Mudança de Cidade

Cerca de 18 frases e pensamentos: Mudança de Cidade

"...pensando em mudar de vida, de emprego, de cidade, de país, que vontade, querida mamãe, de ser feliz, de ter um grande amor bem limpinho, bem clarinho, um amor de manha bem cedo, não diga nada a ninguém, não é preciso, mas cá entre-nós-que-ninguém-nos-ouça, não vem dando muito certo, tenho tentado, juro."

Caio Fernando Abreu

Capitulei as ruas da cidade, deixando em cada uma delas um pedacinho do meu coração, casei à bocas beijos desejosos, abraços apertados, brigas feias, tardes e noites tediosas, apreciei a aurora na praia e na avenida, coletei flores e sorrisos, derramei lágrimas, tive raiva. Vivi intensa e às vezes friamente, o adeus foi caloroso com um suave gosto de "até breve". Agora vou seguir em frente e o plano é sucesso, sucesso no que me der na telha, ninguém segura quem tem vontade. A gente cresce rápido e não vê o tempo escorrendo entre os dedos. Perguntei-me se ir embora era o correto, e se era uma boa hora para isso, mas desde quando eu faço o certo? Ainda bem que tenho sorte. Estou deixando, sem cessar, a maciez do ninho pela amplidão do ar, florescer é isso, mudar é isso. Vou sair da zona do conforto, conhecer e desbravar aventuras, encarar a realidade mantendo um pé nos sonhos e outro na rotina, manter o equilíbrio sem cair na monotonia, e quando bater saudade vou tentar manter a sanidade e erguer a cabeça. Estou crescendo, obtendo mais independência e aprendendo a lidar com o que me cerca, mudar faz bem, faz amadurecer e ter responsabilidade também. Aqui aprendi a ser mais franca, sinceridade sempre nos bota em situações intensas e fortalece o caráter, é aquela história: Tá cansada, senta. Tá doendo, chora. Se tá ruim, melhora. Estou indo para desenvolver um lado mais pró-ativo (aquela "balela" -Que é real- de vida adulta, assumir os erros e melhorar, de verdade, com eles), e para isso vou abrir mão de bastante coisa, mas tenho certeza que é mudando que a felicidade vai vir ao meu encontro, não que eu não seja feliz aqui, longe disso, mas o que o destino pintar eu assino. Mudar é reflorir.

Ana Heller

Como mudar uma cidade inteira?
Mudando a si próprio no interior...
E contando pro cara que esta do seu lado!

Bruno Oliveira

— Somos namorados oficialmente? Existe algum ritual de Caçadores de Sombras? Devo mudar meu status do Facebook de “em um relacionamento complicado” para “em um relacionamento sério”?
Isabelle franziu o nariz de um jeito adorável.
— Humm, mudar status do Facebook? Facebook...? Você tem um livro que também é um rosto?

Cassandre Clare - Livro "Cidade do Fogo Celestial"

De nada adianta mudar o visual,de cidade até mesmo de país para livrar-se dos problemas,as vezes é necessária uma dose maciça de loucura para começar de novo, invente novos trajetos, dê novos rumos a sua vida:faça como água desvie-se dos obstáculos e siga em frente; faça dos problemas soluções e comece se preciso for; do zero.

Cristina Deutsch

Enganam-se pessoas em pensar que sozinha, ou ate mesmo em pequenos grupos podem mudar a situação de uma cidade, estado, país ou ate mesmo o mundo. Pois para suas ações tenham sucesso é preciso sacrifício de um todo.., de todos que fazem parte da engrenagem em questão, sem poupar esforço de nenhum deles.., seja o mesmo do primeiro ao ultimo escalão.

josé caros cruz

Você pode mudar de nome,
mudar de cidade.
Você pode dizer que não quer
mais a nossa amizade.
Pode até dizer que não me quer.

Mas eu sou teimoso.
Nunca vou desistir.
Um dia ainda te faço a minha mulher.

(@okatsuralau)

Okatsura Lau

“De fato te mudas de cidade e de destino sem passar a ser outro, mas não muda a ti mesmo sem mudar-se de si próprio para outro”

Alessandro Ben

As vezes penso que deveria abandonar alguns sonhos, mudar de profissão, mudar de cidade, quem sabe de identidade.
Mas logo meu coração procura razões e força para continuar a lutar.
Vem de dentro uma vontade nova de tentar os sonhos antigos, aqueles que guardei em algum lugar e deixei esquecido.
A vida seguiu batendo de frente com tantos obstáculos que hoje a luta parece até menor quando olho para trás.
Devo ser forte, senão essas lutas não teriam sido vencidas.
Devo ter fé, senão a esperança já teria desaparecido.
E continuarei meu caminho, até que minha missão tenha sido cumprida.
Errando, acertando, mas sempre lutando...

Vilma Galvão

Ela: Vou me mudar de
cidade
Ele: Eu vou junto!
Ela: Como? Você tem sua
vida aqui
Ele: Eu tinha, mas ela vai
mudar de cidade.

