Navegando

Cerca de 79 frases e pensamentos: Navegando

Enquanto isso, navegando eu vou sem paz, sem ter um porto, quase morto, sem um cais.

Los Hermanos

Rua,
Espada nua
Boia no céu imensa e amarela
Tão redonda a lua
Como flutua
Vem navegando o azul do firmamento
E no silêncio lento
Um trovador, cheio de estrelas
Escuta agora a canção que eu fiz
Pra te esquecer Luiza
Eu sou apenas um pobre amador
Apaixonado
Um aprendiz do teu amor
Acorda amor
Que eu sei que embaixo desta neve mora um coração

Vem cá, Luiza
Me dá tua mão
O teu desejo é sempre o meu desejo
Vem, me exorciza
Dá-me tua boca
E a rosa louca
Vem me dar um beijo
E um raio de sol
Nos teus cabelos
Como um brilhante que partindo a luz
Explode em sete cores
Revelando então os sete mil amores
Que eu guardei somente pra te dar Luiza
Luiza
Luiza

Tom Jobim

Somos um planeta vivo, Sofia! Somos um grande barco navegando ao redor de um sol incandescente no universo. Mas cada um de nós é um barco em si mesmo, um barco carregado de genes navegando pela vida. Se conseguirmos levar esta carga ao porto mais próximo, nossa vida não terá sido em vão.

Jostein Gaarder

NAVEGUEI EM SUAS MENTIRAS

Navegando a procura de algo, nem mesmo sabia o que procurava!
derrepente você me apareceu, não podia
ouvir sua voz e nem ver o seu rosto.
Mas algo dentro de mim com o tempo
devagar estava mudando.
A cada teclada aprendi a ti conhecer
Minha intuição dizia para fugir, desistir.
A entrada de seu nick simples e forte
Sentia uma tremedeira, um frio por dentro

viajávamos madrugada a dentro, uma viajem ,repleto de amor e magia
Mas o tempo foi me mostrando que nunca foi
sincero, mas já estava envolvida como um vírus que
destruía aos poucos o meu coração.

Seria como travar minha memória não
me dando tempo de salvar essa nossa união
Seleciono suas hipocrisias e jogo na lixeira
de suas falsidades, sua falta de caráter e criatividade!
jogava com todas os mesmos argumentos.
Tentei reiniciar para que pudesse mudar,
dar uma chance, e foram tantas as vezes quis deletar essa esperança.
Senti vontade de rackear o seu pensamento
para que não brincasse com mais ninguém.

Invadir o seu coração e nele entrar e ver
quanto frio e insensível ele é, ferindo sem
se importar, quantos corações foram quebrados
por suas arrogâncias sem se arrepender
das suas atitudes mesquinhas.

Fiz então a colagem de toda
essa ilusão e guardei no histórico
de seu egoísmo.
E no site do seu orgulho estupidamente saiu fora do ar.
Os programas dos meus sonhos ao seu lado
só davam endereço errado pois o endereço
certo a muito alguém já ocupava.
E foram fechados por ter
causado uma operação ilegal.
O disco rígido de seu cérebro estavam cheios de mentiras
encenações.
Nem que fizesse limpeza nos programas de sua
mente, não removeria essas coleções da sua memória
pois estavam protegidos pelas suas ignorâncias.

Mesmo sem espaço seu ego tinha que ser satisfeito,
sentir que podia tudo e se engrandecer.
Vinte quatro horas de navegação isso o deixou
viciado em tentar destruir suas vitimas que foram tão
simples em suas sinceridade, mas isso para você não
importava, pois queria apenas usar, pisar e ferir
quem ousasse gostar de você
Sendo assim fugi de suas atitudes doentia
formatando você de minha vida com a
certeza de nunca mais te encontrar,
Nunca mais...

marylife

Navegando pelos ventos que cruzam o horizonte.

Felipe Melliary

Navegando em águas calmas depois de ondas gigantes que me engoliram inteira.

Luanna Ribeiro

Navegando no mar aberto dos meus pensamentos, minha bússola sempre aponta na direção da ilha chamada você.

