Mensagem de Aniversario para Filha

Cerca de 843 mensagem de Aniversario para Filha

Minha Pequena

...pequenina mulher,
ainda é só uma menina,
uma parede a se erguer frágil
[tudo invenção]
invenção de sua personalidade
para esconder suas muralhas...
menina, menina, menina...
[não me pertences, deveras]

mas posso reproduzir a impressão que tuas mãos me causam:
se disser que nunca vi em mão alguma dedos tão
nitidamente dóceis - diria a verdade, eu.

Minha pequena,
se possível fosse dividir-me em partes mínimas e
cada partícula pudesse ser julgada em separado,
certamente cada pedacinho da minha existência seria
uma nota musical para harmonizar a tua vida,
para encher de riso a tua boca...

Ah, o teu riso!
Teu riso é tão puro que não me lembro se de alguma brisa
senti tamanho favor. Clara Dawn

(Minha Pequena - por Clara Dawn – dedicado à Thálitha Miranda)

Clara Dawn

Sabe o que é lindo? Realmente lindo pessoal??
Ser tão pequeno e ser filho(a) de um Deus tão grande,que me ama,que te ama,que nos ama com grande amor.

Deborah Karvalho

"Posso sentir sua delicada pele nas pontas dos dedos, posso sentir o cheiro dos seus cabelos negros em cada brisa que toca meu rosto, posso sentir o toque de suas pequenas mãos a cada fechar de olhos. Alma da minha alma, pedaço da minha vida, amor guardado onde ninguém jamais irá encontrar. Guardo-te, lembro-te, sinto-te, amo-te...Júlia querida."

(Flávia Abib)

Flávia Abib

Título: VALENTINA

Te Vejo: Vitalícia, Visionária, VIP, Venerada, Valente, Valiosa.

Vossa Vontade Viola minha Verdade,
Sua Vida é Vermelha de Verão,
É Valentina Você não Veio em Vão.

Nossa Voz só Verbaliza Você, nossa Visão é Viciada em Você, a Vós Venerais, a Vós que Vibrais.

Eu Vos Vejo em Versos,
Você é VALENTINA e Vice-Versus.

Autor: Papai (Nélio Joaquim)

Nélio Joaquim

Título: Pai ou Papai

Ser Pai é amar,
Ser Papai é aPapaixonar.

Ser Pai é cuidar,
Ser Papai é se doar.

Ser Pai é alimentar,
Ser Papai é fartar.

Ser Pai é dar norte,
Ser Papai é falar volte, caso não tenha sorte.

Ser Pai é proteger,
Ser Papai é anteceder.

Ser Pai é dar presente,
Ser Papai é ser presente.

Ser Pai é conversar,
Ser Papai é poetizar.

Ser Pai é ensinar,
Ser Papai é pontificar.

Ser Pai é ter fé,
Ser Papai é vigiar, nem que seja a pé.

Ser Pai é ser fiel,
Ser Papai é ser do CÉU.

Então, não me chame de Pai,
Chame-me de PAPAI.

Autor: Papai (Nélio Joaquim)

Nélio Joaquim

Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos.
Esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta.

Junior Romano

sou filha da natureza
quero pegar,sentir,tocar,ser.
e tudo isso ja faz parte de um todo
de um misterio
sou uma só...sou um ser
e deixo que voce seja.isso lhe assusta?
creio que sim.mas vale a pena.
mesmo que doa.dói só no começo

Clarice Lispector

Minha filha...
Parece que carrega o arco-íris com si
Por onde passa deixa o rastro de cores
Um mesclado de beleza, alegria e sentimentos
Provando que a pureza existe e que a verdade se encontra ali.

Raul Wolff

Aí você lembra que, ao chegar em casa, ninguém vai estar lhe esperando. É só você, o controle remoto, suas contas, e as vezes algo para colocar no microondas enquanto você escuta o barulho do vento bater na janela. Mais um dia que poderia muito bem ser apagado. Gritaria no trânsito, um almoço sem gosto, a correria de sempre. Desperdício de vida... Onde está o sorriso que a propaganda de margarina prometeu vir incluso na compra? Quando foi realmente a última vez que eu me diverti, dancei até cair, esqueci meus problemas, ou, ao menos, comprei uma roupa nova, uma calça jeans? Mas aí chega o dia de pegar a sua filha que você não vê faz uma semana, e ela sai do elevador e corre na sua direção gritando "papá, papá, papá", desesperada de alegria, e você percebe que o motivo é você. É...você mesmo! Dá vontade de chorar de sei lá o quê; a garganta parece que fecha, dá um nó, sabe? Qualquer palavra fica agarrada como um soluço e tudo volta a fazer algum sentido...

