Lacombe

Cerca de 159 frases e pensamentos: Lacombe

Ela misturava tudo que eu nunca tive com tudo que eu queria ter. Passava pelo que eu precisava ter, se confundia com o que as outras queriam ser, e terminava sendo o que os homens desejariam ver ao seu lado. Ela juntava tudo que eu deveria saber, ler, ouvir, e entender sobre um abraço apertado. Ela era mais do que eu tinha sonhado. Não era perfeita, era simplesmente ela. E era meu bilhete premiado. Aliás, é.

Gustavo Lacombe

Eu sinto sua falta nos detalhes. Na ligação que chega de repente, na mensagem em que me chama de seu, do sorriso bobo depois de uma piada, de quando você esconde a cara só pra não admitir alguma coisa, e de como me olha chateada por desvendar alguma coisa em você. Eu percebo que alguma coisa não bate quando saio de casa e não tenho seu bom dia ou boa tarde. Como se tivesse sumido minha guia. Não quero nem lembrar do quanto pesa não ter o seu boa noite depois de um tempo te contando como foi o meu dia. Sua força, seu gênio, eu jeito. Personalidade forte, sempre soube que você tinha e nunca tomei isso por defeito. Tudo bem se você não consegue escolher onde a gente vai comer, que filme vai assistir, nem a qual festa podemos ir. Você deixa a meu critério (sempre), mas gosto de ver como você censura algumas coisas de cara. Tem coisas que realmente não fazem seu estilo. Como eu sinto a sua falta. Parece que cada pedacinho seu ficou gravado em mim e, por algum motivo - amor?, não quer sair. Aí, olho nosso retrato, vejo seu sorriso escancarado e não tem porquê ter medo do amanhã. Mais certo que a ida é a sua volta. E quando você bater os olhos em mim de novo, tenho certeza que seu coração vai te dar a resposta: é ele.

Gustavo Lacombe

Saudade? Procura. Vontade? Procura. Errou? Desculpa. Acertou? Não fez mais que a obrigação. Cativou? É sua responsabilidade. Quer? Corre atrás. Não quer? Sinceridade. Ela não pode? Respeita. Ela faz charme? Vai até onde for conveniente, ninguém precisa aturar "doce". É comprometido? Seja comprometido. Quer impressionar? Só uma rosa é pouco. É só um rostinho bonito? Que pena.

É como se eu tivesse guardado o amor durante toda a minha vida só pra poder entregar a você.

"Alguns propósitos da vida não foram feitos para serem entendidos, mas aceitos. Os piores momentos se transformam e podem esconder coisas boas. A melhor delas é, justamente, a aceitação em seguir sem questionar o passado. O que passou não pode ser alterado, mas o que vem pela frente pode ser qualquer coisa. Até mesmo o melhor futuro sonhado."

Gustavo Lacombe

É como se eu tivesse guardado o amor durante toda a minha vida só pra poder entregar a você.

Justamente a você.

E não tem explicação. Quando a gente se conheceu – num tempo já distante, mas tão vivo na memória – não poderia vislumbrar o que o futuro reservava. Se parasse pra pensar nas tardes de domingo, nas noites de sábado e nas escapadas durante a semana, não conseguiria colocar tantos sorrisos e abraços quanto realmente acontece hoje. E por mais que eu levasse bronca sua por criar expectativas, posso dizer sem sombra de dúvidas que tudo saiu muito melhor do que o sonhado.

Já posso dizer que esse ano foi marcado pela entrada definitiva do teu amor na minha vida. Da tua presença, do teu olhar. Sem esquecer de falar nas conversas em que a gente tenta melhorar junto o que há de mais precioso aqui: esse carinho. É como se, sempre que preciso, a gente pegasse as estrelas da nossa constelação e, uma a uma, as limpasse, polisse e colocasse de volta no céu para brilhar mais forte ainda.

Brilho nosso.
Esse amor já tem luz própria.