PedroDias

NAVEGANDO

Deito-me em águas mansas
Navego no mar da esperança,
Tenho a suave calma dos amantes
Depois de saciada a sede em tua cama.

Antevejo a felicidade sonhada,
Rendo-me ao desejo acontecido,
Tenho no corpo uma vontade
De abrigar teu contorno todo dia.

Quando estás distante
Guardo toda dor do mundo,
No vazio que a vida toma
Que encontro não estando junto.

Não te afaste por longo tempo
Já não sei viver sem nossos momentos
Choro tua ausência no meu dia,
Busco no teu amor a minha alegria.

Assim vou navegado ao teu encontro
Querendo-te nos meus braços para sempre
Todo dia, toda hora, em todos os momentos.

MÁRCIA ROCHA
10/12/2009

Márcia Rocha

Enquanto isso, navegando vou sem paz.
Sem ter um porto, quase morto, sem um cais.

Los Hermanos

Há tanto tempo navegando sobre a imensidão sem nenhum porto a vista. De tão azul era o mar e de tão voraz era zumbido dos ventos que tudo parecia uma silenciosa eternidade. Entregue às forças das águas, combustível já não havia mais para fomentar as vorazes caldeiras. Quase sem força para enfrentar a fúria das correntes frias, prestes a se entregar ao acaso, apenas a serena direção das velas o fazia guiar pela imensidão desértica do oceano da ânsia e da solidão. Vários foram os portos que se apresentavam como cordiais e benevolentes.
Grandes foram os momentos, as aventuras e os prazeres apreciados. Mas o espantoso é que nenhum deles o fez parar, e a cada dia, a cada noite que surgia no horizonte lhe causavam grande atormento, como uma tempestade que chega rasgando o dia repleto de calor e sonhos. Tantas vezes cogitou, talvez por medo, seguir outros barcos. Tantas vezes a idéia de ancorar em um porto lhe passou pela mente. No entanto, na sutileza do entardecer, eis que um pássaro singelamente instalado em seu mastro o fez pensar. E naquele momento algo soou diferente na voz do dia. Percebia-se que aquele pássaro nada lhe pedia e nada lhe oferecia apenas a sua presença calma e a cumplicidade de seu olhar eram seus adornos. E a cada légua navegada era uma dança deslumbramento da vontade mútua engendrada em seus espíritos. O navegante, então, percebeu que sempre esteve sua direção e que o mar era inevitável e repleto de armadilhas, aventuras e desafios. Percebia-se também que nenhum porto lhe fazia mais feliz, pois todos já possuíam a sua própria história. Mas o navegante não.
Ele havia descoberto que o que mais lhe significava não eram os lugares, os sabores, os cheiros e as histórias alhures. O que se desvendava diante de seus olhos eram as próprias rotas e que nesse trajeto construía-se uma história. A sua própria historia. E o que mais intrigava sua alma sedenta de conhecimento era que o quê estava tão perto se passavam por despercebido. Pois tudo o que ele sonhava era a cumplicidade de um olhar que sempre o acompanhasse, seja qual parte do mundo ele fosse se aventurar. E que o único porto, do qual ele sempre almejou o tempo inteiro esteve ali: O Barco, o Mar e o Pássaro.

Luduan 2011!

Hora ou outra me pego navegando em pensamento nos quais me pergunto de onde vem tanto amor. Pergunto-me também se, de fato, é amor caso contrário seria apenas carência ou até mesmo a falta de um novo relacionamento para alienar da cabeça aqueles pensamentos nos quais você é protagonista.

Josieool Souza

Minha vida doravante será como um barco a vela, navegando no mar de Deus ao sopro de Jesus Cristo...

Antonio Roberto Gagelinski

Um jogo chamado Amor


Perdido entre céu e terra nunca me senti navegando em mares calmos, quando tudo que queria era o frescor de uma brisa eu era encurralado por uma tempestade.

Porém hoje descobri que só somos realmente livres quando não possuímos mais coisas capazes de nos possuir.

