Nao Vou mais te Esperar

Cerca de 239840 frases e pensamentos: Nao Vou mais te Esperar

Mas para não sentir dor eu vou jurar ao último ouvido do meu universo o quanto você é descartável. O quanto sua molecagem não permitiu nenhuma admiração de minha parte.

Tati Bernardi

Às vezes tenho impressão que não vou poder mais aguentar nem mais 5 minutos sem te ver. E ainda faltam tantos 5 minutos, meu bem.

Desconhecido

Não adianta nem tentar me esquecer
durante muito tempo em sua vida eu vou viver

Detalhes tão pequenos de nós dois
são coisas muito grandes pra esquecer
e a toda hora vão estar presentes
você vai ver

Se um outro cabeludo aparecer na sua rua
e isso lhe trouxer saudades minhas, a culpa é sua
o ronco barulhento do seu carro
a velha calça desbotada ou coisa assim
imediatamente você vai lembrar de mim

Eu sei que um outro deve estar falando ao seu ouvido
palavras de amor como eu falei, mas, eu duvido
duvido que ele tenha tanto amor
e até os erros do meu português ruim
e nessa hora você vai lembrar de mim

A noite envolvida no silêncio do seu quarto
antes de dormir você procura o meu retrato
mas na moldura não sou eu quem lhe sorri
mas você vê o meu sorriso mesmo assim
e tudo isso vai fazer você lembrar de mim

Se alguém tocar seu corpo como eu, não diga nada
não vá dizer meu nome sem querer à pessoa errada
pensando ter amor nesse momento, desesperada, você tenta até o fim
e até nesse momento você vai lembrar de mim

Eu sei que esses detalhes vão sumir na longa estrada
do tempo que transforma todo amor em quase nada
mas quase também é mais um detalhe
um grande amor não vai morrer assim
por isso, de vez em quando você vai
vai lembrar de mim

Roberto Carlos

Até onde posso vou deixando o melhor de mim...
Se alguém não viu,foi porque não me sentiu com o coração.

Clarice Lispector

Ah, eu quero te dizer
Que o instante de te ver
Custou tanto penar
Não vou me arrepender
Só vim te convencer
Que eu vim pra não morrer
De tanto te esperar

Chico Buarque

E não vou tolerar ninguém que me faça ter sentimentos que não sejam incríveis. É uma questão de respeito com a minha própria vida. E comigo mesma.

Tati Bernardi

Pensei em sumir. Desaparecer. Despistar. Fingir. Só que eu não vou. Vou me esforçar e acreditar que tudo vai ficar bem. A esperança nos mantém vivos, certo? A fé nos faz andar pra frente, certo? Então ta certo. Ficamos combinados dessa forma. Não espere poesia, linhas bem feitas, palavras bonitas. Simplesmente não posso. Agora não. Não sou de ferro. E está doendo.

Tati Bernardi

Vou perder o resto do medo de mau-gosto, vou começar meu exércicio de coragem, viver não é coragem, saber que se vive é a coragem.

Clarice Lispector

E eu impávida finjo que não tenho dono. Pontas de
cigarro apagadas eu recebo. Um dia vou pegar fogo.

Clarice Lispector

Enquanto o errado não aparece vou sofrendo com os certinhos.

Tati Bernardi

Eu penso que vou ficar louca. Como se já não estivesse.

Martha Medeiros

aquele poema em que saiu seu nome
não liga não é você
não vou te comprometer com a minha ilusão
foi erro de revisão

Martha Medeiros

Tô trocando o meu abraço pelo seu sorriso
Não me faça esperar.
Tá rolando um comentário que a gente tem tudo pra se
dar bem.
Sinto tá batendo forte,
tô jogando limpo sem querer te enganar
Sonho e tô fazendo planos, tô juntando grana
Pra talvez viajar.

Não desfaça desse amor,
O seu jeito me conquistou, já botei café na mesa.
Quero tanto te falar,
Arranjei um jeito de amar que você só vai se dar bem.


É só você chegar de mansinho...
que eu te levo com carinho...
Você não vai mais duvidar,
Que eu me derreto todo por aí...
É só você chegar de mansinho...
que eu te levo com carinho...
Você não vai mais duvidar,
Que eu me derreto todo por você.


