Mensagens de Avó para Neta

Cerca de 147 mensagens de Avó para Neta

Feliz, feliz Natal, a que faz que nos lembremos das ilusões de nossa infância, recorde-lhe ao avô as alegrias de sua juventude, e lhe transporte ao viajante a sua chaminé e a seu doce lar!

Charles Dickens

Minha tristeza não tem pedigree,

já a minha vontade de alegria,

sua raiz vai ao meu mil avô.

Adélia Prado

O brinquedo mais simples, aquele que qualquer menino é capaz de fazer funcionar chama-se avô.

Sam Stevenson

Há pais que não amam os filhos, mas não existe um só avó que não adore o neto.

Victor Hugo

Meu avô era pedófilo. Casou com minha avó quando ela contava apenas 16 anos.
Meu pai também era pedófilo. Casou-se com minha mãe quando ela contava apenas 15 anos.
E tal como meus pais e meus avós, muitas famílias no Brasil e no mundo (senão a maioria) possuem suas raízes na pedofilia. E por que?
Por que algum jurista mal formado considerou que o COSTUME que deveria fundamentar a LEI não deveria ser levado em consideração na hora de legislar, transformando assim nossos pais e nossos avós em criminosos e nós em filhos da contravenção...

Augusto Branco

Sentimento assim nunca vi,, nem senti!Outro dia percebi, ....a vida é simples e bela, mas só é perfeita se estou junto a ti. Você é minha vida, minha alegria, o ar que respiro, minha inspiração, omeu amor!

Mariani DÁscenção- minha neta -16 anos p seu namorado

Ser avô e avó é como fazer uma colcha de retalho sim, como muitos dizem, é juntar pedaço por pedaço de cada quadradinho, de cada retângulo, de tamanhos diferentes, de cores diferentes mas sempre cores vivas, alegres, cheias de vida e transformando aqueles pequenos retalhos num ato de amor, mesmo que cada um tenha estilo próprio.

Ana Maria Pantaneira

Minha avó dizia: para ser feliz, a gente não precisa sair do lugar, a gente tem que ser o lugar.

Carpinejar

Poema para Gabriel

Avó, nome mais doce que brigadeiro,
A segurança do abraço quente,
Do colo que aconchega,
Da certeza nos momentos de incerteza.
A conversa longa... Sem pressa;
Do olho no olho, sem julgar;
A compreensão do olhar aflito;
A estrada curta que leva ao infinito;
O beijo terno;
A bronca...
O olhar severo;
A mão segura de quem já viveu;
O prato certo na hora da fome;
A cama feita, quando o cansaço consome;
A benção certa no amanhecer;
A saudade na ida
E a pergunta da demora;
O amor, quase perfeito,
Que carrega no peito
O menor gesto
De quem agora cresce...
A criança doce,
Viva nas lembranças;
A sobremesa da vida,
Alguém disse.
Avó, o cheiro vindo da cozinha;
O pratinho quente;
A compreensão;
O silêncio.
Ninguém nasce avó;
Aprende-se a ser.
Aquela que ensina os primeiros passos;
Ajuda a ler o que é quase traço;
Brinca, corre junto
E vai no compasso
Deste amor uno
Que dele precisa
Quem na vida crê.

(Ednar Andrade).

EdnarAndrade

Ser avó não significa aposentar-se e ser chamada de “vózinha” e sim voltar à maternidade e viver uma nova fase.

Neiva Lorenzoni Ferraz Busch

Uma avó, mãe duas vezes! sempre quando preciso, você me ajuda, e entende meu lado. Me dá a maior força para diminuir minhas fraquezas e fortificar o que existe de mais belo dentro de mim. Hoje, quando só penso por um segundo te perder, perco as pernas, e agradeço a Deus por ainda te ter, porque você é meu equilíbrio, que me segura ao andar, você é uma boa parte de mim. Quando respiro, sinto um alívio, porque tenho você, que me defende e acredita completamente em mim e nada mais!

Grazielle Araújo

"A BICICLETA"

Me lembro, me lembro
foi depois do jantar, meu avô me chamou,
tinha um riso na cara, um riso de festa:

"- Guilherme, vou tapar seus olhos,
venha cá."

