Menina Ingenua

Cerca de 2760 frases e pensamentos: Menina Ingenua

Este é um pequeno fato. Você vai morrer

Morte - A menina que roubava livros

Ela 2

Ela é aquela menina que vive a vida com a MAIOR das intenções, ser FELIZ. Ela tem seu próprio ESTILO, é divertida, simpática, amorosa, alegre, entre outras coisas. Ela comete pecados, e magoa muita gente. Mas sempre tenta concertar seus erros. É uma garota mimada, gosta das coisas do seu jeito, e quando não saem tenta entender o por que. Apaixona-se muito fácil, muitas das vezes acaba levando a pior, mas com isso ela aprende cada vez mais a lidar com as pessoas. Tem amigos, mas os amigos verdadeiros ela conta nos dedos. Tem MUITOS colegas, e sempre tenta fazer mais. É ODIADA por algumas pessoas e amada por várias. Ela é humanamente INCAPAZ de agradar a todos, mas sempre TENTA dar o melhor de si. Ela causa INVEJA e CIUME em muitas pessoas, não tem tempo para os DESOCUPADOS que só sabem falar mal dela por trás e não tem coragem de falar com ela pessoalmente. Ela gosta de festas, vai á shoppings e adora dançar. É uma pessoa normal como todas as outras. Tem suas duvidas, adora fazer palhaçada. Se estressa muito fácil e não se abala por qualquer besteira. Não é correspondida muitas vezes, mas não deixa se levar por causa disso. Tem muito que APRENDER ainda. Ela vai seguir seu sonho e alcançar seu objetivo de ser FELIZ.

Beatriz

EIS UM PEQUENO FATO:
Você vai morrer.
(...)
REAÇÃO AO FATO SUPRACITADO:
Isso preocupa você?
Insisto - não tenha medo.
Sou tudo, menos injusta
(...)
UM ANÚNCIO TRANQUILIZADOR:
Por favor, mantenha a calma, apesar da ameaça anterior.
Sou só garganta...
Não sou violenta.
Não sou maldosa.
Sou um resultado.

Markus Zusak - Livro A menina que roubava livros

Sobre a morte...basta dizer que, em alguns ponto do tempo, eu me erguerei sobre você com toda a cordialidade possível.Sua alma estará em meus braços.Haverá uma cor pousada em emu ombro. E levarei,você embora gentilmente...

Marcus Zusak - A menina que roubava livros

Não quero ter esperança de mais nada. Nao quero rezar para que Max esteja vivo e em segurança. Nem Alex Steiner, porque o mundo nao os merece.

Markus Suzak - A menina que roubava livros

'Silencio: ausencia de som ou ruido. vocabulos correlatos: quietude, calma,paz.'

'Agora, mais do que nunca, o numero 33 da rua himmel tornou-se um lugar de silencio, e nao passou despercebido que o dicionario duden estava completa e profundamente errado, em especial nos seus vocabulos correlatados. O silencio nao era nem quietude nem calma, e nao era paz.'

Markus Suzak - A menina que roubava livros

O branco é sem dúvida uma cor e, pessoalmente, acho que você não vai querer discutir comigo.

Markus Suzak - A menina que roubava livros

..Anos antes, quando os dois haviam apostado corrida num campo lamacento, Rudy era um conjunto de ossos montado às pressas, com um riso irregular e hesitante. Sob o arvoredo, nessa tarde, era um doador de pão e ursinhos de pelúcia. Um tríplice campeão da Juventude Hitlerista. Era seu melhor amigo. E ESTAVA A UM MÊS DE SUA MORTE... ESTAVA SE DESPEDINDO DELE, E NEM SABIA..

Markus Suzak - A menina que roubava livros

"E o riso dele? Era algo absolutamente dominador. Ninguém tinha a menor chance diante dele."

A menina que roubava livros , Pedro Arantes

Viver.
Viver era ficar vivo.
O preço era a culpa, aliada à vergonha.