(Gustavo Lacombe)

Gustavo Lacombe

Você sabe que alguém se tornou importante quando o simples fato dela te contar como foi o dia vira uma parte fundamental no seu.

Gustavo Lacombe

Se eu fosse você, continuaria me preservando. Sabe por quê? Porque se entregar ao amor é doloroso. A gente dá a cara pra bater e apanha, sendo recíproco ou não. Até mesmo quando correspondido, a outra pessoa desliza, comete um erro. Quem nunca erra? Me diz. Quem é tão perfeito assim que não provoca uma briga, não sente um ciúme? Acaba, num momento infeliz, falando ou fazendo uma besteira? Quem?

Fica na sua, procura outra pessoa. Esse que tá aí atrás de você? Esquece! Quem desperdiçou uma chance não merece a segunda. principalmente se você ainda sente alguma coisa. Porque ela sabe, e vai continuar agindo do mesmo modo. Quem acredita que o outro mudou é otário. Ninguém muda! Somos todos iguais na essência e nos mantemos os mesmos. Vide ele: egoísta, mau caráter e um bom mentiroso.

Nunca mudará.

Aproveita e apaga o que vocês já passaram. Até as lições. Tanta coisa pra você guardar e vai levar as burradas que foram feitas só pra, lá na frente, lembrar dele? É, porque se você se recordar da situação, vai acabar lembrando dele. Então, arranca tudo de vez. O que foi bom, o que foi ruim e o mais ou menos. Ninguém precisa de coisas mais ou menos ou mornas.

Agora, eu tô falando o que eu faria. Mas, você sabe, conselho se fosse bom, a gente venderia. E eu to falando isso tudo porque eu gosto de você e não quero te ver sofrendo. Continue, cara. Se preserve. Porque o amor – essa coisa nociva que faz a gente dar segundas chances a quem não presta – só serve pra nos fazer quebrar a cara. De novo, de novo e de novo.

Não insista. Preserve-se.

Gustavo Lacombe

O problema de alguns homens é ficarem assustados demais diante de um futuro com alguma mulher. Aí, viram meninos, querendo correr de uma vida séria e responsável demais por fazer outra pessoa feliz. Uma pena. Tantas histórias morrem por falta de coragem. Tantas mulheres desperdiçadas na mão de meninos. Enfim, alguns deles mal sabem segurá-las.

___________________________________________________________

Na Cara - Gustavo Lacombe

Por quanto tempo eu tentei abrir seus olhos? Falava, enchia o seu saco, mas você preferia não ouvir. Por vezes eu cantei essa pedra de que você só daria algum valor e tentaria segurá-la de vez quando ela estivesse mais longe. Até porque, quando a gente tem algo nas mãos, fica brincando de jogar pro alto pra ver se cai de volta no colo. Numa das vezes que você a deixou solta, ela voou.
Se a culpa é sua? Totalmente. Quebrou a cara enquanto se divertia por aí. Não que você não pudesse. Como gostava de dizer quando encontrava os amigos, vocês não tinham nada mesmo... Mesmo? Quando alguém desperta um sentimento no outro, já não existe alguma coisa? Você não se sentiu um pouquinho responsável ao vê-la nos seus braços, linda e sorridente, sabendo que aquela felicidade toda era por estar contigo também?
Agora você sente muito, né?
Já fiz o trabalho sujo de ter que mostrar o quanto alguém estava errado, mas dessa vez será inevitável. Eu te avisei. Sim, eu te avisei que quando ela passasse na sua frente - mesmo que sem querer - com outro, você surtaria. Brotaria aquele sentimento de posse, facilmente confundido com gostar. Não duvido que você gosta dela, mas agora você tem concorrência. E se não tiver, pelo menos agora você sabe que ela não te espera.
É chato, né? Dói, né? Decida o que você quer. Se for pra dar uma força, conta comigo. Eu sei que você foi um babaca durante muito tempo, mas acredito se me disser (sem hesitar) que é ela, que a quer. Toma jeito. Esse circo todo que você mesmo criou em torno disso, ligando pra ela de madrugada, cobrando, exigindo coisas que ela nunca foi capaz, pode ser sintomas de que você sempre gostou de verdade dela. Ou que só tem medo de perder a "certa". Aquela que está sempre te esperando.
Ninguém espera sentado pra sempre.
Aproveita que deu saudade. Aproveita que bateu esse medo de perdê-la, de ficar sozinho. Pega isso tudo e pensa, reflete e decida-se. Não vou te dizer pra se resolver logo, mas não deixe, principalmente, o seu próprio coração sem reposta. Eu te avisei que estava na cara que ela gostava, mas você foi ignorando. Ou a deixa solta logo e desencana, ou se prenda nela de uma vez.

