Os Olhos são as Janelas da Alma

Cerca de 21 frases e pensamentos: Os Olhos são as Janelas da Alma

Os olhos... dizem que são as janelas da alma e eu diria mais, diria que são também as vitrines do coração.
Ainda não sei explicar a mistura de emoções que sinto nessa breve eternidade de olho no olho.
Paixão, laços eternos, atração irresistível, sensação de mergulhar dentro do outro. Faíscas de desejo, amor sem fim, troca de energia, outra realidade. Uma comunicação muda tão cheia de significados...
O brilho entrega que quer viver o momento, uma luz maravilhosa invade todo ser e então, ocorre uma transmissão de pensamentos.
Cada olhar tem o seu segredo... A paixão recolhida, o amor incondicional, o medo da atração, a vontade de viver! Os olhos gritam para a liberdade, o desejo de ser feliz, a canção do amanhecer...
Existem também aqueles olhos tristes... olhos tristes com vontade de chorar...
Chorar por tudo que não conseguiu viver, por aquilo que perdeu no meio do caminho, por ter perdido o compaço da dança. Podados por sua pouca alegria, por pessoas cruéis, sem sonhos e sem poesias...
Mas em todo olhar há uma beleza pronta ou esperando para ser lapidada...
Enfim, o que mais me encanta no olhar é que, o contrário da boca, eles nunca conseguem desmentir o coração.

Lidi Rubira

Se os olhos são as janelas da alma
Nos seus eu vejo o infinito
Ás vezes expressam tremenda calma
Mas, eventualmente é de intenso conflito
Suas pupilas são meu universo
Sua íris é o meu mundo
Com cílios normalmente converso
Por isso, aproveitei cada segundo
Nunca vi azuis tão celestes
Capaz de fazer inveja aos céus
Então, obrigado pelo que destes
Oportunidade de conhecer os sentimentos seus.
Me apaixonei, pela sua beleza
Te amei, pelos seus olhos de imensa clareza.

J.P.Paz

"A malicia está nos olhos de quem vê". Os olhos são as janelas da alma - ali está a malicia.

Diego Evair

Foi com ele que descobri que os olhos realmente são as janelas da alma, atalhos para o coração, reveladores de sentimentos…

Jéssica T.

Os olhos são as janelas da alma...
Escolha com cuidado e carinho o que deixa passar pelos olhos para que sua alma não seja contaminada e seu coração embrutecido...

Patrícia Francetto

Com as janelas da alma; nossos olhos, observamos o mundo e eles transmitem com fidelidade o que vai em nosso coração.

Mirna Rosa

ESPELHOS DA ALMA...

Olhos abertos, escancarados,
janelas que me trazem à realidade
digital da memória, fotografam minuciosamente a essência,
instrumento que sobressai a alma
que traz pra dentro, o que por fora ladeia

Olhos molhados, encharcados
pela emoção que me tomas ao te ver,
enlouquecidos e embebidos pela satisfação
quiçá, mortificados pela decepção
são termômetro natural de minha esbraseante comoção

Olhos secos, estorricados
pela amargura e inclemência da vida
estéreis, ardem ressequidos,
desapercebidos de emoções, desprovidos de lágrimas
que o tempo atroz, sorveu com a acidez do destino

Olhos fechados, vedados
que se guardam da hipocrisia
bloqueiam tua pérfida alegoria,
embaraçam tuas vãs tentativas
de invadir e infectar minha alma
com tua negra inveja que me enche de agonia

Olhos,
na cara viestes como espelhos
que refletem os atributos de nosso espirito
que se composto pela pureza,
repercutem em brilho
mas se infestado de desgostos,
irradiam em desumanidade

Olhos que enxergam com a precisão de uma lince
Olhos que cegos privam-se das cores da vida
Olhos pintados, mascarados pela sensualidade da mulher,
Olhos embevecidos pela beleza da poesia lida
Olhos que transcendem o sentido da visão
Olhos que falam, mas que em mil palavras, uma linguagem autentica
Olhos que calam, e lançam no silêncio os desapontamentos da alma
Olhos que se perdem no desconhecido, diante da escuridão
Olhos que vagam perdidos, na melancolia de minha solidão

Os olhos... Nossos olhos... Teu olhar!

