Observando

Cerca de 363 frases e pensamentos: Observando

Ficar observando os problemas não vão te levar e nenhum lugar, mas tomar decisões podem te levar ao céu...

Silvinha Mello

O fato de que eu não esteja de olhos abertos, não significa que eu não esteja observando e prestando atenção.

Ruan Fernandes

Eu só sei te amar

Fiquei anos te observando
Brinquei, você sorriu!
Mandei beijos, você sorriu!
E me declarei, você sorriu!
Uma hora você vai enxergar
Os meus sentimentos
Irá parar de sorrir,
Mas sim chorar!
Mas o tempo é rápido,
Não irá voltar,
Mas nunca vou te esquecer
Já estou com saudades
Saudades de estar perto de você
Saudades de te olhar
Saudades de te abraçar!
São tantas coisas pra te dizer
Mas resumido:
Eu só sei te amar!

Lucas Matheus S. de Oliveira

estou em silêncio observando seus passos e você nem percebe,mais logo logo vai entender esse deslise que dou e vai começar a entender como te observar chama minha atenção, vem na minha direção e deixa rolar do jeitinho que eu te ensinei.

Filipe Alves

Gosto de observar formigas. Há dias que passo mais de uma hora a observar minha parede, observando todos aqueles pequenos seres que se unem pra levar aquele resto de comida desafiando a gravidade e erguendo até chegar lá em cima da parede. Há aquelas que só fazem corpo mole enquanto as outras empurram parede acima um torrão de açúcar. Desde pequena observava as formigas e imaginava tal como é que nós somos uma espécie de Deus pra elas, sim, porque com um simples pisão decidimos quem vive e quem morre. Quando uma formiga morre dá pra ver o desespero de todo o resto e como elas levam o cadáver até o formigueiro. Triste vida de formiga,todos os dias morrem centenas de conhecidas com um mísero pisão. Vida de formiga é humanamente igual à nossa: As que fazem corpo mole, as que se unem em prol do grupo, as que se desesperam ao ver os seus morrerem. A vida humana está tão banalizada quanto vida de formiga.

Nayara Addams

Preparo-me meditando nas circunstâncias adversas do tempo e espaço, observando o mundo na virada do Ano Novo.

Erasmo Shallkytton

... observando a troca das estações,
eu pude fazer uma mera comparação com a alma das mulheres que conheço.
Hora são ensolarada suas almas, como quem irradia esperança,
felicidade e despreocupações como o verão ...
hora são frias, silenciosas e quetas como o inverno...
chegam a causar arrepios
Hora são de alma vazia...cheia de magoas,
tentando varrer os sentimentos passados
como em um outono onde so se ver o vento....
e o segredo do que não se sabe.
Hora são lindas, galumurosas e graciosas,
como as rosas da primavera,
que se abrem cada dia mais,
e cada dia mais belas.
Mulheres....e sua alma, cheia de segredos e fatos,
casos e acasos, beijos e abraços,
lagrimas e sorrisos...amores e amigos

Yasmine Brasil

sozinha

Eu sou Sozinha na rua...
Observando as pessoas todos fúteis e iguais fazendo sempre a mesma coisa...

Não quero essa vida...
Eu sou diferente!!
Prefiro viver sozinha a ficar do lado desta gente...

Minha vida é diferente...
Tenho um diário negro...
Onde escrevo todos os meus segredos converso com espíritos no meu quarto que sabem tudo que eu faço...

Tenho cabelos negros...
Pinto minhas unhas de vermelho meu olhar e fatal!!
Mas no meu olhar não tem nenhum mal...

Quem me conhece...
Sabe o que sou quem me vê me julga ser...
Luciferiana ou satanista??
Não sou nenhum desses!!

Sou uma menina...
Uma bruxa viva!!
Assim sou eu...

