Palhaço Triste

Cerca de 46 frases e pensamentos: Palhaço Triste

Palhaço e Palhaço - Compasso e Descompasso
“...chora palhaço da sua tristeza, sorrindo como se a alma estivesse em festa.
Chora palhaço da sua tristeza quando o mundo e as coisas que te cercam dizem NÃO.
Chora palhaço da troça da sua imagem, das suas pinturas e caricaturas.
Chora palhaço por trazer alegria e sorriso ao sorriso e alegria das pessoas, e ter como pagamento a satisfação e a felicidade, ou simplesmente um sorriso.
Chora palhaço da situação que te cerca, das noites não dormidas, pela esperança de um agrado, do sonho de uma alegria continuada e sincera.
Chora palhaço, homem do peito de aço, que da alegria faz o compasso, mesmo que tua alma esteja no descompasso de uma grande tristeza.
Chora palhaço, do seu coração que não trai, não engana, que espera um doce sorriso, uma mão que afague seu semblante, sua cabeça, suas costas e pernas cansadas de tanto se apresentar no picadeiro da fantasia.
Chora palhaço que se enternece quando recebe um sorriso e um muito obrigado, mesmo de alguém que nunca viu.
Chora palhaço das suas mascaras que sorriem quando queriam chorar, que enternecem quando queriam esmorecer, que agitam quando queriam descansar.
Chora palhaço do seu próprio sorriso triste...Chora até descobrir a verdade de tua alma...
A verdade que diz:
Sorria palhaço pois aqueles que tem na alma uma criança, sorriem de verdade para você.
Sorria palhaço, pois a alegria e felicidade que trás são dádivas reconhecidas pelo próprio Deus.
Sorria palhaço pois aqueles que não te enxergam e da tua felicidade reconhecem pouco, da vida nada tem na pobreza de seus espíritos.
Sorria palhaço pois não merece alegria vazia e sorrisos falsos, mediocridade e engano , pois és autentico no coração e na alma.
Sorria palhaço pois seus valores estão acima dos espíritos pobres que não conseguem viver a felicidade que transmite sem nada pedir, a não ser um sorriso, um gesto de felicidade, um afago.
Sorria palhaço pois a tua alma é tão grande, tão linda e limpa, que suas dores desaparecerão das suas costas e serás contemplado com o carinho sincero e eterno de um AMOR sem fim.........
Sorria palhaço pois ao arrancares a mascara da face, revelarás a própria felicidade, linda e infinita, pois tens estampado no seu intimo a alegria do próprio Deus e o Amor de Jesus........
Sorria palhaço pois o que transmite é simplesmente DIVINO.
Sorria palhaço o sorriso de sorrir, o riso que debocha descarado da própria tristeza, e de tudo que não reconhece você.........
Sorria palhaço pois é o remédio das almas tristes e solitárias.
Sorria palhaço pois é palhaço para fazer sorrir, e incomodar os pobres de espírito.
Sorria palhaço pois é um artista da vida, que ao tirares a fantasia se retira do picadeiro, pois sabes quando termina o espetáculo para representação, e quando continua o espetáculo da vida.
Sorria palhaço dos verdadeiros palhaços, que sorriem ao pensar que te ofendem achando que és palhaço ou chamando de palhaço.
Sorria palhaço pois consegue ver e estar bem longe daqueles palhaços cuja vida infeliz, no contraditório daquilo que transmite, ou seja felicidade, se estenderá, infelizmente, por um picadeiro sem fim, onde ignorando e ignorância jamais saberão que estarão imersos no circo da vida, onde ao invés de receberem o sorriso de paz e felicidade, se contentarão na sua falta de saber, ao receber a falsa alegria e o falso sorriso do escárnio e do pouco caso, pela frente ou pelas costas, da platéia que os assisti, e que pensam estar agradando com o seu triste e mórbido espetáculo........
Sorria palhaço pois sabes onde esta a hipocrisia palhaça, nas promessas vazias dos políticos, nos amores falsos, no romantismo de atos e palavras escassos, na pobreza de espírito, na mentira, na falta de caráter, na tendenciosidade maldosa, na infidelidade, enfim naquilo que mancha a alma e a consciência, naquilo que torna o ser humano pequeno e insignificante, naquilo que se quer merece qualquer comentário, pois a simples citação empobrece e aporcalha qualquer exteriorização da alma, portanto da própria arte.
Sorria palhaço ao afastar o infortúnio e a mediocridade.
Sorria palhaço para aqueles que acreditam e recebem a luz detonando a ignorância.
Sorria palhaço por aqueles que arquitetou dando risadas e brincando, representando a arte da felicidade.
Sorria palhaço por aqueles que sorrindo e inebriados com os olhos cheios de lagrimas reconhecerão e reconhecem muito mais que o artista palhaço.
Sorria palhaço pois tua alma de criança assistirá calma, limpa e serena pelo resultado das coisas onde tanto investiu seu amor.
Sorria palhaço, do mundo sem compasso, que na arte do descompasso afastou a tristeza do espaço, e neste mesmo vazio do espaço encheu em cada passo seu conteúdo de AMOR...