Janna Teixeira

Amar é ter as cortinas e as janelas abertas
e a casa iluminada de luar.
É com o que foge aos olhos ter compromisso
com razão
de ter a fé como chão
pois o amor faz palpável o infinito.

Carlos Humberto Pena

Se os olhos são as janelas da alma, minha alma está em constante inundação!

Deka Rissi

Janelas da alma

O que se vê de olhos abertos, não se compara ao que se vê de olhos fechados.
De olhos abertos, vejo coisas boas e, ruins
De olhos fechados tenho o poder de escolher o que desejo ver
Fecho os olhos e consigo ver que o mundo é maior do que parece,
Consigo andar por lugares que nunca imaginei que conheceria
Consigo ver minhas dificuldades, menores do que se apresentam
Consigo voltar no tempo, todas as vezes que sentir saudades
Consigo trazer pra perto, pessoas que partiram
Fecho os olhos e as janelas se abrem me possibilitando enxergar grandes possibilidades
Os ferrolhos das portas rangem ao abrir, para chamar minha atenção a coisas boas que estão do outro lado.
Do lado de cá, de olhos abertos, sinto-me preso a uma realidade que me consome aos poucos,
Do outro lado, de olhos fechados, sinto que sou livre para ousar coisas grandes,
Do lado de cá, sinto-me refém das circunstancias,
Do outro lado, sou o senhor do meu destino.
O meu grande desafio... A minha maior conquista...
É enxergar de olhos abertos o que tanto almejo quando fecho os olhos.

Luiz Nascimento

Embora os olhos sejá as janelas da alma permanecerei com eles fechados.
Pois assim não corro o risco de conhecer a luz e ter que retornar a escuridão!

Alexandre Leonardo

Se os olhos são realmente as janelas d'alma,
então se você olhar para os meus poderá ver bem,
até o fundo do meu coração.
Porque quando olho para você sinto como se tudo o que sinto por você estivesse brilhando como um céu de estrelas para todos verem.
E se você olhar bem de perto com certeza poderá ver em meus olhos toda a confiança, alegria, paz e esperança do meu amor por você.

C.M

Cadê o brilho dos meus olhos
Olhe bem fundo para mim
E nas janelas da alma
Você vai enxergar um vazio
Não lembro quando ela deixou meu corpo
Não lembro de quando parei de sorrir
De deixar minha criança interior ir embora
Não lembro quando só comecei a ser feliz de maneira artificial
Através do álcool , drogas e remédios
Não lembro quando foi que acordei
E o dia que era colorido se tornou cinzento
Não lembro quando me perdi de mim mesma.

andreia dantas

uma resposta
Sim... os teus olhos as janelas da tua alma e a boca a porta...
Sim... a tua casa é pequena mas com espaço para muita coisa... basta deitar fora as velharias que ganham, incomensuravelmente, pó, esperando que sacuda esse pó... alguém abra as janelas e deixe arejar as divisões... e te renove o ar que se respira!!!
Sim... as diferentes divisões do teu coração estão abarrotadas de tentativas... receios...guardando amontoadas intermináveis das mais vulneráveis expetativas... faremos das incertezas, certezas... das expetativas, concretizações, faremos das tuas vulnerabilidades, forças... limparemos juntos essas divisões... tornala-emos nossas... dar-lhe-emos o nosso sentido de vida...faremos dela o conforto do nosso ninho... do nosso amor... do nosso Éden!!!

Sim, tenho a mais absoluta certeza... e sim, entrarei com a calma de uma brisa de Primavera que te sopra ao ouvido e te arrepia o pescoço...
Sim... na sala encontrarei centenas de filmes... que te continuarão a fazer rir e chorar... no conforto do meu braço...ombro... peito...!!!
Sim... encontrarei musicas que embalaram altos e baixos mas que agora nos farão dançar, agarrados um ao outro numa fusão de carne e espírito, como um só!!!

