Mamae de primeira Viagem

Cerca de 915 frases e pensamentos: Mamae de primeira Viagem

Nasci para, a alegria da mamãe e do papai, felicidades dos titios, orgulhos dos avós. Nasci pra ser feliz.

Michael Adryell

Mamãe passou açúcar em mim. Devia ter passado colírio diet, pra tanto olho gordo.

Joabe Kubitschek

Sua mamãe foi uma rainha
E você uma princesa
Era linda e te amava
Mas ela teve que partir.

Seu papai foi tão bonzinho
Como um anjo lá no céu.
Se você procura e chama
Ele cuida de você.

Não me diga mentirinhas dói demais,
Eu já sei que estou sozinha,
Sem meus pais,
Eles foram pra bem longe,
Esqueceram que nasci,
Me deixaram sem carinho por aqui.

Não me diga mentirinhas dói demais,
Eu já sei que estou sozinha,
Sem meus pais,
Eles foram pra bem longe,
Esqueceram que nasci,
Me deixaram sem carinho por aqui.

Não, não chore,
Eu estarei sempre contigo
Se sofrer, poderá contar comigo.
Sempre vou te amar
Nós vamos brincar
Vamos ser felizes
Nunca mais chorar.

Não me diga mentirinhas dói demais,
Eu já sei que estou sozinha,
Sem meus pais,
Eles foram pra bem longe,
Esqueceram que nasci,
Me deixaram sem carinho por aqui.

Não me diga mentirinhas dói demais (não, não chore)
Eu já sei que estou sozinha
Sem meus pais (não, não chore)
Eles foram pra bem longe
Esqueceram que nasci
Me deixaram sem carinho por aqui.

Giovanna Grigio.

* DESABAFO DE * MINHA INESQUECÍVEL MAMÃE*
* NAGIBA ABAHÃO DIB, OU *LATIFE, QUE QUER DIZER DELICADA EM ÁRABE.*
12/ 1950
PASSAVA EU POR MUITAS DIFICULDADES,MAS, COM GRANDE VONTADE DE LUTAR,PARA VER MEUS CRIADOS, DANDO LHES BOM EXEMPLO DE LUTA E HONESTIDADE.
FOI ASSIM QUE, MORANDO EM UM PORÃO,PAGANDO POUCO ALUGUEL,RESOLVI COMPRAR UM TERRENO EM UMA VILA AFASTADA,,ESTAVAM ABRINDO A PRIMEIRA RUA COM CARROÇA, QUE, SERIA A RUA UM , ERA FIM DE ANO DE 1950, MAS EU NÃO POSSUÍA OS $40.00 CRUZEIROS,PARA DAR A ENTRADA DO LOTE
A DONA DA CASA EU QUE MORAVA ME CEDEU O ÚLTIMO ALUGUEL PARA AJUDAR ME NA COMPRA DO MESMO. EM JANEIRO DE 1951,NO CONTRATO, CONSEGUI MIL TIJOLOS, 100 TELHAS, UMA PORTA E UMA JANELA,PARA PAGAR JUNTAMENTE PARA PAGAR NA PRIMEIRA PRESTAÇÃO DO TERRENO. LOGO ENVIEI UMA CARTA PARA MEU CUNHADO QUE ERA PEDREIRO,PARA A CONSTRUÇÃO DE *UMA CASINHA*PARA NÓS, QUANDO OS DOIS CÔMODOS, ESTAVA COM O TELHADO,COLOQUEI MEU POUCOS PERTENCES,COMO CHOVIA MUITO O CHÃO DE TERRA CEDIA,TIVE QUE FORRAR O CHÃO COM PEDAÇOS DE TIJOLOS,MAS PARA MIM, ENTRAVA NO CÉU,POR TER UMA CASINHA E APESAR DE NÃO TER LUZ, ÁGUA, ASFALTO E NEM CONDUÇÃO. COM ORGULHO DIGO: PAGUEI COM MUITO SACRIFÍCIO E MUITAS VEZES, COM LÁGRIMAS NOS OLHOS,*LEVEI DEZ ANOS PARA PAGAR O TERRENO E MINHA CASINHA FOI FEITA DE TIJOLO E BARRO.


DENTRE OS POUCOS PERTENCES QUE FIQUEI DE MINHA MÃO ESSE DOCUMENTO *CARTA ESCRITA POE ELA,ESTÁ EM MINHAS MÃO PARA PROVAR A VERACIDADE DO QUE ESCREVO HOJE,,AGRADEÇO AO nosso deus, POR TER TIDO UM ANJO EM MINHA VIDA....minha mãe.