___________________________________________________________

Melhor não medir. Não calcula, não. Feliz é aquilo que somos enquanto sorrimos e não nos preocupamos com a quantidade de notícias boas ou más. Aliás, ser feliz não envolve nenhum tipo de preocupação, muito menos a de que tudo está dando muito certo e o azar uma hora pode chegar. Relaxa. É comum aos felizes ter a sorte por perto e pronta pra sempre se encostar.
___________________________________________________________

Planos são instantes em que queremos determinar o modo como o futuro será, mas o futuro não se escolhe, o futuro se vive, na forma do presente. E saiba que seus desejos serão seus. Pronome possessivo e intransferível! Compartilhe-os com quem julgar merecer, mas nunca os deixem morrer.

___________________________________________________________

Gustavo Lacombe

Uma pessoa não precisa passar muito tempo em sua vida para fazer diferença. Um dia apenas pode ser o bastante. Se vierem mais, lucro. Na maioria das vezes, ninguém pede para ser importante para alguém. Torna-se e pronto.

É quando um bom dia não salta na tela ou uma ligação não fecha a noite. É quando, sem se dar conta, três dias se passaram e não se ouviu notícias. É quando a saudade não incomoda mais, apenas existe e vai diminuindo - mesmo que seja mentira. Essa é a hora em que os caminhos descruzam e cada um vai viver sua vida, antes uma, agora aberta em duas.

- Você demorou! - disse, já querendo responder outra coisa.
- Muito?
- Estou a minha vida inteira esperando alguém como você. - pronto.
E sorriram. Bobos.

É quando um bom dia não salta na tela ou uma ligação não fecha a noite. É quando, sem se dar conta, três dias se passaram e não se ouviu notícias. É quando a saudade não incomoda mais, apenas existe e vai diminuindo - mesmo que seja mentira. Essa é a hora em que os caminhos descruzam e cada um vai viver sua vida, antes uma, agora aberta em duas.

Uma pessoa não precisa passar muito tempo em sua vida para fazer diferença. Um dia apenas pode ser o bastante. Se vierem mais, lucro. Na maioria das vezes, ninguém pede para ser importante para alguém. Torna-se e pronto.

Nem sempre eu acordo com o melhor dos humores. Normal, não? Essa coisa de levantar dando bom dia aos passarinhos, às plantinhas, ao Sol. Aliás, hoje amanheceu nublado. Tenho os meus dias para abrir os olhos e pôr dois pés esquerdos pra fora da cama. Todo mundo tem, só não tem o direito de descontar a própria irritação em alguém.

Eu preciso de você.
Preciso de você no meu dia, falando comigo o dia inteiro, trocando mensagem. Preciso daquele sinal de vida que uma carinha feita de pontos e parentêses faz arrancar um sorriso. Uma ligação surpresa dizendo que tá por perto. Preciso te ver. Preciso te ter na saudade, só pra matar depois. Dos meus dedos marcando suas costas, passando pelos segundos que a gente fica se olhando, preciso da tua respiração no meu ouvido perdendo o ar. Soltando um gemido. Preciso do teu corpo pesando no meu. Preciso de você dentro do meu abraço. E eu preciso dizer algumas coisas e ouvir outras. Digo que te adoro, que te quero. Preciso verbalizar minhas vontades. O seu também é preciso. No ponto. Isso quando não é o seu olhar me gritando que "sim".

