Não Adianta

Cerca de 2879 frases e pensamentos: Não Adianta

Que adianta ter tantos amigos? O importante mesmo é saber: quando você precisar quantos vão estender a mão?

Caio Augusto Leite

Muitas vezes eu também já me perguntei se adianta a gente se empenhar para abrir o coração num tempo de tantos corações rigidamente trancados, em que o medo parece dar as cartas e descartar possibilidades de troca, espontaneidade e amor.

Houve instantes em que duvidei e me questionei se não seria mais seguro, mais tranquilo, mais fácil, tentar interromper o fluxo e fechar o meu coração de novo. No máximo, deixar apenas uma fresta aberta por onde espiar a vida de longe.

Embora não seja necessariamente mais seguro, mais tranquilo, muito menos mais fácil, continuo sentindo que é bem mais leve, alegre e desapertado viver com o coração mais aberto. Sobretudo, para nós mesmos. Ainda que às vezes a gente sinta estar na contramão. Ainda que às vezes esse nos pareça ser um movimento solitário.

No mínimo, corre mais vento.

Ana Jácomo

hoje foi mas um dia, que cada um tem que provar para que veio , não adianta alimentar ideia do passado, e continuar exercendo os mesmos costume e fazendo do circo a sua grande palhaçada, vamos lutar junto no presente e provar que nós somos capaz e guerreiro que a luta não esta vencida que agente só perde quando ultimo oponente cair. E a acreditando num futuro promissor.

Adilson montalvao da silva

"De nada adianta o vento estar a favor se não se sabe pra onde virar o leme"

Provérbio Brasileiro

Que que adianta seu fuzil, relógio de platina, se nem por milagre chega a vinte cinco de vida!

Facção Central

Certezas e Incertezas

Às vezes fico pensando...
De que adianta o amor?
Se não existe verdade.
De que adianta amar?
E não saber ao certo se é amada.
De que adianta ter alguém?
Se esse alguém não tem você.
De que adianta o carinho?
Se a solidão vem logo atrás.
De que adianta a família?
Se todos um dia vão embora.
De que adianta os amigos?
Sem a confiança.
De que adianta a vida?
Sem nada a viver.
De que adianta nascer?
Para um dia vir a morrer!
Mas também sei...
Que o amor só se constrói com a verdade.
E que se ainda não sabe amar,
É porque a pessoa certa não chegou.
E que muito adianta ter alguém,
Mesmo sem a certeza se esse alguém tem você.
E que com o carinho,
Podemos mandar embora a solidão.
Sei que sem a nossa família,
Nós não temos chão.
E que são os nossos amigos,
Que sempre nos dão a mão.
E que sem a vida,
Nada poderíamos aprender,
E que se nascemos...
É porque temos muito a viver!

Janaina Lima

De que adianta você falar que acredita nos seus sonhos, se no fundo você não tem coragem de enfrentar os obstáculos necessários para conquista-los?

Imagine que na sua vida existe um grande terreno..
esse terreno se chama "terreno dos Objetivos", que as "ARVORES" NÃO SE CHAMAM ARVORES, SE CHAMAM "SONHOS".
E que o fruto do sonho e a realização dele. Mas essa arvore (sonho)tem que ser regada com as lágrimas de suas derrotas, com o suor do seu esforço, e adubado com esperança;

Só assim a arvore (sonho)pode gerar seus frutos e você poderá colhe-los com as luvas da honestidade.

mas lembre-se: se não cuidar das sementes que plantou, elas nunca vão se transformar em Arvores para que você possa subi-las e alcançar os frutos dos seus sonhos, pois o único lugar em que o sucesso vem antes do trabalho, e no dicionário.

Ikaro Veras

Não adianta eu me entristecer por vezes que não obtiver sucesso em coisas que faço,de forma que eu aprenda com meus erros e deles vir a me fortalecer cada vez mais

B.Jade

Oq adianta sonhar com vc,
se meu sonho concreto 'e te ter?!

Ana Carolina Ferreira da Cunha

Minha mão está suja.
Preciso cortá-la.
Não adianta lavar
A água está podre.
Nem me ensaboar
O sabão é ruim.
A mão está suja,
suja há muitos anos

(A mão suja)

Carlos Drummond de Andrade

Não adianta ter um super corpo, um super trabalho, um super talento se você não tem um super amor por você mesmo. Mas a decisão é de cada um. O que sei é que não sou carente pra aceitar restinhos. Se estou inteira, quero alguém inteiro também. É mais do que justo.

Clarissa Corrêa

Todo dia eu penso: podia sentir menos e menos e menos. Mas não adianta, tudo me atinge, abala, afeta, arrebata, maltrata, alegra, violenta de uma forma absurda e intensa. Nasci pra ser intensa e dramática.

Clarissa Corrêa

Do que adianta você ter essa alma colada aos ossos dessa carne errada?
Sem o risco a vida não vale a pena. Se você não quiser arriscar, não comece. Isso quer dizer: e se você arriscar e perder namorada, esposa, filhos, emprego, a cabeça e até a alma? Mas é sempre melhor isso, do que olhar para todas essas outras pessoas que nunca acertam, porque nunca se propõem ao risco.

Goethe Paul Valéry (colagem)

Irei rumo ao sol, verei milhões de anjos mas sei que você não esta lá!
do que me adianta o paraíso se não a terei lá?

Ricardo Cavalcante

Não adianta mandar indiretas ou falar mal da vida alheia para os outros. Quando tiver algo a falar para alguém, mostre que possui caráter, não seja ridículo nem reclame a quem não precisa ouvir o que tem a dizer, tenha a decência de olhar no fundo dos olhos da única pessoa que realmente necessita saber e diga tudo aquilo que você pensa a respeito dela.