ESCRITA POR MINHA MÃE E DIGITADA NO PENSADOR ,POR MIM.

DIVANIL GARCIA DE TOLEDO FILHA DE *NAGIBA ABRAHÃO DIB, E LIBERTO GARCIA DE TOLEDO.

divanilgarcia

Lana: Depois dos meus pais e de Nell, tenho medo de ser abandonada.
Chloe: Senti isso quando mamãe foi embora. Temia que meu pai fosse também. Mas ele disse que eu não precisava provar que merecia meu lugar. Você também não precisa.

Smallville - 2 Temporada - Eps9

Oi mamãe, tudo bom? Eu estou bem, graças aos Deuses, faz apenas alguns dias que você me concebeu em sua barriguinha. Na verdade, não posso explicar como estou feliz em saber que você será minha mamãe. Outra coisa que me enche de orgulho é ver o amor com que fui concebido. Tudo parece indicar que eu serei a criança mais feliz do mundo!
Mamãe, já se passou um mês desde que fui concebido e já começo a ver como o meu corpinho começa a se formar, quer dizer, não estou tão lindo como você, mas me dê uma oportunidade! Estou muito feliz! Mas tem algo que me deixa preocupado... Ultimamente me dei conta de que há algo na sua cabeça que não me deixa dormir, mas tudo bem, isso vai passar, não se desespere.
Mamãe, já se passaram dois meses e meio, estou muito feliz com minhas novas mãos e tenho vontade de usá-las para brincar... Mamãezinha me diga o que foi?
Por que você chora tanto todas as noites?? Porque quando você e o papai se encontram, gritam tanto um com o outro? Vocês não me querem mais ou o que?
Vou fazer o possível para que me queiram...
Já se passaram 3 meses, mamãe, te noto muito deprimida, não entendo o que está acontecendo, estou muito confuso. Hoje de manhã fomos ao médico e ele marcou uma visita para amanhã. Não entendo, eu me sinto muito bem... por acaso você se sente mal mamãe?
Mamãe, já é dia, onde vamos? O que está acontecendo mamãe??
Porque chora?
Não chore, não vai acontecer nada...
Mamãe, não se deite, ainda são 2 horas da tarde, não tenho sono,
quero continuar brincando com minhas mãozinhas. Ei!!! O que esse tubinho está fazendo na minha casinha?? É um brinquedo novo?? Olha!!! Ei, porque estão sugando minha casa?? Mamãe!!! Espere, essa é a minha mãozinha!!!
Moço, porque a arrancou?? Não vê que me machuca?? Mamãe, me defenda!!!!
Mamãe, me ajude!!!
Não vê que ainda sou muito pequeno para me defender sozinho??
Mãe, a minha perninha, estão arancando!!! Diga para eles pararem, juro a você que vou me comportar bem e que não vou mais te chutar. Como é possível que um ser humano possa fazer isso comigo?
Ele vai ver só quando eu for grande e forte... ai... mamãe, já não consigo mais... ai... mamãe, mamãe, me ajude....
Mamãe, já se passaram 17 anos desde aquele dia, e eu daqui de cima observo como ainda te machuca ter tomado aquela decisão. Por favor, não chore, lembre-se que te amo muito e que estarei aqui te esperando com muitos abraços e beijos.

Te amo muito!!!

Seu bebê.

Desconhecido

"Papai e mamãe hoje vou tomar uma vacina que protege contra o HPV, o que é mesmo?(menina de uma escola pública na região do bairro Consolação).

Bindes, Fá - jovenzinhas

SOU MAIS QUE MAMÃE PENSOU! MENOS QUE ESPEREI! VIVI ATÉ O MOMENTO O MELHOR! O PIOR NÃO VOU JAMAIS LEMBRAR

ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA

só mamãe , mãe com todas emoções
mamãe com um sorriso;
e mamãe com dor no coração;
so mamãe com muito carinho;
e mamãe com amor e compaixão.

irapoan

"Eu sou pequenininha
Do tamanho de um botão
Carrego papai no bolso
E a mamãe no coração
O bolso estava furado
O papai caiu no chão
A mamãe que mais querida
Ficou no meu coração"

Não... Não... Não...

