Maldiçao

Cerca de 122 frases e pensamentos: Maldiçao

Os Efeitos da Justificação

O primeiro deles é que por meio dela fomos resgatados da maldição da Lei, que afirma que é maldito de Deus todo aquele que não cumpre perfeitamente todos os seus mandamentos, e por conseguinte, somos livrados também da ira de Deus contra o pecado.
Enquanto o homem não é justificado, Deus permanece em guerra com ele. Mas uma vez justificado, a guerra termina, porque é reconciliado com Deus por meio de Jesus, de maneira que se diz que agora desfruta de paz com Ele, em vez de se encontrar sujeito à Sua ira que se manifestaria certamente no dia do juízo, sujeitando-o a uma condenação eterna.
Por meio da justificação o cristão passa a participar da graça do evangelho, na qual ele estará firmemente seguro por causa da obra perfeita de redenção que foi feita em seu favor por Jesus.
Isto significa que ainda que ele venha a decair da graça, pela prática de pecados eventuais, esta queda nunca será numa forma final e definitiva, porque foi transformado em filho de Deus, por meio da justificação.
É a justificação que abre também para nós a esperança firme e segura de que participaremos da glória de Deus, como Paulo afirma em Rom 5.2.
Mas os efeitos da justificação não param por aí, porque uma vez sendo transformados em filhos de Deus, passamos a contar com a assistência da graça, a qual nos fortalece e ampara nas tribulações pelas quais a nossa fé é colocada à prova, para que possa crescer.
De maneira que isto não é para motivo de tristeza, mas para se dar glória a Deus, porque prova que de fato nos tornamos Seus filhos, e que agora estamos sendo aperfeiçoados por Ele através das tribulações, para que aprendamos a perseverança, a experiência e a esperança.
Quando Paulo diz em Rom 5.5 que a esperança não traz confusão porque o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado na justificação, o significado disto é que esta esperança evangélica é de plena e segura certeza do que temos recebido em Cristo, pela testificação do Espírito.
De maneira que quando alguém se converte de fato a Cristo, sendo justificado, tal pessoa não estará mais confusa acerca firmeza eterna da sua união com Deus, porque isto será aprendido através da sua paciência nas tribulações, que por fim lhe confirmarão na experiência e na esperança cristã.
E como Paulo disse nos versos 3 e 4 de Rom 5, esta esperança será fortalecida e aperfeiçoada pelas próprias tribulações, porque veremos o poder operante de Deus em meio a elas, nos conduzindo em triunfo em Cristo, porque a fé verdadeira que salva não pode ser destruída, e não recuará diante das aflições, porque é o próprio Deus quem fortalece aqueles que são agora Seus filhos.
De modo que o apóstolo nos assegura que, como efeito da paciência que podemos ter pelo Espírito, nas tribulações, depois de variadas experiências disto, seremos confirmados na fé, e com esta esperança inabalável da certeza do que temos alcançado em Cristo, quanto à segurança eterna da nossa salvação, toda dúvida e confusão de mente serão eliminadas de nós, pela certeza do amor de Deus por nós e em nós, em toda e qualquer circunstância.

"E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado." (Rom 5.5)