Alessandro Lo-Bianco

Antigamente, eu tinha um teatro de marionetes. Bonequinhos de pano, presos por cordões, dançavam e pulavam na minha cama, controlados por meus dedos. Eram bonecos de pano, mas riam, choravam e até sofriam porque eu lhes dava movimento e alma. E, aos olhos de todos, passava por ser um grande artista. Aplaudiam-me. Um dia, não sei como explicar, dei alma demais a uma boneca miudinha e ela passou a cantar, chorar e rir por si mesma. E fez mais, puxou os cordões de baixo para cima, guiando primeiro, meus dedos, depois, meus olhos, e, finalmente, meu cérebro. Com o tempo, empolgou também, a minha alma. Hoje, no teatro da vida, sou um boneco de carne e osso, controlado por uma boneca miúda que dirige minha vontade e a própria vida

Alessandro Lo-Bianco

Teus sorrisos são motivados por minha presença
Sua presença, me transborda vida e coragem.
Você é minha pequena
Minha princesa
Meu presente divino
Minha pequena e grande chance de alegria
Minha filha

Eu te amo

Tatiana Corrêa

Um amor de dentro para fora, oculto aos olhos de quem não quer ver, isso mesmo um amor silencioso às vezes furioso, o tempo separa e ao mesmo tempo aproxima o coração às vezes bate forte, a preocupação e visível, às vezes princesa-flor e de repente encontro onça-espinho, para vida varias vidas um pedaço de mim, uma doce canção de amor é o que ela trás para que ouça sempre que não estiver presente.

Berenice Gomes

"hoje não tô tão legal".Criança de três anos a caminho da ESCOLA com sua Cuidadora. Lembrei-me da criança explendorosa de Nessy Bindes - saudades de Ti mamma!!

Bindes, Fá criança explendorosa

Que minha evolução espiritual alcance um dia
o nível mais elevado, onde eu possa falar da perda
de minha filha, sem derramar uma lágrima,
ao mesmo tempo em que minha alma brilha
o amor incondicional!!

Flávia Abib

AINDA SANGRA
AINDA SANGRA MUITO

AINDA ENGASGA
AINDA CEGA

PRECISO ACEITAR
QUE JÃ NÃO MAIS SOU
O QUE UM DIA FUI PRA TI

DEIXA O SANGUE ESFRIAR
AI TALVEZ EU RENASÇA

TALVEZ A VOZ VOLTE












TÍTULO : AINDA SANGRA
AUTOR : WHYTTIFIELD / JEMAVENI
REGISTRO : 18122012151251017003
PUBLICADO EM : TALENTOS / RECANTO / BECO /
RASCUNHO : 017 /
LIVRO (S) : DEIXA EU GOSTAR DE VOCÊ

À DÉBORA, SIMPLESMENTE DÉBORA

WHYTTIFIELD SAUNDERS

Parece Que Foi Ontem...


Que vi minha filha NASCER,
se DESENVOLVER, CRESCER...
Até chegar à ADOLESCÊNCIA
e dividir com o seu velho Pai
parte de sua ENERGIA / ALEGRIA
em aventuras e desventuras...
Própria da idade - que na verdade...
Embora, passe por mudanças
fica sempre na lembrança.

Chega a juventude
e agora - na fase mais adulta
o Pai vê a filha em constantes lutas
própria de troca de identidades...
Em que ela terá que enfrentar a realidade
de que a vida não é feita somente de brincadeiras
e que, é preciso pagar o preço
da grande transformação...

Que à deixa DIFERENTE
sem contudo; tirar a satisfação
do Pai que se prende a
CONVICÇÃO
que a filha Nasce, desenvolve, cresce
e ENVELHECE...
Sem perder a GRAÇA e o SENTIDO
de ser eternamente a filha do coração.

Nivaldo Duarte

Um Novo Tempo


"Um Novo Tempo de GLÓRIA,
VITÓRIA!
Chegou!
É o Tempo que o SENHOR,
preparou!".

Nivaldo Duarte

O Encontro...


Me envolve
por dentro e por fora
Me torna
límpido a toda hora
Me leva
ao Trono da Glória
Me purifica
para uma vida de vitória
Me torna forte
e cria em mim uma fortaleza
Me instrui
a seguir num caminho de proeza
Me segura pela mão
e diz: Ação!
Me enche de certeza;
que és a minha salvação.

Nivaldo Duarte

Não Desista!


DESISTIR! Este é caminho mais FÁCIL! - Prefiro SEGUIR em FRENTE, a VITÓRIA somente se CONQUISTA quando se tem CORAGEM para LUTAR na busca por sinceros IDEAIS; é preciso ter FÉ, ESPERANÇA pra SEGUIR em FRENTE, na BUSCA por CONQUISTAS!

Nivaldo Duarte

SER ANGELICAL



Vi em teus olhos, o amor nascer...
Vi em teus olhos o amor crescer...

Vi em teus lábios, o meu nome declarar...
Vi em teus lábios, dizer me amar.

Vi em teus olhos, verdades e amor...
Vi em teu sorriso, regozijo e louvor...

Vi em tuas mãos, força e segurança...
Vi em tuas mãos, calor e esperança...

Vi em teu corpo, beleza e saúde...
Vi em teu corpo, vigor e juventude...

Vi em teu jeito, um ser angelical...
Vi em teu jeito, alguém sem... igual.

Nivaldo Duarte