Mensagem para um Marido que Morreu

Cerca de 119 mensagem para um Marido que Morreu

Imagine que você não seja imortal porém tenha varias vidas.
A saudade pode te matar.
O amor pode te matar, assim como a paixão.
Mas a traição será a mais dolorosa e amarga das mortes!
Se por ventura você esquecer por qual saudade ou amor morreu, certamente não esquecera por qual traição fora. A traição é o trauma que jamais é esquecido pela consciência.

Douglas Varine

Desilusão

Mas eu apenas sorri
Sem forçar
Apenas ouvi
O sussurro que vinha de dentro;

Apenas sorri
E o olhar da mulata também
E olhei, cantarolei
E o sentimento voou mais além;

Essa triste melodia que sai de mim
Define o mar de emoções que se esconde
E o choro leva o pesar que está no meu peito

Quero voar para os teus braços, querida
E me alimentar do teu amor
Respirar tua essência
Sentir teus prazeres, decifrar teus enigmas...

Mas essa distância ilude um desesperado coração
Vítima da desilusão
Não seja a vida, querida
Que se desfaz de todo sentimento verdadeiro

Ah, esse meu coração!

Jamerson Soares

O REDEMOINHO D’ÁGUA NO RALO DA PIA

A água transparente sai da torneira, pra esponja cheia
De limpa alumínio, e sofre um pequeno carinho,
Das mãos polidas que a segura e a atrita
Contra a louça suja, Satisfeita no interior da pia.

E os restos dos sustentos ― o tempo
Giram em torno do maior espetáculo,
A bacia cheia d’água
No seu centro é a natureza,
Que com estupenda beleza
Cai em hélices espectrais pra outro lugar ― frustrada;
― Retorna pra dentro d’onde sai,
Em sons suaves, que nos relaxa;

E o circuito forte com a diminuição de seu volume,
Enfraquece,
E afunilando se despede,
E só esteve ali por que se engole;

R. S. JABIS

Pq q a gente complica as coisas, hein? Pq q a gente deixa o orgulho e a falta de perdão superar o amor e alimentar a saudade? Será que a gente não sacou ainda que somos finitos? Que vamos embora quando menos esperarmos ou pior: veremos o outro indo embora sem ter tido a chance de falar e fazer tudo o que gostaríamos...

Pq q a gente tem essa mania 'masoquista' de só deixar a ficha cair quando a coisa já complicou o bastante a ponto de se tornar irreversível, como por exemplo em um velório? Qual o crescimento que se adquire chorando em cima de um caixão? Pq ao invés disso, você não chora enquanto ainda pode abracá-lo, enquanto ele ainda pode te ouvir?

Quando é que a gente vai aprender...

Tainah Ferreira

Perder alguém por morte, é melhor que pela deslealdade... a morte leva o corpo e deixa amor, admiração e saudade. A deslealdade deixa mágoa, tristeza e decepção.

ZuKawaguchi

Era um desastre no amor e no ódio, um desastre na vida, um desastre na morte. Ela era uma fatalidade, não um garota fatal. Ela sempre agradecia, mas não era agradável, nunca foi. Era um sinônimo, mas nunca algo exato, tinha suas manias que ninguém nunca entendia, tinha uns sorrisos largados por aí, memorias guardadas numa caixa, que nem ela mesma tinha a chave. Aos 13 anos ganhou um presente chamado decepção, aos 16 tornou-se o presente. Com 21 anos, era um desastre, era um sinônimo de viver, tinha suas fatalidades, infelicidades, não era agradável, nunca foi…. Mas, se existia? Claro, e quem não gostava de com 21 anos brincar de existir?

Giulia Staar

Bom, afinal, nada melhor que traduzir a vida em morte, tudo que nasce um dia morre. E tudo que morre um dia renasce.

Giulia Staar

Morte pela cura
Apesar da adversidade de nossas minguadas prosas
Me resta apenas a afeição de remordimento
Granjeado por esguias e esguias horas
Mormente reitero novamente meu pungimento

Nosso ápice vigoroso tão efêmero
O que parecia incessável agora é tão célebre
Mesmo os olhos em profundo desespero
Sempre que contemplava o sorriso do demônio alegre

A entidade nefasta presente no âmago
Vista pelo cume de meu olhar
Que ecoa a resplandecência do lume que acalma

O qual inflama meu peito e o abismo
No qual o mártir de meu coração habita, a criatura
Que me mata e ao mesmo tempo é a cura

Affonso Brian

eis a morte
ela eu aceito
nâo é injusta
é a mais castigada de todas as leis
feitas pela mãe, natureza

o que eu em singela fala não compreendo
é apreciarmos o mesmo céu,
usufruirmos da mesma água,
estarmos presos na mesma esfera
e termos que nos separar
por conta de consciências passadas

todos estamos presos.
então porque não nos algemamos?
e não seremos aprisionados em outra condição:
pior que o ciclo, a solidão.
vamos nos aprisionar na nossa prisão
porque viver sozinho
é viver em vão.

kaizuq;

