Noticia de Gravidez

Cerca de 581 frases e pensamentos: Noticia de Gravidez

Algumas pessoas matam. As outras pessoas se satisfazem lendo a notícia dos assassinatos.

Millôr Fernandes

Agora é legal para uma mulher católica evitar a gravidez recorrendo à matemática, contudo ela está ainda proibida de recorrer à física ou à química.

Henry Mencken

Tudo na mulher é adivinha e tudo nela tem uma única solução e essa é a gravidez.

Friedrich Nietzsche

(...)Vê como é que anda aquela vida atoa, e se puder me manda uma notícia boa!


(Samba de Orly)

Chico Buarque

Gastamos horas nos atualizando, ao mesmo tempo em que geramos muito pouca notícia sobre nós mesmos. O que você tem feito?
A população do planeta está em plena atividade, todos trabalhando, planejando, comemorando, matando, sobrevivendo, um mundo no gerúndio, sem interrupções, e a gente
consumindo tudo isso, soterrados por tanta notícia, por tanto apelo, por tanta exigência de opinar, concordar, discordar. Você poderia estar ouvindo uma música agora,
olhando pró céu. Você poderia estar regando suas plantas, poderia estar observando o barulho da chuva, poderia estar preparando um chá ou lendo um belo poema em
vez desses meus lamentos. Não, não me abandone, mas deixo aqui uma perguntinha: você tem recebido notícias de si mesmo?

Martha Medeiros

Kinsey disse que uma mulher só começa a viver a partir dos 30 anos.É uma boa notícia. Além do mais, é verdadeira

Marilyn Monroe

“Todo mundo tem dentro de si um fragmento de boas notícias. A boa notícia é que você não sabe quão extraordinário você pode ser! O quanto você pode amar! O que você pode executar! E qual é o seu potencial!”

Anne Frank

NOTÍCIA FINAL

E OS JORNAIS
(EM LETRAS GARRAFAIS)
NOTICIARAM MAIS UM ASSASSINATO.
NA PRIMEIRA PÁGINA,
DO ANONIMATO,
SURGE A FIGURA DO ASSASSINO.
ESPANTOSO!
DETALHES,MINÚCIAS INCRÍVEIS
SURGEM NAS LETRAS
(QUE LARGAM TINTA)
COMO O SANGUE NEGRO,
COAGULADO,
QUE VERTIA DO CORPO,
ABERTO
PELAS TRINTA PUNHALADAS
(SOBRE ELE DESFECHADAS).
OS MAIS HORRENDOS PORMENORES
SÃO NARRADOS, FOTOGRAFADOS.
NADA É PROIBIDO
A MAIORES OU MENORES.
OS PRELOS RODAM
NO AFÃ DA VENDA.
SENSACIONAL
O SEU JORNAL!
ROUBOS, ASSALTOS
(A MÃO ARMADA OU DESARMADA).
ATROPELAMENTOS,
ENVENENAMENTOS
(FOI A EMPREGADA SEDUZIDA
PELO PATRÃO).
TODA A PODRIDÃO
DESENTERRADA
DO LIXO DAS CIDADES.
ATROCIDADES!
FIGURAS ANORMAIS,
BESTIAIS
CIRCULAM PELAS SESSÕES
POLICIAIS,
EM TODAS AS PÁGINAS,
EM TODOS OS CANTOS
DO JORNAIS.
PORMENORES JAMAIS PROIBIDOS
(MAS BEM LIDOS)
A MAIORES OU MENORES

Victor Motta

Cadê Você?

Me dê notícia de você
Eu gosto um pouco de chorar
A gente quase não se vê
Me deu vontade de lembrar

Me leve um pouco com você
Eu gosto de qualquer lugar
A gente pode se entender
E não saber o que falar

Seria um acontecimento
Mas lógico que você some
No dia em que o seu pensamento
Me chamou

Eu chamo seu apartamento
Não mora ninguém com esse nome
Que linda cantiga do vento
Já passou

Agente quase não se vê
Eu só queria me lembrar
Me dê notícia de você
Me deu vontade de voltar

SIMONE

João Donato Chico Buarque

Talvez ninguém tenha te avisado ainda, então desculpa se eu vou te dar essa notícia sem te preparar antes, mas a porra do mundo não gira em torno do seu umbigo ! Ficou chocado ? Acontece. Só queria te dá um conselho, em nome da nossa amizade e meu carinho por você, tira uma mão da liberdade e segura um terço. Fica assim, agarrado nas duas coisas sabe ? E reza, reza muito pra não aparecer ninguém que mexa comigo enquanto você fica brincando de não saber o que quer.

Marcella Fernanda

Duas loiras na rua:
- então amiga, o que foi fazer na fármacia?
-o teste de gravidez.
-e as perguntas eram dificieís???

