Não me Envergonho em Mudar de Opinião

Cerca de 14 frases e pensamentos: Não me Envergonho em Mudar de Opinião

Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar as minhas opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender.

Alexandre Herculano

Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar de opinião, porque não me envergonho de raciocinar e aprender.

Alexandre Herculano

"Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender."

Alexandre Herculano

Não me envergonho de mudar de opinião, porque não me envergonho de pensar.

Blaise Pascal

"Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender."

Alexandre Herculano

Não tenho vergonha de mudar de opinião e corrigir meus erros, pois não tenho vergonha de evoluir e aprender.

Ricardo De Brito

" Eu não me envergonho de corrigir e mudar as minhas opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender. "

Alexandre Heculano

Sinceramente eu não envergonho-me de corrigir os meus erros e mudar de opinião, porque vivemos para raciocinar e aprender.

Otávio Conti

Voltar atrás e mudar de opinião não deve ser motivo de orgulho ou vergonha. É sinal de aprendizado e amadurecimento.

Fernanda Simões Rodrigues

Eu não tenho vergonha de mudar de opinião, não tenho medo de encarar a realidade, não tenho pavor da verdade. Meu pavor é não ter a oportunidade de me libertar das minhas prisões, meu medo é passar a vida inteira me enganando, pois vergonhosa mesmo é a ilusão.

Ket Antonio

O Eu e a Mente
Calunga/Rita Foelker

"Eu não tenho vergonha de mudar de opinião.
Crescer, aprender, é mudar o modo de pensar. Quem não muda de opinião, é porque passa muito tempo sem aprender nada de novo. E vocês aí na Terra tem um nome para quem não consegue aprender que não é nada lisonjeiro! Mas é isso que são as pessoa que não mudam de opinião.
Eu mudo. Já mudei milhares de vezes, e acho ótimo esse jogo de cintura, essa flexibilidade, essa agilidade.
Quem anda com os músculos mentais enferrujados não consegue, tem que fazer um esforço muito grande para conseguir enxergar idéias e situações por ângulos diferentes.
Acredita que, se ficar mudando, vai perder a credibilidade. Mas como é que se vai acreditar numa pessoa que é fechada, que se recusa a raciocinar sobre as idéias em que acredita? Se tem medo, vai ver que essas suas verdades não são tão verdadeiras assim, do contrário seriam à prova de qualquer análise! Sabe porque o povo age assim?
É que vocês confundem o eu com a mente. Vocês acreditam que preservam a individualidade preservando seus pensamentos, e que os pensamentos é que compõem vocês.
Na verdade, vocês não conseguem se perceber como algo sutil e único, que não vai esfacelar, não vai se diluir, se vocês soltarem o cinturão da rigidez.
O Espírito é o ser inteligente, indestrutível, coeso.
Os pensamentos, pelo contrário, se espalham, são como o ar que você expira e se mistura com o ambiente, apesar de manter suas características, porque os fluídos podem ser comparados a uma atmosfera em que estamos todos mergulhados, que recebe as qualidades dos pensamentos que emitimos, como o ar recebe as substâncias que nossos pulmões devolvem.
Numa comparação podemos dizer que, como Espíritos, respiramos fluídos. Assimilamos do meio espiritual que nos cerca - com os pensamentos e emoções dos encarnados e desencarnados que nos circundam - e devolvemos, cheios das qualidades que nos são próprias e que transmitimos aos nossos pensamentos.
Mas do mesmo jeito que vocês não são o ar que expelem, os pensamentos que emitem não são vocês. Vocês são a essência, o ser que experimenta e decide, e que se enriquece no aprendizado da vida.
Vocês são aqueles que pensam, mas não são o pensamento; aqueles que sentem, mas não são o sentimento.
No fundo, somos silêncio e meditação, como um lago profundo cuja superfície se agita e, em profundidade, se aquieta. E nunca vamos deixar de ser, ainda que mudemos muito, que nos transformemos, que sejamos alguém novo todos os dias, porque Deus nos fez para sermos imortais, e isto nada vai mudar..."

Texto que compõe o livro "Mestre de Mim Mesmo" que será lançado no fim deste mês.

CalungaRita Foelker

Eu não tenho medo de mudar de opinião, pois eu simplesmente, não tenho vergonha de pensar. Eu conheço o orgulho, mas isso não significa que eu seja amiga dele.
Eu conheço o meu ego, mas não o ponho em primeiro lugar. Porque perdão é enxergar além de nossa racionalidade, é reconhecer que ninguém é perfeito, e que todos podem errar. Perdoar é preciso, mas isso também não significa que você deva esquecer.

Gabriela Barros Oliveira.

Não se ache o dono da razão. Não tenha vergonha de mudar para melhor, só não muda de opinião quem nunca teve.

Jean Pierre Ginhoux

"Não tenho vergonha de mudar de opinião, pois não tenho vergonha de pensar."

Blaise Pascal