Os tios, os primos, os irmãos, na grande mesa redonda
ficaram rindo baixinho, estou ouvindo, estou ouvindo:

"- Abre os olhos, Guilherme!"

Estava na sala de jantar, junto da porta do corredor,
como uma santa irradiando, num altar,
como uma coroa na cabeça de um rei,
a bicicleta novinha, com lanterna, campainha, lustroso selim de couro,
tudo.

Me lembrei hoje da minha bicicleta
quando chegou a minha geladeira.

Mas faltou qualquer coisa à minha alegria,
talvez a mesa redonda, os tios, os primos rindo baixinho,

" – abre os olhos, Guilherme!"

Oh! Faltou qualquer coisa à minha alegria!

J. G. de Araújo Jorge

O cadeira de balança embala o sono da avó. E junto com ela as historias que nos fazem ser. Vai e vem, você em mim.

Mel Fronckowiak

-O pombo-
Vinícius de Moraes contava ter ouvido de uma sua tia-avó, senhora idosa muito boazinha, que um dia ela estava na sala de jantar, em sua casa do interior, quando um lindo pombo pousou na janela. A senhora foi se aproximando devagar e conseguiu pegar a ave. Viu então que em uma das patas havia um anel metálico onde estavam escritas umas coisas.
— Era um pombo-correio, titia. Pois é. Era muito bonitinho e mansinho mesmo. Eu gosto muito de pombo.
— E o que foi que a senhora fez?
A senhora olhou Vinícius com ar de surpresa, como se a pergunta lhe parecesse pueril:

— Comi, uai.

Rubem Braga (Recado de primavera)

Rimas engraçadas

A é a Ana, que voou numa cana.
B é o avô Batista, que tem a mania que é artista.
C é a Cristina, que pôe a mão dentro da terrina.
C é a Camila, que tem corpinho de gorila.
D é Daniela, que come um bolo de canela.
F é o Francisco, que na parede fez um risco.
I é a Inês, que dá beijinhos num chinês.
J é a João, que come o osso do cão.
J é a Janica, que não come, mas depenica.
J é a Janja, que não gosta de comer canja.
L é a Lara, que tem seis borbulhas na cara.
M é a Mafalda, que à noite usa fralda.
M é o Miguel, que come pedacinhos de papel.
M é a avó Maria, que dorme todo o dia.
M é a dona Milú, que vestiu o tutu.
P é o Paulo, que no pé tem um calo.
R é a Raquel, que se besunta com mel.
S é a Sónia, que bebe água de colónia.
T é a Teresa, que nunca põe a mesa.
X é a Xana, que escorregou na casca da banana.

Beatriz Andrade

Minha avó
Marieta Cardoso Joanol

Mulher de garra, mãe, amiga, avó, bisavó, esposa...
com dedicação criou seus filhos...
os ensinou a trilhar o caminho do bem...
e seus filhos tiveram filhos, e os filhos dos filhos também...
e todos sempre terão orgulho de falar
dessa mulher, que com muita garra
lutou, contra o tempo, contra a saudade,
contra a doença, contra o cansaço dos anos..
minha avó de cabelos alvos como a neve,
trazidos com a experiência da vida,
minha avó cheia de paciência, que a todos servia...
minha avó, mulher prendada, que cozinhava, que sorria...
Esta era minha avó, um pouco Isnardi, um pouco Cardoso
e com o passar do tempo, um pouco Joanol...

Vó descanse em paz ao lado do vô.

Paula Joanol

Criado pela avó
ensinado pelas tias
amado pela mãe
quisto pelos amigos e traído pelos invejosos.
Mas ainda continuo gostando de trakinas.

Vinny Leal

Minha avó começou a andar uma hora por dia quando tinha 60 anos.
Agora ela está com 95 e não temos a menor idéia
de onde ela foi parar.

Ellen Degeneria

Ser avô é o caminho natural pra quem teve filhos, é a lei da natureza (multiplicar), mas não quer dizer que estou velho.

Edmilson Naves

Não culpe a distancia o fim de um grande amor, a estrada que levou-o tem capacidade de traze-lo de volta.

Rosa Neta