Origenes Lessa

Cerca de 314 frases e pensamentos: Origenes Lessa

Amar é... ser a primeira a reconhecer o corpo dele no Instituto Médico Legal.

Ivan Lessa

Só se escreve para provocar um inimigo, conquistar uma mulher ou ganhar muito dinheiro.

Ivan Lessa

Linda menina abra as asas
Voe o mais alto que puder
Acredite você pode ir ainda mais alto
Feche os olhos, imagine-se
Nunca olhe para baixo
De a mão ao céu
Alcance o universo, almeje o infinito
Transpasse as barreiras da realidade
e siga seu coração.

Daniel Lessa

O sensato se cala, o tolo discute.

Lessa

"Sou impulsiva, generosa, infantil,cor de rosa...sou o que sou...sem medo de aprender"...

Denise Lessa

"Coisas boas vem com o tempo. As melhores, vem de repente!"

Denise Lessa

"Em tudo que há em minha vida, há uma pitada de humor, de sonhos, de nostalgia, de esperança, de perseverança, de harmonia, de fé, de alegria, de solidariedade, de prazer, de boa vontade, de amizade, de erros, de acertos, imperfeições,de ansiedade, de um passo a frente, de caminhar junto, de pimenta, de açúcar, de lágrimas, sorrisos, de inspiração, de vaga idéia, de luz...e acima de tudo de fé...Em tudo que há em mim, há um pouco de frente e verso"

Denise Lessa

"Nunca desisto de ser feliz.Tenho um pacto com a alegria.Não sou santa e nem experiênte.Simplismente sou uma mulher que rezo antes de dormir."

Denise Lessa

Diante de uma tentação,um cristão tornar se um mártir ou um idolatra.

Origenes de Alexandria

Sob a tua misericórdia nos refugiamos, Mãe de Deus!
Não deixes de considerar as nossas súplicas
em nossas dificuldades.
Mas livra-nos do perigo, única casta e bendita!

Orígenes - 243 d.C

Maria é Mãe de Deus, unigênito do Rei
e criador de tudo o que existe.

Orígenes - século II

Dia perfeito tem véspera, vésperas demoram a passar...

Lessa

A vida é uma só, errando ou acertando, isso é um fato!
Arrepender-se depois não trará a vida devolta, ao contrário, arrependimento encurta a vida, porque faz com que ela passe desapercebido.
E isso é perder tempo, e perder tempo é morrer antecipadamente.
O importante não é a filosofia, mas oque se fará dela,
Junto com o conhecimento vem a ação, e a ação tranforma.

Lessa

Não é a vida que passa depressa, são as pessoas que passam muito tempo mortas.

Lessa

Com os olhos voltados ao céu, procuro um limite para os meus pensamentos... longe de mim vai a esperança que um dia me cercava.

Lessa

Em silêncio sigo...
Mas aqui dentro em mim um grito:
Alguém me encontre!
Vou vivendo, e a vida me levando.
Vou andando...
Andando a passos obrigados, à um destino sem aparências.

Lessa

Já não há músicas para tirar-me do claustro.
Melodias se perdem em um turbilhão de acontecimentos mas acabam voltando ao acerto, preenchendo o tufão de repetições.
O que faz-se quando cessada a fonte da liberdade ?