- Como você prefere meu cabelo? Longo ou curto?
- Prefiro ele na minha mão, punho fechado e eu te puxando pra bem perto antes de te deixar um beijo. Gosto de você de qualquer jeito.

Toda pessoa que já amou sabe o que é se sentir sem uma parte, levada embora pelo chegar da saudade.

Eu deveria te proibir de entrar até nos detalhes do meu dia só pra me fazer te lembrar.

Amor, entre outras inseguranças bobas, é perguntar coisas à tôa se preocupando com a resposta da outra pessoa, que pode não ser tão boa, e ver que era apenas mais uma pessoa que não consegue nem ao menos suportar a idéia de perder por quem a alma voa.

Quando a gente não quer, um corte no dedo vira uma ferida mortal, uma unha encravada é o resumo de todo mal e as desculpas brotam em profusão. Seria tão mais fácil chegar e, simplesmente, ser sincero dizendo um "não".

Não me chama de "linda", por favor. Não me joga no mesmo saco que as suas amiguinhas. Se quiser me elogiar, tudo bem, mas como vocativo, não. Soa falso, soa pobre, sem criatividade, genérico demais pro meu gosto. Você não sabe meu nome? Então, inventa um apelido carinhoso, usa um diminutivo, mesmo que todo mundo me chame assim. Só não me vem com esse "linda". Você perde pontos cada vez que fala isso.

Não ligo para quem não me liga. Isso vale pra qualquer relação que mantenho. Ninguém é amigo sozinho, ninguém ama sozinho, ninguém merece dar atenção a alguém que simplesmente não a quer. Procurar é até válido, mas o interesse tem que ser recíproco.

Gustavo Lacombe

Dê aos seus dias a chance de se tornarem inesquecíveis nos braços de quem tenta fazer sua vida valer a pena.

G. Lacombe

Não posso mais fazer isso. Não é que o problema seja você. Veja bem. De tantas com quem já me deitei, abracei e beijei, você, sem dúvida é a melhor. Aqui eu não quero comparar como cada uma fazia com o jeito tão bom que você tem. É que essa química toda que cresceu e tem pirado meus instintos, adicionado a toda física que nossos corpos produzem tem me feito mal. Eu, logo eu, que nunca fico assim.

Melhor dizer com todas as letras: não se apaixone. Eu não sou bom o suficiente pra você. A gente se conheceu não por acaso. Eu já sabia quem você era, já estava de olho e esperei o momento certo. Enquanto isso eu me divertia com outras. Só que não posso fazer isso contigo. Me trata tão bem, me dá tanto carinho que é inaceitável um homem com um histórico feito o meu partir seu coração. Para por aqui. Paremos antes que eu te machuque.

Pergunte a quem me conhece. Sou da pior espécie, conhecido por conquistar e depois ir embora. Eu sou isso. Isso é um aviso. Corre que ainda é tempo. Essa é a verdade. Vai existir uma hora que você precisará de mim e eu vou falhar. Não vou poder te ajudar, te dar apoio e isso vai acabar contigo. Com a gente. Aliás, eu receio que esse dia esteja perto. Eu tenho medo de faltar pra você.

É, você entendeu certo. Eu tô com medo. Repetindo, logo eu, tão seguro dos meus atos e com o currículo invejável, morro de medo de não ter mais seus olhos, seus carinhos. Seguir nessa estrada sozinho vai ser o castigo imposto a quem já tanto maltratou o sentimento que é dado de coração por alguém e não sabe cuidar. Se você ajeitar seu amor em minhas mãos, tenho medo de deixar cair, quebrar. O seu não. Eu não quero a responsabilidade de ter que lidar com essa culpa. Das ostras eu nem pena tive. De você, eu quero levar só as lembranças boas. Foge.

