Mensagem para quem Perdeu Ente Querido

Cerca de 1773 mensagem para quem Perdeu Ente Querido

eu não acho que seja possível preencher um espaço vazio com aquilo que você perdeu. (...) Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem.

O Teorema Katherine

"De tão grande era o desejo que no primeiro beijo se perdeu.
Se entregou de corpo e alma ...morreu , viveu , renasceu...
do desejo, do beijo...sonhos que era tão meu quanto seu..."

Regina Aristides

...Lutar por aqueles que você perdeu
e por aqueles que tem medo de perder
talvez seja assim que todos devam viver...

Rock lee!

o tempo passa e o amor fortalece, as lágrimas caem no olhar de quem perdeu o qui mas amava

José victorino ferreira

A MORTE DO ENTE QUERIDO

À Angélica Lovatto

Perplexo o coração recebe a notícia,
O ente querido morreu de repente,
Questões, angústia, a face em uma
Tempestade de areia se transfigura.

O tempo que não se separa da alma,
Neste átimo insuportável, a deixa,
Foge de si mesmo, e só volta a ele
Quando sem anseio o vento acalma.

Dos orifícios das pálpebras germina,
O império belo, em fúcsias roídas,
Que líquidas tomam da Vida a Forma.

Sofremos não porque o outro morre,
Mas porque nó’s vemos uma imagem
A menos no Espelho que nos mostra.

R. S. JABIS

Como superar a morte de um ente querido?Você não supera,uma parte de você morre junto.O que te mantém vivo são as lembranças e todo amor,carinho e afeto que essa pessoa te fez sentir.

Blair Freudiana

A melhor forma de homenagear nosso ente querido, é viver as qualidades que ele radiava.

jadson de sousa gonçalves

Molhe os lábios de um ente querido muitas vezes sem força para levantar a taça e aplacar a sede que o consome.

Paulo Boechat

As vezes perdemos um ente querido e alguém vem e nos fala: Não chore, porque agora ela está em um lugar melhor.
- Mas, e a saudade? O que fazemos com a saudade?

Deka Rissi

“Quando um ente querido seu partir não chores, pois os anjos o levarão para os mais belos bosques das luzes mais intensas que a Divindade Celeste proporcionará a ele em seu descanso eterno da felicidade e do amor mais puro que sua alma já mais veria nesse mundo. E na tua chegada aos bosques celestes trombetas fervorosas serão tocadas anunciando a chegada de mais um dos filhos amados da Divindade Suprema. Será recepcionado com grande festa por seus amigos que viram em seu encontro e será levada a presença de Deus que pedira a ele que cuide como anjo da guarda de todos os que choram a tua partida do mundo em que estava.”

Herbert Alexandre Galdino Pereira

A experiência de perder um ente querido pode ser considerada a única que não nos torna maduros para aceitar outras perdas. Se vem de repente é um choque e se vem com aviso prévio te acaba aos poucos por dentro. Quando sentimos vontade de doar a nossa vida por alguém é um dos momentos em que o amor se revela de forma mais incondicional. Quando recebemos uma notícia e a ficha só cai de verdade quando tomamos um banho , deitamos e não conseguimos dormir sentindo nosso corpo tremer de medo daquela que é a única certeza da vida mas não estaremos nunca preparados para aceitar sem dor. Nenhuma palavra é capaz de expressar essa dor e nenhum remédio tem eficácia contra ela. E quando pensamos que somos fracos nós ficamos fortes porque o que nos move na fraqueza é maior do que aquilo que podemos imaginar : DEUS.

Laura Astrolabio

É impressionante como quando alguém que gostamos perde um ente querido, sentimos como se fosse com a gente

Natsuo Oki

Motivos que levam ao suicídio: bullying, baixa auto estima, morte de ente querido, amores não correspondidos, depressão, etc… Eu sou uma provável vítima, tão certa que a possibilidade não me sai da cabeça. Sofro com tudo que citei e sofro também com a falta de coragem de não me render à faca da cozinha, à corda do balanço do meu irmão, aos remédios e produtos de limpeza que estão espalhados pela casa. Sou tão covarde que não consigo desistir. Em cada canto vejo uma possibilidade de acabar com tudo, mas optei por continuar, talvez a covardia seja minha maior coragem, pois decidi viver e encarar a vida com as armas e chances que tenho, mesmo com a sombra da vontade de dar fim a todo esse sofrimento.

Jéssica T.

Falecimento de ente querido, é o momento em que a família enfim se reúne. Você é apresentado a parentes que nunca viu e só vai ver de novo, no próximo enterro de alguém que provavelmente esta por ali... Contam-se algumas piadas sem graça ou não e meia dúzia sofre de verdade.

Ronei Porto da Rocha

A partida de um ente querido nos deixa marca e nos entristece profundamente, o vazio da perda é insubstituível. Mas, o que ameniza a nossa dor é ter a certeza de que quem nos deixou está junto de Deus.

Rosicler Ceschin

Quando morre um ente querido, entre os que o ficam cada um tem seu tempo de chorar... Isso deve ser entendido e respeitado, e ninguém deve julgar a dor do outro, baseado na ausência de lágrimas visíveis... Até mesmo porque, além de cada um ter seu tempo, todos têm sua forma de sentir e manifestar, além de haver os que nem manifestam, devido à profundidade; ao caos de sua dor...

Antonio Carlos P. Sena - Realengo - RJ.

"" Não adianta ir a frente, chegar primeiro, se atrás caminha um querido ente, talvez doente, sem forças, sem paz!...............................TROVADOR SHELL

Trovador Shell

Semelhante ao esquecimento de um ente querido que se vai, pelo qual só fica a saudade um pouco anestesiada, um "kitsch"(*) compulsório, nosso esquecimento pelos outros passa pelo cansaço que nossa presença causa, pelos traumas e sofrimentos que podemos vir a inspirar. Quando a mente cansa, ela força o kitsch, a banalização dos pesares pelo famoso “eu não tô nem aí” ou por um “não me importo mais”. Se não for um blefe, devemos nos cuidar: pode ser o último perdão e supremo ato de indulgência anteriores ao afastamento da Vida e do Amor.

(*) Kitsch: é uma palavra de origem germânica, utilizada pelo autor checo Milan Kundera para referir-se ao esquecimento compulsório que nossa mente nos impõe, visando evitar o sofrimento por algum fato ou trauma e que geralmente vem em forma de um perdão ou perda de importância dada.

Ebrael

O tamanho da tristeza pela morte de um ente querido, esta extremamente ligada a forma com que vivia o mesmo.

Julio Ramos da Cruz Neto

Ninguém se opoê da vontade do nosso criador. O desaparecimento físico de um ente-querido causa muita dor...

Raúl Domingos Pedro.