IRAS

Murilo e eu seguíamos por aquela estrada, observando a mata alta ao nosso redor. Animais passando, o sol se despedindo, com All I Think About Is You tocando ao fundo, no aparelho de som do nosso carro. Depois da briga de ontem á noite nenhum de nós estávamos dispostos a iniciar um diálogo, e muito menos de desistir da viagem que já estava programada á um mês. Aquelas poltronas de couro marrom do carro haviam formado uma espécie de muro entre nós dois, e eu, do lado direito da barreira, permanecia imóvel e calada, preferindo olhar para o pequeno lago que surgia agora ao lado da estrada. Ele, com os olhos ainda avermelhados e olhando friamente para a estrada, nunca conseguira me enganar, e ao perceber ao som daquela musica, que ele se deixava lembrar dos momentos vividos ao lado de uma mulher que havia lhe apresentado a vida, e que agora, de uma maneira inexplicável, ameaçava tirá-la dele novamente, senti o coração disparar. Por seus pulsos firmemente apertados no volante daquele Porsche vermelho e seus lábios levemente cerrados, observei pelo jeito como ela se movimentava a cada fez que ele sentia-se nauseado conforme íamos nos aproximando da casa de seus pais.

De repente algo veio interromper aquela abstinência de palavras, e no lugar da musica, agora podia-se ouvir o noticiário da noite, avisando que a estrada que levava a cidade de Mecenas estava em obras, e por isso a ponte principal estaria interditada. Um gosto amargo de derrota deglutiu em minha garganta e no mesmo instante o olhar de Murilo veio ao encontro do meu, o que já acontecia desde que saímos de São Baleatos. Aquele olhar me fez sentir uma inúmera quantidade de sensações, dentre elas o medo do que poderia ser dito nos próximos segundos. Mas não se ouviu nenhum som, estávamos um esperando pelo outro, e, como de costume eu rompi o silencio e disse:
- “Droga. Então am-- Murilo, o que faremos agora? “
- “ Não sei, vamos seguir a estrada e ver até aonde podemos ir.”

Ouve-se o motor do carro novamente, o rádio por fim foi desligado. Num ato súbito de inconsciência, soltei entre os dentes:
- “ Você não pretende acabar com isso? Se formos passar a noite na estrada será mais uma dormindo sozinha?”
- “ Eu não durmo sozinho, tenho o som das aves e insetos para apreciar.”
Riu, o sorriso mais forçado que eu já havia visto. Sentia-me melhor, pelo menos uma vez minhas palavras não o fizeram chorar.
- “Ah, claro. Então não se importa em continuar ouvindo isso. Mas eu me importo em ouvir seu choro.!
- “ Então deve saber o motivo deles. Deve saber que nada no mundo é capaz de traduzir quantas noites passei acordado, esperando que mesmo que de longe, a brisa me desse um beijo em seu nome.”
- “Porque essa brisa não trouxe você até mim?”
- “ Talvez por medo de ser recusada novamente, como vem acontecendo diariamente.”

Então parei para rever os últimos acontecimentos, e o que vi foi uma mulher insana, que passava todo o seu tempo trabalhando ou pensando no que poderia acontecer no próximo dia de trabalho. Vi uma mulher que não sabia mais o que significava a palavra viver, e que, freqüentemente, ignorava qualquer ato de carinho e afeto que recebia, tornando-se fria e fechada. Nos míseros segundos que ficava em sua casa, suas únicas ocupações era torturar e decepcionar com as mais rudes palavras quem esteve ao seu lado a todo o momento. Eu realmente não reconhecia essa mulher, apesar do enorme nome que surgia em seu corpo. Bianca. Como pude me deixar chegar a esse ponto? Como nunca pude dar valor à pessoa maravilhosa que me acompanhava em todos os momentos? Que me dava atenção e demonstrava seu amor incessantemente? E eu o chamava de amor por pura rotina. E em um ato impensado, eu olhei profundamente para aquele ser maravilhoso que estava ao meu lado, e me apaixonei por ele como nunca havia feito antes, o beijei como nunca havia beijado antes. E ele correspondeu. Correspondeu de uma maneira tão fervorosa que fez todo meu corpo estremecer. Eu me sentia imortal naquele instante. A vontade de nunca mais para aquele beijo era tão inexplicável que nem percebemos que a placa grande e amarela que dizia “Pare. Perigo. Volte”, logo no inicio da ponte, que ficava a 5 metros da nossa pequena parada. Naquele momento, o perigo era algo que não existia.

