Os Direitos Humanos

Cerca de 180 frases e pensamentos: Os Direitos Humanos

Deus foi justo em não conceder ao homem o direito de escolher a hora da chegada do amor, porque se pudéssemos escolher, para muitos, ele nunca chegaria.

Carol Gray

Todo homem luta com mais bravura por seus interesses do que por seus direitos

Napoleão.

O meu direito de falar ninguém tira.Nem mesmo o mais respeitado dentre os homens.Somente Deus, que me deu esse poder, pode tira-lo de mim.

Patrícia guedes

Um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se.

Gabriel García Márquez

Os magistrados criaram 30 artigos Declaração Universal dos Direitos Humanos, porem eu vos que as gerações futuras só vão ter o ARTIGO 1.º em conta e digo basta:

ARTIGO 1.º - Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.

Os de mais artigos são uma hipocrisia, já que ninguém compre.

Miguel Westerberg - Declaração Universal dos Direitos Humanos

A origem da palavra cidadania vem do latim “civitas”, que quer dizer cidade. A palavra cidadania foi usada na Roma antiga para indicar a situação política de uma pessoa e os direitos que essa pessoa tinha ou podia exercer. Segundo Dalmo Dallari:

“A cidadania expressa um conjunto de direitos que dá à pessoa a possibilidade de participar ativamente da vida e do governo de seu povo. Quem não tem cidadania está marginalizado ou excluído da vida social e da tomada de decisões, ficando numa posição de inferioridade dentro do grupo social”.

(DALLARI, Direitos Humanos e Cidadania. São Paulo: Moderna, 1998. p.14)

Direitos Humanos, blog

A CIDADANIA NO BRASIL
No Brasil, estamos gestando a nossa cidadania. Damos passos importantes com o processo de redemocratização e a Constituição de 1988. Mas, muito temos que andar. Ainda predomina uma visão reducionista da cidadania (votar, e de forma obrigatória, pagar os impostos... ou seja, fazer coisas que nos são impostas) e encontramos muitas barreiras culturais e históricas para a vivência da cidadania. Somos filhos e filhas de uma nação nascida sob o signo da cruz e da espada, acostumados a apanhar calados, a dizer sempre “sim senho?, a «engolir sapos”, a achar “normal” as injustiças, a termos um “jeitinho’ para tudo, a não levar a sério a coisa pública, a pensar que direitos são privilégios e exigi-los é ser boçal e metido, a pensar que Deus é brasileiro e se as coisas estão como estão é por vontade Dele.

Direitos Humanos, blog

Os direitos que temos não nos foram conferidos, mas conquistados. Muitas vezes compreendemos os direitos como uma concessão, um favor de quem está em cima para os que estão em baixo. Contudo, a cidadania não nos é dada, ela é construída e conquistada a partir da nossa capacidade de organização, participação e intervenção social.

Direitos Humanos, blog

A cidadania não surge do nada como um toque de mágica, nem tão pouco a simples conquista legal de alguns direitos significa a realização destes direitos. É necessário que o cidadão participe, seja ativo, faça valer os seus direitos. Simplesmente porque existe o Código do Consumidor, automaticamente deixarão de existir os desrespeitos aos direitos do consumidor ou então estes direitos se tornarão efetivos? Não! Se o cidadão não se apropriar desses direitos fazendo-os valer, esses serão letra morta, ficarão só no papel.

Direitos Humanos, blog

Construir cidadania é também construir novas relações e consciências. A cidadania é algo que não se aprende com os livros, mas com a convivência, na vida social e pública. É no convívio do dia-a-dia que exercitamos a nossa cidadania, através das relações que estabelecemos com os outros, com a coisa pública e o próprio meio ambiente. A cidadania deve ser perpassada por temáticas como a solidariedade, a democracia, os direitos humanos, a ecologia, a ética.

Direitos Humanos, blog

A cidadania é tarefa que não termina. A cidadania não é como um dever de casa, onde faço a minha parte, apresento e pronto, acabou. Enquanto seres inacabados que somos, sempre estaremos buscando, descobrindo, criando e tomando consciência mais ampla dos direitos. Nunca poderemos chegar e entregar a tarefa pronta, pois novos desafios na vida social surgirão, demandando novas conquistas e, portanto, mais cidadania

Direitos Humanos, blog

Qualquer pessoa pode chamar um homem por seu nome, mas só alguém especial pode designá-lo como filho ou irmão.

Kathleem Eagle - citado por Falcão Negro (Pelo direito de amar)

Direitos Humanos no Brasil em quatro anos CONFESSO, NÃO VI-NÃO LÍ, NÃO-PALPEI, NÃO-VISUALIZEI,o com status de MINISTÉRIO CONHECE O morro do Vintém? a Cracolândias do Brasil?

Bindes, Fá - humanos

Porque homem não chora? Se todo ser humano tem o direito de senti, sorrir, ser feliz, amar, chorar, sofrer, enfim... todo ser humano tem direitos iguais. Mais porque com o homem tem ser diferente? Se ele é um ser humano. Se você for homem chore, pois, você é um homem e não uma máquina.

Kezia Calheiros.

É bestial mesmo em nome dos direitos humanos matar o homem!

Pericles Silva gomes

"Justo e honrado
é o homem
que mede seus direitos
com a mesma régua
de seus deveres."

J.B. Henri Lacordaire

Mulher que se sujeita a ser depósito de esperma não possui qualquer direito em exigir de um homem sentimentos elevados.
Mas deve sim elevar-se e fortalecer-se para suportar as conseqüências das cobranças futuras, assim como toda mulher cobra e rotula generalizadamente os homens.

Anísio Pinheiro Neto

Há um caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte.

Rei Salomão

Quando um homem atinge a velhice
Cumprida sua missão
Tem o direito de confrontar
A idéia de paz.
Não necessita de outros homens;
Conhece-os e sabe bastante a seu respeito.
Necessita é de paz.
Não é bom visitar este homem ou falar-lhe
Fazê-lo sofrer banalidades.
Deve-se desviar
À porta de sua casa,
Como se lá ninguém morasse.

Meng-Tse citado por HH em O jogo das contas de vidro

O Programa (Nacional-Socialista) dos Direitos Humanos, na forma como está, submete a Constituição ao que chamo, em homenagem ao número do PT, 'Ato Institucional nº 13'. Os 'direitos humanos' são, no AI-13, o que a 'segurança nacional' era no AI-5 do regime militar. Em nome dela, podia-se suspender qualquer garantia.

Reinaldo Azevedo