Menina que Virou Mulher

Cerca de 13 frases e pensamentos: Menina que Virou Mulher

A menina que cresceu e virou mulher, que deixou de acreditar em conto de fadas, que começou acreditar que so o amor vence as dificuldades e ultrapassa as barreiras mais difíceis da vida. Aquela que não gosta de amor impossível ou irreal, mas sim do amor que lhe fortalece e lhe dá ânimo para vencer a tristeza. A menina que erra bastante, as vezes acaba magoando pessoas que gosta muito e que não desiste dos seus ideais nem de seus sonhos...
Não olhe para mim e tire conclusões precipitadas pela minha aparencia ou pelo meu modo de pensar. Posso ser chata, enjuada, complicada, problematica, extressada ou patricinha algumas vezes, mas não se conhece uma pessoa pelo seu "jeitinho" ou por pouco tempo de amizade, porque a verdadeira amizade é aquela que tem um começo mas nunca um fim. Posso estar certa de que tenho inimigos, mas são eles que me fortalecem e me dão sucesso. A vida é cheia de barreiras para nós ultrapassarmos mas o caminho que construir pela estrada da vida me deixa mais forte e...hoje posso me olhar no espelho e ver que não deixei rastros ruins por onde passei !!!
Ah...e a diferença entre mim e a cinderela ???
É que meu encanto não acaba a meia noite !!!

Nattany Argélia

A doce princesa que ao conhecer seu príncipe virou rainha, a doce menina que de repente virou mulher, mas não deixou de ser doce.

Caique Roberto

ela cresceu e virou mulher,ele pensa que virou homem mas continua na mesma fita....

milly vitorya

a menina cresceu,virou mulher ,conheceu novas pessoas e te esqueceu palhaço....

milly vitorya

A menina virou mulher, a feia ficou bonita, ele acha que virou homem , mas continua na mesma fita.

Sara de Souza de Oliveira

Uma lágrima ou um sorriso.

A menina virou uma linda mulher, deixou de ser garotinha, agora ela tem que viver seus sonhos, seus anseios de felicidade, ela agora busca outros horizontes, um lugar para eternizar seus desejos outrora escondidos, mas que aos poucos vêm se revelando, ela agora precisa assumir seus erros e acertos e sair debaixo da sua própria sombra, ela agora terá que arriscar e jogar com o destino, construir sua fortaleza interior e levantar as estruturas do seu coração, a mulher que antes fora menina terá que ter jogo de cintura para descer no fundo do poço e emergir com sensatez, a vida deve mostrar-lhe suas cartas e ela terá que saber usar a sabedoria feminina para transpor seus obstáculos, sair sem ser notada e usar o verbo na hora certa, fazer seu próprio destino sem que a vida lhe cobre mais tarde, derramar uma gota de lágrima por perdas e danos, mas ganhar um mar de felicidades apenas por seu caráter elevado, agora a menina virou mulher, uma linda mulher e seu coração vai ser o senhor na sua escolha entre uma lágrima ou um sorriso.

Paulo Master

(...) Menina que virou mulher,amadurecendo os sonhos sem perder a fé.

Patty Vicensotti

E a menina, virou mulher. Deixou muitas coisas de lado, e aprendeu a sobreviver ao mundo. Aprendeu a cair e invés de desistir erguer a cabeça e tentar de novo. Aprendeu que é preciso sofrer para ser forte, aprendeu que realmente nada acontece por acaso, e que se não acontece, foi porque não era para acontecer ainda. A menina boba de antes, virou mulher inteligente de hoje. Ela aprendeu a ir atrás do que ela quer, de seus sonhos, aprendeu com os desamores, conquistar amores. Aprendeu a se amar acima de tudo e não deixar nada acabar com esse amor próprio. E que se ela não se valorizar ninguém nunca o fará. A menina cresceu e aprendeu que o amor não é tão perfeito como dizem ser, e que “para sempre”, não existem, só existem na mente de quem realmente quer se iludir com o “para sempre”. A menina, virou mulher. E aprendeu que nada na vida é fácil, aprendeu a correr atrás de seus sonhos e desejos, ela aprendeu que homem nenhum vale a lágrima de uma mulher. E que ninguém nesse mundo tem o direito de destruir sua auto-estima. A garota inocente que todos machucavam e decepcionavam, aprendeu e deu a volta por cima, e hoje, ela é mais uma aprendiz da vida, e já sabe lidar com as provações que a vida lhe oferece.