Tô trocando o meu abraço pelo seu sorriso
Não me faça esperar.
Tá rolando um comentário que a gente tem tudo pra se
dar bem.
Sinto tá batendo forte,
tô jogando limpo sem querer te enganar
Sonho e tô fazendo planos, tô juntando grana
Pra talvez viajar.

Não desfaça desse amor,
O seu jeito me conquistou, já botei café na mesa.
Quero tanto te falar,
Arranjei um jeito de amar que você só vai se dar bem.


É só você chegar de mansinho...
que eu te levo com carinho...
Você não vai mais duvidar,
Que eu me derreto todo por aí...
É só você chegar de mansinho...
que eu te levo com carinho...
Você não vai mais duvidar,
Que eu me derreto...

Não desfaça desse amor,
O seu jeito me conquistou, já botei café na mesa.
Quero tanto te falar,
Arranjei um jeito de amar que você só vai se dar bem.

É só você chegar de mansinho...
que eu te levo com carinho...
Você não vai mais duvidar,
Que eu me derreto todo por aí...
É só você chegar de mansinho...
que eu te levo com carinho...
Você não vai mais duvidar,
Que eu me derreto por você...
Eu me derreto todo por você!

Ivete Sangalo Fabinho O'brian e Gigi - Não Me Faça Esperar

Quando se ama alguém tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. E aprendemos a respirar na espera, a viver nela, afeiçoando-nos a um sonho como se fosse verdade. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver.

Margarida Rebelo Pinto

Decepção é a pura prova de que você esperava mais. Não espere, faça.

Renato Claros

"Eu me aprecio bem mais do que costumo; contigo no coração, valho mais que eu mesmo(...)

Vou a qualquer lugar como quem se carrega de armas e sortilégios, que todo perigo afugenta".

Michelangelo Buonarroti

Dá-me a tua mão

Dá-me a tua mão:
Vou agora te contar
como entrei no inexpressivo
que sempre foi a minha busca cega e secreta.
De como entrei
naquilo que existe entre o número um e o número dois,
de como vi a linha de mistério e fogo,
e que é linha sub-reptícia.

Entre duas notas de música existe uma nota,
entre dois fatos existe um fato,
entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam
existe um intervalo de espaço,
existe um sentir que é entre o sentir
- nos interstícios da matéria primordial
está a linha de mistério e fogo
que é a respiração do mundo,
e a respiração contínua do mundo
é aquilo que ouvimos
e chamamos de silêncio.

Clarice Lispector

...Eu vou dar o meu desprezo
pra você que me ensinou
que a tristeza é uma maneira
da gente se salvar depois...

Cazuza

(...) e vou definitivamente ao encontro de um mundo
que está dentro de mim, eu que escrevo para me livrar da carga difícil de uma pessoa ser ela mesma.
Em cada palavra pulsa um coração. Escrever é tal procura de íntima veracidade de vida. Vida que me perturba e deixa o meu próprio coração trêmulo sofrendo a incalculável, dor que parece ser necessária ao
meu amadurecimento —amadurecimento? Até agora vivi sem ele!
É. Mas parece que chegou o instante de aceitar em cheio a
misteriosa vida dos que um dia vão morrer. Tenho que começar por
aceitar-me e não sentir o horror punitivo de cada vez que eu caio, pois quando eu caio a raça humana em mim também cai. Aceitar-me plenamente? é uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda a minha palavra tem um coração onde circula sangue.
Tudo o que aqui escrevo é forjado no meu silêncio e na penumbra.
Vejo pouco, ouço quase nada. Mergulho enfim em mim até o nascedouro
do espírito que me habita. Minha nascente é obscura. Estou escrevendo
porque não sei o que fazer de mim. Quer dizer: não sei o que fazer com meu espírito. O corpo informa muito. Mas eu desconheço as leis do espírito: ele vagueia. Meu pensamento, com a enunciação das palavras mentalmente brotando, sem depois eu falar ou escrever — esse meu pensamento de palavras é precedido por uma instantânea visão, sem palavras, do pensamento — palavra que se seguirá, quase imediatamente — diferença espacial de menos de um milímetro.

in UM SOPRO DE VIDA

Clarice Lispector

Enquanto escrever e falar vou ter que fingir que alguém está segurando a minha mão.

Clarice Lispector