Não posso exigir o amor de ninguém

Cerca de 33 frases e pensamentos: Não posso exigir o amor de ninguém

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

William Shakespeare

APRENDI

Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto.

Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.

Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos. Que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.

Eu aprendi... Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida. Que por mais que se corte um pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho.

Aprendi... Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência. Mas, aprendi também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.

Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles. Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem.

Aprendi que perdoar exige muita prática. Que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso.

Aprendi... Que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas.

Aprendi que posso ficar furioso, tenho direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel. Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso.

Eu aprendi... que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, que eu tenho que me acostumar com isso. Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.

Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.

Eu aprendi... Que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto.

Aprendi que numa briga eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me envolver. Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem.

Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida.

Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes.

Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio.

Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério. E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos.

Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre.

Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.

Desconhecido

Aprendi... Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém. Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e Ter paciência, para que a vida faça o resto. Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos.Que posso usar o meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.

William Shakespeare

‎"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto..."

William Shakespeare

Não podemos exigir o amor de ninguém.
Podemos apenas dar bons motivos para que gostem de nós, e ter paciência... para que a vida faça o resto

Clarice Lispector

Aprendi... Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém. Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e Ter paciência, para que a vida faça o resto. Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos.Que posso usar o meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando

William Shakespeare

• "Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém... Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim... E ter paciência para que a vida faça o resto..."

William Shakespeare

Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém. Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e Ter paciência, para que a vida faça o resto. Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las. Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos.

William Shakespeare

“Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém... Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim... E ter paciência para que a vida faça o resto...” William Shakespeare.

Falando de que...de lembranças?

Que estranha sensação... Transportei-me aos detalhes. Abri porta por porta nos quartos de minhas lembranças, desde tudo...
Quanta vez depois desejou... Eu desejei um afago em sua mão, ouvir sua voz, quantas vezes eu me surpreendi , desejando seus lábios... O seu abraço...
Quantas vezes sorrisos e lágrimas surgiram na madrugada, o sono esvaindo, olhando perdida para qualquer lugar que estava lá, dentro de mim.
Sim, é verdade... Você havia me roubado, de mansinho, bem de mansinho. Arrebatado meu coração e alma, transformando sonhos em paixão...
Ansiava chegar a qualquer lugar, desde que lá, qualquer que fosse o dia, você estivesse... Porque a emoção ultrapassava todos os sentidos...
Mas entrou de mansinho, e todo aquele sentimento expandido foi se transformando em versinhos, para ficar eterno em você, o meu carinho... O resultado de tudo isso eram gotas salgadas que rolavam através dos poros... Não por estar com você... Mas por estar sem você. Era dor. É saudade. O que se cura com presença, com sinais, quaisquer sinais... Faz fumaça, envia uma carta (ainda existe carta?), manda um sms, uma mensagem, qualquer coisa... Existo e estou aqui. Apenas me abrace... Nada mais.
Grácia Monte

Gracia Monte Barradas

eu descobri que , não posso exigir o AMOR de ninguém , e sim dar motivos para que gostem de mim . (:

Myrea Soares .

Aprendi que não devemos exigir de ninguém o amor que queremos, e sim fazer coisas com que ela possa gostar de você. Aprendi que devemos valorizar as pessoas que estão do teu lado agora, e não por outras que não te dão à mínima, que sempre querem você ao lado delas, como um puxa saco. Aprendi que devemos amar sem fronteiras. Aprendi também, que nos dias de hoje, ninguém é de ninguém, e são poucos aqueles que te dão valor de verdade, que não te desapontam, que querem o teu bem. Aprendi muita coisa, mas não o bastate para não errar, não o bastante para me defender dos perigosos obstáculos que a vida tem -. Não o bastante para não ter me apaixonado por você – digamos que “apaixonada” não seria a palavra certa, estava apenas envolvida por você -.

Rhayssa Hanna Amorim

Já que eu não posso exigir o amor de ninguém, vou começar a exigir o meu amor próprio.

Pâmella Ferracini

Aprendi na vida que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto... amor amor amor amor amor amor amar amar amar amar como é doce amar

Cássinho

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...
As possiblidades de felicidades
são egoistas, meu amor
Viver a liberdade, amar de verdade
Só se for a dois, só dois

maylson pinto

Não sei se tarde demais ou na hora certa: mas entendi que não se pode exigir de ninguém amor por amar demais !

Leônia Teixeira

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém, mas que para ter o amor que tanto desejo basta eu ser eu.

Aprendi que não preciso ser um estereótipo para ter alguem do meu lado, para isso só preciso ser eu.

Aprendi que não preciso ser como alguem e que ninguém pode ser como sou...

Aprendi que existem muitas formas de amar e muitos amores durante a vida, mas que amor verdadeiramente compartilhado, sentido, vivido e desejado nunca morre e é um só...

aprendi que não é na distância que se mede o tamanho desse amor, o tamanho do amor só se sente e se dá,

aprendi que por mais nuvens negras que no céu possam estar o sol está sempre lá e há de retornar a brilhar.

Aprendi que meu ego e minha moral não são nada quando independem da minha vontade, são só meus.

Aprendi que minhas verdades não são iguais as de ninguém e que por mais que eu tente convencer alguem a acreditar elas sempre serão minhas verdades.

Aprendi que toda tranquilidade e calmaria pode esconder tempestuosas e imutáveis sensações...que nem tudo o que os olhos vêem é aquilo que condiz com a realidade.

Aprendi que não se pode recuperar o tempo perdido, que por mais que eu tente consertar ou fazer o que não fiz a oportunidade já foi perdida...

Aprendi que é melhor caminhar sozinho do que empurrar alguem que quer parar...

Aprendi que existem coisas na vida que nem o tempo ou novas atitudes podem apagar, pois são lembranças de uma vida...

Aprendi que atitudes e silencio muitas vezes dizem mais que mil explicações, as atitudes provam o que tentamos fazer crer e o silencio cala aquilo que os outros não desejam ouvir...

Aprendi que ainda tenho muito a aprender, e que a certeza que tenho é que me faz viver...

Alfredo Luis da Silva

Aprendi que não posso exigir o amor de
ninguém, apenas posso dar boas razões para que gostem de mim!

gleice

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...E ter paciência para que a vida faça o resto...Assim dizia Shakespeare , eu ca penso quase da mesma forma, aprendi que não devo exigir nada de ninguém, principalmente afetos, quando o coração da gente é perturbador e ama intensamente , porém ainda que eu dê mil motivos para que gostem de mim e no decorrer da vida eu nada veja de bonito então eu ouso dizer que o resto nem sempre fica pra vida, e sim pra gente mesmo decidir em querer ser feliz ou continuar mendigando afetos.

Cecilia sfalsin

"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim
E ter paciência para que a vida faça o resto."

não sei