Semana Santa era um tempo metafísico, entre o céu e o
inferno.
Agora é diferente. Páscoa é domingo, pé de cachimbo, cachimbo
é de barro, bate no jarro, jarro é de ouro, bate no touro,
touro é valente, chifra a gente, a gente é fraco, cai no
buraco, buraco é fundo, acabou-se o mundo... Páscoa é fim de
semana santa, feriado de três dias, a praia está esperando,
hora de se preparar para a viagem...
Contou-me um sacerdote da Igreja Ortodoxa Russa que lá a
Páscoa é uma grande festa. O comunismo não foi capaz de
destruir a alma do povo. Pela manhã as pessoas saem pelas
ruas e se cumprimentam dizendo: "Cristo ressuscitou!" E o
outro responde, com uma risada: "Sim, ele ressuscitou!" ( A
obra sinfônica de Rimski-Korsakov "A grande Páscoa russa" é
linda". E agora percebo que faz muito tempo que não a
ouço. ) . Entre nós, país onde 99% das pessoas acreditam em
Deus ( acreditam porque acham que, se não acreditarem, é
capaz de ele, Deus, enviar algum castigo... ), a Páscoa é
como uma casca de cigarra presa no tronco de uma árvore.
Vazia. Morta. Não tem nada lá dentro. Mas já foi o corpo de
um ser vivo que, cansado de ficar preso na casca, criou asas
e voou. A Páscoa, com seus ovos de chocolate, é celebração
inconsciente de um tempo que não existe mais, tempo em que se
acreditava. Os ovos de chocolate, vocês sabem, são tão ocos
quanto as cascas de cigarra...
Na tradição cristã mais antiga a semana santa era um teatro,
o drama da vida dentro de uma casca de noz. Teologia mínima.
Duas cenas apenas. Primeira cena: a morte e o seu horror
parecem triunfar. Segunda cena: a vida sai do túmulo de
pedra, deixando-o vazio como uma casca de cigarra.


A Adélia diz: "De vez em quando Deus me castiga, me tira a
poesia. Olho uma pedra e vejo uma pedra..." Tem gente que
ouve o canto das cigarras e ouve apenas o canto das cigarras.
Tem gente que fala Páscoa e só vê ovo de chocolate. Pensam na
ressurreição como algo aconteceu, faz muito tempo, num lugar
distante. ( Impossível. mortos não ressuscitam. ) E pensam em
algo que acontecerá de novo num tempo distante, muito longe,
no futuro ( Impossível. Mortos não ressuscitarão.). Mas a
poesia não conhece nem o passado e nem o futuro. O passado
sobre que a poesia fala é presente na memória e nos
sentimentos. O futuro sobre que a poesia fala é presente na
esperança. Assim os poemas da ressurreição falam sempre do
presente. A Morte é agora. Nós somos o túmulo. "Quem anda duzentos metros sem vontade anda seguindo o próprio funeral vestindo a própria mortalha...' Muita gente morreu e não percebeu. Mas a Ressurreição pode acontecer também agora.


Tenho, no meu escritório, uma tela de Pierro della Francesca
( 1410 - 1492 ) chamada "Ressurreição". A pedra do túmulo
corta a tela em duas partes. Na parte de cima, com seu pé
sobre a pedra, o Cristo ressuscitado. Na parte inferior,
encostados à pedra, os guardas adormecidos. Perguntam-me
sobre o sentido da tela. Respondo que não sei o sentido da
tela. As telas têm muitos sentidos. Eu só posso dizer os
pensamentos que aquele quadro me faz pensar. E digo: enquanto
os guardas da morte estão dormindo, o divino que mora em nós
sai do sepulcro. Sabem disso as cigarras. Caminhando hoje pela manhã na fazenda Santa Elisa eu ouvi o seu canto. Já haviam deixado suas cascas nos troncos das árvores. Agora são seres alados. Cantam e voam, a procura
do amor...Acho que estão celebrando a Páscoa..."

Rubem Alves

Ovos de Páscoa!
Alegria num dia, e no outro,
espinhas no rosto.

