Meninos de Rua

Cerca de 1541 frases e pensamentos: Meninos de Rua

Deve ser você.Agora eu entendo pq vc sempre rouba o coração dos outros meninos,porque você é a perfeição humana!A União de todas as qualidades existentes que ficam à mostra e ocultam qualquer defeito, faz nossos olhos brilharem e faz até o mais canalha dos homens pensar em coisas bonitas,nesse momento eu ainda nem sei o que eu estou sentindo ou o que está acontecendo comigo!Nos meus pensamentos eu só vejo uma pessoa.Você!É a pessoa que me deixa bem humorado só pelo fato de estar proxima,aquela que quando eu não estou perto eu sonho em ficar perto,e quando eu finalmente fico por perto eu desejo faze-la feliz como vc faz comigo quando está junto!!!

Junior Loureiro

Meninos se tornam homens quando enxergam o erro como um caminho para a vitória.

Von Paumgartten

Se querem professores inspirados, os meninos têm de estar calados.

Paula Milheiro

Pra mim, não tem essa de que menina só pode usar salto, que tênis é coisa para meninos,
estilo não tem definição, cada um tem o seu, seu gosto, seu jeito, e opção nisso ninguém pode mandar! (:

Bruna Ketlyn

Meninos dos olhos verdes parece pedra de anil no dia que não te vejo faço guerra no brasil

Bruna Gomes

Mas ainda te vejo em todos os detalhes e em todos os meninos que tentam se aproximar de mim. Te vejo naquele que tem uma risada parecida com a sua. Te vejo naquele que tem um corte de cabelo idêntico. Mas balanço a cabeça, volto a olhar e de novo, não é você, eles não conseguem ser você. Abri mão de querer outros casos, outros amores, outras coisas só para poder cuidar de nós dois, que quando você chegar, e eu sei que um dia isso vai acontecer, tudo estará em ordem, tudo estará como era antes de você partir.

LaylaPeres

Era uma vez um menino, assim como centenas de outros meninos. De tanto observar as pessoas e ler livros tomou medo do mundo e da vida.
Entretanto, como as necessidades cotidianas o faziam sair de sua casa decidiu que ia se refugiar dentro de uma caixa. Tentou impermeabiliza-la, mas sem sucesso desistiu. Apesar disso, dentro da caixa ainda havia proteção, segurança e conforto suficientes.
Para cada ocasião o menino tinha uma caixa diferente. Cores variadas, estampas para dias ensolarados.
Era tudo perfeito, quando regressava ao seu lar ele saía da caixa, mas foi aos poucos se acostumando, afinal era mais prático ficar lá dentro. Aprisionado, porém seguro.
O tempo, inimigo dos mortais, passou e num dia qualquer ele viu uma menina de grandes pupilas escuras, que lhe olhou de soslaio e mesmo assim o enxergou dentro da caixa.
Como aqueles olhos eram enigmáticos para o menino. Ele quase perdeu o medo, ele quase se mostrou. Quase!
Depois disso ele experimentou uma inquietação violenta, que o fazia sufocar em seu quarto, a ponto de leva-lo a sair da caixa e se olhar no espelho. Pobre menino, tentava encontrar no reflexo o brilho dos olhos da pequena. O miserável menino, sentiu o coração bater forte quando não pode mais reconhecer sua imagem refletida.
Quem era aquela pessoa pálida que revelara o espelho?
Ele já não sabia mais. Voltou para a caixa e foi dormir.
Talvez seja esse o mito da caverna invertido e moderno.
Gente que se esconde em carapaças por tanto tempo que já não sabe mais quem é.

Mirian Machado Mendes

No metrô, os seis guardas expulsavam o pouco que sobrou de criança dentro de quatro meninos de 8 ou 9 anos, talvez tivessem 11, porém a desnutrição deve lhes ter assistido desde de sempre. Os meninos já têm cara e jeito de marginais. Que tipo de lar, comunidade, país permite que suas crianças tenham cara e jeito de marginais?

Kléber Novartes

JUGO DESIGUAL

Muitos meninos e meninas já levaram um “fora” ouvindo a seguinte sentença: “A luz não pode se misturar com as trevas.” Ou seja, teoricamente os que pronunciam esta declaração seriam a luz enquanto os que a ouvem seriam as trevas. Diferentemente do que acreditamos, isso acontece não só entre um cristão e um não-cristão, até mesmo um simples contraste na denominação já é motivo para o famoso jugo desigual.

Nessa linha, a salvação pelo "crer" já não é o bastante, o pretendente necessariamente teria de ser da mesma religião, da mesma denominação e se possível, ambos, congregarem sob o olhar de um mesmo líder. Tudo isso é teorizado a partir de uma declaração que Paulo fez aos coríntios. Entretanto, quando o apóstolo se referira a jugo desigual não criara um mandamento, muito menos fazia alusão entre crente "x" e "y”, mas sim ao fato de que muitos judeus e pagãos tentavam persuadir os recém-cristãos a abandonarem a fé.