Fátima Gommes

Aquela menina que sonhava muito virou uma mulher que agora ama e trabalha muito, e não podemos evitar, pois o futuro a amadureceu, e não é mais aquela menina que vivia brincando, fazendo amigos, correndo, subindo em árvores e ao mesmo tempo aprendendo com as amizades que fez...
Depois ela começou a amadurecer... E os gostos foram mudando, o corpo, a responsabilidade e aquela menina já não brincava tanto mais, ainda fazia muitos amigos, mas os tempos de brincadeira foram sendo substituídos pelos tempos nos estudos, no computador, e saindo com os amigos...
Hoje ela é uma mulher, que terminou os estudos, que namora, que ainda continua fazendo muitos amigos e que os ama, trabalha duro e procura sempre dar o melhor de si...
Mas assim é a vida, vai mudando, amadurecendo, envelhecendo... E não podemos mudar essa realidade pois uma simples criança, daqui a alguns anos já está um adolescente, e depois de mais outros anos, já está um adulto que cuida se si próprio e da duro de si para viver bem.

Sarah Pedrosa

A menina cresceu, virou mulher, conheceu pessoas novas e te esqueceu palhaço ;)

larissa alves

A menina e o Mundo


Era uma vez uma menina, que virou mulher. Ela morava em um mundo. E um mundo morava nela. Tinha mais fases que a própria lua. E não brilhava tanto como o sol. Seus sonhos eram muitos, assim como estrelas. Ela queria fazer o bem, queria ser feliz e bonita. Muito bonita. Mais que bonita. Perfeita. Mas também queria ser feliz. E fazer o bem. Queria tudo ao mesmo tempo. Às vezes, quando sentia-se só, ouvia demais, pensava demais e enjoava. Enjoava disso tudo. Enjoava-se do mundo e seu mundo enjoava dela. Ambos insatisfeitos.

Ela era diferente, mas não única. Seu maior problema era falta de atenção. Não compreendia e logo sentia inveja: a lua era menos complicada e o sol era um astro. Ela nunca chegaria a seus pés, mas talvez pudesse acostumar-se com a ideia. Não queria nadar em dólares, mas queria estar rodeada de pessoas. Pessoas intensas e interessantes. Muitas pessoas. Em uma só. Muitas vezes, chateava-se, pensando o quão vazia seria, ou o quão vazia a viam. Ela então, abandonou seus calçados e foi andar descalça pelo mundo, para sentir as energias que o chão do mundo transmite. Novamente, pegou-se com inveja. Desta vez do mundo. Ela que se importa com o que ele transmite, gostaria também que fosse assim consigo. Que aparecesse alguém, de preferência um estranho, que se interessasse sobre as energias que ela transmite, com um toque ou um olhar.

Continuou a andar e deu-se conta de que segurava uma florzinha entre seus dedos. E que também tinha beijado suas delicadas e frágeis pétalas. De novo, inveja. Era um de seus sonhos, ser encontrada e beijada com tanta ternura. Sentir amor, mesmo de um estranho. Que na verdade, não seria um estranho. Seria de alguém que ama. E quem ama, nunca é estranho. A menina que andava descalça pelo mundo para achar respostas, finalmente as encontrou. A lua que era linda e bem menos complicada que ela, por mais admirada que fosse, morava longe. O sol, o tão incrível astro que muitos idolatram, também vivia longe. Foi então que percebeu, que mesmo não sendo tão amada e tão famosa, ela era livre e podia ficar perto de quem quisesse. E que talvez um dia, fosse minimamente conhecida. Por ser a estranha que ama as coisas, que enxerga as almas e que toca o coração. A estranha que livra-se de seus calçados e colore o mundo com o toque de seus pés. Que conversa com o tempo e chama o vento para que espalhe o amor por aí...

Pandora Luna d' Montmartre

Planos pro futuro

A menina que eu esperava, agora virou mulher
e os sonhos que eu tinha,
desmoronou e nada ficou em pé.
e os planos que fazia
o tempo atrapalhou.
e então passei de; amado a desprezado,
de principe virei sapo
e então ela mim deixou,
não sei o que fazer e nem pra onde ir,
mas um dia votarei e farei ela feliz.

Senhor Pyter