Observo

Cerca de 311 frases e pensamentos: Observo

Conheço muitos, nem todos gostam de mim, mais sou malandro, desconfio e observo todos !

Danilo Rodrigues

Caminhando pelas ruas de Venceslau
observo, atentamente, pessoas, animais, pássaros,carros, prédios, casas, ruas, avenidas,estudantes,maritacas...
Mas o que me chama atenção
é um aparelhinho:celular.
Pois os fatos mais banais se tornam urgências "eminentes". Será que o Criador sussurra o décimo primeiro mandamento on line?

jr....

Água!
Água transparente.
Roubo uma parte e observo: perfeita!
Foges de mim
pelas falhas que tenho na mão.
Caem gotas.
E volta para junto dos seus.
Assim, eu também!

Alex José Silva

Não posso ficar indiferente ao que observo, nem me esconder do resto do mundo quando tantas coisas novas surgem em cada dia.

miguel westerberg

IRÔNICA LIBERDADE

Preso à janela do trem,
Observo uma paisagem.
Estranha para mim.
Chamo-a, natureza,
Chamamos-la, Deusa.
Entre tanto primitivismo,
Descobri um pouco de vida
Nas pequenas plantas
Que margeiam a estrada,
Por onde passa esse trem.
Há no campo, lá distante
Uma pequena e rústica casa.
Rústica como o que a cerca.
Porém, os ventos sopram,
Carregando um imenso amor,
O amor do mundo todo, para lá...seu lugar
Como eu gostaria de poder ficar...me deixar ficar.
Ficar como ?
Sou um homem da cidade,
Transbordando direitos e deveres,
Imerso em obrigações engravatadas,
Com códigos e posturas...para ir ao banheiro
E ainda chamam-me de livre.
08/03/1975

J Manssur Sapag

Vivo em um ambiente de erros, mas não os incorporo... Apenas os observo...

Kaio Giovanni

sentada observo atenciosamente um branco maravilhoso , seguro firme ... Á algo em minha mão! esse branco mistérioso me facina , sinto medo , alegria ... Ele me contagia! esse branco revelará meus desejos e guardará meus segredos ... Isso é caneta e papel !!!

Nanda Luz

CONTEMPLANDO A NATUREZA

Sentado à margem da cachoeira
à tardinha...
Observo a queda d`água
caindo e escorrendo por entre
as pedras...

Oiço o barulhinho mágico desse
elemento purificador e o canto
dos passarinhos vindo da mata verde...
Um encanto!

Contemplo como é divina a natureza!
Que incomensurável beleza?

Deixo fluir meus pensamentos
em direção ao céu.

Neste momento uma chuva fina passageira
cai, molhando meu corpo
regando a flor de minh'Alma.

Oh quão lindo é o arco iris colorido
com sua ponta reluzente cruzando
sobre o espelho d`água!

Surge o astro Rei após a chuva passageira.

Termino minha contemplação
vendo o pôr-do-sol, com a sensibilidade da
poesia pulsando em meu coração!

Elias Akhenaton

Olho os teus lábio
com desejo imenso
percebo um sorriso maroto
um doce desejo
observo você
corpo perfeito
cheiro doce
de fruta madura...
fresca
e cabelos ao vento
chego mais perto
abraço-te
firme...
forte...
e ardente
teus lábios sedentos
imploram um beijo
nossos corpos se fundem
num único momento
em um só desejo...

Marcelo Fouquet Rosembrock

Observo o mundo, o que nele acontece
cada vez mais me sinto diferente
as certezas que tenho não me sobrevêem,
não me alcançam.