A saudade é anjo caído num mar de solidão,
somos bem aceitos bela morte,
ainda vivemos nossos sonhos mortos,
temos nosso próprio tempo ainda reclamamos,
nem tudo temos é o bastante,
olho o mar imenso na solidão,
então sinto minha alma partir,
saudosa solidão em meu coração,
mesmo tudo tem partido,
ainda tenho um anjo no coração,
imensa solidão sem propósitos...
ainda magoa tanto que implanto teus preceitos,
amargos na saudade que tenho,
sem mais partiu ate meus sonhos passaram,
em algumas lagrimas percebi que tudo foi sonho,
bom em tempo que passou,
situado em um mar de vaidades,
titubei no qual cálida desejei,
em tudo partiu nobre anjo que morreu,
intenso e profundo esse mar,
de águas claras te deixei,
me carregar teus braços ate confins desse mundo.
por celso roberto nadilo

Celso Roberto Nadilo

Não importa ser lembrada ou esquecida.....
Porque afinal.....a morte não existe....
Talvez eu seja eterna como os Deuses....
Senti as tuas mãos vazias....
Frias, macias num cumprimento....
Eram as mesmas mãos que eu já conhecia....
Vi a tua boca.....num sorriso estampado na face.....
Onde o sorriso de outrora estava esculpido de granito.....
Era e é um anjo doce...perdido.....
Esquecido.....num jardim...de camélias...
Os gestos e o eco de tua voz....que voz é essa.....
Dos recantos da minha memória.....
Onde vasculho em vão.......das saudades que sinto.....
Fazem parte da nossa história....
Estou feliz.....sou feliz...
Porque sou livre......sem amarras...sem correntes....
Tendo como por cenário as estrelas.....do infinito.....
Vou cavalgar pelo céu..... e dormir nas tuas nuvens....
E descobrir que a minha vida...... só a mim....
A mim pertence...
Não importa ser lembrada ou esquecida.!

IsabelMoraisRibeiro

Triste soneto à morte prematura.
Dirás que a vida cansa em amargura.
No coração digo antes...
Ferida rasgada de uma navalha.
Vai a vida, tão mal gasta.....
Quando eu morrer, eu sei...
Tu escreverás.....
Consciência que nos retalha.
Triste soneto de uma morte prematura...
O desejar, o querer, o não bastar....
Dirás que a vida cansa em amargura..
E, enganado procuras a razão.
Pálido e frio, tu me cantarás.
Que o acaso de sermos,justifique..
Nas quadras, refletido se lerá
De como, vã e breve, a vida expira.
E como em terra funda, dura e fria.
A vida, má ou boa, acabará...
Eis o que dói, talvez no coração.
Que a morte é um mistério...
Onde tudo é fugaz...
Contente por tê-lo escrito bem....
Um triste soneto à morte prematura..!!!

IsabelMoraisRibeiro

Nos jardins da saudade

Nos jardins da saudade
Colho pequenas flores de morte
Pequenos ramos de sorte
Por meio das folhas sagradas do amor
Entendo que sou eu, o lavrador.

Aqui, os ventos são plantados no chão,
Coloridos e assobiam uma canção.
São as flores do sol que exalam
O mais tênue perfume

E os brotos de noite
Lagrimam ritmos da primavera.
A classe dos sonhos
Embalam toda a atmosfera

Nos jardins da saudade
As ruas são feitas de pó
Tem veredas de dar dó
E a flor do mundo
Move-se em segredo
Recriando segundos
Com seus pequeninos dedos.

Aqui nos jardins da saudade
Há flores de todas as estações
Feitas de sombras e de ilusões
Bebem-se pequenos goles de felicidade
E fica-se longe da flor da realidade.

Enide Santos 02/09/14

Enide Santos

OH MORTE...OH MORTE...ADEUS -


Oh morte que o pavor me cubra
Dos olhos da esperança por quem viveu
Ou talvez de quem já não vive
Oh morte que o pavor me cubra
Muda agonia que o meu alento desfalece
Oh devora-me o corpo exausto que repousa
Jaz de morte nos lábios meus
Mortal desgosto cobre o meu rosto
Pedra de mármore fria de macio encosto
Oh saudade insana que não quer perder a alma
Magoa deixada na escuridão dos olhos
- Oh morte...oh morte...adeus -
Vai-te embora oh morte, ainda não é a minha hora.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca.

Para que sua morte seja sentida, seja dolorida, e a saudade permaneça, sirva de exemplo enquanto está vivo.

diógenes Oliveira

Porque à vida é morte sim, mas também é nascimento. É partida, mas é também chegada. É saudade, mas é também reencontro. Porque a vida é única, e porque acima de tudo, e apesar de tudo, merecemos ser feliz.

Autora: Aurilene Damaceno

Aurilene Damaceno

Somente no dia em que a ré for a saudade, é que vou concordar com a pena de morte

Julio Ramos da Cruz Neto

Ah... Se a saudade fosse como a morte. Seria melhor. Pois esta está contida em poucas lágrimas. Enquanto a outra é como um rio caudaloso. Na qual navegamos como barco à procura de um porto...

Marcos Ferrer

AMOR E ÓDIO
SAUDADE E SILIDÃO
MORTE E VIDA...
...SONHO E ILUSÃO...
SIMPLES PALAVRAS, FORTES EXPRESSÕES.
CAPAZES DE ENLOUQUECER E ENFEITIÇAR,
DESTRUIR E ANIMAR;
ALGO SIMPLES,
MAS,
SÓ QUEM AMOU
É CAPAZ DE EXPLICAR.
- EU SEI JÁ VIVI E SOFRI, MAS NÃO DEIXO DE AMAR.

Armando Batista Fernandes Junior

O que levamos para a pós-morte é o mesmo que temos depois da infância: Saudade e sentimento que poderíamos ter aproveitado mais!

Doda Mandu