Bianca T. Tsurumaki

A descoberta

Seguimos nosso caminho por este mar de longo
Até a oitava da Páscoa
Topamos aves
E houvemos vista de terra
os selvagens
Mostraram-lhes uma galinha
Quase haviam medo dela
E não queriam por a mão
E depois a tomaram como espantados
primeiro chá
Depois de dançarem
Diogo Dias
Fez o salto real
as meninas da gare
Eram três ou quatro moças bem moças e bem gentis
Com cabelos mui pretos pelas espáduas
E suas vergonhas tão altas e tão saradinhas
Que de nós as muito bem olharmos
Não tínhamos nenhuma vergonha.

Oswald de Andrade

"Algumas coisas são explicadas pela ciência, outras pela fé. A páscoa ou
pessach é mais do que uma
data, é mais do que ciência,
é mais que fé, páscoa é
amor."

Albert Einstein

Páscoa é para você lembrar, que existe um
Deus capaz de morrer para te salvar.

Marta Felipe

Limite da Inocência

Papai Noel não existe, nem Coelhinho da Páscoa ou Bicho Papão. Contos de fadas só ficam bem nos livros infantis. Príncipes cedo ou tarde se transformam em sapos. Pode demorar o tempo que for, mas um dia a realidade bate a nossa porta. Inevitavelmente.

Que nem só de boas intenções vivem as pessoas já estou cansada de saber. Há tempos não caminho pelas ruas sem olhar para os lados, ou falo sem a absoluta consciência de que cada palavrinha pode ser alterada e usada contra mim. Mesmo assim, não paro de me surpreender com até que ponto os desvios de caráter das pessoas podem chegar.

Não tenho a pretensão de que todos gostem de mim ou torçam pelo meu sucesso. Tampouco preciso de reconhecimento ou confetes para ser feliz. Você tem todo o direito de me achar uma ridícula, uma doida ou uma garotinha sem graça alguma. Você pode pensar o que bem entender de mim. Nada disso vai mudar o meu jeito de ser e agir.

No entanto, os seus limites terminam onde começam os meus. E eu não exijo nada além de respeito. Você pode até torcer para eu cair com o carão na calçada, levar um pé na bunda do meu namorado ou ser perseguida por todos os professores da faculdade. Cada um é livre para pensar e desejar o que bem entender. Você não pode é fazer com que coisas desse tipo aconteçam de forma grotesca e desleal. Mentiras, intrigas e afins só convencem em novelinhas de criança. Você já passou dessa fase, não? Eu, ao menos, não suporto mais a idéia de interpretar a mocinha injustiçada.

Tudo bem, eu confesso, ainda durmo esperando o Bom Velhinho e sempre confiro as pegadas que o Coelho deixa aqui no meu quarto. Sei que meu príncipe encantado está a caminho e não canso de viver e desejar as mais mirabolantes fábulas. O detalhe é que a princesinha aqui acordou do sono profundo e já está roxa de tanto cair do cavalo. Para tudo há um limite, até para minha inocência.

O que me dá forças é a certeza de que tudo termina da melhor forma para quem tem um coração repleto de sinceridade e boas intenções. Além de, é claro, eu estar ciente de que para todo conto de fadas existe um final feliz. Prefiro posar de inocente a deixar de acreditar que, apesar de tudo, a vida é cheia de surpresas gostosas.

Márcia Duarte

Ainda hoje somos homens e mulheres de passagens; somos filhos da Páscoa.
Os mares existem; os cativeiros também. As ameaças são inúmeras. Mas haverá sempre uma esperança a nos dominar; um sentido oculto que não nos deixa parar; uma terra prometida que nos motiva dizer: Eu não vou desistir!
E assim seguimos. Juntos. Mesmo que não estejamos na mira dos olhos.
O importante é saber, que em algum lugar deste grande mar de ameaças, de alguma forma estamos em travessia...

Pe. Fábio de Melo

Feliz Páscoa!!!
(GoreteSalvador)

Toda manhã o Sol renasce pra te aquecer...
Faça como ele...

Toda manhã renasça para olhar o seu filho pequenino...
Todo dia renasça pra vê-lo crescer...
Todo dia renasça pra orientá-lo mesmo que ele já esteja
Crescidinho...

