Nossa Senhora das Graças

Cerca de 809 frases e pensamentos: Nossa Senhora das Graças

Um monstro ou uma bela senhora, a forma como vemos a Matemática é produto dos nossos esforços.

Jerriomar Ferreira

A vida é uma eterna senhora de oitenta e poucos anos, sentada á porta de casa, num banquinho de tábuas mal pregadas e maltratadas pelo sol e pela chuva, com um punhado de linha e uma agulha de tricotar nas mãos enrugadas. Todas as manhãs e fins de tarde se distrai a observar sua platéia que faminta pelo prazer e pela necessidade infindável do “ter” transita em suas vistas, sem muitas vezes notá-la ali presente todos os dias.

Daniel S Rocha

É tarde eu preciso ir agora
Uma despedida sem fim
Ouvindo o adeus daquela velha senhora
Vivo hoje com pedaços de mim
Achei que julgaria o fim
com certeza que todos erros foram meus
Mas me engano...
Como sempre...
Minha inocencia cegou a voce
Mas nao tao quanto cegou a mim...
Estavamos la
Ouvindo os saBios disseres daquela velha senhora
Oh, nao poderia julgar o fim...
Enquanto houver em que acreditar
Enquanto tiver esperanças pra lutar..
Ela poderia ter deixado voce morrer ali
Mais nao ela nao quis
Por que a tua causa nao a assustou
Voce magoa tudo aquilo que ama
Mas nao entende por que tem que ser assim
OH, voce nao teria coragem de julgar a mim?

Paula Câmara Ferreira

Mãe, como a senhora me faz falta! Seu cheiro, seu colo, suas brigas, seu tempero. Pra matar a saudade, cheiro-me.

Geraldo Magela de Souza

Sou uma mulher com coração de criança,pensamentos de senhora, e determinação de adolescente

Vanderléia de Jesus Nunes

Ingrid.

Primeiro te vi senhora
Em desfile de elegância e graça.

Depois ouvi teu riso,
Em teu rosto grato de vida.
E resolvi querer saber você

Aproximei-me meio desconfiado de tua leveza,
e...
Encantei-me com teu ser.

E no dia-a-dia
Envolvo-me em teu sorriso
E no brilho do teu olhar,
Navego e vôo leve em tua companhia.

E com delicadeza senti teu corpo ao abraçar
E por conseqüência teu calor.
E ainda me assombra o teu doce aroma

E percebi querer te ter
Na dimensão exata do que preciso
Sentimento construído com cuidado.

E sabes que a terei...
No silencio da cumplicidade,
No desenrolar do olhar
A mais especial amizade e amor que possa lhe dar.
E fazer merecer.

Na medida exata
Cuidar de você num abraço de vida
Zelar por tua alma e te fazer sorrir
E ser
e tê-la sempre comigo.

Laudo Bessa

Nossa Senhora
Das coisas impossíveis que procuramos em vão,

Vem soleníssima,
Soleníssima e cheia
De uma oculta vontade de soluçar,
Talvez porque a alma é grande e a vida pequena,
E todos os gestos não saem do nosso corpo,
E só alcançamos onde o nosso braço chega,
E só vemos até onde chega o nosso olhar.

Vem, dolorosa,
Mater-Dolorosa das Angústias dos Tímidos,
Turris-Eburnea das Tristezas dos Desprezados.
Mão fresca sobre a testa em febre dos Humildes.
Sabor de água sobre os lábios secos dos Cansados.

Vem, lá do fundo
Do horizonte lívido,
Vem e arranca-me
Do solo de angústia e de inutilidade
Onde vicejo.
Apanha-me do meu solo, malmequer esquecido,
Folha a folha lê em mim não sei que sina
E desfolha-me para teu agrado,
Para teu agrado silencioso e fresco.

Vem sobre os mares,
Sobre os mares maiores,
Sobre os mares sem horizontes precisos,
Vem e passa a mão pelo dorso da fera,
E acalma-o misteriosamente,
Ó domadora hipnótica das coisas que se agitam muito!

Vem, cuidadosa,
Vem, maternal,
Pé ante pé enfermeira antiquíssima, que te sentaste
À cabeceira dos deuses das fés já perdidas,
E que viste nascer Jeová e Júpiter,
E sorriste porque tudo te é falso e inútil.

Vem, Noite silenciosa e extática,
Vem envolver na noite manto branco
O meu coração...
Serenamente como uma brisa na tarde leve,
Tranquilamente com um gesto materno afagando.
Com as estrelas luzindo nas tuas mãos
E a lua máscara misteriosa sobre a tua face.
Todos os sons soam de outra maneira
Quando tu vens.
Quando tu entras baixam todas as vozes,
Ninguém te vê entrar.
Ninguém sabe quando entraste,
Senão de repente, vendo que tudo se recolhe,
Que tudo perde as arestas e as cores,
E que no alto céu ainda claramente azul
Já crescente nítido, ou círculo branco, ou mera luz nova que vem,

A lua começa a ser real.