Mas o apóstolo acrescentou argumentos ao que havia falado antes, para demonstrar que de fato a nossa esperança não é algo incerto, mas algo a respeito do qual podemos ter a plena certeza de que jamais será frustrada.
E o grande argumento que Ele apresentou é que quando Cristo morreu por nós, ainda éramos fracos e ímpios.
Não foi por pessoas santas, e perfeitas na fé, que Ele morreu, mas por pecadores fracos e ímpios (não piedosos), como éramos todos nós antes da conversão.
Então se Jesus fez isto quando estávamos nesta condição de fraqueza e impiedade, quanto mais não garantirá a nossa salvação depois de termos sido tornados santificados pela Sua Palavra e pelo Espírito Santo, e fortalecidos pela Sua graça?
Deste modo, Jesus não morreu por justos, mas por injustos.
E se demonstrou o Seu amor por nós quando éramos ainda pecadores que nada ou pouco conheciam e viviam da santidade de Deus, muito mais podemos estar certos então de que não nos deixará e desamparará depois que fomos justificados pelo Seu sangue e adotados como filhos de Deus.
Podemos então ter a certeza da esperança que seremos salvos por Ele da ira vindoura, no Dia do Grande Juízo de Deus.
Outro grande argumento é o de que Deus nos reconciliou consigo mesmo através da morte de Jesus quando éramos Seus inimigos, porque vivíamos transgredindo os Seus mandamentos e indiferentes quanto ao modo como deveríamos andar na Sua presença.
E esta condição de inimizade com Deus, é decorrente da natureza pecaminosa que possuímos.
Portanto, se fomos reconciliados quando éramos inimigos, muito mais permaneceremos reconciliados depois que nos tornamos seus amigos por meio de Jesus.
Então podemos estar certos da segurança da nossa salvação por causa da vida de Jesus, que vive para interceder por nós e garantir plenamente aquilo que obtivemos como herança, por meio da fé nEle.

Silvio Dutra

Biografia
Não sou ninguém, não sou nada
Sou único, singular, finito
Sou maldição encarnada
Mas no tempo também sou graça
Quanta Ironia
Pensar que pensamos
Que um dia mudaremos o mundo
O homem só pode ser uma aposta
Que sempre será dívida
Somente loucos e santos
São capazes de acreditar em minha natureza
Tão decadente
Tão eu. Tão você!
Escrevo em uma noite
Onde o sono não é capaz de abrigar
Um corpo cansado e decadente
A escrita é uma forma de não se sentir sozinho
A vida não é mais vida
É ela um ritual do qual mecanicamente
Agimos sem pensar
Pensamos sem agir
Apenas horas
Somos selvagens
Eis ai a grande questão:
Em que momento da história permitimos ser domesticados?

Bruno Marinelli

Dor da maldição,trouxeste desilusão.
Fogo covarde que queima,combustível das entranhas.
Da dor do coração,trazes ainda uma dor maior onde não deve ficar.Tendo você por companheira é difícil se reencontrar,voltar pra o lar.
Lugar seguro é o que todo ser precisa encontrar,sinto o despedaçar.
Se tu,oh,mais amargurada não agisse assim também o outro poderia deixar de ser um menino mau com você.
O que queres tu?
Um sorriso?um amigo?acolhimento?
Devastadora de partes,devolve o que tomaste e te salvarás de tu mesma.

Keila Pereira Silva

Maldição é a ação efetiva de um poder sobrenatural, caracterizada pela adversidade que traz, sendo geralmente usada para expressar o azar ou algo ruim na vida de uma pessoa.

Mestre Arievlis

A paixão é uma bênção ou uma maldição...
Você só vai descobrir quando ela te envolver
Mudar a vida que até então,você conhecia
E essa conclusão só é possivel descobrir na prática.

Cissa Sousa

A maldição de ser baixinho, sentar em uma cadeira e não alcançar o pé no chão.

Darkyn

EU ACREDITO NA MALDIÇÃO DO CENTENÁRIO!
Lembram? Há 2 anos atrás, quando o Corinthians completava 100 anos, os rivais zoavam. Era o tal ano do "Centernada"! 100 anos sem Estádio... 100 anos sem Libertadores.... É... mas como qualquer 'maldição', ela teve seu reverso. E acredito que o amor dos Corinthianos, que comemoraram tanto os 100 anos de história do Clube sem pensar em "títulos" ou "rótulos", fez com que a maldição se quebrasse e atingisse todos àqueles que se mostravam "contra" esse amor incomparável. Apenas 2 anos depois... O Corinthians não tem em andamento apenas um estádio... e sim o estádio mais moderno do Brasil, que fará a abertura da Copa de 2014. Apenas 2 anos depois, o Corinthians não conquistou só a Taça Libertadores, calou a todos, venceu o maior carrasco dos clubes brasileiros e fez com que a América se curvasse aos seus pés de forma INVICTA.
Obrigada MALDIÇÃO, por ter transformado risadas em silêncio e por ter se tornado uma DÁDIVA! Milhões de Corinthianos hoje estão "libertados"! Sofredores como sempre, mas mais felizes do que nunca!