Todos os dias renascemos para a vida...
Para um novo amor...
Com um olhar “novo” para o desconhecido...

À noite a lua renasce passa por fases,
Cheia, minguante, nova crescente isso é Vida!!!


Por toda a nossa vida somos como a lua
Passamos por fases mas todos os dias
Renascemos para ser feliz...
Para brilhar como o Sol e se transformar como a Lua...

Isso é PÁSCOAL...


21/03/08

gorete salvador

O momento é de renascimento
O momento é de mudança
Então que nesta páscoa, mas do que religiões, busquemos incessantemente por verdadeiras auto-reedições.

Danielle Antonacci

Faça desta páscoa, a tua páscoa. Faça desta ressurreição, tua ressurreição. Nunca se entregue, pois é somente a cada adversidade que poderemos vislumbrar uma nova oportunidade.

Ivan Teorilang

Feliz Páscoa

O que posso desejar para hoje?

Que as verdadeiras amizades continuem eternas
e tenham sempre um lugar especial em nossos corações.


Que as lágrimas sejam poucas, e logo superadas.

Que as alegrias estejam sempre presentes
e sejam festejadas por todos.

Que o carinho esteja presente em um simples olá,
ou em qualquer outra frase, ou digitada rapidamente.

Que os corações estejam sempre abertos para novas amizades, novos amores, novas conquistas.

Que Deus, esteja sempre com sua mão estendida,
apontando o caminho correto.

Que as coisas pequenas como a inveja ou o desamor,
sejam retiradas de nossa vida.


Que aquele que necessite ajuda encontre sempre em nós uma animadora palavra amiga.

Que a verdade sempre esteja acima de tudo.

Que o perdão e a compreensão superem as amarguras e as desavenças.

Que este nosso pequeno mundo virtual seja cada vez mais humano.

Que tudo o que sonhamos se transforme em realidade.

Que o Amor pelo próximo seja nossa meta absoluta.

Que nossa jornada de hoje esteja repleta de flores.



Feliz Páscoa

Desconhecido

Páscoa...

É ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança,
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento.
É ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida que vence a morte.
É dizer sim ao amor e à vida,
É investir na fraternidade,
É lutar por um mundo melhor,
É vivenciar a solidariedade.
É renascimento, é recomeço,
É uma nova chance para melhorarmos
as coisas que não gostamos em nós,
Para sermos mais felizes por conhecermos
a nós mesmos mais um pouquinho.
É vermos que hoje...
somos melhores do que fomos ontem.


Desejo a todos as amigas e amigos uma

Feliz Páscoa, cheia de paz, amor e muita saúde!

Páscoa

PALAVRAS DE PAZ COM PÁSCOA
(As sete palavras da cruz)


ABERTURA :

NARRADOR:

(A criação)
No princípio era a beleza das videiras e dos parreirais
que se entrelaçavam e se espalhavam pelo paraíso
Em consagradas liturgias o Criador chamava suas criaturas
para celebrar a dádiva da vida
em ceias-sempre-santas-tantas-quantas
E viu Deus que era bom...

(O pecado)
Mas, em algum momento de tormento
desinventaram a arte de amar:
Os cains tornaram bélico o que antes era belo
Para uns muitos “a ordem” para uns poucos “o progresso”
As torres de Babel, em inferno, transformaram o céu
Mudaram em pães amargos o que antes era doce ao paladar
A terra produziu espinhos e cardos.
Diz-se que jamais o mundo foi o mesmo.
Houve trevas sobre a face do abismo...

(A profecia)
Acontece
que poetas, profetas e cantadores em prece
gritaram na vez dos sem-voz,
salmodiaram sonhos-em-sorrisos,
perscrutaram-promessas-de-um-porvir-promissor.
“As crianças brincarão com os velhos na praça
Aqueles com sua inocência, estes com sua experiência!
Todos celebrindando a paz dos parreirais...”

