Língua

Cerca de 1055 frases e pensamentos: Língua

Julga com maldade, falta de verdade, profetiza a falta de fé, entre os homens, profetiza a lingua que serve.
Profetiza a lingua das mulheres a serem malditas, diz a outras mulheres, que Deus não habita ao corpo que fez.
Se fosse como diz, seu Deus é altissimo, o mostre!aos homens de negócio, para que que faça em nome dele.E assim, verá o que o teu Deus trás.
E todo o resto é valido, sirva a igreja, a Deus altissimo,se lembre de teu espirito, olhe ao chão, e aos céus, veja a beleza dos dias.
E ainda sim, não levante o nome de Deus, que não te conhece!
Reze aos homens pela falta de fé que carrega, seja bem dita, se arrependa de seus pecados, todos somos pecadores.
Não destrua o que não é seu, não o consegue, não tente, conta os homens.
Pois veja você, o que diria o corpo que usa para se reproduzir, para se sentir bem, transmitir e sentir.
Como o faria?Se desconhece atos! que seja os seus.
Diria aos homens rezem a Deus altissimo.Em cristo,
A terra será da terra, a quem serviu a terra, se não o fez se perderá.
Se lembre o que diz o senhor, lembre-se de seus mandamentos, de seus pecados, sim lembre-se deles.
Não seja ao mundo, o que confude a sua cabeça.
Mostre ao mundo os atos que carrega, os seus.
Aquele que é entendido mostre pelos seus atos…

Joice Oliveira IT

A internet deveria ser presa. Há anos vem promovendo o assassinato silencioso da lingua portuguesa. Às vezes, relendo o que escrevi, eu que deveria ser preso

Swami Paatra Shankara

Menina sentada ao sol, ouvindo meus devaneios diários naquela cabeça que gritava, mais a língua não soltava, era estranha estar ali, a tarde estava cinza, cadê meu sol?
Não tem o sol, sem solução pro meu dia, minha pele não queima com esse cinza de inverno, sinto frio, sinto-me sem cura, sou apenas chão e ar, sou fases, e quero que esse domingo acabe, ou que a lua chegue logo e me banhe em cima dessa laje fria, mas uma vez sem solução, ainda é tarde, e a lua vai me demorar, falta uma parte aqui, lua, sol, dia e selva de pedras, eu queria mesmo era o mar na minha janela, vou descer e almoçar esse dia sem tempero.

Geysisvanda

Nós falamos a mesma língua. Por hora você pensa em se naturalizar francês. Você diz que ama Quiche Lourraine. Eu pergunto quem é essa. A gente mal se ver. E quando acontece nos estranhamos, mas de uma maneira boa. A sensação de voltar em uma velha casa de infância. Pelo menos para mim. Pra ti, talvez seja voltar ao quartinho escuro. Aquele que você contava as magoas com rabiscos na parede. É difícil te ver, e não te assimilar a alguma musica do Castello Branco. Eu te dei todas meio querendo me dar. Sei que sempre me declarei perdida pra ti, e sim, eu estava completamente perdida por você. Na verdade estou. Queria poder com essa minha poesia barata te subornar amor. Mas amor, quem tá na chuva é pra se molhar. P.S: J'espère

M.F

Quarta-feira!

Nessa manhã parei pra sentir o gosto do café,
até queimei a ponta da língua, mas tudo bem.
Tomei banho como se fosse nas cataratas,
peguei o elevador com uma ruiva bonita,
pisei em folhas secas na calçada de casa..
Os dias e os meses estão passando rápido,
as nuvens formam desenhos, mas ninguém olha.
Uma flor na rua de casa precisa de água,
a vizinha fica sexy com seu vestido de flor!
Bom dia, quarta-feira.

Handys Klaus

Se é difícil controlar os meus cabelos, controlar a língua do povo então... é impossível, cada um fala o que quer. O que sai pela boca, andou frequentando o coração, então, não adianta controlar as palavras se o coração é puro veneno. O que faço com os faladores? Vivo, linda e morena. E quem não tiver o que fazer, pode falar que eu nem ligo.

Rosi Coelho

Tem pessoas de língua solta (linguarudas) que falam tanto, que no final enrolam-se na própria língua.

Sérgio o Cancioneiro

De todas as armas que o ser humano usa.
A língua é a que te mata mais lentamente.

Poeta Nelson Martins

"" Na questão do uso correto da língua. A prática, aperfeiçoa a gramática... ""

Oscar de Jesus Klemz

Meus vicios estão guardados na mente da Sociedade, que hipocritamente estica a lingua pra julgar os meus defeitos.

Deeh Nunes

Um coração reconhece o outro de imediato quando se fala a mesma língua.
Sensibilidade aflorada e amizade que é ouro pra mim!

Ro Matos

A primeira pátria (quando se está neste mundo) é a vida, tal como a nossa pátria é a língua, por isso nesta pátria para fazer-se amar deve ser amável!

A. Araújo

Eles tentam de qualquer forma, denegrir sua imagem, destilar veneno pela longa e larga língua suja, mas percebem que, quanto mais buscam algo a seu respeito e não encontram nada! ficam desapontados ao perceberem que sua índole está intacta e sem mácula, enquanto a deles lameada de intrigas e falsas palavras, quando se é verdadeiro as palavras surgem naturalmente, sem nada a temer, o tolo diz o que quer e busca resposta para tudo e fora de hora, o sábio diz tudo, nunca busca resposta para nada, pois sabe que ela vem na hora certa! fica a dica!