Mudo agora esta história
Que a velha prosa contava
Que o pobre papai se perdia
E só a mamãe era amada
Comigo é bem diferente
E digo sem medo de errar
No meu coração isto é certo
Papai e Mamãe moram lá

Graça Pellegrini

Mamãe pode tudo



Mais do que mulher, tento ser mãe, pai, advogada,
profissional em qualquer coisa...
Com filhos a precisar da gente o dia todo,
não é fácil conciliar as coisas,
e ainda ser perfeita, acabamos falhando em certos pontos.
Comigo não é diferente, o dia parece as vezes não acabar nunca,
e já em outros quando se tem muitas questões a ser resolvidas,
o dia parece ter apenas 6 horas, e a noite chega e vejo
que nada consegui resolver.
Assim, fica para o dia seguinte:
O médico que eu devia ter marcado,
o carro com aquele barulho estranho que eu esqueci de passar no mecânico,
a porta da sala que faz um rangido horrível, também ficará para amanhã.
Tudo tem sido assim, tudo amanhã, e amanhã o dia vai novamente ser curto.
A noite cai como um bálsamo, todos os filhos já na cama,
o cachorro já com a comida na vazilha, sento para ler os emails...
Meu Deus! já passa da meia noite,
preciso dormir, pois amanhã serei acordada bem cedo com telefone tocando,
filhos me beijando (ou chorando), e aquele monte de coisas que deixei de fazer hoje,
vai ter que ser feito amanhã.
Tento ser tudo ao mesmo tempo, e sinto que estou falhando, mas fazer o que?...
nunca dá para ser tudo, então tento apenas ser mulher,
ir deixando para amanhã, e quem sabe Deus ajuda que um dia eu consiga resolver tudo.

Vilma Galvão

Hoje sei amarrar meus sapatos sem gritar mamãe. Não tenho mais janelinha no sorriso. Deixei de plantar feijão no algodão. Nem me preocupo com os monstros embaixo da cama, tão pouco insisto pra dormir de luz acesa. Larguei as canetinhas de colorir pra pegar caneta em punho e escrever minha história, de prantos e gargalhadas. Desse jeito mesmo, bem esdruxulo, com um mar de palavras que me oceaneam de sentimentos bons. Sinto falta da minha lancheira de elefante, mas continuo o mesmo falante, sonhador, carente e pequeno notável de sonhos e vontades gigantes.

Renato Almeida

Inesquecível mamãe.

Nem sei como começar. Não tenho prática.
Nestes quarenta anos nunca te escrevi. A senhora sabe como é: correria, muito trabalho, compromissos diversos e afinal, ninguém é de ferro né mãe.
Mas hoje, parei de encontrar desculpas e resolvi te escrever. Talvez eu tenha algumas novidades pra te contar.
Saiba a senhora que já não sou mais aquele menino que tinha vergonha de te beijar, de te abraçar, que não sabia o quanto é maravilhoso dizer e ouvir um “eu te amo”. Cresci mãe, passei e passo meus momentos de dificuldades. Não só eu, os irmãos também.
Pena que não te abracei mais, que não te beijei mais, que não demonstrei mais o meu amor por você. Eu não sabia que você partiria tão rápido. Talvez se soubesse teria feito diferente ou morreria antes para não sofrer esta perda.
Mas estou sobrevivendo, lutando, buscando sempre acertar. Você sabe o quanto é difícil tocar em frente. Eu tento facilitar, pode acreditar, mas ás vezes desabo. Não vou negar que tenho minhas fraquezas e culpas, mas também vivo momentos ótimos, inesquecíveis e lindos.
Puxa!
Estou escrevendo e me dou conta que até meus cabelos estão parcialmente brancos.
Lembro como se fosse hoje o dia que você teve que ir. Nossa. Tanto tempo, mas a memória não se esquece de nada. Todos me deram uma especial atenção, tentaram me distrair. Eu era tão menino, tão inocente, mas sabia o que significava aquele momento.
Eu sabia que meu melhor pedaço de doce ficava ali. Por muitos anos não consegui falar em você sem chorar. Agora também estou em lágrimas. De saudades, de vontade de te ver, de saber que se você estivesse comigo poderia ser mais fácil. De saber que no caminho, por vezes, encontramos mais espinhos do que flores.
Naquele inicio de ano de setenta e dois, nos afastamos para nunca mais eu ver teu rosto. Não sei se, em algum momento, viste o meu.
Estou diferente agora. Perdi aquele sorriso, perdi parte do brilho dos olhos desde aquele dia e agora ainda mais.
Acho que pra aliviar um pouco comecei a escrever. Assim, despretensiosamente. Nos anos 80 fiz algumas crônicas para jornais. Depois fui escrevendo algumas poesias. Em 87 participei da primeira antologia. Hoje são várias participações.
Participo de um site literário, tenho recebido até elogios. Acredita mãe? Verdade. Pena que você não pode ver.
Este ano tenho um projeto mais ousado, conto com teu apoio materno para que dê tudo certo.
Confio no teu amor. Confio na tua intercessão.
A parte triste é que não poderei te enviar, sequer, esta cata.
Você promete me ajudar mesmo assim?
Saiba que eu escrevo com o coração, com a sensibilidade e a saudade de um filho que não te esquecerá jamais. Quem sabe você, com teus poderes de mãe consiga ler. Tomara. Tomara mesmo.
Se não for possível me deixa, ao menos, sonhar que lerá.
Por hoje era isso mãezinha. Beijos.
Ainda amo você muito mais do que a mim mesmo.
Feliz ano novo pra você.
Feliz ano novo para todos.