Laanaa Kaariinee

Fazer julgamento baseado em aparência, fofoca e notícia de jornal é muita burrice

Jajazito

A notícia de que ela vivia alegre, quando eu chorava todas as noites, produziu-me aquele efeito, acompanhado de um bater de coração, tão violento, que ainda agora cuido ouvi-lo.

Dom Casmurro - Machado de Assis

Só eu choro quando vejo um filme,ou um comercial,ou leio uma notícia ruim?
Só eu tenho preguiça das pessoas?
Só eu não sei o que fazer da vida?
Só eu prefiro ler um bom livro,do que ir a uma festa?
Só eu adoro a imperfeição?
Só eu sinto tanta saudade que chega a dar raiva?
Só eu não tenho a ambição de perseguir um sonho?
Só eu gosto da minha vida do jeito que ela é?
Se você também pensa que é só você por favor, me avise!

Ana

Às vezes após uma notícia jornalística sobre a morte de alguém sinto a vontade de lavar meu coração, como se dessa forma pudesse lavar de mim a maldade de ser humana.

Dany Mucheroni

Câmara vota sete mensagens enviadas pelo prefeito Roberto Cláudio


A pauta de votação prevista para esta quinta-feira (6) na Câmara Municipal de Fortaleza tem sete mensagens encaminhadas pelo prefeito Roberto Cláudio.

Entre as mensagens, um projeto de Lei Complementar altera o custeio da gratuidade para pessoas com deficiência no pagamento de tarifas do Sistema de Transporte Coletivo de Fortaleza, transferindo a responsabilidade pelo custeio das gratuidades, que hoje é do Poder Público Municipal, para os concessionários e permissionários do Sistema de Transporte Coletivo Regular e Complementar sem que esses valores possam ser utilizados na planilha do reajuste tarifário.

Em contrapartida, a proposta ainda instituir a isenção do pagamento da taxa de vistoria prevista na Lei Complementar n. 159, de 23 de dezembro de 2013 para os concessionários e permissionários do Sistema de Transporte Coletivo Regular e Complementar.

Confira a íntegra da pauta desta quinta-feira.

noticia

Eunício diz que, se eleito, ajudará prefeito Roberto Cláudio


Por Miguel Martins

O candidato ao Governo do Estado, Eunício Oliveira (PMDB), mandou um recado ao prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PROS), ao dizer que o gestor municipal terá mais apoio dele do que na atual gestão nas áreas de Saúde, Educação Saneamento Básico, mobilidade urbana e moradia. Eunício esteve, ontem, visitando o Bairro Pirambu, na periferia da Capital cearense, e destacou propostas de sua campanha para diminuir o déficit habitacional no Ceará.

“Estou aqui para dizer ao prefeito de Fortaleza que comigo no Governo, ele terá muito mais apoio no que se refere à Saúde, no que se refere à questão da Educação, Mobilidade Urbana, Saneamento Básico e muito mais carinho para população mais carente da periferia de Fortaleza. Quero deixar esse recado público ao prefeito de Fortaleza, que ele fique tranquilo porque comigo no Governo vou ter muito mais atenção à pobreza dessa cidade”, afirmou.

Eunício e Roberto Cláudio hoje são adversários políticos. Na campanha municipal de 2012, os dois estavam no mesmo palanque, tanto que o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena, foi indicado para o cargo pelo próprio Eunício. “O sofrimento das pessoas tem horas que parece que vai cortar o coração da gente. Tenho muito interesse em ajudar a população mais pobre, e que o prefeito fique tranquilo quanto a isso”.

O candidato voltou a dizer que há uma generalização, em todos os municípios do Estado, no que diz respeito à Segurança Pública, Saúde e Moradia. Ele lembrou que existem, somente em Fortaleza, 35 mil famílias que ainda não receberam o direito à moradia e nem ao título de propriedade.

Menos

Ele apontou ainda que no bairro visitado, um dos mais conhecidos da Capital cearense, falta escolas profissionalizantes, postos de saúde com atendimento adequado e moradias dignas. Para ele, as prioridades foram investidas, pois o atual Governo priorizou menos o social.
Segundo informou, o Ceará recebeu do Governo Federal, recursos para construir 100 mil casas populares, e foi constatado que nenhuma delas foi feita na zona rural. Conforme informou o peemedebista, apenas 20 mil moradias foram feitas em todo o Estado, sendo um número menor que a maior parte dos estados do Nordeste.

“Para você ter ideia, nós construímos menos casas do que Alagoas, do que o Paraná… Quero deixar bem claro que, eu no Governo, aquele Município que não puder dar a contrapartida do Governo para garantir o Minha Casa, Minha Vida, o Governo vai garantir esses recursos para que essas casas sejam construídas”, prometeu o peemedebista.

