Menina Mulher

Cerca de 379 frases e pensamentos: Menina Mulher

Me olhe com desejos, na flor da idade em um sorriso maroto menina-mulher enquanto a beleza embriaga como um gole inesperado;
Mas não me pegue pelo meu ponto fraco com uma conversa fora, maltratando-me mostrando que você pode ser tão fácil para me fazer de idiota;
Eu sei que ando pirado encarando meus desafios, sorrindo com exageros para multidões que não me suporta;

Julio Aukay

Assim é vc, admirável, linda e poderosa.
Admirável por ser tão mulher e menina, uma mistura de sensualidade e ingenuidade.
Linda por saber usar sua beleza ao natural, sem se expor ainda assim chamando pra vc toda a atenção.
Poderosa... por poder e ainda assim não se aproveitar da situação pra tirar proveito material e sim, tudo de bom e sincero que vc pode..
Por isso eu te amoooooooooo...
Meu eterno amooor

Tributo a Helena

Há muito deixei de ser uma menina indecisa, para me tornar uma mulher que tem princípios e amor próprio. Amadurecer nos torna pessoas de visão mais ampla. Saber que podemos alcançar vôos inimagináveis, possíveis, pq temos capacidade de ir além do que percebemos.

Falando um pouco de mim, voltando à infância, não tenho lembranças boas, fase difícil com a minha mãe, que foi abandonada pelo marido qdo eu tinha apenas 2 meses e minha irmã Juliana 1 ano, imaginem só o sofrimento dela... foi uma barra, crescemos sem muito estrutura, morávamos no bairro Ipiranga, num barracão de 2 cômodos, banheiro do lado de fora sem chuveiro, sem TV, nem geladeira, sem café da manhã, sem roupas novas, fomos criadas numa creche até os 7 anos, me recordo que minha mãe tinha uma horta, onde o que ela plantava eu e minha irmã saíamos pela vizinhança para vender, até o feijão que comíamos era ela quem plantava.

Comecei a trabalhar em casa de família aos 8 anos, isso mesmo 8 anos de idade, uma criança, que não tinha brinquedos, mas uma vassoura na mão, não tinha salário, meu pagamento era mantimentos ou roupas, dessa época não me esqueço de uma professora que tive no Papini, de nome Maria Lucia eu estava na 2ª série e sempre qdo ia pra escola sempre mal vestida, com roupas velhas e de chinelos, foi qdo certo dia minha patroa me deu um uniforme novo e um tênis (quichute) nossa, eu estava me sentindo uma princesa... fui toda toda pra escola, vestindo uniforme novo, e ao entrar na sala de aula, minha professora disse na frente de todos os meus coleguinhas: até quem enfim vc veio vestida igual gente pra sala de aula... eu tinha 8 anos... e me recordo bem como fiquei de vergonha...... ela me ensinou muito, a nunca humilhar as pessoas.

Certo tempo depois trabalhei como faxineira na casa de José Marcio e Adelina Breguês, pessoas generosas aprendi muito, era uma patroa muito exigente, se não ficasse do jeito que ela queria mandava refazer tudo...., de lá trabalhei na casa do Sr Nilson das Colchas Elite, era muito ruim.... não tinha café, nem almoço, se não levasse de casa... ficava com fome até a hora de largar.

Aos 14 anos fui trabalhar como ajudante de cozinha na Pizzaria Donatello, de lá fui ser garçonete no Restaurante Silva Mendes, depois fui babá de duas crianças, então cansada dessa rotina, resolvi estudar e fazer um curso de informática, algum tempo depois comecei a trabalhar com o Sr. José Quaresma - Despachante Quaresma... 4 meses e não recebi nenhum centavo, mas mesmo assim fiquei grata, pois aprendi muito com ele, principalmente algumas maldades da vida...

Saindo de lá fui fazer estágio na Magnus Segurança Patrimonial, fiquei pouco tempo, pois não tinha maturidade para trabalhar numa empresa grande, eu tinha 16 anos, não aguentei, pedi pra sair...fiquei um tempo desempregada.

Aos 17 anos fui trabalhar no escritório do representante do Feijão Supang, empresa pequena parecia pouco, mas eu amava muito o que eu fazia, cada cliente se tornava um amigo e até hj é assim. Amadureci profissionalmente, aquela menina tímida que não sabia conversar, morria de medo das pessoas, foi desabrochando.... e meu chefe... era um homem educado e gentil, me ajudava no que eu precisava.