Mary Rowsten

O tempo pode nos fazer mudar: o comportamento, os ideais e até mesmo de cidade. Mas, não pode mudar uma AMIZADE.

Hosana Amaro

Uma oração de fé tem muito poder, mais poder do que um valente na cidade, que tenta mudar o povo com palavras vãs.

Helgir Girodo

Sabe do que eu preciso ? Preciso mudar de cidade , estado ou país e assim ir para algum lugar distante em que não exista ninguém para mencionar seu nome e acabar com meu dia . Preciso limpar a fuligem que ficou nas beiradas do meu coração , conhecer gente nova , reaprender a rir e lembrar da pessoa incrível que eu era antes de você entrar na minha vida e deixar tudo bagunçado .

Audrey Cullen

Não foi simplesmente uma mudança de casa ou de cidade, mudei minha postura e meu estilo de vida pra conseguir ser quem eu sonhava ser.

Rafael Castanheira

Eu nem sempre fui do geito que sou. mais desde minha ultima mudança tudo mudou. Na cidade anterior da que estou, era tudo perfeito. Eu tinha amigos, conhecia a todos, tinha um namorado (Que nunca me esquecerei) eu tinha uma vida. Eu era a mais popular, amigavel e não tinha inimizades. (não que eu fosse como minha irmã, pois sou sempre fui e sempre serei o oposto dela). Eu nunca me deixei levar pelas coisas, sempre conseguia seguir em frente e enfrentava tudo e todos. Mais desde que conheci o Diego (meu ex namorado), tudo havia mudado, ele era maravilhoso, carinhoso, especial e eu sempre o amei, tive otimos momentos e esperiencias ao lado dele.

Giselly Viana

Pra te esquecer mudei de cidade, mudei meu telefone, mudei meu gosto musical, mudei meu cabelo, mudei meus sonhos. Fiz terapia. Agora só me resta um transplante de coração.

Leticia Nassinger

Vivemos entremeados de recomeços. Mudamos de casa, de emprego, de cidade. Tem quem muda os amigos, o amor, os conceitos. Fazemos novas escolhas para juntar os pedaços, ou ajustar os ponteiros. Para respirar o ar menos poluído da hora do ‘rush’, e, também, mais leve de rancores. Há aqueles que mudam por necessidade, e, outros, por simples vontade.

Muitas vezes, mudamos do jeito que dá, e encaramos a nova morada ainda vazia. Faltam sofá, mesa e louça limpa. Faltam também certezas, mas levamos a coragem que carregamos no peito. Porque partimos em busca da felicidade.

No início, nos perdemos um pouco. É normal. Nem sempre a nova estrada é bem iluminada. Mas, mesmo ser saber direito como é o chão em que pisamos, sem pensar demais naquilo que nos impulsiona, seguimos em frente. É como retirar um pincel mágico de dentro do bolso e desenhar a luz que nos deslumbra pela vida.

Certa hora, um som de dar arrepios nos fez pensar em voltar atrás. É o barulho estridente da culpa, trazendo o peso carregado do medo de se arrepender. Pensamos nas pessoas que deixamos para trás, e na vida que um dia foi aquilo que sonhamos.

Lembramos que dizer adeus nos corta por dentro, e que as lágrimas nem sempre são suficientes para aliviar a dor. Tem dor que precisa doer até passar sozinha. Até compreendermos que para sermos felizes, infelizmente, algumas vezes decepcionamos alguém. E o contrário também ocorre, tem gente que nos magoa mesmo sem querer. Então, encontramos dentro de nós uma força invencível, e, com nossa gaita invisível, sopramos para longe a melancolia.

Damos risadas nas conversas à toa, ouvimos o barulho dos talheres novos ou velhos, mas diferentes. Sentimos o tique-taque mais calmo, mas atento. O mensageiro do vento nos traz boas novas: não há pressa para ser feliz, só não podemos perder nosso tempo.

Se percebermos que esse projeto não há como ser realizado, faremos novas escolhas. Se alguém que desejamos nos ignora, conheceremos novas pessoas. Nosso lema será não desitir de nós mesmos. Quem desiste, não aprende a sacodir o pó da canseira.

Conscientes de que, na vida, temos poucas certezas, aproveitamos a beleza da descoberta. Desembrulhamos nossas dúvidas e as deixamos livres para voar. Mesmo que a previsão do tempo seja imprevisível, se fará chuva ou sol, não importa. O que interessa é onde estamos, aqui e agora.

Só se acha quem se perde, e não adianta pegar atalhos. A felicidade é uma colcha de retalhos. Passado e futuro. Amor e dor. Alegria e tristeza. Todos se entrelaçam para dar forma e sentido às nossas pegadas. Caminhamos para onde quisermos, e levamos conosco a alma aquecida por essa colcha, dia após dia.

Olhamos para trás para seguirmos em frente. Saudade e esperança caminham juntas. É que já revolvemos nossos vulcões, encontramos algumas raposas e nos despedimos de nossas flores. Agora pegaremos carona com a nova migração de pássaros…

Voemos!

REBECA BEDONE