Em seu programa de Governo no rádio e televisão, ontem, Eunício Oliveira também destacou o tema moradia, e afirmou que eliminará todas as 100 mil casas de taipa ainda existentes no Ceará. Ele discordou do programa em rádio e televisão de seu adversário, Camilo Santana (PT), que tem destacado as obras do programa Minha Casa, Minha Vida.

Faltando menos de duas semanas para o pleito do dia 5 de outubro, Eunício Oliveira disse que vai intensificar as visitas aos municípios do Interior, assim como na Capital. Segundo ele, a eleição deste ano será semelhante à de 1986, quando Tasso Jereissati foi eleito pela primeira vez “contra todos os poderes e máquinas”. “Eu estou lutando com a população, e estou no caminho certo para mudar a cara do Ceará”.

Ele disse que não responderá a xingamentos e calúnias, senão na Justiça Eleitoral. No entanto, destacou que vem sendo agredido como nunca antes em sua história política. “Eu nunca fui tão agredido gratuitamente como agora. Todas as horas a gente vê uma mentira diferente. Estamos com 11 direitos de respostas no Facebook contra esse indivíduo que não trabalha, que em vez de cuidar da Saúde, está no Interior xingando e agredindo as pessoas”, disse ele em referência ao secretário de Saúde, Ciro Gomes. “O que quero é discutir as coisas de interesse para a sociedade”, frisou.

noticia

61 projetos aguardam sanção do prefeito


Por Suzane Saldanha

Em 2014, a Câmara Municipal de Fortaleza aprovou 234 projetos, sendo 203 de Lei Ordinária e 31 de Lei Complementar, mas apenas 128 foram sancionados pelo prefeito Roberto Cláudio (PROS), já que 45 foram vetados pelo chefe do Executivo Municipal e mais 61 ainda aguardam a sanção ou o veto.

De acordo com o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo, dos 114 projetos de Lei Ordinária sancionadas por Roberto Cláudio, 76 são textos de autoria dos vereadores e o restante foi enviado pelo próprio chefe do Executivo. Já dos 14 projetos de Lei Complementar confirmados pelo prefeito, apenas três são de autoria dos parlamentares.

Os projetos de Lei Ordinária e os de Lei Complementar são as matérias apresentadas pelos parlamentares que de fato podem virar norma a ser observada por todos os fortalezenses a partir da aprovação da Casa Legislativa e da sanção do chefe do Poder Executivo e publicação no Diário Oficial do Município.

Das 76 propostas ordinárias sancionadas de vereadores da base e da oposição, 21 são para criação de datas comemorativas ou incluir eventos no calendário oficial da Capital, 7 para a denominação de vias ou equipamentos, 24 para conceder títulos de utilidade pública e 24 matérias com teor diferente. Já as três de lei complementar são de autoria dos parlamentares de oposição Acrísio Sena e Guilherme Sampaio, atual secretário da Cultura do Estado do Ceará.

Entre as matérias sancionadas do prefeito, está o projeto de Lei Ordinária de autoria da vereadora Toinha Rocha (PSOL) que dispõe sobre a proibição de realização e divulgação de vaquejada, rodeio e qualquer outro evento que exponha os animais a maus tratos, crueldade ou sacrifícios. Outra proposta sancionada é de autoria do vereador José do Carmo (PSL) em que destaca a adoção de medidas de controle na distribuição de casas próprias a beneficiários dos programas de habitação de interesse social em Fortaleza.

O outro projeto que foi sancionado pelo prefeito é de autoria do petista Acrísio Sena que regulamentou a prestação de serviços de guarda de veículos ofertados pelos estacionamentos particulares em funcionamento. A propositura que regulamenta o atendimento preferencial a pessoas idosas em estabelecimentos públicos e privados, de autoria de Guilherme Sampaio (PT), também foi outro projeto sancionado no ano passado pelo prefeito Roberto Cláudio.

Segundo a lei, o atendimento preferencial a idosos previsto na Estatuto do Idoso não será feito somente pela disponibilização de guichês ou unidades de atendimentos exclusivo, mas pela garantia de preferência no atendimento em qualquer dos guichês ou unidades disponíveis para o atendimento ao publico.

Cadeiras de rodas

Já Fábio Braga (PTN) teve sancionado o projeto que garante a obrigatoriedade de disponibilizar cadeiras de rodas em Fortaleza. Conforme o documento, todos os estabelecimentos em que circulem mais de cem pessoas por dia ficam obrigados a oferecer cadeiras de rodas.

