Pão e Circo para o Povo

Cerca de 2366 frases e pensamentos: Pão e Circo para o Povo

Um pedaço de pão comido em paz é melhor do que um banquete comido com ansiedade.

Esopo

No banquete da vida a amizade é o pão, e o amor é o vinho.

Paolo Mantegazza

Temos de ir à procura das pessoas, porque podem ter fome de pão ou de amizade.

Madre Teresa de Calcutá

Ele (Jesus Cristo) foi o primeiro comunista. Repartiu o pão, repartiu os peixes e transformou a água em vinho.

Fidel Castro

A liberdade é mais importante do que o pão.

Nelson Rodrigues

O pobre prefere um copo de vinho a um pão, porque o estômago da miséria necessita mais de ilusões que de alimento.

Georges Bernanos

O que eu faço é simples: ponho pão nas mesas e compartilho-o.

Madre Teresa de Calcutá

Quero o circo todo a que tenho direito: sedução, fantasia, tempo. Quero um romance longo, quero intimidade. Fazer cena de ciúme, terminar, voltar, amar, brigar de novo, telefonar, pedir desculpas, retornar. Amantes bem comportadas são um tédio."

Martha Medeiros

"No palco, na praça, no circo, num banco de jardim, correndo no escuro, pichado no muro... Você vai saber de mim."

Chico Buarque

O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem ou de uma nação.

Oscar Wilde

O mestre disse: Pode-se induzir o povo a seguir uma causa, mas não a compreendê-la.

Confúcio

O povo nunca é humanitário. O que há de mais fundamental na criatura do povo é a atenção estreita aos seus interesses, e a exclusão cuidadosa, praticada sempre que possível, dos interesses alheios.

Fernando Pessoa

A religião é o ópio do povo.

Karl Marx

O povo, por ele próprio, quer sempre o bem, mas, por ele próprio, nem sempre o conhece.

Jean-Jacques Rousseau

Para bem conhecer o caráter do povo, é preciso ser príncipe, e para bem conhecer o do príncipe, é preciso pertencer ao povo.

Maquiavel

Um povo que não sabe nem escovar os dentes não está preparado para votar.

João Batista Figueiredo

O teu riso

Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, nos momentos
mais escuros solta
o teu riso e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso
será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

À beira do mar, no outono,
teu riso deve erguer
sua cascata de espuma,
e na primavera , amor,
quero teu riso como
a flor que esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro
rapaz que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando meus passos vão,
quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

Pablo Neruda

Nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

Pablo Neruda

E o único jeito de ser mais malandro que a tristeza é sendo cínico. E lá vai a garota. Comprar pão quente com seu cinismo. Comprar absorvente com seu cinismo. Amar com seu cinismo. Porque só o cinismo vence a tristeza. Porque só o cinismo é mais triste do que a tristeza. E eu virei um muro alto feito de pedras cheias de pontas. Tudo isso só porque eu quero tanto um pouco de carinho que acabei ficando com medo de não ganhar.

Tati Bernardi

"Te dou um Céu
Cheio de Estrelas
Feitas com caneta bic
Num papel de Pão."

Zeca Baleiro