Letícia Beppler

Uma herança invadida ou tomada se torna em maldição para aqueles que a desejam como proprietários.

Helgir Girodo

Talvez esse meu dom de escrever não passa de uma maldição.

Felype Rangel

Maldição...sem tostão.
Um vento que aspira, outro que embirra.
A porta que fecha, pois a besta não deixa.
Uma luz ofuscada, onde o gato passava.
Uma voz que envergo, um grito tão belo.
Um soneto para a Lua, porque mora na rua.
Um pedra na estrada, a coruja piava.
Uma cara que empino, outra que ensino.
A chuva que canta, meu ouvido encanta.
Palavra com azia, de uma morte surgia.
A dor solitária, saudade com ária.
Humano impotente, porque o futuro não mente.
E se o amor acontece, o justo enaltece.

Nuno Nebel Pitada

A ignorância as vezes pode até ser uma benção, mas a burrice será sempre maldição mesmo

MGT

Sinceridade é uma dádiva de uma mente livre, entretanto é uma maldição àquela mente livre rodeada por mentes hipócritas.

Érick Prado

Aqueles que vivem de bebidas alcoólicas estão destruindo sua vida pessoal e familiar e como maldição espiritual das trevas estão recebendo o espírito de saca rolhas.

Helgir Girodo

Maldição da vida

A vida em seu início é pouco lúcida. Cheia de novidades, descobertas e de um dos dons mais importantes, que após alguns anos se perde como uma pluma que voa guiada pelo sentido do vento. Crescemos, aprendemos e nos desenvolvemos. Mas perdemos um dos dons mais lindos da humanidade, a pureza. Os mesmos olhos curiosos que pela primeira vez viram a luz, viram a vida e nem se quer sabiam do que se tratava, se transformam anos depois em retinas fatigadas, que abrem-se na esperança de que o dia que está por vir, a vida que está por acontecer, seja o menos desoladora possível.

Ora, quando foi a última vez que você acordou e viu apenas coisas novas, um mundo novo, onde você pode começar a explora-lo? Sem maldade ou obrigação nenhuma. Rir apenas de um rasgar de uma folha parece uma coisa imbecil, não?!

Mas imbecil não é quem com toda a pureza do mundo não sabe absolutamente de nada, é aquele que com todo o conhecimento do mundo, perde o dom da pureza.

Creio que é esta a maldição da vida, acordar e não poder ver mais um mundo a ser explorado e sim ser explorado por um mundo impuro.

Gilson Miranda Junior

A um carneiro morto

Misericordiosíssimo carneiro
Esquartejado, a maldição de Pio
Décimo caia em teu algoz sombrio
E em todo aquele que for seu herdeiro!

Maldito seja o mercado vadio
Que te vender as carnes por dinheiro,
Pois tua lã aquece o mundo inteiro
E guardas as carnes dos que estão com frio!

Quando a faca rangeu no teu pescoço,
Ao monstro que espremeu teu sangue grosso
Teus olhos - fontes de perdão - perdoaram!

Oh! tu que no perdão eu simbolizo,
Se fosse Deus, no Dia do Juízo,
Talvez perdoasses os que te mataram!

Augusto dos Anjos

A graça basta,A verdade liberta, O amor lança fora o medo;
A maldição pode durar três ou quatro gerações, mas a benção dura mil.

Ana paulino

A língua tem o poder de trazer para sua vida a bênção ou a maldição, dependendo da sua escolha que fizer agora ou depois.

Helgir Girodo

° Obediência , quebra maldição °

MGT

O dinheiro deixa de ser maldição quando os santos ofertam suas contribuições em prol da necessidade do próximo.

Helgir Girodo