Mamae de primeira Viagem

Cerca de 911 frases e pensamentos: Mamae de primeira Viagem

Sopro de Vida...

Um pouco dodói.
Mamãe sopra a testa
E o mal que resta.

Francismar Prestes Leal

Mamãe Que Disse...

Olhos rubros.
O que houve, filho?
Covitivite, pai.

Francismar Prestes Leal

Pinta a Mamãe?

Mãe sentada,
Sendo "pintada".
Felicidade é simples.

Francismar Prestes Leal

Criança é Fogo...

Eu sou o leão!
Mamãe é a tigresa!
Papai? Ah! É o gambá!...

Obs.: Verídico!; até que sou bem cheirosinho...

Francismar Prestes Leal

Par... Mesão.

E tira meias.
Mas que chulé, filho!
É que mamãe gosta de queijo...

Francismar Prestes Leal

Mamãe e Papai.

Voçês me ensinaram que nunca é tarde e que só o sofrimento e as lágrimas engrandeçem e enriqueçem
o homem.

Maria Tereza costa lira.

Eu... como uma criança refugiando-se ao colo da mamãe;
Eu... com um imenso, mas com aquele imenso desejo de abraçar o mundo, como que só ele pode me acalentar dessa imensa desilusão... frustrações que vieram a calhar em todo o meu ser, desajustamente...desajustamente de uma adolescente...
(Escrita em meu caderno de poemas em 01/08/1985)

Léia

A gente só vai perceber que cresceu, quando o colinho da mamãe e do papai não resolverem mais os nossos problemas.

Renée Venâncio

A cada noite uma nova droga, um novo fim, e a culpa é sua mamãe!!!

PauloRockCesar

Papai, mamãe... Por mais que possa doer, muitas vezes dizer “NÃO” a um filho pode representar um imensurável e duradouro gesto de amor. Disciplina é o limite que separa o caráter de uma pessoa de um caminho que pode não ter mais volta.

Renée Venâncio

Mamãe sempre faz a mesma cara quando acorda. Titia sempre senta no mesmo lugar. Lucas sempre está dormindo. Eu odeio rotina.

Philipi Estevão

Querida mamãe Paola tua criança é um SER que depende Cem por cento de cuidados 24 horas, veja com quem deixas para trabalhar, mas não saia sem um chapéu de tecido e meias-Pés.

Bindes Fá - crianças

Mamãe, por que só meu irmão vai receber a bênção de papai?


– Porque ele é o mais velho. Os mais velhos herdam as honras da família e a maior parte dos bens.


– E por que não pode ser diferente?


– O que você quer dizer com isso?


– Gostaria de receber a bênção também. Não somos gêmeos?


– Vou lhe contar um segredo. Quando estava grávida de vocês dois, Deus me disse que havia duas nações em meu ventre e que o mais velho serviria o mais novo. Portanto, Deus tem algo melhor para você.


O garoto ficou pensando naquilo e cresceu imaginando como aconteceria. Certo dia, seu irmão chegou cansado e faminto da caçada. Ao passar pela sua barraca, sentiu um gostoso cheiro de comida e pediu-lhe um pouco. Ele viu aí sua oportunidade.


– Podemos negociar: eu lhe dou a comida e em troca você me dá seu direito à bênção da primogenitura.


– Se eu morrer de fome, você ficará com ela. Então, vamos negociar.


Ele não se esqueceu do negócio, mas o irmão sim. E, quando chegou a época de receber a bênção, ele enganou seu pai que estava cego e se passou por seu irmão, que havia nascido antes dele, recebendo assim a bênção. Quando seu irmão descobriu, ficou tão zangado que prometeu matá-lo. E ele teve que fugir (Gênesis 27).


Jacó peregrinou por outras terras, teve que trabalhar duro para conseguir seu sustento e vencer na vida. Foi enganado por seu sogro mais de uma vez... Enfim, ele só complicou as coisas, porque quis resolver a seu modo e não esperou pelos planos de Deus.


A cobiça lhe custou muito caro. A família dele (israelitas) e de seu irmão Esaú (edomitas e moabitas) foram inimigas e guerrearam muitas vezes entre si. Que tristeza quando as coisas são consideradas mais importantes, você não acha? Avalie melhor suas prioridades. Deixe que Cristo ocupe o primeiro lugar e, então, tudo será melhor. E não se esqueça, Ele nunca deixará um filho fiel passar por necessidades. Confie!

Não cobice. Êxodo 2017 Bíblia Viva

Se você quer ser minha inimiga, queridinha, eu tenho pena de você! Mamãe nunca ensinou que criança que brinca com fogo faz xixi na cama?

Vanessa Pimentel

Espero que a mamãe gato tenha parido pelas redondezas, porque eu estou querendo os gatinhos...

Daiane SaMo

Você era tão doce, não era? A princesinha do papai, a queridinha da vovó, a fofinha da mamãe. Tinha bochechas fofas e rosadas, as quais todos gostavam de apertar. Sua única preocupação era lembrar os horários dos seus desenhos animados preferidos. Brincava o dia todo, voltando para casa só quando anoitecesse. O tempo foi passando. Você foi crescendo. Tornando-se responsável. Tendo que lidar com os seus problemas. Não podendo mais brincar o dia intero. Tendo tarefas de casa para fazer. Vendo pessoas indo embora e outras chegando. Tropeçando. Caindo. Levantando. Machucando-se. Onde está a princesinha do papai? Será que ela está adormecida? Será que teve que partir assim como os outros? Será que se perdeu? Será que voltará? Em vez dela, cresceu ali, uma menina perdida no meio desse mundo. Uma menina frágil, tendo que aprender a viver. Uma tarefa muito difícil, que nunca saberemos se estamos fazendo certo ou errado. Vejo uma lágrima cair do rosto dessa menininha tão pequena. O que será que aconteceu? É. Ela se apaixonou pela primeira vez. Decepções e mais decepções vieram. Agora vejo uma menina que usa maquiagem. Usa para esconder as olheiras e os olhos inchados de tanto chorar à noite. Uma máscara. Sim uma márcara, para esconder todo o seu sofrimento. Pelo jeito a princesinha adormeceu. Adormeceu e talvez nunca mais vá voltar.

Julia Weber Ferraboli

[...] Mas me esconda na tua barra mamãe, pois ainda tenho medo do seu partir. Segure minhas mãos, pois quero estar contigo sentir-me seguro em ti.
Não parta amor eterno; Não se vá mamãe... Antes que eu possa partir [...]

Lucas Barbosa Bernardi

Aí então você cresce, e seus hábitos mudam. Você passa a não ser a princesa da mamãe ou a pequena do papai. As razões das suas lágrimas se tornam diferentes, e um sorriso? Ah, nossa. Esse continua ali, sempre. Mais não como antes, não tão verdadeiro. Você também vai aprendendo a superar obstáculos na vida que antes pareciam insuperáveis. Aprende, com muito sacrifício que a vida, apesar de tudo, continua.

Thays Lima!