Sim... na cozinha sentirei o cheiro de muitos jantares... jantares que celebraremos...a 2, a 3, a 4, em família, com os amigos... os jantares que elaboraremos juntos, com uma pitada de sal... amor... carinho!!!
Sim... os temperos que ja não suportas, vou dar-lhes outros usos, outras cores, outros sabores, outros sentimentos, que iras aprender a amar... a desejar!!!
Sim... encontrarei velas apagadas que nos darão luz quando comermos à luz das velas... dar-nos-ão luz e calor... momentos a 2 que nunca esqueceremos!!!
Sim... encontrarei talheres que alimentaram outras bocas e, taças, que embriagaram outros corpos... talheres que alimentarão nossas bocas, outras bocas... taças que embriagarão nossos corpos, outros corpos!!!

Sim... a casa de banho esconderá o cheiro de perfumes, sabonetes e loções, quanto de deceções... deitemos fora esses sabonetes, essas loções e substituiremos esses por nossos e novos... encheremos a nossa casa de banho de abundantes e estonteantes cheiros... das nossas loções e sabonetes... dos nossos perfumes... das nossas essências!!!
Sim... a água do chuveiro já lavou outros suores e o espelho ja refletiu dias melhores... o chuveiro lavará nossos suores... dos nossos corpos... dos nossos momentos de paixão e de entrega... de prazer carnal.. de prazer sentimental e lavará nossas peles... e o espelho, esse refletirá os nossos apaixonados espíritos, num sorridente e estonteante reflexo da nossa verdade, do nosso amor!!!

Sim... o quarto do teu coração é a divisão mais desarrumada guardando um tanto de lembranças boas, como de amores despedaçados... cacos que te ajudarei a colar, a arrumar, a deitar fora, a substituir por memórias nossas, peças nossas, formas nossas!!!
Sim... prazeres que daremos um ao outro...que receberemos um do outro... numa mais que perfeita e idílica simbiose de corpos e mente... lágrimas que partilharemos e alegrias de dividiremos!!!
Sim... livros de cabeceira que leremos e reescreveremos juntos... que relatarão as nossas próprias aventuras... roupas nossas por todos os lados, frutos das nossas mais devaniantes loucuras e momentos de paixão... noites em que seremos felizes, noites em que quererás dormir para no meu corpo, enroscada acordar... com os meus lábios a rodopiarem nos teus e os bons dias te dar... outras em que não quererás acordar com medo do nosso amor, dum sonho se tratar!!!

Sim, tenho... Sim, caminho..
Sim... la verei o que para mim és... o que somos!!!
Sim... la colheremos o que plantaremos... la beijarei o teu dedo, chuparei a gotícula do teu precioso sangue, quando numa perfeita rosa te picares...sim,porque até a mais perfeita rosa tem espinhos!!!
Sim... serei a água... a adubo...o calor e o amor que tão urgentemente necessitas!!!
Sim... não sou jardineiro mas darei todo o meu carinho e amor, todo o meu calor, todo o meu suor, toda a minha pele e calos, o meu melhor, sempre...enquanto minha pele, meus ossos permitirem e vida escoar em mim!!!

Sim, quero essa responsabilidade, esse cargo... esse pedaço de céu que é o teu jardim!!!
Sim... varreremos junto o chão, lavaremos juntos os pratos e pintaremos juntos as paredes com as cores do nosso amor!!!
Sim... estarei disponível para te ajudar na troca dos moveis...com a nova decoração!!!
Sim... carregarei contigo todo o lixo para fora!!!

Sim, quero, do fundo do meu coração, de todo o meu ser, mais que tudo... habitar o teu coração!!!

SIM, cuidarei...é a nossa casa!!!

Joaquim Silva

Felicidade são pequenos momentos de alegria, refletida nos olhos, janelas da alma, como música e poesia.

Laleska Ribeiro da Silva