Língua

Cerca de 822 frases e pensamentos: Língua

Beijou cada pedaço de Luana como se fossem páginas de um livro, percorreu seus dentes com a língua como se roubasse suas palavras e a penetrou como se pudesse entrar nas histórias e viver lá para sempre.

Flávia Marques

Se meu tempero (todos os dias) não te agrada é porque a tua língua é azeda!

IsisDumont

E quando o assunto é você, ah meu bem me perdoe então, por favor, minha língua desobediente insiste em dizer coisas boas, bobas e graciosas, salpicando cada vez mais um pouco de doçura, incrementando com uma dose de carinho, desculpe pela minha displicência e ousadia, mas as palavras tão bem reformuladas no meu coração saem como chuva de verão molhando a terra seca sedenta por algo que a alimenta. Meu bem, nunca economizei sentimentos por você, não há de ser hoje que te restringirei das minhas palavras adocicadas com o mel e granuladas pelo o vento do amor. Não estou aspergindo carência, queira entender que foram as cantigas de tarde que me fizeram assim, era amor demais, meu bem não negue os vestígios muito menos crie máscaras, era amor, sempre foi. Oh meu amor, sabes muito bem que sou assim desse jeito, meio atrevida, ousada e inquieta, então por favor entenda minhas palavras, compreenda o meu coração que suspira por você, a cada segundo mais e mais. Vamos acabar com isso, com esses jogos medonhos e as faces mal disfarçadas, venha meu amor, esqueça isso, deixemos de lado, apenas me acompanhe, fique comigo, assim, nós dois e vamos juntos, sem rumo, sem destino, nada disso é preciso, com você ao meu lado para que se importar? Entenda apenas o quanto eu te amo e isso já basta para mim, vamos que a estrada é longa e muita coisa nos espera.

Layara Sarti

Como amor todo dia...
Tem gosto de lingua e abraço
Faz flutuar e tem efeito dormente também
VICIA...

Kelchymelryne

Muitos vivem da língua dos outros, como se isso fosse um alimento orgânico.

Gustavo Barbosa

Nesta subida sou peixe índio falando uma língua de passarinho". Herança (romance, 1992)

Hilda Gomes Dutra Magalhães

O Amor é a língua menos falada no Mundo; contudo, é a linguagem que mais ensina ao mundo!

Joni Baltar

O gosto do teu beijo
Incita em mim o desejo
De ter sua língua como louca
Prisioneira da minha boca

Jean augusto

Apenas ouvir-te

Venho de um lugar distante
Para compreender tua lingua
Mas nada devo dizer-te
Apenas ouvir-te...
Não quero estragar teus defeitos
Nem consertar tuas qualidades
Apenas ouvir-te...
E se não me permite aproximar
para apenas ouvir-te
Manterei a distância necessária
Para apenas olhar-te...
E em meu olhar estarão todas as palavras
Pois, nada devo dizer-te
Apenas ouvir-te...

Alessandro Borba

Em buraco de cobra tamanduá esperto não mete a língua!

Daniel Oliveira

Escrevo na língua das estrelas
E canto canções da lua

Toda esta loucura (ou poesia),
É parte desta alma que julgo ser minha

Não consigo mais reter as palavras,
Meu destino é ser poeta.

Idenir Ramos

Poema sugestão

Canto de pássaro
Perfume de flor
Beijo de língua

Idenir Ramos

Seu mau hálito me causa nojo e repulsa.
Sua língua é uma porta de esgoto
Em plena boca do lixo.
Sua nudeza não me soa bem.
Não consigo vê-lo
Ou maravilha-lo como um desenho
Onde contemplo fervorosamente.
Tenho vontade de vomitar
Me enojo me enjôo e te vomito.
E o que gruda de você em mim
Tenho vontade de me desifetar
Como um verme ao tocar uma pura seda.
Você cheira a putrefação
E o seu perfume não incobre isso.
Sinto a sua decomposição descaradamente
E declaradamente eu fujo.
Como quem foge de um nojento
e rastejante bicho de pele.
Bicho podre bicho verme...

RebecaMelo.

Saudade...
Que palavra é essa que só existe numa língua e cujo significado não se alcança?
É, talvez, a transliteração do amor na passagem do tempo.

Catarina Poeta

"Amo-te com o melhor de meus verbos,
com a gramática infinitiva
conjugada pela língua,
declamada com a alma..."

Val Garcia

Poema do beijo

Juntou-se magicamente.
Cerrei os olhos e emancipei
a língua. Minha língua em voce.
Dentro! Vedados os lábios,
molhados, vadios.
Faz pena despregar-se
desta invenção tão viril.

Jeno Oliveira

Lembro de minhas mãos em seus mamilos
De sua linguá em meu ouvido,
Do meu corpo ao seu em equilíbrio ,
De um aperto forte, tenho sorte,
A excitação sucumbia, o dia amanhecia.

Jeykson Araújo