(A encarnação)
E, de fato,
Mais tarde quando a história, então grávida, deu à luz,
O Amor se fez carne e habitou entre nós cheia de graça e bondade.
Grandes coisas se viu, boas novas se ouviu!!!
“É chegado o novo tempo, é chegado o novo dia!
bem-vindos todos à farta mesa da Eucaristia”.
O pão se multiplicou em sinais de solidariedade,
o vinho se transubstanciou em alegria...


(O apocalipse)
Depois destas coisas eu vi um novo céu e uma nova terra.
Não havia mais as garras da guerra
nem as feias-faces-da-fome
mas, na comunhão da Paz-com-páscoa
havia pão em cada mão e vinho em cada copo.
Enquanto os anjos cantavam Aleluia ao vencedor da cruz
apressei-me na prece,e , em memória dele relembramos as

Sete palavras de Salvação
Sete palavras de Vida
Sete Palavras da cruz


1ª PALAVRA DA CRUZ – A PALAVRA DO PERDÃO (Lc 23:33, 34)

33- E, quando chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram, e aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda.

34- E dizia Jesus: PAI, PERDOA-LHES, PORQUE NÃO SABEM O QUE FAZEM.

CANTO PRIMEIRO: A PAZ CAPAZ
-I-
Leve, leva o coração
o sentido e a razão
de viver em bem-querer
quem vive pra bem-dizer
-II-
Perdoar é ser feliz
ver o mundo que Deus quis,
leva a mágoa pro bom Deus
lave a lágrima do adeus
-III-
Pai perdoa e traz a paz
que a vingança se desfaz
faz a face florescer
faz da noite o alvorecer

NARRADOR : ORAÇÃO:
Pai nosso do perdão
estás nos céu de nossa paz
santificado sejam teus braços
que em abraços nos acolhe como pai de amor
Venha a nós o teu reino de bondade
Seja feita a tua vontade de ternura e generosidade
e não nos deixes cair em tentação
de pensar ou vivenciar alguma crueldade
mas livra-nos de praticar qualquer forma de maldade
Pois teu é o reino, o poder e a glória






2ª PALAVRA DA CRUZ – A PALAVRA DA PROMESSA DO PARAÍSO (Lc 23:43)

41 E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.
42 E disse a Jesus: Senhor lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
43 E disse-lhe Jesus: EM VERDADE TE DIGO QUE HOJE ESTARÁS COMIGO NO PARAÍSO.

CANTO SEGUNDO: PAZ DO PARAÍSO

-I-
A eternidade, luz da realidade,
com seus mistérios, ocultos, etéreos
Deus fez nascer, crescer em cada ser

REFRÃO:

Senhor, sendo sonho e saudade sou
peregrino pedindo a plena luz
para isso dá-me teu paraíso

-II-
A busca sem cessar um pouco além
de quem vive de viver para “o aquém”
transforma um pouco em céu “o aqui” também


NARRADOR -

Um dia, a paz e a justiça
coroarão nossos belos mundos sonhados
Um dia, a paz e a justiça
se beijarão como eternos namorados
Um dia, a paz e a justiça
sepultarão os mais temidos arsenais
Um dia, a paz e a justiça
serão as ternas verdades finais
Um dia, a paz e a justiça
tirarão de nossos lábios a palavra guerra
Um dia, a paz e a justiça
brindarão este nosso céu chamado terra
Um dia, a paz e a justiça
exterminarão as feias faces da fome
Um dia, a paz e a justiça
serão de todas as nações, o novo nome
Um dia, a paz e a justiça
irão celebrar, alegremente, nossa utopia
Um dia, a paz e a justiça
farão nascer da noite escura, o sol do novo dia.





3ª PALAVRA DA CRUZ – A PALAVRA DA FAMÍLIA ( Jo 19:26-27)

25 E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena.
26 Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.
27 Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.

CANTO TERCEIRO: FAMILIA DA ESPERANÇA

E da mulher que simplesmente era Maria
fez o Senhor a grande mãe que não havia
e pra João um pescador, um andarilho
deu o bom Deus a graça ser o bom filho
Também de um povo então perdido na lembrança
o criador fez a família da esperança.

PRECE DE GRATIDÃO

A esta hora exatamente,
Em que acordos de paz são incapazes de paz
Existe, em algum canto de um casebre distante,
Uma pintura pobre, mas rica, que diz: Lar Feliz!






