Mensagens na Madrugada

Cerca de 884 mensagens na Madrugada

'" A madrugada é assim, companheira do poeta e do bebado, dos amores perdidos e dos que acordam cedo...""

Oscar de Jesus Klemz

Já esta de manha e ainda não dormi, um tumulto de pensamentos desorganizados. Deitada agora no sofá depois de me revirar na cama a noite inteira, liguei a tv e fiz um chá na esperança do sono chegar e me livrar dos gritos desse silêncio tão barulhento. A solidão as vezes é bem vinda, me faz pensar na vida e procurar saidas para os tormentos que parecem por tantas vezes não ter fim. Os dias andam passando rapido demais e os finais estão cada vez mais frequentes. Hoje em dia é dificil segurar alguma coisa por muito tempo, num mundo onde os valores estão invertidos. E lá vou eu, perdida, vagando outra vez pelo meu inconsciente, com pensamentos eloquentes, na louca fé de que um dia isto vai passar.

Brunna Luisa - Bruna Luisa

É agora é deitar na cama ,pensar na vida, refletir, fazer planos, relembrar meu dia , rever os erros, criar novas metas e quem sabe dormir

Deyvid Dias

Amor é quando um passarinho e uma passarinha fazem amor no bolso do vento de madrugada e a passarinha geme do lado de dentro do coração.

Morgado Mbalate

"...A noite veio e eu continuei a respirar no mesmo ritmo. E quando a madrugada clareou o quarto, as coisas saíram frescas das sombras... Senti a manhã se insinuando entre os lençóis e abri meus olhos para uma sensação renovada e tranqüila como se Deus tivesse dissolvido em mim, a eternidade..."

Sonia Pallone

pessoas me perguntam aonde me escondo?
à elas digo que sou sol. todo dia apareço e depois me guardo pro dia seguinte. mas na realidade queria ser lua – surgir ao final do dia e me recolher a cada amanhecer –, amando a madrugada.

Luze Azevedo

As vezes na madrugada me pego a pensar, será que meus amigos são anjos que vieram para me ajudar?

Milena Raykow

Talvez eu seja mesmo desesperada, por não encontrar motivos pra dar tanta risada. Talvez possa ser que eu tenha me achado nessa jornada, me perdendo tentando te achar pelas madrugadas

Jayne Vituriano

Sextilha de número 1
(da série: Uma Sextilha por noite)

Uma angústia quando vem na madrugada
Dilacera qualquer coração dormido
A reflexão que o silêncio presenteia
Faz com que sobressaia o envolvido
Pode ser saudade ou arrependimento
Seja o que for, estou aqui sentindo

(Jefferson Moraes)
18/09/2014 - 3h50
Olinda, Pernambuco

Jefferson Moraes

Chegou mais um sabado e com ele muitas expectativas para cada turno do dia, mas inevitavelmente as perguntas como: "sera q vou chegar na madrugada de domingo, feliz com o meu dia ?" isto so vivendo o seu sabado para responder

Guilherme Mentone

Com uma garrafa de coca e o barulhinho dos gases emanando do copo, assim termina um maravilhoso sabado e adentrando na madrugada, vejo as luzes pela janela e penso:"a noite e a companheira dos pensadores, nos impossibilitando de dormir"

Guilherme Mentone

A Luz Invade a Imensidão No Escuro Do Quarto
Na Sala Eu me Disfarço
De Louco insano Pensando
No que vou Tentar falar.
A sua Face Me traz tranquilidade
Nessa Metade Somos a Parte de Um Só..

vanderleyBorrer

Colocar os fones e quebrar o silêncio da madrugada com o som de um bom New Age é como... se elevar.

wendell santos

O DIA A DIA DO AMOR QUE ME CONSOME

A escuridão e o medo de que você possa me esquecer nela.
Existe o vício de te encontrar em meus sonhos todo o dia
até o nascer do primeiro raio de sol.

O sol vagarosamente vai tocando e se aconchegando em meu corpo, deitado na cama.
A sensação é de ter o teu corpo no meu.
Silenciosamente, abro um meio sorriso ao imaginar
que por uma noite em minha vida dormirei em teus braços,
que por um amanhecer acordarei coberta de abraços.

Em meu caminho vou andando, estou ouvindo os sons pela cidade, avistando os casais a trocar amor.
Meu coração ficou para trás, parou na esquina da tua rua.
Há algo que me consola e não me deixa perder a esperança
de levar teu coração comigo...
Isto que me falta e agora tenta me fazer chorar.

M. F. Staff

Sentimentos de aflição emergem em nós
Travesso serei, estou em chamas
Aquele sorriso, meu deus, é sacana
Zombando assim do meu coração
Ai de mim se perder a razão
Provocaste até minh'alma
Num ato certeiro de intuição
Ganhaste até minha paixão.

Reviraste até a mente amargurada
Salvando pensamentos numa triste madrugada
O frio conduzia a incerteza de um ser
E esta chama ainda queima
Ai de mim se derreter
Admito, já ganhaste este combate
Se o coração ainda existe
É por ti que ele bate.

Aysllan Ferreira

Um bilhete de amor é o texto que liga o sonho da madrugada com a realidade da manhã.

Franco G. Rovedo

Líquidos todos os meus pensamentos.
Uma segunda demasiado oiro.
Sinucas soçobradas na alcova das horas.
O que me resta é um fado.
Um fado foda.
Flores de Holanda.
Ainda se fosse vil.
Ainda se meus lábios beligerassem.
Somente curvas na retina.
Apenas sabugos perdidos
nos olhares do grão.
Um violino sussurra um tango enquanto a madrugada
mastiga minhas orelhas.
Nada de sol,
nada de estrelas.
Um ar frio completo de almas perdidas,
de olhares vazios.
Chorarei passados.
Beijarei bocas imaginadas.
Afetos despejados em bonecas inertes.
Um gelo queima minha pele.
A razão, minha confidente,
desdenha do meu amor.
Resta o berço,
tépido, besta.
Útero que me socorrerá ainda essa vez,
ainda uma vez.

Raniere Gonçalves

Tão linda e tão cheia, é o espelho que reflete a natureza, e olhando para ela escuto uivos que ecoam pela madrugada.

Fabiano Gazpar

Amanhecer depois da madrugada

Como estar vivo
quando não se acredita já em nada

Como olhar e ver
quando tudo é uma miragem
e não se acredita no que vemos

Como sentir algo
se nem dor nem medo sentimos já

Como preencher,
ou não,
este espaço vazio
que existe aqui,
como dizer,
no coração

Medo...
Perder o medo...

Está vento
e o vento pára...
E volta

Está sol
e o sol se esconde na madrugada
Para voltar a nascer
no amanhecer

Continuar
aqui, ali, lá
onde sempre e depois da madrugada
o amanhecer vai voltar



Alexandre Silva
17/05/214

Alexandre Vieira da Silva

Mas é que eu tenho aquela mania idiota de me agarrar a beiradinha da lembrança e não esquecer de nada, absolutamente nada. Tenho aquela mania de imaginar mundos e fazer deles minha realidade, viver sempre em uma fantasia. Tenho aquela mania de chorar quietinha e sorrir com os olhos, escrever coisas que ninguém vai ler, escutar música de madrugada, esperar uma ligação que nunca se completará, acredito em anjos, leio livro deitada na rede. Tenho mania de desarrumar o guarda-roupa só para achar algo que eu tenho certeza que não está ali, mania de escolher palavras erradas para me expressar, e querer ir embora sem ter nenhum destino planejado.

Bianca Gregorio