Observo

Cerca de 227 frases e pensamentos: Observo

Minha falta Deus perdoa, desde que eu reconheça que sou pecador. E observo todos os dias, seus mandamentos e palavras em meu coração.

Anderson Carmona Domingues de Oliveira

Eu, que sou apenas um menino que avança para a maturidade, observo...
Ao agrupamento de demandas instituídas em todas as nossas eras,
De alegrias e tristezas, o homem tende à coleção,
O ser humano que busca no mundo o que derruba a própria geração.
Óh, seres viventes, vos lembreis! Não há de sentir-vos amargurados, pois o crescimento é por demais espiritual!

Douglas Garcia Saldanha

Quando tenho dúvidas sobre uma pessoa e não consigo decifrá-la, observo seu reflexo no caráter de quem a acompanha. É infalível

Ulisses Formiga

Todos os dias te observo, cada dia me apaixono, sinto meu coração diferente, meus pensamentos só em você em teu sorriso. Não aguento mais sentir seu abraço um beijo que sempre me da no rosto,sem poder te dizer o quanto você é importante o quanto é amado e o quanto TE AMO.

Ana Cláudia Nunes Lira

Eu só observo que nos supervalorizamos quem não está nem ai e desmerecemos quem faria tudo pra nos ver feliz.

Vinicius Alves

Por onde ando, sempre observo a posição do vento. Até mesmo na vibração da rabiola presa nos fios elétricos de um poste.

Erasmo Shallkytton

Eu leio olhares, eu contemplo sorrisos, eu coleciono abraços,eu divido lágrimas,eu sinto,eu observo com o coração.

Marucha Pinheiro

Observo a natureza para entender apenas uma coisa: ser natural

João Belila

Almas silenciosas

Na minha quietude, observo o teu silêncio e é tudo plenitude entre nós dois.E se há dor...É tudo quieto, pois, maior é o amor, grandioso afeto!...E não são necessárias as palavras, os olhares já dizem tudo;Como num bater de asas, para percorrer o mundo.E se nossas almas silencia é porque são sabias, acolhem o amor e se esvaziam das possíveis magoas.Porque sabem que um dia irão cantar sentimentos nesses ou até mesmo em outros tempos e embebidas de alegrias pelo esperado momento, saberão que lamentos são apenas lamentos que são levados pelos ventos em qualquer ocasião.

ValquiriaCordeiro

Observo o moço do outro lado da rua, sempre com um copo de cerveja na mão e um cigarro em outra.Tentando afogar suas magoas em álcool e nicotina. A moça de olhos verdes e cabelos longos passa, ele respira fundo e toma um gole, e seus olhos a persegue até ela se perder entre os carros da Avenida São João..

Letícia Quintas

Observo seu sorriso e o gravo em minha mente para nunca esquecê-lo. Percebo que nada nesse mundo é tão belo quanto ele, pois me faz sentir viva e feliz. Hoje me sinto péssima, mas a maneira que você sorriu para mim fez com que uma luz se acendesse dentro do meu ser e me deixou completamente presa a esse momento, nada poderia me tirar dee. Eu o faria eterno.
Fecho os olhos e te deixo me envolver em um abraço gentil e sincero. O vento sopra devagar e a sensação dele é boa. Teus lábios beijam minha testa com delicadeza e seu efeito é quase que imediato, seu calor é tão gostoso quanto a sensação dos primeiros raios de sol. Tua mão afaga meu cabelo e me dá o conforto necessário.
Naquele momento, é como se a gravidade estivesse desaparecido ou como se no mundo, só houvéssemos eu e você, entrelaçados em um abraço eterno. Peço que não me solte nunca, por favor. Você me aperta contra seu corpo e espera que eu retribua o abraço, eu o faço sem hesitar. Eu te amo e disso não tenho dúvidas, agora, mais do que nunca. Sussuro, 'Você é a minha imortalidade' e continuo, 'Não suma nunca', termino e procuro seus lábios.

Larissa de Queiroga Sampaio

Sou como um passaro observo sempre antes de pousar...

Pollianna Barbosa

Observo o homem grisalho enquanto ele folheia a revista.Ele tem um charme que me estremece e de repente os nossos olhares se encontram e um sorriso tímido nos tira do rumo. Volto a tomar o meu cappuccino e sinto o meu coração bater mais intenso. Aquela barba por fazer e as mãos grandes me fazem pensar coisas que é melhor nem dizer. Levanto-me, saio e fico a olhar os livros na estante e pelas frestas fico a imaginar quantas histórias escreveríamos juntos escondidos entre as prateleiras.

Cristiane Maria Martins Galvão

De volta ao passado
Enquanto escrevo observo
O olhar de minha mãe
Antes brilhantes
E por vezes fulminantes
Mas sempre ternos
Acompanhando estrepolias
da sua filharada...
Agora ela apenas olha
Um programa na tv
Seu olhar parece cansado
Seu brilho de outrora
Transformou-se em cataratas
Ela já não enxerga quase nada
Apenas olha...e nem sempre vê
Em seus olhos anuviados
Uma história de bravura
Se esconde e adormece
Ela viaja em seu passado
E o olhar perdido
por instantes,
Reluz no seu verde esfuziante
Uma lágrima teimosa aparece
Ela a seca com seu lenço
Volta a olhar a tv ligada
Volta a olhar e a não ver...

Elian VS

Fechar os olhos e se imaginar no jardim de Deus. Observo o verde vivo na mata presente tocando os meus pés, e então elevo meu olhar e vejo o azul presente. Parece que vem uma chuva por aí, mas eu sei que é só para que estas lugar paradisíaco continue dessa forma. Não vejo ninguém por aqui, só pássaros que parecem anunciar a chegada do Rei dos Reis. Ajoelhei-me e orei, seu brilho imenso não me permitiam ver Sua Face. Mas pude sentir algo melhor: Seu afeto bradava meu olhar e parecia poder sentir o cheiro do Seu amor.

Danints

Saio as ruas ,entro num onibus observo as pessoas sentadas ao meu redor,senhoras idosas ainda com resquicios da beleza da juventude ,vincadas e marcadas pela ação do tempo.Para ,contemplo .Cada um de nós é um livro ,cada pessoa tem uma estória unica ,exclusiva e cada livro é exatamente diferente e não se repete.

lausanne

Quanto mais observo o tráfego de Vila Velha mais tenho certeza que o capacete foi criado para proteger o antebraço e o cotovelo.

Ana Paula Rocon

Quanto mais atentamente observo o progresso, percebo o quanto regredimos.

Fernando Mato Grosso

Olho, observo uma lágrima escorrer entre a face branca, quase translúcida, que aos poucos vermelha ia ficando... Decepção tremenda, ouvir de seu amor, palavras desertas, frias, cheias de névoas e amargura. A boca sentia o fel pela garganta chegar. O sal das lágrimas era o único sabor que sua saliva conseguia sentir... Olhava ela para o berço e enxergando seu fruto lembrava-se de como foi gerado e hoje, negado fora... Correu e pegou no colo aquele corpinho ainda tomando forma, beijou com todo amor e decidiu partir, talvez assim seu sofrimento ficasse, a dor parasse e a felicidade a seguisse por onde fosse...

Paula Tavares

Mudo os valores e conceitos quando observo que minha estrada está sem asfalto.

Marister Alves