Fala pra mim que esse defeito meu tem cura? Você me salva? Talvez, a gente só precise de uma chance a mais. Uma chance para ser aproveitada devagar. A primeira vez que eu te vi abraçada com um amigo senti que tinha algo de diferente. Desde aquele dia eu venho ensaiando esse discurso e pensando na saída para isso tudo. E, realmente, pensando bem, eu não vou conseguir ficar longe de você. Sou egoísta, admito. Quero você só pra mim.

Mas foge, amor! Foge enquanto é tempo. Vai que eu não consigo te fazer bem? Vai que a minha insegurança em relação a nós se confirma? Logo eu, tão seguro das atitudes diante de uma mulher. Mal sei explicar o que é isso. Se você estiver disposta a ver até onde nosso caso pode ir, a gente tenta. Por favor, não se apaixone como eu já estou apaixonado.

Gustavo Lacombe

Foto

Eu olhei uma foto sua hoje e uma coisa estranha percorreu meu corpo. Não foi um arrepio qualquer. Começou do lado direito do meu pé, subiu pelas pernas e fez estremecer o último fio de cabelo na nuca. Acompanhado de um sorriso, foi a prova de que a sua imagem mexe tanto comigo quanto à época em que nos conhecemos, começamos a ficar e iniciamos essa história.

Ficou um tempo. Durante alguns segundo, eu com o seu rosto na tela, fui me dando conta do que já sabia, mas reforçava em certeza. Gostar de alguém não é a coisa mais simples do mundo. Só que, ao mesmo tempo, é. Bater o olho e ficar mudo. Sentir que todo o peso do mundo se foi e nada importa agora entre eu e quem eu gosto. Queria entrar pela tela e estar ao seu lado na foto.

O coração bateu apertado, a alma se aninhou em algum lugar para tentar se esconder da dor que a sua falta me causa, e uma angústia de saber que não poderia te ter nos próximos dias me fez perder o fôlego por um instante. Aconteceu tão rápido e lento que duvido que o tempo não tenha se confundido. Meu medo era ficar preso naquela saudade.

Quando passei pra foto seguinte, já anuviada a tensão, relaxei no sofá. Permaneci ainda uns minutos olhando com cara de bobo para os olhos da menina que me fazia esquecer de qualquer coisa e viajar em pensamento para o lado dela. A verdade é que você vai estar sempre comigo, morando dentro de mim.

Gustavo Lacombe

Ela se constrangeu.

Virou a cara, não sabia para onde olhar. Deveria existir um outro motivo, mas não aquele. Por que, Deus? Só pra sacanear? Só pra começar o dia com o pé esquerdo? Era castigo demais. Não podia ser verdade aquilo. Demorou uns segundos a mais ate conseguir encarar, mal acreditando que aquilo, logo aquilo, tinha acontecido com ela.

Quando finalmente conseguiu levantar, sentiu o peso no corpo e na consciência. Caminhou até o banheiro com um passo trôpego. Talvez fosse o resquício da noite anterior. Ainda tentava entender, e poderia adivinhar que isso duraria pelo menos uns três próximos dias, o porquê de ter cedido. Hoje ela seria culpa. Nada mais. Se vestiria de preto, num luto simbólico. Só porque cedeu.

Abriu o chuveiro, demorou mais que o habitual, ensaboou-se sem pressa, deixou que a água quente percorresse o seu corpo molhando cada parte. Parecia ainda estar em ebulição, mas sabia que era apenas reflexo do esforço final passado. Shampoo e condicionador para tirar os vestígios e dar vida a uma pessoa que tinha morrido e não sabia, que tinha se deixado abater e detestava o predador.

Saiu do box, se enrolou na toalha e o mundo pareceu desabar. Alguma coisa a abraçava além daquele tecido felpudo. O que era culpa se transformou em algo pior. Ela não sabia como sair dali e ao ver um sorriso refletido no espelho, soube que tinha ido longe demais ao se deixar levar pelas palavras dele.

Ex-namorados, por que existem?

