Loba

Cerca de 23 frases e pensamentos: Loba

A mulher é uma loba para a mulher.

Tristan Bernard

noite calada
uma loba uiva -
homem no cio

Zezé Pina

A Loba


Sou doce, dengosa, polida…
Fiel como um cão, sou capaz de
te dar minha vida.
Mas olha não pise na bola,
se pular a cerca eu explodo,
comigo não rola.
Sou de me entregar de corpo
e alma a uma paixão, mas não
tente nunca enganar me coração,
amor pra mim só vale assim
sem precisar pedir perdão…
Adoro tua mão atrevida,
seu toque seu simples olhar
já me deixa despida.
Mas olha que eu não sou boba,
por trás desta pele de cabra
eu escondo uma loba.
Quando estou amando sou
mulher de um homem só,
desço do meu salto faço
o que lhe dá prazer, mas ó
meu rei a minha lei você
tem que saber…
Sou mulher de te deixar
se você me trair, e de
encontrar um novo amor só
pra me distrair. Me balança
mas não me destrói, por que
chumbo trocado não dói, eu
não como na mão de quem brinca
com a minha emoção.
Sou mulher capaz de tudo
para ver feliz, mas também
sou de cortar o mal pela raiz.
Não divido você com ninguém,
não nasci para viver em um harém.
Não me deixa saber que
será bem melhor para você, me esquecer.

Autor Desconhecido ( faço minhas as suas palavras)

Transparência de um Sonho Online

A transparêcia de uma vida
O viver de um momento
A ansiedade de te ver
A magia de um encontro

Em uma tela te vi
Seu sorriso me conquistou
Sua voz me encantou
Suas palavras me enamoraram

A curiosidade de te conhecer
O pássaro "ferro" me levou a você
A espera de um atraso
Um abraço e um beijo esperado

Seus lábios nos meus
Seu abraço em torno de mim
A sensação que somente existia nos
Um mundo cheio de magia

Mãos dadas a passear na beira da praia
Um momento único de troca de olhares
Carinhos trocados e mãos se tocando
Corpos suados se envolvendo

Um toque de telefone
Um coração balançado
Uma confissão feita
Uma historia que se acabava

Meu sonho indo embora
Meu encanto se quebrando
Mas a esperança que um dia mude
Faz eu pensar que o terei de volta

A transparência de uma vida
Da mesma forma que veio
Levou-me você de mim
E a magia de um momento se quebrou

Mas eu acordei
E tudo não passou de um sonho
Um sonho online e transparente
Que deixou marcas dentro de mim.

A Loba

Gotas de lagrimas
São gotas de lagrimas
Que descem sobre meu rosto
E derramam como cachoeira
E se perde em minha face
Com o passar das minhas mãos

São gotas de lagrimas
Que são derramadas
Pelas magoas obtidas
Por palavras mal pronunciadas
Por ações inconvenientes

São gotas de lagrimas
Que profere de um coração machucado
Ferido pelo momento de decepção
Por um coração sangrando
E um sentimento ferido

São gotas de lagrimas
Que espera somente um abraço
Um beijo de amor e paixão
Um amigo sincero
Que ajude enxugar minhas lagrimas.

A Loba

Sou dôce, dengosa, polida
Fiel como um cão
Sou capaz de te dar
Minha vida...

Mas olha
Não pise na bola
Se pular a cêrca
Eu detono
Comigo não rola...

Sou de me entregar
De corpo e alma na paixão
Mas não tente nunca
Enganar meu coração
Amor prá mim
Só vale assim
Sem precisar pedir perdão...

Adoro sua mão atrevida
Seu toque, seu simples olhar
Já me deixa despida
Mas saiba que eu
Não sou boba
Debaixo da pele de gata
Eu escondo uma loba...

Quando estou amando
Eu sou mulher de um homem só
Desço do meu salto
Faço o que te der prazer
Mas, oh! meu rei
A minha lei
Você tem que saber...

Sou mulher de te deixar
Se você me trair
E arranjar um novo amor
Só pra me distrair...

Me balança mas não me destrói
Porque chumbo trocado não dói
Eu não como na mão
De quem brinca
Com a minha emoção...

