O Girassol

Cerca de 64 frases e pensamentos: O Girassol

II - O Meu Olhar

O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de, vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo...

Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender ...
O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar ...

Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar...

Alberto Caeiro

Assim como um girassol escolhe sempre estar voltado para o sol, escolha focalizar o lado melhor, mais bonito, mais luminoso e vibrante das coisas que lhe acontecem.
Nossa percepção é seletiva, nós "focalizamos" o que queremos ver e deixamos de perceber o restante.
Você já reparou como é fácil ficar de baixo astral?
Uma conta para pagar...
Não ganhar todo o dinheiro de que se precisa...
Não ter a aparência que se gostaria de ter...
Não ser valorizada no trabalho...
Não ter encontrado o sucesso, ou um grande amor ...
É por isso que freqüentemente não nos sentimos bem. Depositamos nossa atenção no que nos falta, no que nos magoa...E ocupamos nossa mente com pensamentos preocupantes sobre o futuro. Enfim, deixamos a nossa mente à deriva, torturada por pensamentos negativos que nos dominam.
Na verdade a maior parte do tempo, estamos lutando com a vida, não aceitando o que ela nos traz...E quando não aceitamos aquilo que é, e nos concentramos no que deveria ser, nos frustramos, sofremos cada vez mais, ao ponto de perdemos o sentido da existência...
Escrito por:Fênix Faustine!

Fênix Faustine

Sol no girassol.
Sombra desenha outra flor
no corpo dourado.

Anibal Beça

Não é ser ou não ser eis a questão. É sou o que sou a questão é essa.

Girassol

A mulher é do tamanho do seu amor. Ama...Ama...Ama... jamais, jamais, jamais desiste.

Girassol

Ilumina a paisagem como um girassol
Intrigante e possante como uma violeta
Com uma doce suavidade de um lírio
Belo como a margarida sob a borboleta.

O sentimento desabrocha como tulipas
Ou gerânios vermelhos de paixão
Terno e delicado como jasmim
As suaves gérberas choram de emoção.

Uma rosa não representa com esplendor
O encanto e a magia existente em nosso amor
Por isso não te dou somente uma flor
Mas o mais belo ramalhete segundo o floricultor. (adaptado de Garotos Também Amam)


Adicionado em 22/07/2009 por Ernesto Martins Faria (ernestomf@ibmecsp.edu.br)

Ernesto Martins Faria

ASSIM COMO O GIRASSOL
Assim como um girassol escolhe sempre estar voltado para o sol, escolha focalizar o lado melhor, mais bonito, mais luminoso e vibrante das coisas que lhe acontecem.
Nossa percepção é seletiva, nós "focalizamos" o que queremos ver e deixamos de perceber o restante.
Você já reparou como é fácil ficar de baixo astral?
Uma conta para pagar...
Não ganhar todo o dinheiro de que se precisa...
Não ter a aparência que se gostaria de ter...
Não ser valorizada no trabalho...
Não ter encontrado o sucesso, ou um grande amor ...
É por isso que freqüentemente não nos sentimos bem. Depositamos nossa atenção no que nos falta, no que nos magoa...E ocupamos nossa mente com pensamentos preocupantes sobre o futuro. Enfim, deixamos a nossa mente à deriva, torturada por pensamentos negativos que nos dominam.
Na verdade a maior parte do tempo, estamos lutando com a vida, não aceitando o que ela nos traz...E quando não aceitamos aquilo que é, e nos concentramos no que deveria ser, nos frustramos, sofremos cada vez mais, ao ponto de perdemos o sentido da existência...
É justamente quando estamos frustrados e insatisfeitos, que precisamos lembrar que possuímos uma antena interna - a atenção - capaz de captar o lado bom da vida. Exatamente como na natureza, faz o girassol.
O girassol se volta para onde o sol estiver, mesmo que este esteja escondido atrás de uma nuvem. Ele está sempre em busca da luz, da vitalidade, da força, da beleza.
Saber captar o lado luminoso da vida significa aprendermos a valorizar tudo de bom que já recebemos e também a sermos gratos por isso...
Apreciar e agradecer o carinho, o afeto, os gestos de atenção e delicadeza oferecidos pelos amigos, filhos, pais, namorados. Apreciar o sorriso luminoso de alguém que você gosta. Apreciar um gesto de gentileza, uma palavra de estímulo do seu colega de trabalho, do seu vizinho...
Apreciar todo contato humano que lhe trouxe conforto, novo animo...Apreciar todo apoio que a vida lhe deu, de tantas formas misteriosas, quando precisou... Apreciar e agradecer porque a Vida é Amor, e sempre o protegeu, realizou seus desejos mais profundos, tomou conta de seus interesses e suas verdadeiras necessidades...
Ser aprendiz de girassol,não é fácil!
Infelizmente a maioria de nós, não foi preparada pra buscar o lado luz da vida, e vive se debatendo na obscura zona dos condicionamentos subconscientes e dos pensamentos destrutivos!
Daqui pra frente, quando perceber que está desanimado, revoltado ou deprimido, que possa se lembrar de ser girassol.
Selecione o melhor do seu mundo, valorize tudo o que de bonito e bom que existe nele!
Acredite no Poder da Luz para neutralizar qualquer situação adversa e transformar sua Vida em uma verdadeira obra-prima!
Assim, começará a reter Força, Vitalidade e Alegria dentro de você.
E como o girassol, estará de bem com a grande festa colorida que é a Vida!