Os parlamentares que conseguiram transformar as propostas em leis foram os vereadores Benigno Jr (PSC), Tamara Holanda (PSDC), Martins Nogueira (PROS), Joaquim Rocha (PV), Walter Cavalcante (PMDB), Marcos Aurélio (PSC), Wellington Sabóia (PSC), Germana Soares (PHS), José do Carmo (PSL), Paulo Diógenes (PSD), Evaldo Lima (PCdoB), Cláudia Gomes (PTC), Márcio Cruz (PROS), John Monteiro (PTdoB), Antônio Henrique (PROS), Magaly Marques (PMDB), Alípio Rodrigues (PTN), Eulógio Neto (PSC), Iraguassú Teixera (PDT), Gelson Ferraz (PRB), Professor Gerôncio (PTdoB), Elpídio Nogueira (PROS), Fábio Braga (PTN) e Carlos Dutra (PROS).

Os opositores Ronivaldo Maia (PT), Acrísio Sena (PT), Guilherme Sampaio (PT), Toinha Rocha (PSOL), João Alfredo (PSOL) e Capitão Wagner (PR) também conseguiram ter projetos sancionados.

noticia

Vetos do prefeito a projetos aprovados tramitam na Câmara Municipal


Por Suzane Saldanha

Começaram a tramitar, na Câmara Municipal de Fortaleza, nesta semana, 13 vetos encaminhados pelo prefeito Roberto Cláudio (PROS) relacionados a projetos de Lei Complementar e projetos de lei de nove vereadores tanto da sua base quanto da oposição. Doze projetos foram vetados integralmente e apenas um recebeu veto parcial.

A única matéria que teve veto parcial foi o projeto de lei de autoria do vereador Gelson Ferraz (PRB), para criação do selo empresa amiga do meio ambiente do Município de Fortaleza e o certificado Gentileza Ambiental, por inconstitucionalidade em um dos seus artigos.

De acordo com o documento enviado pelo prefeito, o veto se dá especificamente na parte que trata de “despesas decorrentes do órgão gestor do meio ambiente da Prefeitura de Fortaleza”.

noticia

Vetos a projetos de vereadores esperam votação


Por Suzane Saldanha

Antes de entrarem no recesso parlamentar, no fim de dezembro, os vereadores de Fortaleza limparam a pauta de matérias do Executivo, com exceção de 26 mensagens de vetos do prefeito Roberto Cláudio (PROS) a projetos aprovados em todas as instâncias, comissões técnicas e plenário da Câmara Municipal.

Destes, 23 são integrais, em que o prefeito interditou completamente as propostas dos parlamentares, alegando inconstitucionalidade ou que projetos são contra interesse público. Todas começaram a tramitar em 2014. Os documentos começaram a chegar à Casa em abril, mas não tiveram tramitação concluída. A maioria espera parecer dos relatores. Seis dos vetos aguardam que a Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa designe os relatores.

O líder do Governo na Câmara Municipal, Evaldo Lima, relata que questões ligadas à constitucionalidade das matérias vetadas pelo prefeito podem não ter sido identificadas pelos relatores da comissão de Constituição e Justiça que analisaram os projetos na época. Segundo ele, é por isso que existe o controle na comissão técnica da Casa e na Procuradoria Geral do Município.

Assessores jurídicos

“Os vereadores apresentam projetos dessa natureza e há previsão que este ano tenhamos a nova lei de Uso e Ocupação do Solo. É preciso a compreensão de planejamento”, aponta. Para o líder do prefeito Roberto Cláudio, é preciso que assessores jurídicos dos vereadores tenham a compreensão das prerrogativas do parlamento, seja na elaboração do projeto ou na avaliação de matérias das comissões.

Já o vice-líder do Governo, Didi Mangueira (PDT), admite que por pressa ou falta de aprofundamento na análise dos projetos sugeridos ocorrem casos de inconstitucionalidade em matérias aprovadas na Casa. “Mesmo com assessoria acompanhando, a gente não estuda muito a fundo a constitucionalidade da matéria e esquece de ver um artigo que trata sobre a matéria ou torna inconstitucional”, confessa.

Contudo, alega que, depois de aprovado na comissão e no plenário da Câmara, os projetos passam pela Procuradoria Geral do Município. Além disso, segundo Didi, a suposta inconstitucionalidade também se repete na Assembleia Legislativa, Câmara Federal e Senado. Vereador com projetos vetados pelo prefeito, Eulógio Neto (PSC) argumenta que falta habilidade da área jurídica do Executivo ao analisar as matérias. Ele teve vetado o projeto de lei que torna obrigatória a notificação, pelos estabelecimentos de saúde, das ocorrências envolvendo embriaguez ou consumo de drogas por criança ou adolescente.

Gelson Ferraz (PRB) teve dois projetos vetados e explica que sempre se reúne com sua assessoria jurídica, ao ter uma matéria barrada, para analisar de onde partiu o erro. Ele pondera que, apesar de ser da base do prefeito Roberto Cláudio, não vai aceitar todas as decisões do Executivo. Assinado por Gelson, foi vetado o projeto que regulamenta a destinação, descarte e armazenamento de pneus inservíveis.

noticia