Meu quarto

Cerca de 472 frases e pensamentos: Meu quarto

Cansei de ver a mesma paisagem
Vou fechar a janela,
do meu quarto, que dá para Oeste.
E abrir uma que dá para Leste...

Poeta Nelson Martins

09/10/2014 - 12:00 hs.
Do meu quarto vejo a chuva que cai através da janela...
E neste momento é que choro de tanta saudade dela...
Também dos momentos felizes que juntos passamos...
E de tristeza do cruel momento em que nos separamos...
Quando a chuva para o meu rosto ainda está molhado...
Então vou até a janela e vejo tudo la fora alagado...
Do céu cai a água que espalha-se por todos os cantos da natureza...
Dos meus olhos caem as lágrimas que espalham-se pelo meu rosto, de tanta tristeza.
Sérgio o Cancioneiro

Sérgio o Cancioneiro

SOLIDÃO
(Edson Nelson Soares Botelho)

A noite em meu quarto, você me faz falta
O amor invade meu corpo, trazendo a saudade
Um desejo de morte que invade minha mente
O fogo me queima e o coração dispara

Recordações lindas dos velhos tempos
Procuro em vão alguém que se pareça com você
Que substitua o seu amor, mas parece impossível
Vou dormir imaginando que você está ao meu lado

Quando vejo alguém parecido com você, meu coração dispara
Se alguém fala o seu nome, eu vou a loucura
Meu pior castigo, saber que alguém está com você

Não há nada a fazer, se você deixou de amar
Viver de lembranças e imagens
Pensando a toda hora, o que você está fazendo?

Edson Nelson Soares Botelho

Calado no meu quarto me pego a pensar,vendo tudo que se passou e tudo que estar por vir ,me olhando no espelho me desconheço, penso logo quem é esse monstro com ao qual me olha nos fundo dos olhos ,com uma dor de perda e sem temer a morte , aquele com ao qual não se brinca, veste minhas grandes e belas palavras que não tenho aquem falar , amar se torna um conto, pensar se torna sonhos e viver se tonar apenas questão de tempo.

Murilo Telírio

10/10/2014 - 10:00 hs.
No silêncio da noite...
Na escuridão do meu quarto...
Tua lembrança é um açoite...
E de sofrer estou farto...
Mas o que posso fazer...
Se o teu amor grudou em mim...
E não consigo te esquecer...
Pra este sofrimento ter um fim.

Sérgio o Cancioneiro

Queria que demonstrasse as coisas que diz sentir, porque ai não estaria sofrendo no meu quarto, pensando que tudo que diz são mentiras e que você é como todas as outras.

Gabryella Beckman

Eu gosto do meu quarto, do meu desarrumado. Ninguém sabe mexer na minha confusão...

Desconhecido

de noite sozinha no meu quarto eu não parava mais de chorar, pois quando meu coração lembrava de você parecia que ele parar, e nunca mais iria voltar

Letícia Caregnato

As paredes frias do meu quarto me matam
lentamente, na janela do quarto uma cortina
de ceda cor de pele fechasse há minha frente,
lá fora a chuva cai e se misturam ao meu choro,
uma poça se forma a cada lágrima, se movendo
rumo aos escoamentos dos esgotos, tudo se
parece tão complexo e tão voraz que as paredes
azuis e os os azulejos do banheiro já não existem mais.

Memórias se alastram e aparecem há minha
frente, o trinco da porta minhas mãos já não
sentem..

Anjos de luz clareiam o quarto, velas se acendem
e do meu corpo se esvaziam os pecados, parece
que tudo me é familiar, paredes desabam mas não
me mecho do lugar, pernas, braços e boca não se
movimentam, olhos ficam atentos, parece que
estou entrando em outra dimensão, mas na verdade estou saindo de uma depressão.

Caramba fiz agora, pensamento de agora.
Espero que gostem.

kaayke fox

DEVANEIOS:


Sozinho, em meu quarto estou
A janela entre aberta seduz a brisa fria
A entrar
Sobre a platina está
O cálice já embriagado com o licor
Que faz acalmar
O orvalho da madrugada fria
Sucumbe em meu corpo nu
E me faz despertar
A aurora já adentra
As frestas da janela que não mais
Entre aberta está
Meu corpo ainda moribundo
De uma noite ébria
Me faz delirar
Procuro-te ao meu lado
Não tenho teu corpo febril
A me deleitar
Assim desperto
Para mais um dia em devaneios
Me embriagar.

Carlos Egberto Vital Pereira

Ta a maior briga la no
meu quarto. É uma
gritaria que só
ouvindo pra crer.
Pelo que entendi, parece que o
edredom tentou sufocar o
travesseiro e agora eles estão de mal.
Pra evitar uma tragédia, vou la separar os dois... E ter lindos sonhos!

jepasa

Fiquei tempo na fossa,fiquei tempo em bares,fiquei tempo trancada em meu quarto achando que de alguma forma simples e mágica a dor iria embora.Como fui tola,a dor não faz assim, não perde pelo cansaço e já eu? ah, eu cansei e perdi, estou cada vez mais fundo nesse purgatório de pensamentos, de medos, de duvidas, de condenações !

