Mensagem para um Marido que Morreu

Cerca de 614 mensagem para um Marido que Morreu

A humanidade tá perdendo seus gênios.Aristóteles faleceu, Newton já era,Einstein morreu e eu não tô passando bem hoje!

William Rafael Dimas

Meus amigos não morreram de overdose e o meu ídolo morreu por mim. O que mais eu devo exigir dessa vida tão boa que eu tenho? Eu vou deixar rolar, acontecer e apostar que o amanhã sempre será melhor que o hoje!

Paula Navarro

"Não se trata de saudade de alguma coisa que acabou ou pessoa que morreu. É saudade do que está aí vivo, solto e nunca deixou de existir. Se não temos acesso a isso, é por falta de uma batalha maior."

Elis Regina

Imortal


Pode até meu amor já ter morrido.
Podes dizer que teu amor morreu.
Só não pode morrer, nem faz sentido,
aquele amor que nosso amor viveu.

Ronaldo Cunha Lima

eu ja estou farta,cansada
so vejo confusão
entra no meu mundo
aqui morreu mais um irmão!!

LOOOOL

Noqinhaz ... x)

Quando o rei morre, quem assume é a rainha. Assuma o seu trono, ele morreu para você.

Segredo de garota

Se Elvis não morreu... Se Disney não morreu... Se John Lennon não morreu... Pô, quem morreu fui eu?

Horlando Halergia

Se a sua esperança morreu, irmão fudeu. Ela era a última a morrer, você já não existe mais.

Projota

Dois Versos

Historinha de um verso só:
João amava Maria. Maria adoeceu e morreu. João se matou.

Allann Xavier

Pássaro

Aquilo que ontem cantava
já não canta.
Morreu de uma flor na boca:
não do espinho na garganta.

Ele amava a água sem sede,
e, em verdade,
tendo asas, fitava o tempo,
livre de necessidade.

Não foi desejo ou imprudência:
não foi nada.
E o dia toca em silêncio
a desventura causada.

Se acaso isso é desventura:
ir-se a vida
sobre uma rosa tão bela,
por uma tênue ferida.

Cecília Meireles

O doutor católico é um homem quase impossível: pois
tem de conhecer todo o depósito da fé e os atos do
papado e ainda o que São Paulo chama de os
'elementos do mundo', isto é tudo
e tudo.

Henri Lacordaine - morreu em 1861.

(Após jogar ácido muriático no chão...)
" (...) derramei uma colher de sopa do ácido em uma nódoa bastante forte ao lado da banheira. O chiado foi tão violento que temi deparar com uma horda de diabinhos surgindo do vapor. Por um momento, entrei em pânico, sem saber se o ácido, além de devorar um século de imundíce, levaria juntos os azulejos, o chão e a placa de reboco do teto do vizinho de baixo."

Procurava um Marido e Encontrei um Cachorro

(Após comer meia torta...)
"(...) Não que isso fosse uma grande coisa, pois - não me odeie - posso comer o que quiser e nunca engordar (se bem que tenho uma suspeita oculta de que todas essas calorias estão descansando em volta do meu corpo como um punhado de colchões de ar microscópicos progamados para inflar no dia do meu quadragésimo aniversário)."

rocurava um Marido e Encontrei um Cachorro

Procuro um rosto (Gláucio)
Procuro um rosto na multidão
Procuro um rosto que seja então,
Aquele que não vejo há muito
E que me faz recordar
Momentos de ternura e mansidão
Um rosto amigo e confiável...
Procuro seu rosto em todas as pessoas
Tento transplantá-lo
Para os corpos dos passantes
Imagino vê-lo vir ao meu encontro
Com passos firmes e voz pausada,
Sorriso sincero,
Confundo sonho com realidade
Somo o tempo
Multiplico a saudade
E divido a dor comigo mesma!

sonia nuss ( escrito logo após a morte de meu marido)

"De tão grande era o desejo que no primeiro beijo se perdeu.
Se entregou de corpo e alma ...morreu , viveu , renasceu...
do desejo, do beijo...sonhos que era tão meu quanto seu..."

Regina Aristides

Nunca acuse a morte por ter levado alguém que você ama embora. Nem a vida por te fazer sofrer com a partida de alguém. Mas acuse a si mesmo por não saber aceitar nem um dos lados.

A lição de uma guerra

Uma criança, que no colo da mãe, já morrendo de fome, perguntou: - Mãe, no céu tem pão? - e morreu.

Renato Aragao

Havia um gato listrado.
O gato morreu um milhão de vezes e renasceu um milhão de vezes..
e teve vários donos com os quais não se importava.
O gato não tinha medo de morrer..
Um dia, o gato era um gato livre, um vira lata..
Ele encontrou uma gata branca, E os dois gatos,
passaram seus dias juntos alegremente.
Anos se passaram e a gata branca morreu de velhice.
O gato listrado chorou um milhão de vezes e morreu.
Ele nunca mais voltou à vida.

Spike Spiegel

O Espírito de Natal morreu, por depressão gerada pela coação moral do Capitalismo...

Iago Simões

"Temos que parar de ficar pensando para onde vamos quando morremos, se continuarmos assim, vamos morrer sem ter pensado na vida"

Jhoatan Ps.