O Menino sem Imaginação

Cerca de 2 frases e pensamentos: O Menino sem Imaginação

HAIKAI

Menino contente
Pipa no alto
Voa a imaginação

Sandro Sansão

SANTINHO DO PAU OCO

Ah, menino que povoa minha imaginação...
Não cobra-me boas maneiras
Pois sou de pouca conduta...
Confesso que vi malícia
Entre as estrofes que teu poema oculta.

Esse seu tom barroco, sei bem,
Que é pura camuflagem...
Teus gestos escondem as vontades
Deste teu lado selvagem!

Seus vôos vão além da imaginação
Bem conheço seus contextos...
Não definir-se entre o santo e o profano
É apenas um pretexto.

Por trás deste teu disfarce
Devora a própria ave de rapina
Sem escrúpulos entre a decência
Ou a perversão que te domina.

Teus pactos com o diabo
É mera blasfêmia e engodo...
Prefere as águas límpidas
Do que fétido esgoto!

De bobo nada tem
Por isso faz-se de santo
Nada do que diz me convence
Nem conduz-me ao pranto.

As tempestades que te cobrem
São seus pensamentos em fuga
Da frágil consciência
Que tanto recrimina e oculta.

Larga de vez esta máscara
De dois lados e duas caras...
Que mal pode haver confessar
Suas mais eloquentes taras?

E não bota Jesus neste rolo,
Que Ele nada tem com isso...
Mas me chame se este seu lado
Com a moral romper compromisso!

Mell Glitter