4ª PALAVRA DA CRUZ – A PALAVRA DA SOLIDÃO (Mt 27:46)

45 - E, desde a hora sexta, houve trevas sobre toda a terra, até a hora nona.
46 - Cerca da hora nona, bradou Jesus em alta voz, dizendo: ELI, ELI, LAMA SABACTANI: DEUS MEU, DEUS MEU, POR QUE ME DESAMPARASTE?


CANTO QUARTO: PARA ALÉM DA SOLIDÃO

-I-
Um tempo parece que a prece
desfaz-se ao sopro do vento
tal qual um fugaz pensamento
que a gente depressa esquece

-II-
é quando a total solidão
trazendo a terrível tristeza
nos deixa de lado a certeza
que a fé não passa de algo em vão

-III-

Porém muito além da oração
mais forte fala ao coração
a voz que vem valer a vida
“não temas sou teu Deus na lida”


CONFISSÃO DE FÉ (TODOS OS CORALISTAS EM ONÍSSONO)

Há quem, descrente, acha que Deus é criação dos homens
Nós, porém, ousamos crer no Senhor de todos os povos e todas as raças

Há quem, resignado, afirma que a fome e a guerra são inevitáveis
Nós, porém, ousamos crer no Pão da Vida e no Senhor da Paz

Há quem, arrogante, acredita na lei do mais forte
Nós, porém, ousamos crer no Deus que é amor

Há quem, pretensioso, queira prender o Espírito em suas certezas
Nós, porém, ousamos crer que o Espírito sopra onde quer

Há quem, pobre, confia na inabalável segurança de Mamom
Nós, porém, ousamos crer no Senhor da Providência

Há quem, angustiado, pensa que a coroa da vida é a morte
Nós, porém, ousamos crer que o Senhor faz novas todas as coisas







5ª PALAVRA DA CRUZ – A PALAVRA DA FINITUDE (Jo 19:28)

28 - Depois, sabendo Jesus que todas as coisas já estavam consumadas, para que se cumprisse a Escritura, disse: TENHO SEDE.

CANTO QUINTO: ÁGUA VIVA

I-
Há um deserto sempre perto
onde um certo desamor
faz brotar um brilho incerto
num jardim onde era amor

REFRÃO:

Dizei aos sedentos: “Vem”!
tive sede e sei também
há um rio, sim, há um mar
dentro de quem sabe amar


NARRADOR: LEITURA DE ISAÍAS 35: 8 - 10

7- E a miragem tornar-se-á em lago, e a terra sedenta em mananciais de águas; e nas habitações em que jaziam os chacais haverá erva com canas e juncos.
8- E ali haverá uma estrada, um caminho que se chamará o caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para os remidos.
9- Os caminhantes, até mesmo os loucos, nele não errarão.
10- Ali não haverá leão, nem animal feroz subirá por ele, nem se achará nele; mas os redimidos andarão por ele.


II -
Pois que a fonte há de jorrar
pra quem tem sede de ser
belo o sol vai se tornar
água viva vamos ter








6? PALAVRA DA CRUZ – A PALAVRA DA MISSÃO CUMPRIDA (Jo 19:30)

30 - Então Jesus disse: ESTÁ CONSUMADO. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.

CANTO SEXTO: COMPROMISSO

Ninguém vem a vida sem missão
ninguém vive a vida em solidão
quando existe o gesto de se dar
solidário Deus está a partilhar

Deus se fez gente pra nos dizer
que a vida plena só pode ter
quem faz do amor constantemente
compromisso pra todo instante


NARRADOR:

A esta hora exatamente,
Em que sobe da terra o sangue das mulheres silenciadas,
Existe em algum quintal,
uma senhora de idade cumprindo uma missão de paz
Ela está em seu novo jardim
Uma, duas, três rosas com amor.
A esta hora exatamente,
Quando paira no ar um presságio de pavor,
apontando o descompromisso dos tiranos com o amor
Existe em uma capela qualquer,
Alguém compromissado que canta,
se apressa na prece e pede:
Venha o Teu Reino, Senhor!