Trabalhei ali por 3 anos, e sem que eu esperasse as coisas foram tomando rumos diferentes, até que um dia nos apaixonamos... nem chegamos a namorar, dois meses depois estávamos ali, morando juntos. Já não sendo mais funcionária, mas sócia e companheira. Foram 10 anos de muito trabalho....anos depois abrimos a Plastsilk Embalagens, trabalhamos com fabricação de sacolas plásticas e caixas em geral, tivemos 12 funcionários, trabalhamos de segunda a segunda... sem folga, mas parece que a gente faz pouco, pq de tudo que fiz, não tive valor. Aquele chefe educado e gentil se tornou um marido hipócrita, ignorante e egoísta.. que ironia... mas um dia a gente cansa... e acorda pra vida.

Hoje, já separada e tendo que voltar pra realidade dos fatos, estou aqui mais uma vez, na luta por um lugar ao sol, trabalhando no que eu realmente gosto, mas ainda sim querendo mais, pois sei que posso mais e chegarei lá, com meu esforço, meu trabalho e minha dedicação.

Basta olhar pra trás e ver como é bom fazer as coisas certas, andar por caminhos corretos, sem prejudicar ninguém, sem usar as pessoas, sem fazer diferença dos outros. Como diz a minha mãe: (ser humilde faz diferença). Pra quem já esteve do outro lado, sabe muito bem o quanto a palavra respeito faz diferença na vida da gente. E por tudo que eu já vivi, mesmo pelos momentos difíceis, só posso dizer que hoje, estou muito bem. Muito feliz por ser quem eu sou de verdade.

Jusara Gandra

De Uma testemunha ocular, de uma verdadeira batalha eu vi uma menina que se tornou mulher que se tornou esposa e mãe, que consegui concilia trabalho, casa, maternidade e estudo. Há 17 anos sem nunca perde o Jeito Elaine de Ser: inteligente Calmo, Sereno, meigo, amiga temente a Deus. Ela chega ao fim de mais uma batalha que é o termino de um curso superior será uma Gestora Pública!
Nós que fazemos parte de sua Família estamos muito felizes por isso, mais vale ressaltar que você Elaine já tem Doutorado já e PHD em nossas Vidas, como Esposa mulher Virtuosa, Mãe no amplo sentido da palavra, amiga fiel, Filha obediente, sua presença em nossas vidas literalmente é um presente de Deus.
Esta e uma pequena homenagem da sua Família que te ama muito. Seus filhos Bismarck, Breno, Bryan sua mãe Noêmia sua Sogra Alda e claro do seu admirador e esposo Braitene. Que Deus continue a te iluminar a cada dia!

Braitene Marglei

Mulher menina de sorriso leve, faceiro. Que não desiste da caminhada, é forte, é guerreira. Caminha pela vida aprendendo, levando, deixando, amando, cantando, sorrindo, sofrendo. E ainda encanta aos que com a alma leve vivem ao seu redor. Mulher menina de sorriso aberto. Gosta do simples, do leve, do doce, do colorido. Vive com a poesia nas pontas dos dedos. Às vezes entristece por não encontrar, doçura, delicadeza, leveza, sorriso no seu cotidiano. Exala naturalmente toda sua alegria, magia de viver. mesmo diante de tantos dissabores ainda mantém a pureza na alma sem maldade. Seu prazer é o de espalhar sorrisos, afetos, abraçar o sol, brincar na chuva. Sentir a delicadeza das flores acariciando sua alma. Olhar seu jardim e velo-lo sorrindo como o coração de Deus.

Elza Nack

Doce menina, mulher com sensibilidade a flor-da-pele, irradiando alegria, desejos, cantando, dançando, vibrando, falando de amor. É ela, menina mulher pequenina, coração grande que muitas vezes, sem razão transborda de tanto coração.

Elza Nack

Menina Mulher é o que eu digo. Com esses seus olhos fortes, que torna qualquer palavra dita em vista, seu sorriso que mostra sua pura simplicidade, sinceridade, humildade... Diferentes de todas!! só quem ama consegui entendê-la, consegui senti-la, e essa pessoa sou eu.

Roberto AlSi

Uma menina mulher que não sabe mais o que quer. Que vive em constante mudança, que deseja novas coisas, que tem novos sonhos e desejos, mas que não deixa de pensar no futuro, mesmo que o presente não lhe dê todas as certezas que precisa. Essa sou eu, uma interrogação!