THAÍSA M. MENDES

De volta ao passado
Enquanto escrevo observo
O olhar de minha mãe
Antes brilhantes
E por vezes fulminantes
Mas sempre ternos
Acompanhando estrepolias
da sua filharada...
Agora ela apenas olha
Um programa na tv
Seu olhar parece cansado
Seu brilho de outrora
Transformou-se em cataratas
Ela já não enxerga quase nada
Apenas olha...e nem sempre vê
Em seus olhos anuviados
Uma história de bravura
Se esconde e adormece
Ela viaja em seu passado
E o olhar perdido
por instantes,
Reluz no seu verde esfuziante
Uma lágrima teimosa aparece
Ela a seca com seu lenço
Volta a olhar a tv ligada
Volta a olhar e a não ver...

Elian VS

Fechar os olhos e se imaginar no jardim de Deus. Observo o verde vivo na mata presente tocando os meus pés, e então elevo meu olhar e vejo o azul presente. Parece que vem uma chuva por aí, mas eu sei que é só para que estas lugar paradisíaco continue dessa forma. Não vejo ninguém por aqui, só pássaros que parecem anunciar a chegada do Rei dos Reis. Ajoelhei-me e orei, seu brilho imenso não me permitiam ver Sua Face. Mas pude sentir algo melhor: Seu afeto bradava meu olhar e parecia poder sentir o cheiro do Seu amor.

Danints

Saio as ruas ,entro num onibus observo as pessoas sentadas ao meu redor,senhoras idosas ainda com resquicios da beleza da juventude ,vincadas e marcadas pela ação do tempo.Para ,contemplo .Cada um de nós é um livro ,cada pessoa tem uma estória unica ,exclusiva e cada livro é exatamente diferente e não se repete.

lausanne

Quanto mais observo o tráfego de Vila Velha mais tenho certeza que o capacete foi criado para proteger o antebraço e o cotovelo.

Ana Paula Rocon

Quanto mais atentamente observo o progresso, percebo o quanto regredimos.

Fernando Mato Grosso

Almas silenciosas

Na minha quietude, observo o teu silêncio e é tudo plenitude entre nós dois.E se há dor...É tudo quieto, pois, maior é o amor, grandioso afeto!...E não são necessárias as palavras, os olhares já dizem tudo;Como num bater de asas, para percorrer o mundo.E se nossas almas silencia é porque são sabias, acolhem o amor e se esvaziam das possíveis magoas.Porque sabem que um dia irão cantar sentimentos nesses ou até mesmo em outros tempos e embebidas de alegrias pelo esperado momento, saberão que lamentos são apenas lamentos que são levados pelos ventos em qualquer ocasião.

ValquiriaCordeiro

Observo o moço do outro lado da rua, sempre com um copo de cerveja na mão e um cigarro em outra.Tentando afogar suas magoas em álcool e nicotina. A moça de olhos verdes e cabelos longos passa, ele respira fundo e toma um gole, e seus olhos a persegue até ela se perder entre os carros da Avenida São João..

Letícia Quintas

Observo seu sorriso e o gravo em minha mente para nunca esquecê-lo. Percebo que nada nesse mundo é tão belo quanto ele, pois me faz sentir viva e feliz. Hoje me sinto péssima, mas a maneira que você sorriu para mim fez com que uma luz se acendesse dentro do meu ser e me deixou completamente presa a esse momento, nada poderia me tirar dee. Eu o faria eterno.
Fecho os olhos e te deixo me envolver em um abraço gentil e sincero. O vento sopra devagar e a sensação dele é boa. Teus lábios beijam minha testa com delicadeza e seu efeito é quase que imediato, seu calor é tão gostoso quanto a sensação dos primeiros raios de sol. Tua mão afaga meu cabelo e me dá o conforto necessário.
Naquele momento, é como se a gravidade estivesse desaparecido ou como se no mundo, só houvéssemos eu e você, entrelaçados em um abraço eterno. Peço que não me solte nunca, por favor. Você me aperta contra seu corpo e espera que eu retribua o abraço, eu o faço sem hesitar. Eu te amo e disso não tenho dúvidas, agora, mais do que nunca. Sussuro, 'Você é a minha imortalidade' e continuo, 'Não suma nunca', termino e procuro seus lábios.

Larissa de Queiroga Sampaio