Mitologia Indiana

Cerca de 51 frases e pensamentos: Mitologia Indiana

"Há na cultura mundial de hoje toda uma mitologia, toda uma idealização das revoluções, como se não fossem acontecimentos separados, mas sim etapas de uma caminhada em direção à liberdade crescente. Pode-se discernir, de fato, um sentido geral e unitário na sucessão de revoluções — mas ele não aponta na direção da liberdade crescente e sim no do crescimento do poder, no do aumento da distância entre o poderoso e o homem comum."

Olavo de Carvalho

Chove de novo -
As vacas e os carros
Devagar, em fila indiana.

Paulo Franchetti

no céu de Alexandria
as estrelas falam
mitologia

Eugénia Tabosa

Continuem caminhando em fila indiana pro inferno, com suas drogas e bebidas pra esquecer a merda de tua vida. Deturpa teu corpo pra não olhar pro lixo que é tua mente, e teu coração nem existe mais.

Itarcio A. L.

Fila Indiana

" Para mim os homens caminham pela face da Terra em fila indiana.
Cada um carregando uma sacola na frente e outra atrás.
Na sacola da frente, nós colocamos as nossas qualidades.
Na sacola de trás guardamos os nosso defeitos.
Por isso durante a jornada pela vida, mantemos os olhos fixos nas virtudes que possuímos, presas em nosso peito.
Ao mesmo tempo, reparamos impiedosamente nas costas do companheiro que está adiante, todos os defeitos que ele possui.
E nos julgamos melhores que ele, sem perceber que a pessoa andando atrás de nós, está pensando a mesma coisa a nosso respeito"

desconhecido

Mitologia é o nome que damos às religiões dos outros.

Joseph Campbell

A CAIXA DE PANDORA


Conta a mitologia grega que Pandora foi criada pelos deuses do Olimpo sob a ordens de Zeus. Pandora teria sido a primeira mulher, surgida como punição aos homens por sua ousadia em roubar aos céus o segredo do fogo.

A vingança de Zeus contra a humanidade veio em forma de uma linda donzela. Pandora, a que possui todos os dons, recebeu uma caixa onde guardou os presentes recebidos de cada um dos deuses do Olimpo.

Afrodite deu-lhe a beleza, Hermes o dom da fala, Apolo, a música. Mas além dos dons, a caixa de Pandora recebeu também uma série de malefícios.

A história é longa, mas importa saber que Pandora abriu sua caixa e a humanidade passou a conhecer não só as bondades, como os males que até hoje nos assolam: mentira, doenças, inveja, velhice, guerra e morte. Os presentes saltaram de forma tão violenta da caixa que Pandora teve medo, e a fechou antes que a última delas escapasse: a esperança.

Pandora tornou-se, assim, a provedora natural dos talentos divinos e dos males da humanidade.

Como nos conta a tradição judaico-cristã, Eva no Paraíso teria tido o mesmo papel. O que só comprova que a figura da mulher aparece sempre como a grande responsável pela desgraça do gênero humano. Eu vejo de maneira distinta. Como Eva no Paraíso, Pandora distribuiu aos homens as duas faces da realidade, tão contrárias quanto complementares. Coube a todos a escolha.

O mágico desta lenda está no papel desempenhado pela esperança. Crescemos e vivemos sob o jugo masculino. Todas as formas de poder são exercidas há séculos por homens, que com liberdade preferiram escolher os piores caminhos para atingir objetivos duvidosos.

O mundo está devastado. Na caixa de Pandora ainda resta a última bondade não destruída por nosso egoísmo e ambição. Uma maneira lúdica de nos mostrar o caminho da redenção. A esperança é um dom feminino. Ainda há tempo para aprender a lição.

(Fonte: Voz Corrente- Alexandre Pelegi em 11 de Abril de 08)

Texto de Alexandre Pelegi- Voz Corrente em 11Abril de 08

“Mitologia é aquilo no que os adultos acreditam, folclore é aquilo que eles contam para seus filhos, e religião é ambos.”

Cedric Whitman carta para Edward Tripp 1969

Em uma aldeia havia um mestre religioso, que falava sobre o propósito das religiões. Um dia uma grande multidão, formada por diversas tradições religiosas, reuniu-se para escutá-lo. Então um homem na multidão lhe perguntou. “Mestre, qual é o objetivo de todas as religiões?” O mestre lhe respondeu: “como a água tem sua fonte no topo da montanha e ela transforma-se em diversos rios fluindo até ao mar, da mesma forma o único Deus é visto por diversos ângulos pelas pessoas diferentes. Assim as diversas religiões são criadas ou fundadas pelos seres humanos, mas cada religião tem um propósito de chegar a um único Deus. Somente as regras é que são diferentes"

Fábula Indiana

Sopre vento, sopre..até onde estiver o meu amor. Acaricie-o e regresse para acariciar-me logo. Por meio de ti sentirei sua mão suave e encontrarei a beleza em tudo a minha volta. O planeta que percorremos e apenas um, porque nos tornamos um

Tradiçao indiana

Com você não divido nem minhas dores

Indiana Burtet

Como vou seguir o caminho da felicidade se não sei mais o que me faz feliz

Indiana Burtet

Como podemos falar tanto com as mesmas pessoas? As vezes fico pensando de onde vem tanto assunto

Indiana Burtet

As decisões da minha vida são sempre assim: -Vou ou não vou? E acabo sempre escolhendo a errada.

Indiana Burtet

Como a vida nos engana, tem vezes dá uma volta tão grande que acaba voltando para o mesmo lugar

Indiana Burtet

Sinto saudades de mim, de como eu costumava ser, dos meus sonhos, meus prazeres, minhas habilidades, minhas vontades

Indiana Burtet

Não sou deste país, não sou desta época, não sou deste mundo

Indiana Burtet

Quando as pessoas que te deveriam fazer feliz não fizerem, fuja delas! Fique sozinho, encontre seu caminho sozinho, normalmente pessoas que estão designadas a ficar ao nosso lado pecam.

Indiana Burtet

Na nossa sociedade existem valores tão perdidos que nem Indiana Jones seria capaz de encontrar

Adriana N. do Amaral

Flor de Amsterdã


Que seja indiana ou holandesa,
Que seja tímida, discreta
Cheia de graça e beleza.
Uma flor de Amsterdã
Perfume da aurora
Que ilumina a minha manhã
Colorindo o horizonte rubro e amarelo
Enfeitiçando esse teu pobre amante singelo
Oh flor de Amsterdã,
Ilumina não só minhas manhãs...
Quero sentir tua fragrância
A cada sopro de ar
Ser preso em flagrante
Por apenas querer te amar.
Oh flor de Amsterdã,
Vem me iluminar.

Vinícius veloso