Sou mulher capaz de tudo
Prá te ver feliz
Mas também sou de cortar
O mal pela raiz...

Não divido você com ninguém
Não nasci prá viver num harém
Não me deixe saber
Ou será bem melhor prá você
Me esquecer...

Adoro sua mão atrevida
Seu toque, seu simples olhar
Já me deixa despida
Mas saiba que eu
Não sou boba
Debaixo da pele de gata
Eu escondo uma loba...

Quando estou amando
Eu sou mulher de um homem só
Desço do meu salto
Faço o que te der prazer
Mas, oh! meu rei
A minha lei
Você tem que saber...

Sou mulher de te deixar
Se você me trair
E arranjar um novo amor
Só prá me distrair...

Me balança mas não me destrói
Porque chumbo trocado não dói
Eu não como na mão
De quem brinca
Com a minha emoção...

Sou mulher capaz de tudo
Prá te ver feliz
Mas também sou de cortar
O mal pela raiz...

Não divido você com ninguém
Não nasci prá viver num harém
Não me deixe saber
Ou será bem melhor prá você...

Sou mulher capaz de tudo
Prá te ver feliz
Mas também sou de cortar
O mal pela raiz...

Não divido você com ninguém
Não nasci prá viver num harém
Não me deixe saber
Ou será bem melhor prá você
Me esquecer...

A loba - Alcione

A insônia - essa loba triste - anda tão inquieta e curiosa que mal dormiu, já pulou da cama e anda por aí.. a ladrar nos muros da cidade..

Daniela Possamai

ÀS VEZES LOBA...

Como uma loba
às vezes libero
num uivo híbrido
minhas emoções
mais funestas no ar
e na total escuridão
numa noite intrépida
como testemunha
e cúmplice daquilo
que só eu sinto…
apenas o esplendor
do luar…

Lu Lena

LOBA BALZAQUIANA

Em clara noite, de uma lua cheia,
a branca loba balzaquiana,
banhada em perfumes de cio,
pelo faro que a norteia,
uivando horas a fio,
buscando os prazeres que anseia.
Tara animal, doidivana.
Prata luz que clareia,
os sonhos da mente insana,
que os instintos da loba incendeia

Marcos Marques

Quando eu boba
Quando você loba
Quando conjugamos
Você bobeou
Eu lobiei
Que ecoe meu uivo!!!

Fatima Mileo

A mulher, como a loba, sabe demarcar terreno. Ela nunca esquece de esquecer um brinco ou um objeto pessoal na casa do namorado.

Charles Canela

Pas comme les légendes urbaines

No alto da montanha
A Loba senta alerta.
Com seus olhos tudo observa
Seu corpo sempre tenso.

Os seus pelos prateados
sob os dedos da Lua reluzem
escondendo sob seu manto sedoso
as cicatrizes de uma vida.

Depois de tantas Luas permanece solitária
escorraçando inúmeros lobos
que não conquistam seu interesse,
não despertam sua curiosidade,
e não a excitam pelo desafio.

Um dia uma outra Loba se aproxima.
Cautelosa, de passada firme, forte.
Senta devagar perto da Loba
encarando os olhos dela com respeito e desafio.

Devagar, com admiração e curiosidade
seus olhos percorrem a pequena e orgulhosa fêmea.

Reconhece as cicatrizes,
sua força,
sua astúcia
e agilidade.

Percebe a inteligência inibriante
e sua combatividade instigante.

Então decide.
Sem levantar-se, devagar,
avança as patas da frente até deitar-se.
Olhando afetuosamente para essa magnífica Loba.
Determinada a ser dela e conquistar seu coração.

Não importa o calor do dia,
a força da tempestade,
a proximidade dos raios,
a altura das ondas,
o frio da noite,...

Ela nunca arreda pé do lado dela.
Quieta, determinada.

Sempre atenta aos desejos dela,
aos seus temores e fantasmas.

Sempre pronta para incentiva-la
quando ela está sem forças ou em duvida.

Sempre firme ao lembra-la
da sua força e coragem quando ela hesita.

