Lacombe

Cerca de 167 frases e pensamentos: Lacombe

As histórias que dão certo são aquelas em que os dois se fazem bem, com eventuais e inevitáveis cortes, mas fortes o suficiente para se reerguerem e se apoiarem sempre sem perder o foco na vitória e a fé no outro, no amor e na vida.

Gustavo Lacombe

Você é o amor da minha vida. Não tem outra forma de dizer isso. Fosse um clichê, uma analogia, um trocadilho, uma metáfora, uma moral da história, ou qualquer outro recurso gramático ou literário. É você, sempre foi e será. Te conhecer foi um acaso, nosso amor foi sorte e nós dois juntos é destino. Ou qualquer ordem que faça sentido. O que importa é a verdade embutida no sorriso: você é o amor da minha vida.

Gustavo Lacombe

TEXTO::
NOVO ANTIGO AMOR

Chegou ainda tirando a poeira do ombro. Poderia fazer outros trocadilhos como cheirando a naftalina, direto do túnel do tempo ou outros mais infames ainda. Mas o que realmente importa nessa história toda é que ele voltou. Me procurou, pediu licença e se instalou no mesmo lugar que antes havido sido dele. E não é que tenha sido preciso eu deixá-lo voltar. Todo esse processo é feito junto.

Ele tocou a campainha. Eu abri a porta.

Claro que é preciso enterrar muita coisa. Não sou de tapar os olhos pro que vi, mas sei que é desnecessário perguntar por onde é que ele andou, o que fez ou que viveu. Nesse meio tempo, o relógio correu tanto pra ele quanto pra mim. Vou dizer que fiquei de braços cruzados esperando? Estou querendo enganar a quem? A gente rabiscou amor por cima disso tudo e seguiu a vida.

Como era de se esperar, nem tudo está no lugar. Mas vai ficar! Sim! Por exemplo, confiança – algo que eu julgava não existir mais – se renovou, mas sei o quanto cada um precisa provar pro outro. O que ficou mal resolvido, e eu sei que todo término tem, vai virar força. Nunca deixei que se tornasse mágoa e não vai será agora, apostando que pode dar certo, que vou me levar por um pensamento traiçoeiro assim.

Olhos nos olhos, é assim que ele me trata. É assim que eu sempre quis ser tratada. Ele amadureceu. Talvez seja cedo pra dizer que mudou, mas se não tivesse percebido nada diferente não teria dado uma outra chance. Pode ser que eu esteja numa posição muito cômoda, mas sei o quanto também terei de me doar pra fazer acontecer. Acho que o primeiro passo foi dado.

Eu acredito no amor. No nosso.

Que sejamos felizes. Que tudo que precisa ser provado de ambos os lados seja pelo sentimento que renasceu. Que me traga sorrisos, que lhe dê coisas boas pra se lembrar e querer viver mais um dia comigo. Que nos faça, acima de tudo, bem.

Que a gente caiba no melhor pra sempre que houver.

Gustavo Lacombe

Nunca vi uma estrela cadente, mas já cansei de fazer pedidos olhando pra imensidão do céu à noite.
E olha você aqui agora na minha frente.

Gustavo Lacombe

Que a gente caiba no melhor pra sempre que houver.

Gustavo Lacombe

... Meu problema é você. É ainda não ter entendido que você quis ir por livre e espontânea vontade. É ainda querer te achar nos lugares que eu sei que você não vai estar. Me disse com todas as letras “acabou”. Não sei se eu esqueci o significado da palavra ou se você disse algo parecido e eu entendi isso. Confuso? Você não sabe a confusão que tá minha vida.
Só que não posso ser o pior pra mim mesmo. Preciso aprender a aceitar. E, definitivamente, aceitar dói menos do que todo dia transformar sua tão desejada despedida em problema.
Quer saber?, meu problema sou eu."

Gustavo Lacombe

Eu me pergunto se aquela era nossa hora exata. Se era o momento certo dos olhos se cruzarem. Se era onde deveríamos ter nos encontrado. Se, por um acaso, não teria sido melhor ter esperado outros tempos, anos, vidas. Quis que fosse assim. Queria a vida que nos deparássemos um com o outro nessa situação. Era ali, era o agora pra gente, e foi onde tudo deveria, sim, ter começado.

As experiências que a gente trazia na bagagem eram o de menos, mas pesavam ao mesmo tempo. Quando se pensa em construir algo pra frente – um future – tendemos a achar que o passado não importa. Claro que importa, tem que importar! Foi essa minha história que me trouxe aqui. Foi nessa esteira de emoções e sensações que vivi meus primeiros tudo. E cada relacionamento novo é a chance de viver o primeiro que durará até o fim dos dias.