Cláudio Rizzo

Nem o sorriso de um palhaço consegue esconder a tristeza de um coração partido.

Marcell Landim

Quem cria amor colhe amor, quem cria tristeza colhe tristeza, quem cria palhaço é circo então procure um.

Tiago Augusto da Cunha (mindinho)

O escritor ideal - para o mundo ideal - é um palhaço triste que narra a felicidade alheia chorando, ou um papagaio narcisista da máxima conveniência humana.

Allan Pitz

Se um palhaço não dar risada, pensam que ele está triste.
Se um idiota ficar em silêncio, pensam que ele é inteligente.

Claudiney Ribeiro

Ela: Se eu ficar feia?
Ele: Eu fico míope.
Ela: Se eu ficar triste?
Ele: Eu viro… um palhaço.
Ela: Se eu fiar gorda?
Ele: Eu quebro o espelho.
Ela: Se eu ficar velha?
Ele: Eu fico velho junto.
Ela: Se eu ficar rouca?
Ele: Eu fico surdo.
Ela: Se eu ficar chata?
Ele: eu te faço cócegas.
Ela: Se eu não te amar mais?
Ele: Todos os dias eu te
conquisto novamente !!!

Desconhecido

Palhaço que é palhaço chora por dentro por não saber fazer cara triste.

Nadir Khan

O palhaço
Mara Figueredo




Pintei meu rosto para sobreviver e esconder as tristezas porque passei.




Pintei meu rosto porque sou um palhaço, que neste palco, estando feliz ou não, jamais demonstra a tristeza que traz no coração




Pintei o meu rosto para esconder as lágrimas que já derramei.




Pintei meu rosto para encontrar força para continuar a vida.




Pintei meu rosto para viver a ilusão de ter um amor verdadeiro




Pintei meu rosto porque a maior das minhas emoções é fazer brotar em seus lábios, um sorriso de alegria.




Pintei meu rosto para apagar as mágoas e as cicatrizes do passado.




Pintei meu rosto para não deixar transparecer nele a certeza de um amor não correspondido.




Pintei meu rosto porque neste circo da vida eu sou apenas um 'palhaço' que quer roubar seu coração.

Mara Figueredo

Coração palhaço busca um palco em busca de um único aplauso.
Minha tristeza se fundi com minha felicidade.
E diferente de Clarise eu não estou cansado.
E semelhante a Machado não quero ser simplesmente um mulato.
Me perco na busca de uma noite perfeita num dia de sol.
Me falta o vento e me sobra o que você chamaria de lagrimas.
Lagrimas derrubadas por canções escutadas.
Lagrimas por palavras nunca antes ditas e por muitos vividas.
Que culpa tenho eu se um dia eu não soube amar?
Que culpa tenho eu se um dia lagrimas fiz brotar?
Magoei um coração outrora meu, destruí um sonho que nunca foi meu.
Minha sentença foi declarada sem eu ter direito a defesa.
Condenado a ser feliz junto com a solidão que me faz perder a razão.
E igual qualquer condenado tenho em minha cela uma janela, e por essa janela consigo ver a estrela mais bela que me faz falta em noite de tempestade e me da motivos para desejar novamente amar e nunca mais errar por que descobri o que realmente é amar....

Lucas tadeu

Hoje meu nariz de palhaço viajou sem mim... Oh! Quão triste é o pais das lagrimas.

J.J.Barbosa

Sou um palhaço triste um poeta bebado e apaixonado.bricando com os cachorros e decrarando pra lua todo o meu penar'

PauloRockCesar

"...Minha alma é de poetisa
Sensível como uma flor
Triste como o palhaço
Melancólica como o amor..."

Camila Senna

A pintura do palhaço esconde a tristeza dos olhos e a lágrima do coração. Quem brinca com os sentimentos alheios, vira brinquedo ou decoração.