Essa incapacidade de interpretação textual e contextual tem levado milhares de pessoas a viverem um “Romeu e Julieta religioso.” Guiados por líderes que pretendem isolar seu rebanho de qualquer idéia que não comungue com suas análises, estes instauram uma espécie de intervenção governamental na vida do fiel e freqüentemente metem a colher onde não deveriam. Não compreendem que o amor quando verdadeiro só pode vir de uma única fonte, Deus. Não existe “amor das trevas”. O Amor é uma virtude que procede singularmente do Senhor.

Ora, se me considero luz por que haveria de temer as trevas? Por acaso a luz não dissipa a escuridão? Por acaso a verdade não prevalece contra a mentira? Por acaso o bem não sobrepuja o mal? Pelo que saiba a luz permeia qualquer negrume e nele faz clarão.

Considero sim que para uma relação ser sólida um e outro devem propor subir o mesmo monte. Isso não implica que ambas devem compartilhar exatamente os mesmos credos, mas sim fome e sede de um sentimento inalterável. As equalizações entre os jugos não devem acontecer nos contextos institucionais. Logo, todo lugar que é pisado por homens está sujeito a variáveis tipos de negatividade como a inveja, o ciúme e os preconceitos. A relação deve constituir-se no âmbito da suma mensagem do Cristo, o Amor!

Cabe aos discípulos selecionarem seus companheiros pelas lentes registradas em Mateus, Marcos, Lucas e João e não pela intromissão dos Mateus, dos Marcos, dos Lucas e dos Joãos. Leia e releia o evangelho, compreenda a mensagem de Jesus e busque no seu pretendente as virtudes cristãs não as crendices cristãs. Não crie dentro de si um ambiente de preconceito religioso, mas analise o coração. Pois o amor sempre há de prevalecer sobre as diferenças e a luz de triunfar sobre as trevas.

MGT

Meninos desejam chamar atenção , Homens causam respeito e pronto.

MGT

“Questão da Maioridade”

Os meninos assumindo,
Sumindo,
Mentindo
Os horrores da vida.

Que se propagam em gemidos
Nos papéis que não vivem
E geram grande discussão
Que o problema está na chamada exclusão.

E pergunto à Lei:
De onde você veio?
E de triste diz: “Eu não sei,
Talvez foi de um imenso devaneio,
De uma classe imbuída,
De fascinante instrução,
De papéis que não ensinaram
O horror da ilusão”.

Parece que vivemos sob a égide de sombras,
Formas, formatos, contornos...
Que pouco explicam os pingos vermelhos da dor,
Agonia, angústia, aflição...
Onde rostos pequenos estão perdidos
E se perdem beira ao abismo
Das drogas das drogas, da violência,
Do terrorismo, da hipocrisia...

A política decodifica a verdade
Transformando em mentira,
Assustando a sociedade
Que se assusta nessa pseudo-realidade
E vira escrava do medo.

De longe é possível ver a situação,
Bramidos de perdão,
Onde se pedem ao menos educação,
Mas esse “pedir” parece surdos gritos,
Que não ouvem por não querer ouvir,
Vivendo em um mundo bastante rude,
Onde nem sequer o Estado traz saúde.

É o calibre das crianças.
É o tiro dos adolescentes.
São os gritos de uma esperança
Que a política as faz dormentes.

Enquanto soa a música lá fora,
Lá foram soam ruídos
Que se silenciam em eterna espera
De alguma melhoria,
Na qual nem o outono, inverno ou primavera
Irão progredir a vida
Que morre lentamente.

Muitos vivem ainda em fragmentos,
Em ilusões.
O homem cria contos de fadas e magos,
Talvez ele não queira a realidade,
Teme a realidade,
Odeiam ver os jovens reduzidos,
Seduzidos,
Por alienações,
Onde a magia escura,
Corporifica-se em artigos obsoletos,
Letras mortas assim como muitas outras.

O problema não está na Lei,
Está na lealdade governamental, política e até social
E o preço pela traição quem paga é o jovem
Que são reduzidos em papel
A apavorante dor de meras letras.

Raul Lennon

"Algumas atitudes separam meninos de HOMENS."

Carlos Adriano

Existem homens, e existem meninos, eu já cansei dos meninos.

Luana Barbosa

Bem Enfim

Siga

sigamos

Sorrindo

e voltando

Meio meninos

um pouco ciganos

Em fim

bem

M.Jardim

Não de confiança para os meninos, mas também não os humilhe

Laura Teixeira

Tento acreditar nos meninos, por mais que eu tente não acredito.

Laura Teixeira

"Eu não construo equipes do campeonato, eu construo os meninos do campeonato."

Larry Gelwix

A cada passo que damos
perdemos forças na caminhada
como meninos pequeninos
chegamos ao fim da jornada

Frádigas CjM

Lembrete
“Busque alegria nos sonhos meninos,
Nas tardes de chuva que escurecem o dia,
São nas horas de silêncio e vazio
Que mergulhamos n’alguma fantasia.

Busque a alegria no olhar perdido
Que busca o céu sem se mover,
Naquele momento de riso escondido
Que o corpo não sente, mas anima o viver.” (Ely)

Ely Antonio

A "Moral" é uma velha caolha e corcunda,que adora incitar meninos a morrerem em guerras, mas acha um escândalo uma ereção!

Roberto Axe