Valéria Matos

A fumaça do teu cigarro parece ter entrado pela janela do meu quarto ontem, ficou impregnado em meus pulmões, assim como teu cheiro, assim como teu ser. Ontem, ironia ou não - também tocou Seven Devils, e me vi obrigada a lembrar de como você gostava dessa música e era performático ao canta-la, e assim dormi ao som da sua banda preferido. Ah, João. Quando eu acordei, adivinha? A maldita música estava lá novamente, me atormentando, juntamente com aquele cheiro do seu velho e bom cigarro. Ao abrir a porta, o vizinho o vizinho estava ali, pacato, ouvindo a sua música, fumando o seu cigarro, e ao fim de mais um dia de lembranças, beijando a sua mulher. Desculpa João, não deu pra não te procurar em outrem.

Raileza

Hoje eu cansei
Não quero sair
Nem quero escutar
Quero apenas ficar
No meu quarto
Enclausurado
Nem quero
Amar
Estou entediado
Sem você
ao meu lado
Quero apenas
Voar...

Allan Garrido

Nosso amor é tão bagunçado, mas eu gosto assim, é tipo como se fosse meu quarto, é bagunçado e se ageitarem minha bagunça não saberei mais onde estam as coisas. não ligo pelo que os outros falam de nós, por que nenhum deles sabe como somos quando estamos só eu e vc, é como se o mundo não existisse.
Nosso amor é chocolate com pimenta, vê se aguenta.

Lorena Freitas

na janela do meu quarto corre água sem chover
no meu rosto corre lagrimas de saudades de você !!!!

Leiliany rita fosse da silva

Deitado em meu quarto eu escuto
o surdo silêncio da noite
mais uma noite que se passa
são coisas assim, pequenas
que fazem a vida ter graça
sem sono, a vigília serena
se traduz no farfalhar
que o vento faz nas folhas
coruja lambendo as penas
o crepitar do fogo
só as nuvens despercebidas
parecem enciumadas
de repente se fazem sentidas
trovejando, relampagueando
rompendo a serena calma
mas se ainda chove neste mundo
a paz vai reinar em minh'alma
e faz-me dormir em paz
com as bênçãos que ela traz

EdsonRicardoPaiva

no canto do meu quarto
há livros na estante
contando mil histórias...

no beiral da minha janela
há uma flor
perfumando os meus sonhos...

agora na porta de casa
há uma árvore
fortalecendo sempre as raízes...

Elisângela Palombo

Um só corpo

Escrevia livremente pela manhã, a sala do meu quarto parecia dormir diante de tanto fracasso. Derrota por não ter, derrota por não ser....... mais do que deveria. Escrever era a única forma de impor vida, de ver alegria naquilo que não se é. Na manhã de carnaval de Baden Powell, no inverno que empalidecia a constância do tempo de Claude Debussy. Redigir, é meu pesar.

Coaduno esferas de um canto triste como num musical dos anos 30. Respiro o enlevo da melancolia que finalmente tende a acabar, tende a perspectiva. O amor é visto pelo poeta como um patrimônio sagrado; um intervalo entre o início e o fim. Palavras são prantos de encanto colhidos pela natureza da alma. O que fica em vida e o que mais respalda, talvez e sobretudo, o brilho obscuro que deixarei de luz. E de tudo que reluz a que seduz, estamos sós em um só corpo, o do amor.

danielmuzitano

CORAÇÃO EM LÁGRIMAS
.
A fumaça do cigarro circulava em meu quarto
formando imagens de você!
As luzes confundiam-se com o brilho das estrelas
Eu vi algo diferente acontecer!
.
O negro dos meus olhos fundindo-se com as lágrimas
da minha solidão.
Quantas vezes te chamei para junto de mim.
Quantas vezes o céu me pareceu diferente
somente porque você não se fazia presente.
.
A fumaça circulando e eu me perguntando
- Qual será a fantasia dos teus sonhos
que forçando diz não ter tanta emoção?
- Qual será o pensamento dos teus dias?
.
Eu te sinto escondido em palavras
e entendo que o medo o faz sofrer.
Mas as bolhas da fumaça se transformam
e eu vejo o seu nome aparecer.

Eu te encontro,eu te tenho,eu te transformo
entre vultos, entre imagens...
Olho a noite e percebo que não vens!
Me contento com teu nome em meus sonhos
e adormeço acreditando ser teu SER.
.
Fátima Merigue de Mendonça
(11.09.99) Todos direitos autorais reservados

Fátima Merigue de Mendonça