Dizem que o que mede do momento não é a sua duração, mas sua intensidade. Quero, portanto, deixar marcado aqui, mesmo parecendo pouco tempo (perto de tudo que queremos gastar juntos), que cada segundo valeu. Cada dia que pude dividir alguma alegria contigo valeu. Cada oportunidade de ver seu sorriso, sentir o teu gosto ou simplesmente te olhar. Cada coisa valeu.

Que bom poder te mostrar que o amor é entrega, é reciprocidade, é se sentir bem, é tratar bem quem a gente gosta, é união, é um compromisso leve que a gente leva da melhor forma pra nós. Sempre pensando nos dois como unidade. Somos um. Já não há jeito de falar de mim sem me pegar lembrando do bem que fez ao meu mundo. Sem contar a transformação que causou.

Hoje, os que torcem por nós sabem e querem que possa ser permanente esse bem que a gente se faz. Ontem, eu nem imaginava que poderia ser tão feliz assim. Amanhã, tudo que eu realizar quero dividir com você ou construir com você. Era ali, naquele momento, naquela troca de olhares, com aquelas histórias pela metade e um interesse surgindo. Éramos dois. Somos um.

Gustavo Lacombe

TEXTO::

Eu sinto sua falta nos detalhes.

Na ligação que chega de repente, na mensagem em que me chama de seu, do sorriso bobo depois de uma piada, de quando você esconde a cara só pra não admitir alguma coisa, e de como me olha chateada por desvendar alguma outra em você.

Eu percebo que alguma coisa não bate quando saio de casa e não tenho seu bom dia ou boa tarde. Como se tivesse sumido minha guia. Não quero nem lembrar do quanto pesa não ter o seu boa noite depois de um tempo te contando como foi o meu dia.

Sua força, seu gênio, eu jeito.

Personalidade forte, sempre soube que você tinha e nunca tomei isso por defeito. Tudo bem se você não consegue escolher onde a gente vai comer, que filme vai assistir, nem a qual festa podemos ir. Você deixa a meu critério (sempre), mas gosto de ver como você censura algumas coisas de cara. Tem coisas que realmente não fazem seu estilo.

Como eu sinto a sua falta. Parece que cada pedacinho seu ficou gravado em mim e, por algum motivo - amor?, não quer sair. Aí, olho nosso retrato, vejo seu sorriso escancarado e não tem porquê ter medo do amanhã. Mais certo que a ida é a sua volta.

E quando você bater os olhos em mim de novo, tenho certeza que seu coração vai te dar a resposta: é ele.

Gustavo Lacombe

Pense bem. Pense bem mesmo. Porque ninguém espera pra sempre e, apesar de tudo que ainda sente, ela vai seguir. Ela vai continuar com a vida dela e um dia você vai ficar se perguntando “por que não deu certo, meu Deus?”. E você vai saber a resposta.

Porque você não quis.

Gustavo Lacombe

Dizem que o que mede do momento não é a sua duração, mas sua intensidade. Quero, portanto, deixar marcado aqui, mesmo parecendo pouco tempo (perto de tudo que queremos gastar juntos), que cada segundo valeu. Cada dia que pude dividir alguma alegria contigo valeu. Cada oportunidade de ver seu sorriso, sentir o teu gosto ou simplesmente te olhar. Cada coisa valeu.

Que bom poder te mostrar que o amor é entrega, é reciprocidade, é se sentir bem, é tratar bem quem a gente gosta, é união, é um compromisso leve que a gente leva da melhor forma pra nós. Sempre pensando nos dois como unidade. Somos um. Já não há jeito de falar de mim sem me pegar lembrando do bem que fez ao meu mundo. Sem contar a transformação que causou.

Hoje, os que torcem por nós sabem e querem que possa ser permanente esse bem que a gente se faz. Ontem, eu nem imaginava que poderia ser tão feliz assim. Amanhã, tudo que eu realizar quero dividir com você ou construir com você. Era ali, naquele momento, naquela troca de olhares, com aquelas histórias pela metade e um interesse surgindo. Éramos dois. Somos um.

Gustavo Lacombe

Esqueça as outras meninas que nunca fizeram sentido e não importaram. Esqueça as noites mal dormidas com pessoasvazias e de papel que se desmanchavam ao chegar do dia. Eu estou falando da que realmente importa, da que faz diferença. Daquela que, quando tudo parece que vai desabar, é para os braços dela que você corre. É quem você pergunta como foi o dia, pra quem você quer contar como foi o seu.

É ela. E você sabe.