Markus Zusak - A Menina que Roubava Livros

Em completa desolação, olhei para o mundo lá em cima. Vi o céu transformar-se de prata em cinza e em cor de chuva. Até as nuvens tentavam fugir. Vez por outra, eu imaginava como seria tudo acima daquelas nuvens, sabendo, sem sombra de dúvida, que o sol era louro e a atmosfera interminável era um gigantesco olho azul.

Markus Suzak - A menina que roubava livros

Arrancou uma página do livro e a rasgou ao meio. Depois, um capítulo.
Em pouco tempo, não restava nada senão tiras de palavras, derramadas feito lixo entre suas pernas e em toda a sua volta. As palavras. Por que tinham que existir? Sem elas, não haveria nada disso.
(…)
De que adiantavam as palavras?
Nada acolheu os chamados senão o silêncio.

Markus Suzak - A menina que roubava livros

"...Mais uma vez com aquela cara de menina ingênua, Julieta seguia seu caminho. Sua rotina era sempre a mesma, porém sempre acordava com um sorriso sincero no rosto, esperando que todo dia fosse único, independente dele ser bom ou não. Essa dúvida sempre ficava no ar. “Hoje vai ser melhor?” Evitava pensar, ela queria se surpreender, não se decepcionar. A sua rotina tinha seus altos, e baixos..."

Carolline Milici

Ela é a menina mais ingênua e maliciosa que eu conheço, é mulher mais segura e sensacional que eu já vi.
Ela consegue arrancar suspiros, olhares e assovios por onde passa.
Poxa ela é incrível, só que coitada, ela não dá moral pra ninguém a espera de um babaca que não sabe o que quer da vida.

Amanda Emília

Alguns te fazem de menina ingênua e outros te fazem mulher

Alguem

A menina que todos usam, é a ingênua. Que distingue-se daquela que se deixa ser usada por todos.

Lilian Gonçalves

você me pergunta por aquela menina ingênua, que sempre ria a toa e que mesmo chorando limpava as lágrimas dos outros, quer saber o que aconteceu com ela? O mundo ensinou pra ela que lutar vale a pena mas isso depende por quem ela luta, o mundo ensinou pra ela que não basta amar, pra isso tem que se aprender a sofrer, também ensinou que força tem mais a ver com a quantidade de decepções que ela aguenta e não com o tempo que se passa dentro de uma academia, e também ensinou que palavras, são apenas palavras o que vale é quem ás diz e como ás diz, o mundo ensinou pra ela que sozinha ela NUNCA iria conseguir, ensinou que ela ia cair mas que ela ia ter que aprender a levantar com a cabeça erguida e sempre olhando pra frente, ensinou que o amor cura as maiores feridas mas também é ele que as causa, ensinou que se ela olhar pro passado vai continuar presa nele então ela ia sempre seguir olhando pro futuro. Ensinou que não importa o que ela tem na vida, afinal bens materiais não ajudam na procura pela felicidade, o que importa é quem ela é na vida, ela aprendeu que pessoas falsas vão aparecer só depende dela deixar ou não elas entrarem em sua vida e invadirem seu ambiente, ela descobriu que você era mais um igual aos outros. Quer saber o que aconteceu com ela? ELA CRESCEU

Mariana Bavaresco

Toda menina boba e ingenua, esconde uma garota atrevida e até sensual.

Gschardosim

Desculpe por não ser a menina boa quietinha e ingênua. É que a vida me mostrou cedo o que acontece com quem permanece na inocência e sinceramente, não vou ficar parada só pra você ter boa imagem de mim. Não nasci pra ser platéia eu quero é fazer meu espetáculo.

Amacilene Brito

Não sou mais aquela menina, boba, ingênua...aprendi, mudei meu jeito. Deixei de tentar ser perfeita, pra ser notável. E isso sim, faz toda a diferença.

Renata Martinelli