Lessa

Decisão
Renata Lessa, em 10/03/14

Decidi não mais falar “EU TE AMO”.
Quantos e quantos “EU TE AMO” foram soltos ao vento por ai, sem nada, efetivamente, significar?
Se palavras o vento leva; atitudes são como raiz profunda, nenhum vendaval arranca.
Decidi não mais falar “EU TE AMO”.
Palavras são apenas letras, atitudes completam as lacunas do abecedário da vida – a vida sem mentiras, a vida mostrada e demonstrada em fatos e atos.
Decidi não mais falar “EU TE AMO”.
Talvez como frase de efeito, que nos emociona e empolga - isso só não basta. Atitudes nos surpreendem e nos impulsiona, isso que faz a diferença, isso que realmente vale a pena.
Decidi não mais falar “EU TE AMO”.
Provar do amor requer prova. Demonstrar o amor muito mais do que em palavras. Mostrar o amor em vida, na vida, vivendo e vivenciando. Amar se ama doando-se.
Decidi não mais falar “EU TE AMO”.
De nada adianta agradar os ouvidos se o coração resta-se inadimplido, não preenchido a esta crença – do amor, de ser amado.
Amor se ama amando, amor se ama provando. O monte de carinho no dia a dia, a montanha de afeto noite a noite, nas palavras mais lindas vindas do coração, complementadas na afeição da própria ação – de amar.
Amar não é fazer-se ouvir. É fazê-lo, com zelo, sentir.

Renata Lessa

Carência
Renata Lessa, em 10/03/14
Hoje estou assim. Carente de você, carente até de mim.
Carente de nós dois juntos, carente perpetuamente nessa cadeia sem fim.
Carente dos nós atados, dos laços dados assim como nossas mãos firmes
Carente dos seus beijos e afagos, do doce brilho dos seus olhos, dos seus lábios
Dos seus beijos despretenciosamente insanos, tão sãos de verdadeiros sentimentos
Hoje, agora, me corroendo, essa carência latente e sem fim
Sinto-me vazia, repleta de saudades vazadas, num coração aflito, sobressaltado
Preocupado com sua vida, que minha passou a ser, enfim.
Preocupada com seu destino, com se com meu próprio destino estivesse em jogo, por um fio, assim
Nosso destino em jogo, nosso amor posto à prova.
Provo que há muito amor em mim, a suportar essa dor, a saber esperar, a lhe esperar voltar para mim.
Provo do amargo gosto da saudade, da carência de você, da carência até de mim.
Sozinha, na minha, a poesia como companhia agora, nessa hora
Sem ver a hora de tudo isso acabar, do pesadelo passar, do tempo ultrapassar essas tão poucas expectativas
Na retrospectiva da angustia diária que tomou conta de você e em mim, por lhe ver assim
Tão frágil, tão ferido, na difícil cicatrização da alma já tão calejada, castigada
Por uma vida inteira de injustiças, gente ruim
O amor forte, persistente, a esperar, a torcer e orar, pelo momento a se findar essa tristeza indevida
A hora é de amar por você, por nós dois.
A certeza que tudo passará, ainda que com marcas cravadas no peito, sujeitos à realidade da vida
À morte de sonhos, a renascer outros novos para nós, transformação
A noção de que tudo há de passar, e não ver essa hora chegar
E não ver a hora de você chegar novamente, com seu sorriso tão lindo, sorrindo pra mim.
A reenlaçarmos e replanejarmos o nosso futuro, por um tempo suspenso num passado que se faz presente
A reenlaçarmos e replanejarmos nossas vidas, tão só de nós dois.
E deixarmos o sofrimento pra trás, atado ao passado, num nó muito bem dado, pra depois.
E voltarmos a nos amar ferozmente, ardentemente, como só quem ama sabe fazer, como
Só quem sabe fazer, só nós dois.

Renata Lessa

SURPRESA
Renata Lessa, em 07/11/13

Surpresa, na mesa
A entrega, grandeza
Nova vida, novo elo
Duas almas, até então partidas
Do nada, mudam-se vidas
Almas, agora unidas, entrelaçadas
O laço bem dado, bem feito
Moldado do peito
A força, a batida
Tudo perfeito
Surpresa, na mesa
A mais pura beleza
Noite de chuva
A cair muitas bençãos
Das coisas mais simples
Mais belas - destreza
Na mão direita
O elo, amarelo
A irradiar realeza
Encanto, doçura
Adeus à tristeza
Não mais somos sós
Somos mais, somos nós
A viver intensamente
Essa grande aliança
Com toda a certeza.

Renata Lessa