Gustavo Lacombe

As coisas não caem do céu. Só a chuva. (MINHA, Vó)
A lei de Murphy diz que "quando uma coisa tiver uma tendência a dar errado, ela dará", mas prefiro acreditar que mesmo 1% de chance de dar certo é o suficiente. Impossível não existe e acaso, às vezes, é só uma oportunidade perfeita encontrando com um trabalho já feito. Sobre o que cai do céu ser só chuva, acho que às vezes ela traz consigo boas notícias.
Verdade seja dita, sempre temos um lance em nossas vidas que nos faz questionar o que é Destino, o que é Acaso e o que é a Sorte. Algumas pessoas se agarram a Deus e dizem que foi Ele quem quis. Não duvido, mas nem todos são cristão e vão acreditar nisso. Pode ser que exista uma crença numa força do Universo que interage com nossos esforços e nos proporciona momentos assim.
Se tivesse que traçar um pensamento, sem dúvida seria daqueles que diz que nenhum talento poderá ser reconhecido se não for desenvolvido e - de alguma forma - mostrado para as pessoas. Reconhecimento só vem quando outros conhecem o seu trabalho. Não se foge da sociedade nem se consegue viver sem ninguém.
Assim, um diamante na caixa não encanta ninguém. Uma voz presa na garganta não maravilha nenhuma plateia. E por aí se vão os exemplos que você quiser pensar. Trabalhe e acredite. Pode ser que, no momento em que esteja em maior desesperança, alguma coisa lhe dê um presente.
Cai do colo.
Será? Algumas coisas eu apenas aceito, não fico remoendo para achar uma explicação. Se alguém em algum lugar dessa imensidão que vivemos e com tantas forças que ainda não conhecemos me julgou suficientemente bom para aquilo, eu aceito. E agradeço. Obrigado por tudo, repito pra mim mesmo. Às vezes nem sei pra quem, mas agradeço.
A gente já reclama demais dessa vida. Não custa agradecer também.
‪#‎GustavoLacombe‬

Gustavo Lacombe

Fiz um café forte pra espantar meu sono. Ou o sonho com nosso encontro.

Dizem que um tempo longe de quem se gosta não mata ninguém.
Verdade. Principalmente se você souber o que fazer com a volta.

Meu problema é acordar.
Abrir os olhos e procurar em todos os cantos da casa vestígios ou resquícios da sua passagem. Saio do quarto, passo na sala, corro o olho na cozinha e logo acaba a varredura. Os poucos metros quadrados que dividíamos eram suficientes. O único coração que você ocupava também.

Uma pessoa nova é sempre mais interessante. É injusto comparar com quem já divide a estrada faz tempo. É tudo diferente. São novas descobertas, novos acertos e erros a serem cometidos. É mistério, enquanto o outro é apenas mais do mesmo. Pena. Sabe por quê? Porque, no fundo, nós deixamos cair na mesmice com perguntas rasas, gestos vazios e a promessa de que, lá na frente, tudo pode melhorar. Não, tem que melhorar hoje. A grama do vizinho é sempre mais verde porque a gente não consegue ver o que está embaixo do próprio nariz. Fica cego pra beleza da vida que tem e prefere sonhar com o que acha que deveria ter.

Gustavo Lacombe

Esquizofrenia #18

Todo casal briga.

Não adianta dizer que você vive um relacionamento dos sonhos porque, cedo ou tarde, vai surgir alguma coisa que quebrará a rotina de sorrisos e dentes soltos e beijos apaixonados. E eu não estou rogando praga para o namoro de ninguém, mas com a gente não foi diferente. Ainda não aprendi a decifrar os “uhum”, os “tá” e os “hm”, mas acho que muitos deles querem dizer “não acredito em você”, “e…?” e o bom e velho “foda-se”.

Nossas DR’s tem direito a monólogo e a presença de cada um deles. Sempre.

Gustavo Lacombe

Eu fico imaginando como seria beijar a sua boca e a pele arrepia e pede pra parar. É tortura demais só imaginar. Já tenho saudade do abraço e do calor do corpo que eu ainda nem provei. Vai entender o que se passa nas sensações de um ser que se sente tomado. Anestesiado na vontade de borrar seu batom, grudar minha respiração na tua e sair um só som. Garota, desculpa pensar tanta coisa que eu não devia, mas é como eu te disse a pele arrepia de um jeito que vicia. Então, não encara mais a lente, mas, sim, os meus olhos. E deixa que o resto a gente descobre junto, vivendo acordado esse sonho.