De repente sentimos o nosso corpo estremecer fortemente e fomos interrompidos com um barulho ensurdecedor de uma buzina, que vinha de umas das locomotivas que se encontravam na estrada. Murilo freou o carro bruscamente, a cerca d 2 metros de um precipício de aproximadamente 15 quilômetros de profundidade. No mesmo instante, o olhar que se concentrava naqueles olhos castanhos, mirava o precipício e, inesperadamente, um sorriso saltou de meus lábios. Logo após, dos lábios ainda rosados dele, pude ouvir uma doce gargalhadas, algo que não ouvia a um bom tempo.

Assim que saímos do carro -- de mãos dadas -- os operários do turno da noite vieram ao nosso encontro para saber se estávamos bem. Estávamos em perfeitas condições, melhores do que nunca. Depois de sairmos daquele local e nos hospedarmos no hotel mais próximo até o dia seguinte, quando as obras já estariam terminadas, finalmente tivemos uma conversa, que era como algo novo para mim. E nos sentimos felizes em saber que poderíamos termos morrido felizes a alguns minutos, que isso não seria tão ruim assim. Mas era melhor ainda saber que ao invés de uma morte feliz, tínhamos toda uma vida de alegrias, e que como eu fizera com ele no passado, ele poderia novamente me apresentar à vida.

Thay Oliver 13112009

O QUE NÃO SE CONHECE

Dentro do mar,
Fora dele,
Em frente à ele,
Observando no porto.
Sentado no deserto,
Exposto e vulnerável,
Sem nada pra ser coberto.
Completamente nú,
Com todas as alegrias,
Totalmente presas em um baú.

Olhos atentos em análise,
Analisando o que não se pode analisar.
Olhos abertos abrindo,
O que não se pode abrir.
Visão turva e cega,
Entendendo o futuro,
Aquele a quem eu nunca irei conhecer.

Observe o louco que escreve.
Com sua língua e mente,
Faz planos baseados
E convictos no futuro.
Como uma casa na areia,
Planeja e sonha,
Certo, de que estará em frente ao mar,
Observando no porto.
E ao mesmo tempo, convicto,
No que não há convicção,
Vê-se morto,
Com uma "adorável" flecha no coração.

Pedro Paulo

Observando a natureza


Aprendi a compreender melhor a vida observando a natureza. E sei muito bem que a conversa ajuda, mas a beleza ES fundamental. Pois a natureza não nos diz nada. E mesmo assim vira e mexe paramos para observá-la.

Sandro Costa

No momento não estou pensando em nada, apenas observando. Para construir algo, é necessário observar, mentalizar e materializar esses pensamentos. Neste caso o plágio é permitido, pois sabemos que é impossivel criar algo do nada.

Márcio Antônio

As vezes me pego pensando em você,me pego te observando por entre as frestas. tenho medo de me expor,não lido muito bem com a rejeição,por isso prefiro continuar apenas observando-te.Quem sabe um dia as coisas mudem e eu crie um pouco de coragem e fale tudo que realmente quero falar.Coração é louco,sempre me deixa confusa,nos faz acreditar que há possibilidades e sabe,essas crenças que nos dão forças e me fazem ver que mesmo por entre as frestas,que mesmo de longe,que mesmo escondida é você quem eu quero.