Fernando Pessoa

... A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza (de quem eu sou). Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (...)
(Alice no país das Maravilhas/ Lewis Carroll)

Esse é um dos meus trechos preferidos da obra Alice no País das Maravilhas. Parei pra pensar que o verbo mudar é uma das prioridades na nossa vida. Mudamos sem querer, sem perceber. Quando nos damos conta, passamos de lagarta à borboleta. Já analisou o quanto a lagarta sofre até se transformar em borboleta? Por instinto, ela sabe que algo de muito grande acontecerá em seu organismo e que terá que sair do cômodo e seguro casulo para enfrentar o desconhecido.

Há algum tempo, a palavra mudar representava um fardo. Acredito que muito disso se devia ao fato de supor que havia vivenciado poucas mudanças na minha vida. Nunca mudei de endereço. Também nunca mudei de escola. Passei no vestibular e fiz uma única faculdade, numa cidade próxima a minha, e eu ia e voltava todos os dias para minha casa, ou como a lagarta, voltava todos os dias ao meu casulo. Sempre afirmei: “Sou frustrada porque não mudei quase nada em minha vida.”

Até que a ficha caiu. Como eu podia dizer que vivenciei poucas mudanças, se já não sou a mesma que era? Na minha rua, as casas ao meu redor mudaram, a minha casa internamente mudou, o portão foi camuflado de outras cores, assim como as paredes e janelas... Foi nela que aprendi a caminhar e vi minha filha caminhar. A escola mudou de tamanho, adaptou espaços, mudou até, pasmem, alguns pensamentos arcaicos, além de me fazer a questionadora que sou hoje em relação às regras impostas pelas religiões. A faculdade abriu um leque de possibilidades, discussões, amizades despretensiosas e me deu até um namorado. Como eu poderia dizer que não mudei? A verdade é que mudamos todos os dias.

Pegue uma foto de anos atrás. No meu caso, vejo as mais variadas cores de cabelo, time, estilos de roupa, festas, gosto musical. Quando reviro o baú agradeço ao senhor chamado tempo. Me sinto melhor agora do que há 4 anos. Agora, reflita sobre as mudanças de dentro pra fora, que possuem um impacto maior no que você é. Aquelas que por estarmos tão acomodados demoramos a reconhecer. Certamente você dirá: “Nossa, como estou diferente.” Todas as mudanças foram causadas por experiências ao longo de sua vida de lagarta.

Pensando bem, há algo gracioso em ser lagarta, porque ela representa o caminho que se percorre ao experimentar momentos diversos, mesmo que estes sejam sinuosos e carregados de sacrifício, dor e incertezas. E o bonito de viver não é isso? Poder mudar de ideia, de opinião, de profissão, de decisão. Até que um dia, sem perceber, você está alçando voos. Virou borboleta.

Karem Moraes

Karem Moraes

A partir de uma certa idade,
ou se é uma Senhora,
ou se é uma doida.

Luh

Não sei se viro menina, se viro senhora, se viro todas.
Se viro mãe, se viro filha ou só esposa.
Se viro santa, se viro neutra ou pecadora
Se terapeuta, se paciente, se viro doida
Quem sabe só vire a mesa, a vida do avesso... vire outras
Uma coisa é certa...cedo ou tarde, eu sempre me viro...toda!

Desconhecido

sou apenas O ASTRO de DUAS VIDAS.COMO UMA ONDA descobri que A FAVORITA e BELISSIMA SENHORA DO DESTINO nunca deixou AS FILHAS DA MÃE LIVRE PARA VOAR no ARAGUAIA.O REI DO GADO vai fazer um CORDEL ENCANTADO e RENASCER na ESPERANÇA de UM MUNDO MELHOR.HOJE tem TAPAS E BEIJOS,CAMBALACHO,TITITI,CARAS E BOCAS,e muita GUERRA DOS SEXOS.MULHERES APAIXONADAS querem VIVER A VIDA nesses TEMPOS MODERNOS,AFINAL?O QUE QUEREM AS MULHERES.EU PROMETO que vou descobrir esse INSENSATO CORAÇÃO.

Jessé jaguaribe

O facto de viveres no meu mundo não faz de ti senhora das minhas palavras...

Miguel Carrasco

Ei, dona Tomada, mas o que é que o plug andou te falando pra senhora andar tão assustada?

Fernanda Roldi

Meu amor é só seu, Brilhante num cofre, Enquanto eu viver, A senhora nunca mais sofre“

Dendel

Ó tecnologia! A senhora é uma faca de dois gumes, sabia? Pois além de ser um avanço na história, também vive a causar desigualdade e solidão nos indivíduos que se só comunicam através da senhora!