Gustavo Lacombe

Existe um abismo entre desistir e saber que não é mais possível. A desistência vem antes, é covarde e, geralmente, é seguida por um trilha de arrependimento. Já saber que não é mais possível tentar é o limite das forças. Aliás, é quando se extrapola qualquer esperança. Entretanto, engana-se quem acha que não é preciso coragem para realizar tal feito. Muitas das vezes abre-se mão de uma vida por não conseguir continuar na estrada de sempre. E, por mais que uma ponta de indecisão apareça, o arrependimento nunca chega perto de quem sabe que foi necessário mudar. Pior ou melhor são apenas julgamentos de valor que não dão a dimensão da real situação. Portanto, persista no que se quer e sonhe até o final, mas não tenha medo de dizer "eu tentei". Ainda que os dedos lhe sejam apontados, ter a consciência tranquila em relação a si mesmo é um prêmio. Desistir jamais, mas entenda que certas coisas, por mais que se deseje absurdamente, estão fora do nosso alcance. Aí, entregue nas mãos de Deus, da vida ou do que você acreditar. Pode ser que não lhe seja dado o que quer hoje, mas, trabalhando, certamente lhe será dado o que você precisa para ser feliz amanhã.

Gustavo Lacombe

Dentro da gente, há sempre uma parte que acredita nos pedidos às estrelas cadentes, há sempre uma espera quando estamos carentes, há sempre força para se nadar contra a corrente. Dentro da gente, há sempre uma criança pronta pra mais um corte no dedo, há sempre um adulto morrendo de medo, há sempre guardado algum estranho segredo. Dentro da gente, há sempre uma ponta qualquer de qualquer esperança, há sempre um sonho que nunca nos cansa e lança, há sempre uma última ou penúltima dança. Dentro de nós, há sempre espaço para um novo amor, há sempre uma curiosidade para algo que ainda nem chegou, há alguém calejado na dor. Dentro de nós, há sempre mais do que podemos enxergar, há sempre um baú sem fundo a se explorar, há sempre um novo mundo a se iluminar. Dentro de nós, há tudo: das fraquezas aos dons absurdos. Há sempre algo a mais, nunca de menos. Há sempre como ir além do simplesmente dizemos que

Gustavo Lacombe

TREJEITOS

Gosto dos trejeitos dela. Gosto daqueles detalhes escondidos entre um sorriso e outro que nem mesmo ela repara. Engraçado, mas até nisso aquele ditado que diz “quem tá de fora pode enxergar melhor” dá certo. Quando conta alguma coisa, geralmente embala um “nãnãnã” tentando encurtar ou acelerar a história. É engraçado e pode ser que lendo você não me entenda, mas é marca registrada dela. Outra coisa? A risadinha curta e gostosa, deixando à mostra um pouco dos dentes na boca que gosto de beijar. Digo mais, faço e falo algumas palhaçadas ou bobeiras só pra ver e ouvir aquilo. O riso dela é um dos sons mais gostosos da natureza. Pra completar, o jeito que ela me chama de bobo. Bobo e louco por ela, sim, sem cansar de mirar aquele olhar apaixonado.

Dela. E que, justamente, só ela não vê.

Gustavo Lacombe

As maiores mudanças começam em nós. Quando olhamos para nossa vida e não enxergamos aquilo que desejamos, buscamos ou queremos, é porque, em algum momento, perdemos o foco e a vontade de seguir um caminho. É porque, de certo modo, deixou-se de lado um sonho e contentou-se com o que tinha. Problemas de baixa auto-estima, mau humor, tendência a achar que nada dá certo, teoria da conspiração… Tudo isso vem carregado de uma força negativa que, muitas das vezes, nós deixamos cozinhando dentro da gente. Fica num banho-maria não-produtivo de um peso que não deixa nada fluir para melhor. Não se tira de um buraco quem se acostumou e se aconchegou ao escuro e cava mais querendo não sair dali. A escada que galgamos na vida para sair de situações ruins e para atingir nossos objetivos tem como degraus as desesperanças, as falsas certezas e os nossos medos. Da próxima vez, ao ter a oportunidade de fazer algo por você, não alimente um medo.

Nutra um sonho.

Gustavo Lacombe

Dentro da gente, há sempre uma parte que acredita nos pedidos às estrelas cadentes, há sempre uma espera quando estamos carentes, há sempre força para se nadar contra a corrente. Dentro da gente, há sempre uma criança pronta pra mais um corte no dedo, há sempre um adulto morrendo de medo, há sempre guardado algum estranho segredo. Dentro da gente, há sempre uma ponta qualquer de qualquer esperança, há sempre um sonho que nunca nos cansa e lança, há sempre uma última ou penúltima dança. Dentro de nós, há sempre espaço para um novo amor, há sempre uma curiosidade para algo que ainda nem chegou, há alguém calejado na dor. Dentro de nós, há sempre mais do que podemos enxergar, há sempre um baú sem fundo a se explorar, há sempre um novo mundo a se iluminar. Dentro de nós, há tudo: das fraquezas aos dons absurdos. Há sempre algo a mais, nunca de menos. Há sempre como ir além do simplesmente dizemos que podemos.

Gustavo Lacombe