7? PALAVRA DA CRUZ – A PALAVRA DA PROVIDÊNCIA (Lc 23:46)

46 - E, clamando Jesus com grande voz, disse: PAI, NAS TUAS MÃOS ENTREGO O MEU ESP?RITO. E, havendo dito isto, expirou.


CANTO SÉTIMO: MÃOS ETERNAS SEMPRE TERNAS

Nas mãos eternas sempre ternas
toda a vida tem direção
na mão que enlaça sim, de graça
cada vida sem distinção
meu ser encontra a paz capaz
de descansasr em comunhão

Bom Pai! No abraço de teus braços
morre o meu medo de morrer
vai se embora toda agonia
pois que o Pai me faz novo ser
se nossa vida vem de Deus
em Deus revive os sonhos meus


BÊNÇÃO FINAL:


LITANIA PAZ COM PÁSCOA (LEITURA ALTERNADA)

MULHERES:
Se, as ofensas que nos fizerem forem gravadas no ar
E as coisas belas que nos dedicarem forem gravadas no coração
Paz cm páscoa, aleluia VEM SENHOR JESUS

HOMENS:
Se, passando em infernos da vida,
Pudermos levar teu paraíso
Paz com páscoa, aleluia VEM SENHOR JESUS

MULHERES:
Se, em lares desagregados de amor,
Deixarmos as marcas da união
Paz com páscoa, aleluia VEM SENHOR JESUS

HOMENS:
Se, à sombra da solidão noite,
Reencontramos a luz da manhã
Paz com páscoa, aleluia VEM SENHOR JESUS

MULHERES:
Se, sedentos de todo tipo de sede
Brindarmos a água da vida
Paz com páscoa, aleluia VEM SENHOR JESUS

HOMENS:
Se, na missão de paz que nos é dada
Colocarmos toda paixão é fé
Paz com páscoa, aleluia VEM SENHOR JESUS

MULHERES :
Se, na paixão e morte de cada dia,
Reencontrarmos a vida eterna
Paz com páscoa, aleluia VEM SENHOR JESUS

HOMENS E MULHERES:

Senhor, que os teus pequenos sinais de vida
enfraqueçam as grandes pretensões da morte
E que possamos cantar sob mil bandeiras brancas
A paz que traz o bem que um dia vem... VEM SENHOR JESUS

Carlos Alberto Rodrigues Alves

Que o seu coração
esteja em páscoa...
Páscoa consciência,
páscoa vida,
páscoa família
e consigo mesmo...

Demétrio Sena - Magé-RJ.

PASCOA = Paixão Ao Sacrifício de Cristo em Oração e Amor... Esse é o significado da palavra PASCOA.

João Silva

Páscoa

Há quem diga que Páscoa se comemora com ervas amargas e carneiro assado na brasa..
Há quem diga que devemos fazê-lo comendo ovos de chocolate
Há quem diga que coelhos botam ovos...
Há quem misture fertilidade com liberdade e renascimento...
Há quem não consegue entender qual o real valor deste dia tão sagrado...
Há quem se aproveite disso...
Há quem perca muito com isso...
Há quem não está nem aí pra isso...
E há você lendo isso e se perguntando:
O que tenho com isso?
Há quem diga por causa de você tudo isso que parecia não ter sentido agora demonstra ter. Você é especial, Feliz Páscoa.

Ricardo Ferreira

Ser Páscoa

É ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança,
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento,
É dizer sim ao amor e à vida,
É investir na fraternidade,
È lutar por um mundo melhor,
É ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida que vence a morte.

Texto tirado da net (Desconheço o Autor )

Você sempre quis que alguém morresse de amor por você.
Jesus morreu.

Feliz Páscoa

Tainah Ferreira

Eu acho a páscoa um momento para pensar no ensejo da festa cristã. O ovo de chocolate e toda aquela parafernália são detalhes que o comércio agregou nas famílias.
Renove-se,este é o momento.
Feliz Páscoa.
Beijos sabor chocolate com pimenta.

Marta Felipe

Não vemos bem com os olhos. O essencial é invisível à vista!

Roberto Páscoa