Tive tantos pensamentos e essa “conversa” mil vezes ecoando na minha mente.

Mas quando se tem ideias de mais a vida parece difícil porque ninguém as entende.

E eu sentia que só ela poderia me entender.

Esse foi o meu erro, acreditar em alguém que de fato não era eu.

Me perdi procurando o sol em uma noite de lua como um tolo ou um louco procurando o amor em meio a uma guerra.

Agora começo a entender tudo que me gerava duvida e finalmente me sinto livre por não ter mais perguntas.

Em minhas primeiras lembranças, percebo as velhas cores que foram se desbotando e tornando o céu menos azul do que de costume, os cheiros das flores mudaram e o som do mar parou de surgir nas conchas.

O conhecimento muitas vezes é uma dádiva que leva a loucura e é preciso ter cuidado para não se perder em caminhos desconhecidos que julgamos ser os mais belos e confiáveis.

Uma rosa pode lhe enganar, mas um espinho certamente lhe servira de alerta.

Não posso negar o que de ruim eu vivi e nem esquecer as amargas lembranças do passado porque com o tempo eu descobri que nada se cura e que apenas vamos aprendendo maneiras de contornar e conviver com a dor.

O que poderia dizer?

Se não pegue sua passagem e aproveite a viagem

Porque agora finalmente eu sou livre, e nesse jogo só permanece livre aquele que pode voar acima das próprias ilusões.

Nephila Clavipes

Tranqüilo aqui estou
navegando em meus pensamentos
fúteis às vezes, diria,
mais são os únicos que eu possuo,
os únicos que me dão o poder de expressar-me
através dos sentimento,
estes que por acaso veem se livre
ao bater nas lentes de meus óculos
que refletem a vida ao meu redor como um espelho,
o espelho da vida...

Guilherme Marcello

Nossos sentimentos estão navegando pelo espaço a procura de outro sentimento. Talvez as características deles sejam tão distintas que num simples toque aconteça uma explosão de realidade.
Sem a compreensão do futuro há somente o momento pelo qual dois desconhecidos decidem se unir na entrega do que existe no momento.
Os corações serão apenas tocados! A união dos corações é ilusão, a "união" permanece enquanto existir o amor próprio.

Lucas dos Santos de Oliveira (lso)

Lá vai o barquinho branco navegando, vai, vai...
Descendo rio abaixo em meio as espumas sobre as aguas. Não se deixa parar pelos obstáculos, mas derrepente algo enterfere seu trafego. É um animal que em seus ultimos momentos de vida, se perguntava como seu lindo rio foi ficar tão poluido, coberto de espuma negra e sujeiras. O peixe fraco foi atingido antes de morrer por enorme balde branco que vinha navegando e arrastando lixo por onde passava.

Pamela Mércia

Em busca do Amor

Fui buscar meu amor numa ilha
Navegando por mares nunca antes navegado
Enfrentei ventos fortes e correntezas
Até do barco fui tirado
Sabia que ali se encontrava
Muito amor e uma beleza
E mesmo com ventanias e temporais
Eu venci a correnteza
Pois o dosejo em mim foi bem mais forte
Naveguei do sul ao norte
As vezes até contei com a sorte
Pois no coração de um rapaz
A força que ele sente ao amar
Vence ondas e temporais
Para um grande amor se encontrar.

Reff Carvalho

Navegando em Rio de Moda

Rio é Moda
Criaçâo e Arte
Rio vive recriando
As Artes
Rio é um Mundo
Glamouroso Encarte
Rio é Festa
Diversâo já é
Rio é Moda
Navegar faz parte...

Rogeria Andrade (Soia)

Ando navegando na minha pupila...
Em volta só vejo mar...
Mar marrom.

Vejo tantos afogados...
Vejo os que foram salvos,
Me vejo!

Me vejo com frio, com saudade...
Mais forte!
Na ilha da minha pupila.

Camila Senna

Se ficarmos esperando iniciativas...
A onda passa e a gente fica navegando.

Heredion