Mai Lima

''Sou uma mescla de menina mulher. Sou repleta de defeitos, manias, porém, sobressaem-se as qualidades. Eu sou um pouco de delicadeza, como os passos de uma bailarina, um pouco de estúpidez, de teimosia. Gosto de fazer uma poesia, escutar músicas românticas. Gosto de inventar histórias, gosto de me sentir bem com o que eu sou! Porque mulher é além de ser adulta. Ser mulher de verdade é ter um coração generoso, corajoso, que vibra a cada batida. Um poço de sensibilidade, de complexidade, e apesar disso tem uma garra admirável, ser uma eterna aprendiz, uma eterna guerreira. Ser mulher não é fácil não, e nem por isso deixa de ser um privilégio, uma verdadeira honra! A mulher tem dons incontestáveis, é uma dádiva de Deus. Sem a mulher a vida de um homem não teria graça. As mulheres não são belas, só pelo charme que encantam os homens quando passam por aí. Porém, por sua verdadeira essência. As mulheres são como borboletas que voam, que são lindas por natureza. A mulher é um ser realmente deslumbrante!''

Lubs__

As pessoas pedem que eu cresça, vire mulher. A verdade é que talvez eu ainda seja apenas uma menina... Não por medo de crescer, mas por que esta sou eu realmente. A mulher que troca o salto alto pelas sapatilhas, o vestido curto pela saia rodada, o batom vermelho pelo cor de rosa. A mulher do cabelo bagunçado, das pulseiras coloridas e do lacinho no cabelo. A mulher do quarto cor de rosa, que ainda guarda seus ursinhos e que mentém os sonhos de menina. Que ainda guarda seus diários. Que passa horas no seu quarto, trancada, sonhando. As pessoas não entendem que esta sou eu, a menina-mulher ou a mulher-menina. E que cada pedido para que eu cresça são em vão, eu nunca vou crescer, vou ser sempre está. A menina meiga, insegura, sonhadora e misteriosa. A mulher com ares de menina. E mesmo que mulher eu vire, vou ser sempre, por dentro, está menina.

Michele Porsche

Quem eu sou ? Uma menina mulher que ama escrever, apaixonada por música e que vive num mundo de sonhos e devaneios !

Leônia Teixeira

Pra vc MULHER, mãe, menina, que muitas vezes se descabela só pra saber se está tudo bem com os seus entes queridos... quantas vezes não se importando com a maquiagem acabada de fazer, passando a mão no rosto querendo secar as lágrimas que várias vezes tenta esconder, mostrando aos que estão ao seu redor que está tudo bem, quantas vezes chorou quietinha sem estardalhaço só pra que as pessoas não soubessem que aquele era um momento fraco e que impossível era o controle das lágrimas...Mas a sua força sempre estava estampada no semblante, da mesma forma que mostrava a decepção com alguém...Sensível? Claro! Este sentimento só um ser humano como vc que será capaz de sentir... E sempre mostra e ensina o que é enxergar o próximo...Pabrabéns Mulher!!!
Aceite é com muito carinho!!!


Dedicado a minha amiga (Nilva Oliva Crevelaro)

Sol Lima

Análise de uma menina - mulher
Para uma mulher de mais de trinta algumas descobertas podem fazer com que seu mundo caia.
Não desmoronei por não ser forte, não caí por não aguentar a vida e não me machuquei por não conseguir brincar. Apenas desmoronei, cai e me machuquei quando descobri que o príncipe não iria mais vir, e que ele na verdade, não estava perdido no caminho com seu cavalo branco, e sim que realmente ele não chegaria. Demorei anos para aceitar esta verdade e até hoje no fundo do meu coração ainda tem uma parte de mim que ainda acredita. Me tornei uma pessoa estranha,confusa e perdida por não querer aceitar esta realidade. Hoje sou mais sonhadora do que antes e tenho ainda esperanças que um dia irei acordar e estar vivendo o meu conto de fadas e com o tão esperado final feliz e o príncipe salvando a princesa da bruxa má.
será que sou normal por pensar assim? Por ser tão sonhadora? Por acreditar em contos que sei que não existem?
Apesar de todos os males que os contos me provocaram, eles também me ensinaram a ser esta pessoa cheia de esperança que sou hoje, apesar de viver num mundinho só meu: tenho minha família, minha casa, meu trabalho. Acordo todos os dias às 6 horas da manhã e saio para a batalha. E à noite quando chego em casa, faço comida, preparo tudo para o próximo dia e só então quando todos já estão dormindo, me perco em meus pensamentos até a madrugada, com príncipes, princesas e muito amor, mas nestes meus pensamentos a princesa não sou mais eu e sim outras...
A verdade é que sei que não existem príncipes, mas existem homens protetores que salvariam sim, a mulher que amam. Aquele que destrói meio mundo para se vingar de alguém que fez mal a quem amam ou então aquele que acorda no meio da noite ouvindo barulhos e sai pela casa para ver o que é.
Este sim seria o príncipe encantado: o super protetor, apaixonado e companheiro.
Quem sabe um dia......