Aroldo Arantes

A Profissão não me deixa ser triste, afinal é pra alegrar que palhaço existe.

Ator: Bruno Martinni

Darkyn

Quando eu estiver mais palhaço pode ser o dia que eu talvez esteja mais triste, pois pra mim o que importa não é mostrar que esta tudo bem, e sim ver um lindo sorriso em seu rosto e provar que com ele pode ser melhor.

Leandro Alves

Quando estou triste, tento não fugir de mim. Visto meu coração de palhaço para me fazer sorrir, conto histórias em voz baixa para meus ouvidos ficarem atentos. Pinto a lua de qualquer cor só para pensar como ficaria. Invento um mundo de anões gigantes, girafas sem pescoço e ursos que brilham no escuro para me fazer sonhar. E lá pelo meio da confusão que inventei...já nem lembro porque estava triste.

Andre Saut

Haverá no mundo coisa mais melancólica! Um palhaço triste é um dos maiores paradoxo que pode haver na vida. Se aquele cuja missão é levar o riso às pessoas, perde a alegria, tudo parece perdido!

Sérgio Gleiston

'Se é da tristeza que você se esconde e a felicidade que tenta conseguir..
O palhaço subiu ao palco triste e fez então todos sorrirem

Deilson Franco

Palhaça Triste
Vivo com a alegria de um palhaço, que surge fugazmente e inesperadamente vai embora. Assim como ele tento disfarçar minhas tristezas, dores e decepções, encobrindo-as com a maquiagem da vergonha. O disfarce perfeito para minha melancolia. Pena que essa maquiagem, ao primeiro sinal de chuva, desbota por completo, deixando-me assim completamente exposta a olhares maliciosos e penosos dos que me rodeiam.
Não sei, mas sinto-me mais segura quando disfarço minhas dores, meus sofrimentos. Tento estampar em meu rosto uma imagem que não me cabe. E assim, como o palhaço, sou feita de risos, gargalhadas, palhaçadas... Tudo falso! Nunca fui tão triste e insegura. Tudo pura invenção. Quem sou afinal?
Eu sou uma “menina mulher” que chora, sofre, mas guarda tudo pra si e prefere passar para os outros a imagem de “menina palhaça” com sua máscara de porcelana. Pena que essa menina nunca existiu! O que você sabe sobre mim? Apenas o que eu permito que saiba apenas o que eu deixo transparecer... Uma “menina mulher” que ri, conta piadas sem graça (mas acha graça mesmo assim), mas que por dentro grita, implora, clama loucamente por um minuto de felicidade. Apenas um. É pedir muito?
Quis crer que no centro do palco me veriam, mas ninguém quis enxergar alguém além de tantas cores e piadas. E assim vou seguindo... E assim meu tecendo meu espetáculo...
No circo da vida a Palhaça Triste faz seu papel perfeitamente bem. Mas, como em todo circo, chega uma hora que o espetáculo acaba, as cortinas se fecham e o palhaço, finalmente, sai de cena, tira a máscara de porcelana e pode ser ele mesmo, sem disfarces, com todas suas dores, sofrimentos e fraquezas expostas... Expostas ao Leão indomável (figura indispensável em todo circo).
Mas chega um dia em que o palhaço cansa e decide jogar tudo pro alto pra tentar ser feliz, sem disfarces, sem fingimentos, sem risos falsos, sem a maquiagem de porcelana. E só então ele compreende o motivo de todo seu sofrimento: simplesmente as pessoas. Então ele toma uma decisão: fará o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas.
E assim como ele, a Palhaça Triste aqui, a “menina mulher”, também cai na real e percebe que certas pessoas não merecem minha dor, nem tampouco uma lágrima sequer de sofrimento. E como o palhaço eu também decido não amar demais as pessoas, só assim poderei tirar minha máscara e viver sem disfarces. Mas já é tarde demais! Eu já me tornara uma pessoa triste... De tanto me vestir me vi presa a ela. Não tenho as chaves da cela que criei, me internei voluntariamente e não me deixam mais sair. Dei todos os risos que tinha e já não me resta muita coisa, apenas um bocado de lembranças.
Por isso me fecho, por isso me reservo, por isso me sinto tão só, por isso me sinto mergulhada em uma profunda tristeza e solidão... Tudo isso para não amar demais as pessoas e assim, não sofrer demais também...
Se eu fosse poeta saberia como me defender, mas sou só mais uma Palha Triste a se repetir no espetáculo da vida.

Sthefany Costa-01112011