Fênix Faustine

Seja como o girassol: volte-se sempre na direção do sol, deixando as sombras atrás de você.
Faça um esforço contínuo para ser feliz e se dar bem nas suas tarefas. Não fique triste quando seu trabalho for visto com indiferença ou não te valorizarem.
Lembre-se que todos os dias, ao nascer, o sol dá um espetáculo maravilhoso para uma grande platéia que ainda dorme.
O importante é a tua prórpia luz, que ninguém consegue apagar.
Busque sua felicidade!

Lucila Azevedo

Que lindo esse
GirasSol, não?!
Mas ele vai ficar aí
até secar,
Todavia, as suas
sementes irão cair
E vários Girassóis
irão brotar
Para começar
tudo de novo
Só, com uma
grande diferença,
Com muito
mais força
de união,
Porque não será
um único e sim
um coletivo!
Se não fosse
o primeiro e solitário,
O que seria do resto?!
Como sofreu
esse Girassol!
Calado e quietinho,
Vendo tudo à sua volta,
Mas numa radiante esperança,
Seguir o Sol a vida toda...

Newton Jayme

A borboleta voa,
Voa ao por do sol,
Sonhando,
Imaginando,
Feito girassol,
Ela é amarela listrada de branco.
Voando...voando...
E falando:
Como eu sou feliz.

carla beatriz almeida mota

Lembra amor daquela tarde daquele verão daquele sorvete daquele girassol daquele catavento daquele gato angorá na tampa da lata de biscoitos daquele uivo certeiro daquele amor no sal do mar daquele fogo de fim de tarde daquele beijo de cabeça pra baixo daquela pedra daquela lua daquele filme daquela música daquele frio no alto da ladeira daquele gosto de suor e cidra daquela vertigem daquelas crianças envelhecendo depressa daquele jeito de olhar entre as grades do portão daquela vida amor lembra amor lembra amor lembra?

Carlos Moreira

Eu tento ser girassol, mas a vida insiste em me fazer beija-flor.

Marcos Alcântara

Girassol

Mar e Sol
Gira, gira, gira
Gira, gira, gira, gira, girassol

Um girassol nos teus cabelos
Batom vermelho, girassol
Morena flor do desejo
Ah, teu cheiro em meu lençol!!!

Desço pra rua, sinto saudade
Gata selvagem, sou caçador
Morena flor do desejo
Ah, teu cheiro matador!!!

Mar e Sol
Gira, gira, gira
Gira, gira, gira, gira, girassol

Mar e Sol
Gira, gira, gira
Gira, gira, gira, gira, girassol

Eu lembro da moça bonita
Da praia de Boa Viagem
A moça no meio da tarde
De um domingo azul
Azul, era Belle de Jour
Era a bela da tarde
Seus olhos azuis como a tarde
Na tarde de um domingo azul
La Belle de Jour

La Belle de Jour
Era a moça mais linda de toda a cidade
E foi justamente pra ela
Que eu escrevi meu primeiro blues
Mas Belle de Jour, no azul viajava
Seus olhos azuis como a tarde
Na tarde de um domingo azul
La Belle de Jour

Alceu Valença

Girassol

Todos os dias meu amor acorda risonho,
Como um girassol põe-se a te procurar,
no sol do meu coração, em minhas memórias mais doces.
Repleto de luz floresce doçura em cada pétala
do meu bem querer-te infinito.

Edna Frigato

Uma paixão de girassol.