Sempre cuidadosa procurando respeitar
o desejo de independência dela.

Loba fêmea
Que reconhece, na sua amada Loba,
a necessidade crônica em provar
o quão forte e independente é.

Loba fêmea
Que aguarda, paciente,
o dia em que ela perceber
que não precisa provar nada.

Não para ela fiel Loba
que reconhece sua dona.

Mel

A BOCA DA LOBA (09)
O que a boca fala
Com a cumplicidade dos dentes
Porteiras de saídas e de entradas,
O coração se atemoriza.
E rebate na palavra, esgrima.
A boca não tem a contensão
Do coração.
De ficar calada,
Quando sente o gosto bom
E ácido que leva o fermento dentro.
Bocas que eu beijei,
E as que só sonhei beijando,
Pintaram-me dentro e fora,
Na alma e na gola.
Com marcas de ferros,
Quando dobraram a minha vida.
Sonho com cada uma
E sofro por todas elas,
Sinto os sabores dessas bocas
Em minha língua provadora.
Ah, tua boca, a minha boca agora.
Puxo pela memória,
Mas eu nunca senti nenhuma
Doce como a tua,
Dos formatos da lua,
Quando está cheia,
Quando declina minguando,
E quando vai se levantando
Pros meus olhos escurecerem.
_______________
NAENO*comreservas

Naeno Rocha

Eu sou a loba má, loba má, loba má e pego a maconha pra fazer meu chá. RIARIARIA

Anne Lima

Sou loba , sou fera... mexe comigo pra ver... eu revido... mordo , arranho, viro outra... cuidado comigo.. sei ser boa.. mais quando eu quero sou muito venenosa..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Labirinto de ilusões......
Feitas em desilusões
Loba audaciosa e destemida
Tímida e ao mesmo tempo atrevida
Presa no vazio do silencio.....
Que ecoa na solidão da noite...
Sentasse confusa no meio de tanta opressão
Uma metamorfose.....
Que não consegue esconder as suas emoções
E não quer sufocar os seus desejos
No intimo existe um conflito entre dois seres
Uma calma e serena......
A outra estridente como um trovão
Uma mulher pacata e serena......
A outra é uma loba feroz cheia de desejo.!!!

IsabelMoraisRibeiro

Se for acima dos quarenta anos, tuas certezas de mulher é a alta defesa de uma loba protegendo a tua cria;
Não muda com a troca do dia pela noite e não se aquieta enquanto não achar segurança para amar;
Tua maneira se faz suave ao coração do acolhedor, mas também se faz tensa aos olhos do julgador, no qual não quer o teu amor somente o revés te trazendo a dor;

Julio Aukay

Seja sex, mas não confunda sensualidade com vulgaridade...
Liberte a loba que há em você! E não as dúvidas que tentam
Tomar o seu corpo com certa luxuria...
Permita-se e viva a vida sem errar as tuas passadas... Seja
Digna e honrada para que você conheça o prazer real;

Julio Aukay

“Cada mulher carrega dentro de si uma loba selvagem; bela, feminina e ardente; ainda que escondida ou disfarçada sob os mais diferentes papéis que ela representa. Em torno desse indomável ser o universo conspira”. (Fragmentos do Mentor Virtual)

Maurício A. Costa

Subo a serra no silêncio da noite,
e ouço um uivo que ecoado pelas trevas,
De noite sou uma loba com alma,
sem medo do dia que transformo-me,
numa mulher insaciável de amor,
Não divido o meu homem com ninguém,
sou uma mulher de um homem só,
egoísta,possessiva,apaixonada,
Debaixo da minha pele eu escondo uma loba,
feroz,atrevida,escrava,amante,amiga,
transparente,misteriosa,imperfeita,
o meu sangue é vermelho nas noites claras da lua,
sou loba,sou mulher,sou a chuva do rio,
sou o céu e as estrelas nas noites de luar
sou como o fogo insaciável que arde na fogueira,
e é nos teus braços que sinto o calor,
Subo a serra no silêncio da noite,
neste teu corpo quente para saciar a minha sede.!

isabelRibeiroFonseca