Érica Müller

As vezes sou adulta...as vezes menina mulher!...mas não gosto...mas o que fazer?...cresci...porém enquanto minha alma for jovem...vou buscarei novos horizontes...amarei como adolescente que...se entrega por inteiro sem medo ...pois sei que este é o caminho pra ser feliz...amar e nada mais!

Rosângela Aparecida Ribeiro

Quem sou eu? Sou uma mulher, mas me sinto uma menina. Sou confusa, também lúcida. Ainda não vivi muito, porém, tudo o que vivenciei foi de forma intensa.
Já me desiludi bastante, também já me iludi porque quis. Afinal certas coisas acontece
m porque você permite.
Espero muita coisa da vida, tenho vontade de seguir o céu sem rumo. Mas que durante este percurso eu encontre algumas respostas e tudo o que eu havia perdido, foi necessário me perder para poder me encontrar.

Aline Pinheiro

Para ser a mulher é preciso ter a grandeza, esperteza e inteligência de uma menina.

Marister Alves

Nada mais charmoso que uma mulher com olhos de menina.

Andre Saut

Jeito de menina, corpo de mulher.. Quer mais?!
Simpatia, alegria, timidez, humildade, simplicidade de viver, de ser, de agir.
assim sou eu, contentando-me com pouco amigos, mas verdadeiro
sendo feliz ao lado de pessoas que amo, e que me amam
sem implorar sem me humilhar sendo apenas eu, assim simplesmente assim.
Sabendo que nada é pra sempre, e sempre aproveitando os momentos pouco a pouco, dando o melhor de mim, fazendo feliz
a quem quer me fazer feliz.
Padecendo amores constantes, inconstantes. Amar, brincar, ser feliz e mais nada.!

Larissa Karen

Caroline

Carrega corpo de mulher,
Vosso rosto de menina.
Quem esculpiu Caroline,
Com tamanha primazia.

Caroline no andar levita,
Ou imagino eu que seja assim.
Mas contemplando Caroline,
Não enxergo, vejo um Querubim.

Caroline estica os lábios,
Observo... Talvez vá sorrir.
Caroline rompe os lábios.
Deus encosta do lado
Curioso também para assistir.

Do riso iluminado,
O olhar de Caroline brilhou.
Deus se retira do lado,
Com o riso que sua presença abafou.

As curvas de Caroline,
É obra prima do tempo.
Dos pés que levitam aos cachos,
Que dançam no encontro com o vento.
Apenas lhe vejo por fora,
Imagino somente por dentro.

Perco-me dentro de ti.
Caroline é vastidão.
Pequeno sinto-me aqui,
Caroline é grande estrela...
Eu um pequeno grão.

Mista menina mulher,
Caroline o anjo sem asas.
Descera do trono dos deuses,
E feito semente bem rara...
Fora na terra plantada.

Crescera divina entre homens,
O ser invisível encarnou.
Deram-lhe o nome Caroline,
Mas no céu lhe chamam de amor.

Como encerrar o poema,
Sem limitar o sublime.
Sem rebaixar o poeta,
Para que não desanime.
Encerro como no começo,
Citando o nome CAROLINE...

David Eliom

[...] E como uma menina mulher que não desiste dos seus sonhos ela foi lá, foi tentar mais uma vez, ela sabia onde encontrar ele e ele estava lá, naquele mesmo banco sentando na beira do lago, era tarde, ela chegou e pôs sua mão no ombro dele, ele com aquela expressão de surpresa e de quem não sabia o que falar, ela logo sentou, olhou fixamente, os dois ali naquele momento mágico, onde os sentimentos se cruzam e o amor vira verdade, onde o amor vence qualquer outro obstáculo que seja, onde não há espaço para o mal, o universo inteiro conspira por aquele momento e ela sem nenhuma gota de orgulho pergunta: - Me aceita de volta? E ele como quem tem um tesouro a zelar e uma vida inteira pra ser feliz, responde: - Eu nunca deixei você ir embora, se for pra voltar, que seja pra sempre!

Pedro Hugo