Ela disse pra esquecer o medo, e viver o momento. E me chamou de estranha quando eu fechei os olhos enquanto me beijava os olhos. Eu sabia onde tudo aquilo ia dar. E deu. Em nada. E nada é pouco demais pro que eu desejava com ela. Me fingi de morta, rejeitei algumas indiretas do meu coração por algum tempo, mas hoje está mais difícil.
Já sinto a falta da boca dela falando qualquer coisa perto da minha. Seus olhos, seu cheiro, sua maneira de falar e suas inúmeras gírias de menina-mulher-sabida. Sua voz quando eu lembro me causa frio, lá em baixo, mais em baixo da barriga. E eu fico pensando quando é hora de ligar. Nunca. Nunca de nuncaras. Repito cem vezes antes de desistir e voltar a dormir.
Deveria ser crime dar tanta atenção a uma desconhecida assim. Não gosto desse joguinho de namorar alguem por uma semana e depois esquecer como uma qualquer. "Ela conheceu minha mãe". Quase suplico piedade. Que dó de mim, meu Deus. Me manteve como hóspede e eu me declarando dona da casa. Não sei se foi carência, ou aquela voz no pé do meu ouvido. Mas hoje nem faz diferença. Ela não me quis. Digo contrariada antes de pensar nela outra vez. Fui fundo, fundo demais. Me afoguei no cheiro dela naquela tarde de domingo, e desejei nunca ter cozinhado com tanta vontade. Ela me causou isso, vontade. E talvez nunca saiba, talvez nunca saiba que eu chorei, chorei pelo silêncio dela depois daquela noite.
Ainda bem que não teve "boa noite" perto, nem "bom dia" com abraços. Não dormimos juntas, pela minha sorte, ou meu azar. Não há nada na memória além dos beijos e carinhos dados. Nem o apertar de coxas. Nada de suor, gemidos, arranhões...não, é verdade! Não fomos tão fundo assim. Ainda bem.
Olha, deixo claro que seria bom se você voltasse. Pro meu apartamento, pra varanda, pro pensamento. Mas parece que o mundo gira, e eu fico só. Feito girassol.

Lorena Maryel

...Um dia manchei-me de amarelo
em um girassol
e restou-me pólen em minha boca
daí que minha palavra é germinal."

Carminha Barreto Campello

Girassol!


Em busca do novo... Entrei por este caminho e em meio ao receio a vontade de me reinventar me deu coragem para me aventurar por aqui...

...Caminho escuro a principio , tudo novo, expectativas a mil, coração com receio, mas a vontade de ousadia me tomava mais que o medo da dor...

E eu segui passo a passo até encontrar os seus passos e meu coração me disse siga ... Eu obedeci. E logo os meus passos se juntarem aos seus... e em nossas sombras se via nossas mãos dadas e nossos passos agora lado a lado...

E no momento que achei seus passos esse caminho se encheu de cor , de formar, tudo fez sentido , meu coração se abriu e eu me entreguei... Arrisquei meu coração, numa roleta russa!

E ao longo desse caminho vivi o NOVO, descobrir o mundo ao seu lado... deixei o frio de minhas lagrimas e você me aqueceu no calor do seu amor! E foram os momentos mais lindos que já vivi! Foi meu Oasis em meio ao deserto da minha solidão...

E agora somente era possivel ver os seus passos ao longo do caminho , pois eu estava em seus braços... E você me jogava para o alto, pois minha alma esvaziou-se da dor e fui ficando leve... Adormeci.

...

Acordei com gostas de chuva em meu rosto, abri meus olhos e tinha se formado uma tempestade, mas não me assustei... Pois sempre enfrentamos tudo juntos e essa não era a nossa primeira tempestade...Mas sempre vencemos todas...

Mas ao olhar para o lado não te vi, gelei, tremi... Cade o meu sol particular? E apressadamente levantei em busca de ti, estendi minhas mãos e as suas não me seguraram... Eu cai.

O desespero me tomou e eu olhei em meio ao vento e suas pegadas ele tinha apagado... e a partir daquele dia nunca mais parou de chover aqui... E devolver o sol ao céu virou minha missão... Pois seus passos eu sei que não vão voltar... Te perdi.

E as vezes eu danço na chuva que você deixou aqui, para ver se sinto o teu calor em meus rodopios... Te trago aqui, como uma pequena faísca a espera ... Para reacender todo aquele fogo... Busco o sol para iluminar o céu e quem sabe te trazer pra mim...

felicity Secret

"Girassol"

Amarelo,
que agita,
que alegra,
que não apaga,
que me lembra você...

Mundo que gira e não para.
Como girou minha cabeça,
na procura do teu sorriso!

Buscando sua loucura,
nos girassóis de Van Gogh,
continuo sem entender...
Como pôde nossa flor morrer ?

Sós talvez ficamos nós,
quando paramos de ver o sol
que brilhava só pra gente.

Shalimar

Shalimar Catramby