Juliana de Souza Malaquias

Eu passava horas diante de uma janela observando o pôr do sol e o nascer da lua e sempre questionava o porquê deles nunca se encontrarem percebe que nunca será possível um encontro entres eles, mas percebe que é diretamente indispensável uma só existe em função da outra. Outro dia parei pra observar que na rua ao lado havia um enorme silêncio que quase podia ver o vazio que nela encontrava-se o vento juntava-se com folhas, areia e fazia um grande moinho que subia uma poeira e ficava imaginando desenhos nelas era uma rua vazia sem nenhum habitante não havia crianças brincando, não havia casais namorando nem velhinhos admirando um pequeno rio que tinha no final da rua os pássaros.
Ora os pássaros, não havia pássaros, havia sim um deserto naquele lugar quanto então enfim a lua chegou era hora de ir deita e quando coloquei a cabeça sobre o meu travesseiro fiz uma grande comparação daquela rua e a minha alma o vazio era o mesmo o silêncio era enormes iguais enquanto o amor vivia oscilava entre o amor e o ódio vir que para minha alma encher de alegria, de pássaros cantando, de crianças brincando, jovens namorando, velhinhos admirando o enorme lado que é minha vida era necessário eu abrir a janela do meu quarto e deixa as cores invadir minha alma e só assim trazer esperança ao amor que tanto tinha medo e pavor de ver meu coração sofrer ... Mas só assim aprendi a não ser sozinha,e que só tentando saberia encontrar quem ilumina minha alma e traz cor a minha vida.

Vivi Almeida

"Permaneço estranha quando você insiste em ficar observando todos os meus passos."

Fernanda Timbira

Acredito que almas sejam estrelas, porque além de estarem sempre nos observando, com nós as vendo ou não, são eternas.

Paso

Graça

As vezes fico assim pensando... ou mesmo observando o vazio das indiferenças, tenho um grande desafio pela frente, sei disso, se estou preparado? Está é a questão!!! Tento ver um mundo menos desafiador por mais que tenha sido gerado meio à ele. Acho engraçado na graça que não tem graça, pois sempre que de graça faz me lembrar da fome que para esquece-lá tento ver graça em tudo, já que a graça é quase de graça e sorrir da própria desgraça é pular uma ou outra etapa, vou nessa de graça... crescendo com a graça de sentir graça, porque todos sabem que vivemos em um picadeiro chamado Brasil que de graça te faz chorar à meio sorrisos de uma grande e eterna palhaçada! Dou graças à aquele que de graça me dá a graça de ainda poder ter graça em sobreviver mesmo em meio tanta desgraça.

Kaab Al Qadir

Sinto sua voz se aproximando de mim...
Sinto seus olhos me observando..e a luz deles me guiando.
o coração arde.... as mãos esperam cordenação para rabiscarem palavras que te engrandeçam...
VocÊ sabe colorir a vida de quem se entrega à sua vontade...
Não quero mais sair daqui.
Não quero que meus erros me levem pra longe.
Quero aperfeiçoar minha fé!!
Quero conhecer-te um dia..
E saber, então, o que é amor verdadeiro.
E grandeza...e sabedoria...
e todo o tempo deste mundo não será suficiente pra descrever o quanto és Maravilhoso!

DaniSousa

Fico aqui observando os post's das pessoas que eu sigo no twitter. Na realidade, vejo o quanto as pessoas se criticam entre si. Tem pessoas que adoram criticar sem conhecer. Criticam quando estão erradas, criticam quando essas pessoas estão certas e pioram quando tais falam simplesmente a verdade. ( Essa pessoa sempre fala: A VERDADE DÓI. ). Como dizem certas línguas, é um caso de 'GENERALIZAÇÃO'. Ou até mesmo quando se comenta algo,as críticas caem em cima e daí cabe aquele ditado: Se a carapurça serviu, não posso fazer nada. Casos são casos. Se uma pessoa comenta algo sem citar nomes e terceiros veêm todos cheios de razão querendo mandar 'calar a boca', concerteza é um certo jeito de se auto-entregar. Isso acontece muito. Antes de tudo, as pessoas deviam se auto-criticar, ver seus próprios defeitos, pra depois não sair apotando dedos ou até mesmo falando besteiras pra pessoas erradas.

Myrlla Catteli