*Mamãe faleceu em 03/01/1972. Completaria 52 anos em 01/03/1972

Moacir LuÌs Araldi

Certo dia o filho chega da escola e disse a sua mãe:
FILHO: -Mamãe tenho uma coisa pra te contar!
MÃE:Espera,deixe eu te fazer três perguntas,e depois você me fala!
FILHO:Ta bom!
MÃE:O que você vai me dizer,vai mudar nossa vidas!!!!
FILHO:Não!
MÃE:O que você vai ganhar me contando isso!
Filho:Nada!
MÃE:Você acha que Jesus gosta dessas coisas!
Filho:Não mãe!
Mãe:E agora você ainda quer me contar!
Filho:Não mamãe!
Devemos parar e pensar,o que a gente ganha falando mal da VIDA das pessoas!!!!!!!

Leonardo Felipe

CARTA PARA MAMÃE

Tenho saudade de sentir o calor de suas mãos, lembro-me quando suas canções me acalmava e quando sua voz confortava minha alma. Sei que sonhava comigo, no seu imaginar mexia nos meus dedinhos e acariciava meu rostinho cor de rosa, ouvia você chamando-me pelo nome que escolheu para mim... eu sorria só de ouvir você falar suavemente o meu nome. Sei que sentia prazer em arrumar minhas roupinhas na gaveta do guarda-roupas, cheirava uma a uma antes de guardá-las, e sei também que todos os dias limpava meus brinquedinhos e minha mamadeira para que estivessem sempre limpinhos. Gostava do seu ar de felicidade só de saber que era uma semana a menos que aguardaria minha chegada.

Lembro de todas as noites quando você pedia a papai do céu para me abençoar, depois falava que sempre estaria comigo, falava para eu ser forte, falava para eu aguentar firme e dizia que eu era a sua maior alegria. Você olhava para as próprias fotos quando pequena, como quem imaginasse se eu pareceria com você. Lembro também das historinhas que lia para mim... eu também me emocionava quando você se emocionava. Sentia o vigor de sua caminhava, e gostava muito das comidinhas maravilhosas que preparava especialmente para mim.

Mamãe... de repente, quando estava perto de minha chegada, comecei sentir sua aflição, meu coraçãozinho pulsava muito mais rápido, podia ouvir seu choro, me assustava quando gritava de angústia e dor. Podia ouvir quando suplicava para papai do céu se acontecesse algo de mal, que fosse com você e não comigo. Mas tudo escureceu... eu tive que ir... não consegui aguentar. Sofro quando te vejo chorar, dói muito quando sei que está sentindo minha falta, não posso te ver assim... eu peço a papai do céu para sempre te confortar. Sei que sempre sonha comigo e chama pelo meu nome em seus sonhos.

Sei que um dia, mamãe, nós vamos nos encontrar e poderei abraçar aquela pessoa que sempre esteve comigo, aquela mulher que sempre sonhou comigo, e até esse dia chegar quero que saiba: EU SEMPRE ESTAREI COM VOCÊ!

Douglas Faria

A gente só vai perceber que cresceu, quando o colinho da mamãe e do papai não resolverem mais os nossos problemas.

Renée Venâncio

Eu não mim inspiro de ninguém, minha inspiração tava junto comigo- desde o ventre da mamãe! rs

MarkosBorgges

De repente me deu uma saudade, dos velhos costumes.
de andar de bicicleta, do colo da mamãe e
seu perfume.
De jogar bola com os amigos na rua, do muro do vizinho,
Brincar de pik-esconde, lobo mal e
o chapéuzinho.
Tanta saudade, que na realidade até me espanta,
Percebi já sou adulto, mas tenho alma
de criança.

Meire Mazzaro

-Mamãe, quanto maior for o coração, mais se ama?
-Filhinha, não entendo muito disso, até acho que nossos corações são iguais, ou vão ficar um dia do mesmo tamanho. Mas por que a pergunta?
-É que tava aqui com meus pensamentos mamãe, hoje as pessoas estão tão más, ai quando me veio que tudo isso é por conta que tá faltando amor, imaginei corações grandes, e por um instante desejei viver com gigantes.

Gabriela Stacul