Lembrança de Alguém que já Morreu

Cerca de 20074 frases e pensamentos: Lembrança de Alguém que já Morreu

Não cruze os braços diante de uma dificuldade, pois o maior homem do mundo morreu de braços abertos!

Bob Marley

Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode,que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando,
vivendo que esperando, porque embora quem quase morre esteja vivo,
quem quase vive já morreu.

Sarah Westphal

Tudo quanto vive provém daquilo que morreu.

Platão

Uma coisa não é forçosamente verdadeira lá porque um homem morreu por ela.

Oscar Wilde

No mesmo vagão, eu e alguém
Conversa vai, conversa vem
Chega a estação

Lembrança vai, lembrança vem
Meu coração
Até hoje não desceu do trem

Martha Medeiros

Conservar algo que possa recordar-te seria admitir que eu pudesse esquecer-te.

William Shakespeare

DO AMOROSO ESQUECIMENTO
Eu, agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

Mario Quintana

O importante é a lembrança dos erros, que nos permite não cometer sempre os mesmos. O verdadeiro tesouro do homem é o tesouro dos seus erros, a larga experiência vital decantada por milénios, gota a gota.

José Ortega y Gasset

Faz que cada hora da tua vida seja bela. O mínimo gesto é uma lembrança futura.

Claude Aveline

Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.

Madre Teresa de Calcuta

Se você odeia alguém, é porque odeia alguma coisa nele que faz parte de você. O que não faz parte de nós não nos perturba.

Hermann Hesse

Se existe no mundo coisa mais aborrecida do que ser alguém de quem se fala é certamente ser alguém de quem não se fala.

Oscar Wilde

O maior prazer que alguém pode sentir é o de causar prazer aos seus amigos.

Voltaire

Numa só semente de trigo há mais vida do que num montão de feno.

Kahlil Gibran

A perplexidade é o início do conhecimento.

Kahlil Gilbran

Não quero mais amar a ninguém
Não fui feliz, o destino não quis
O meu primeiro amor
Morreu como a flor
Ainda em botão,
Deixando espinhos
Que dilaceram meu coração

Cartola

Biografia

Era um grande nome - ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele.

Mario Quintana

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu

Chico Buarque

O 'homem de bem' é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu

Nelson Rodrigues

Nosso sonho morreu. Devagarinho,
Rezemos uma prece doce e triste
Por alma desse sonho! Vá… baixinho…
Por esse sonho, amor, que não existe!

Vamos encher-lhe o seu caixão dolente
De roxas violetas; triste cor!
Triste como ele, nascido ao sol poente,
O nosso sonho… ai!… reza baixo… amor…

Foste tu que o mataste! E foi sorrindo,
Foi sorrindo e cantando alegremente,
Que tu mataste o nosso sonho lindo!

Nosso sonho morreu… Reza mansinho…
Ai, talvez que rezando, docemente,
O nosso sonho acorde… mais baixinho…

Florbela Espanca