Leonardo Souza

Uma senhora americana escreveu um punhado de cartas à Casa Branca, queixando-se do tratamento dispensado aos 'insurgentes presos' (terroristas), sob custódia do seu governo na baía de Guantanamo.
Ela recebeu a seguinte resposta do governo:
CASA BRANCA

Pennsylvania Avenue - Washington,D.C. 20016

Cara e preocupada cidadã:

Muito obrigado pelas suas recentes cartas contendo críticas ao modo como tratamos elementos do Talibã e da Al Qaeda presos atualmente nas prisões da baía de Guantanamo, em Cuba.

Nossa administração trata tais assuntos com seriedade e a sua opinião foi ouvida em alto e bom som aqui, em Washington.

A senhora adorará saber que graças às preocupações de cidadãos, como a senhora, nós estamos criando uma nova divisão do Programa de Reeducação de Terroristas que vai chamar-se 'PROGRAMA DE ACEITAÇÃO LIBERAL E ESPONTÂNEA DE RESPONSABILIDADE MORAL POR ASSASSINOS', ou seja, ''terrorista adotivo'.

De acordo com as premissas desse novo programa, decidimos alojar um terrorista sob seus cuidados pessoais.

Seu prisioneiro pessoal foi selecionado e o seu transporte, até a sua casa, foi programado para ser feito, sob escolta pesadamente armada, na próxima segunda-feira.
Ali Mohammed Ahmed bin Mahmud (pode chamá-lo simplesmente de Ahmed) está destinado a ser tratado pela senhora com o sentido de se obter os padrões que a senhora pessoalmente tanto exigiu em suas cartas.

Provavelmente será necessário que a senhora contrate alguns vigilantes para assisti-lo.

Faremos inspeções semanais para nos certificarmos de que os seus padrões de tratamento estão compatíveis com os que a senhora tão veementemente recomendou em suas cartas.

Muito embora Ahmed seja um sociopata extremamente violento, esperamos que a sua sensibilidade ao que descreveu como seu 'problema de atitude' possa superar tais falhas de caráter.

Talvez a senhora esteja certa ao descrever estes problemas como meras 'diferenças culturais' e que compreendemos que a senhora certamente planeja oferecer-lhe aconselhamento e escolaridade.


Seu 'terrorista adotivo' é extremamente proficiente em combate corpo a corpo e pode tirar uma vida humana com coisas tão simples como um lápis, um prego ou um clipe.

Aconselhamos que a senhora não peça a ele para demonstrar tais habilidades ao grupo de ioga a que pertence.

Ele também é perito em produzir uma ampla variedade de mecanismos explosivos a partir de produtos domésticos comuns, de modo que a senhora, talvez, deseje guardar esses itens em local bem trancado, a menos que, em sua opinião, isto possa ofendê-lo...

Ahmed não irá querer interagir com a senhora ou com suas filhas (exceto sexualmente), uma vez que ele considera as mulheres como formas sub-humanas de propriedade.

Este é um ponto particularmente sensível para ele e, por isso, ele é conhecido por seu comportamento violento em relação às mulheres que não conseguem se submeter ao seu código de vestuário, que ele recomenda como o mais apropriado a ser adotado.

Estamos certos de que vai apreciar a anonimidade proporcionada pela 'burka' com o passar do tempo.

Lembre-se apenas de que tudo faz parte do: 'respeito à sua cultura e às suas crenças religiosas'! Não foi assim que a senhora colocou o problema?

Obrigado, mais uma vez, pelas suas cartas.

Nós realmente apreciamos quando pessoas, como a senhora, nos mantém informados sobre a melhor maneira de conduzirmos o nosso trabalho. Dispense ao Ahmed o melhor dos seus cuidados - e lembre-se: estaremos de olho!

Boa sorte!

Cordialmente, Seu amigo Donald Rumsfeld - Secretário de Defesa do EUA

Comentário:

O Comando Vermelho, PCC, MST e Menores Criminosos, aguardam com grande expectativa a implantação no Brasil, desse programa que irá atender os "bandidos adotivos". Como os defensores dos "direitos" humanos, Deputados e Senadores, que legislam a favor dessa "sofrida" classe social, serão os primeiros a adotá-los.

Os brasileiros honestos e cumpridores da lei, terão que entrar na fila, em função do elevado número de defensores desses coitadinhos, carinhosamente chamados de excluidos, que só entraram nessa vida porque tinham "muita fome" e sérios problemas de visão, pois não conseguiam ler as placas dos canteiros de obras, onde dizia: HÁ VAGAS !



DIREITOS HUMANOS, SÓ PARA HUMANOS DIREITOS!!!!!!!!

Desconecido

Na parada, uma senhora me pediu "filho vc pode parar o ônibus pra mim?" já arregacei as mangas e fui pro meio da pista.

Unkowviski Morgado