Dhieferson Lopes

O que adianta?

O que adianta ter amigos e se sentir sozinho.
O que adianta nascer, sem receber carinho.
O que adianta acordar e não se sentir vivo.
O que adianta ter saúde e tudo ser cansativo.

O que adianta crer em Deus e se sentir ignorado.
O que adianta ter um coração e não ser amado.
o que adianta pensar e não ter coragem de agir.
O que adianta ter tempo, sem vontade de sair.

O que adianta lágrimas, se uso somente na tristeza.
O que adianta ter uma base e não ter firmeza.
O que adianta receber conselhos, se ninguém me entende.
O que adianta uma surpresa, se nada mais me surpreende.

Bruno A.

Nâo adianta ir a igreja, fazer yôga e não cumprimentar o porteiro.

Osvaldo Daibert

"Acredite naquilo que quiser. E, não adianta sonhar, se você não lutar.
O mundo é um espelho. Não veja só o seu reflexo.
Só acreditando num futuro, você conseguirá a paz para alcançar seus sonhos.
A forma e o reflexo se observam. Tu não és o reflexo, mas o reflexo és tu."

Andy

Não adianta discutir com pessoas que precisam se auto- afirmar o tempo todo. Elas perdem a linha de raciocínio tentando se encontrar.

Rosicleide David

Extremos da Paixão - Caio Fernando Abreu
Não, meu bem, não adianta bancar o distante
lá vem o amor nos dilacerar de novo...

Andei pensando coisas. O que é raro, dirão os irônicos. Ou "o que foi?" - perguntariam os complacentes. Para estes últimos, quem sabe, escrevo. E repito: andei pensando coisas sobre amor, essa palavra sagrada. O que mais me deteve, do que pensei, era assim: a perda do amor é igual à perda da morte. Só que dói mais. Quando morre alguém que você ama, você se dói inteiro(a)- mas a morte é inevitável, portanto normal. Quando você perde alguém que você ama, e esse amor - essa pessoa - continua vivo(a), há então uma morte anormal. O NUNCA MAIS de não ter quem se ama torna-se tão irremediável quanto não ter NUNCA MAIS quem morreu. E dói mais fundo- porque se poderia ter, já que está vivo(a). Mas não se tem, nem se terá, quando o fim do amor é: NEVER.

Pensando nisso, pensei um pouco depois em Boy George: meu-amor-me-abandonou-e-sem-ele-eu-nao-vivo-então-quero-morrer-drogado. Lembrei de John Hincley Jr., apaixonado por Jodie Foster, e que escreveu a ela, em 1981: "Se você não me amar, eu matarei o presidente". E deu um tiro em Ronald Regan. A frase de Hincley é a mais significativa frase de amor do século XX. A atitude de Boy George - se não houver algo de publicitário nisso - é a mais linda atitude de amor do século XX. Penso em Werther, de Goethe. E acho lindo.

No século XX não se ama. Ninguém quer ninguém. Amar é out, é babaca, é careta. Embora persistam essas estranhas fronteiras entre paixão e loucura, entre paixão e suicídio. Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio. Não compreendo como querer o outro possa pintar como saída de nossa solidão fatal. Mentira:compreendo sim. Mesmo consciente de que nasci sozinho do útero de minha mãe,berrando de pavor para o mundo insano,e que embarcarei sozinho num caixão rumo a sei lá o quê, além do pó.O que ou quem cruzo entre esses dois portos gelados da solidão é mera viagem: véu de maya,ilusão,passatempo.E exigimos o terno do perecível,loucos.

Depois, pensei também em Adèle Hugo, filha de Victor Hugo. A Adèle H. de François Truffaut, vivida por Isabelle Adjani. Adèle apaixonou-se por um homem. Ele não a queria. Ela o seguiu aos Estados Unidos, ao Caribe, escrevendo cartas jamais respondidas, rastejando por amor. Enlouqueceu mendigando a atenção dele. Certo dia, em Barbados, esbarraram na rua. Ele a olhou. Ela, louca de amor por ele, não o reconheceu. Ele havia deixado de ser ele: transformara-se em símbolosem face nem corpo da paixão e da loucura dela. Não era mais ele: ela amava alguém que não existia mais, objetivamente. Existia somente dentro dela. Adèle morreu no hospício, escrevendo cartas (a ele: "É para você, para você que eu escrevo" - dizia Ana C.) numa língua que, até hoje, ninguém conseguiu decifrar.

Andei pensando em Adèle H., em Boy George e em John Hincley Jr. Andei pensando nesses extremos da paixão, quando te amo tanto e tão além do meu ego que - se você não me ama: eu enlouqueço, eu me suicido com heroína ou eu mato o presidente. Me veio um fundo desprezo pela minha/nossa dor mediana, pela minha/nossa rejeição amorosa desempenhando papéis tipo sou-forte-seguro-essa-sou-mais-eu. Que imensa miséria o grande amor - depois do não, depois do fim - reduzir-se a duas ou três frases frias ou sarcásticas. Num bar qualquer, numa esquina da vida.

Ai que dor: que dor sentida e portuguesa de Fernando Pessoa - muito mais sábio -, que nunca caiu nessas ciladas. Pois como já dizia Drummond, "o amor car(o,a,) colega esse não consola nunca de núncaras". E apesar de tudo eu penso sim, eu digo sim, eu quero Sins.

(extraído do livro Pequenas Epifanias)

Caio Fernando de Abreu