Rosângela Aparecida Ribeiro

Um dedo destroncado. Uma bolha no pé. Uma mordida na língua. Uma batida de cotovelo na quina da mesa. Um corte entre os dedos com papel. Um soco no nariz.

Cólica. Enxaqueca das brabas. Esmagar o dedo na porta. Queimar no fogão. Cair de bicicleta. Bater o mindinho. Álcool no machucado. Shampoo nos olhos. O amor não deveria ser comparado a isso.

Que horror! O amor não é tudo isso não, em alguns casos é bem pior. Acredite.

Alessandra Menegaz

A inadequada palavra veio à garganta e eu a prendi. A inadequada sílaba veio à língua e eu a cortei. Dei-me a arte de negar os versos que me rasgam a pele, que me encurralam entre a verdade e a nostalgia de um tempo sonhado. A palavra teima em sair e, fugitiva, encontra na transpiração a fuga do cárcere cruel em que a coloquei. Pondo-se por fim a evaporar, deixando com face de horror o meu silêncio.

Aline Stechitti

Existem pessoas que tem a língua tão grande que, no dia em que morrerem, será preciso dois caixões: um para a língua e outro para o resto do corpo.

David S. L. de Alcantara

Gênesis 11
A torre de Babel

1 No mundo todo havia apenas uma língua, um só modo de falar.
2 Saindo os homens do Oriente, encontra­ram uma pla­nície em Sine­ar e ali se fixaram.
3 Disseram uns aos outros: "Vamos fazer tijolos e queimá-los bem". Usavam tijolos em lugar de pedras, e piche em vez de argamassa.
4 Depois disseram: "Vamos construir uma cidade, com uma torre que alcance os céus. Assim nosso nome será famoso ­e não seremos espalhados pela face da terra".
5 O Senhor desceu para ver a cidade e a torre que os homens estavam constru­indo.
6 E disse o Senhor: "Eles são um só povo e falam uma só língua, e come­çaram a construir isso. Em breve nada poderá impedir o que planejam fazer­.
7 Venham, desçamos e confundamos a língua que falam, para que não entendam mais uns aos outros".
8 Assim o Senhor os dispersou dali por toda a terra, e pararam de construir a cidade.
9 Por isso foi chamada Babel, porque ali o Senhor confundiu a língua de todo o mun­do. Dali o Senhor os espalhou por toda a terra.
Desde Sem a Abrão

10 Este é o registro da descendência de Sem:
Dois anos depois do Dilúvio, aos 100 anos de idade, Sem gerou Arfaxade.
11 E depois de ter gerado Arfaxade, Sem viveu 500 anos e ge­rou outros filhos e filhas.
12 Aos 35 anos, Arfaxade gerou Salá.
13 De­pois que gerou Salá, Arfaxade viveu 403 anos e gerou outros filhos e filhas.
14 Aos 30 anos, Salá gerou Héber.
15 Depois que gerou Héber, Salá viveu 403 anos e gerou outros filhos e filhas.
16 Aos 34 anos, Héber gerou Pelegue.
17 De­pois que gerou Pele­gue, Héber viveu 430 anos e gerou outros filhos e filhas.
18 Aos 30 anos, Pelegue gerou Reú.
19 De­pois que gerou Reú, Pelegue viveu 209 anos e gerou outros filhos e filhas.
20 Aos 32 anos, Reú gerou Serugue.
21 De­pois que gerou Seru­gue, Reú viveu 207 anos e gerou outros filhos e filhas.
22 Aos 30 anos, Serugue gerou Naor.
23 De­pois que gerou Naor, Serugue viveu 200 anos e gerou outros filhos e filhas.
24 Aos 29 anos, Naor gerou Terá.
25 Depois que gerou Terá, Naor viveu 119 anos e gerou outros filhos e filhas.
26 Aos 70 anos, Terá havia gerado Abrão, Naor e Harã.
27 Esta é a história da família de Terá:
Terá gerou Abrão, Naor e Harã. E Harã gerou Ló.
28 Harã morreu em Ur dos caldeus, sua terra natal, quando ainda vivia Terá, seu pai.
29 Tan­to Abrão como Naor casaram-se. O nome da mulher de Abrão era Sarai, e o nome da mu­lher de Naor era Milca; esta era filha de Harã, pai de Milca e de Iscá.
30 Ora, Sarai era estéril; não tinha filhos.
31 Terá tomou seu filho Abrão, seu neto Ló, filho de Harã, e sua nora Sarai, mulher de seu filho Abrão, e juntos partiram de Ur dos caldeus para Canaã. Mas, ao chegarem a Harã, estabeleceram-se ali.
32 Terá viveu 205 anos e morreu em Harã.

bibliasagrada

" SOLTAS A TUA BOCA PARA O MAL, & A TUA LÍNGUA COMPÕE O ENGANO "


Salmo.50-19

PHABRYCYO

Confio nos meus dentes, e os mesmo dentes em que confio, são os que me mordem a minha língua!.... Como dizia o poema de Augusto dos Anjos: A boca que me beija é sempre a mesma que me escarra, a mão que me apedreja é a mesma que me afaga!.

Paulo Batista dos Santos