Gustavo Lacombe

Metáforas não me seduzem. Se um dia quiser dizer algo, dá na lata. Sinceridade sempre conta pontos.

(G. Lacombe)

É sorte do meu sorriso ter você como motivo.

(G. Lacombe)

Pra sempre? Se for bom já é um começo, se me fizer feliz é meio caminho andado e se durar o tempo necessário para marcar já vai ter valido a pena. Pra sempre.

(G. Lacombe)

Nunca quis nada fácil na vida. Mas se algo me vier por um acaso, destino ou sorte, eu não vou me incomodar.

(G. Lacombe)

Gustavo Lacombe

O problema de alguns homens é ficarem assustados demais diante de um futuro com alguma mulher. Aí, viram meninos, querendo correr de uma vida séria e responsável demais por fazer outra pessoa feliz. Uma pena. Tantas histórias morrem por falta de coragem. Tantas mulheres desperdiçadas na mão de meninos. Enfim, alguns deles mal sabem segurá-las.

Gustavo Lacombe

TEXTO:

Se eu fosse você, continuaria me preservando. Sabe por quê? Porque se entregar ao amor é doloroso. A gente dá a cara pra bater e apanha, sendo recíproco ou não. Até mesmo quando correspondido, a outra pessoa desliza, comete um erro. Quem nunca erra? Me diz. Quem é tão perfeito assim que não provoca uma briga, não sente um ciúme? Acaba, num momento infeliz, falando ou fazendo uma besteira? Quem?

Fica na sua, procura outra pessoa. Esse que tá aí atrás de você? Esquece! Quem desperdiçou uma chance não merece a segunda. principalmente se você ainda sente alguma coisa. Porque ela sabe, e vai continuar agindo do mesmo modo. Quem acredita que o outro mudou é otário. Ninguém muda! Somos todos iguais na essência e nos mantemos os mesmos. Vide ele: egoísta, mau caráter e um bom mentiroso.

Nunca mudará.

Aproveita e apaga o que vocês já passaram. Até as lições. Tanta coisa pra você guardar e vai levar as burradas que foram feitas só pra, lá na frente, lembrar dele? É, porque se você se recordar da situação, vai acabar lembrando dele. Então, arranca tudo de vez. O que foi bom, o que foi ruim e o mais ou menos. Ninguém precisa de coisas mais ou menos ou mornas.

Agora, eu tô falando o que eu faria. Mas, você sabe, conselho se fosse bom, a gente venderia. E eu to falando isso tudo porque eu gosto de você e não quero te ver sofrendo. Continue, cara. Se preserve. Porque o amor – essa coisa nociva que faz a gente dar segundas chances a quem não presta – só serve pra nos fazer quebrar a cara. De novo, de novo e de novo.

Não insista. Preserve-se.

Gustavo Lacombe

TEXTO:

Vou te complicar. No próximo abraço, pequena, vou te apertar mais que o costume e vou fazer tua boca encostar meu pescoço. Ali, duvido que teus lábios resistam à tentação que a eles se oferece. Do beijo premeditado, vou dizer alguma coisa no seu ouvido que vai ecoar pela sua cabeça e descer, lentamente, como uma mão atrevida passeando pela barriga até o pé. E depois eu troco de lado, sussurro outro segredo pra compensar o peso. Cada orelha leva uma mordida, uma confidência e um arrepio.

Vou dificultar as coisas pra ti, moça bonita. Assim que te pousar – no próximo abraço vou arrancar seus pés do chão – vou encarar seus olhinhos que já terão se aberto depois daquilo. Cronometrando os segundos em que mantemos contato, num passe de mágica vou sumir com o mundo ao redor. Não importa em que condições climáticas ou emocionais nos encontremos, só restará eu e você no ilusionismo da atração. Aos poucos, num redemoinho, tudo volta ao lugar. Meus braços, relaxando, começam a soltar o seu corpo.

Vou te decifrar mais a cada instante. Com medo que eu te descubra e te apresente a cura (apesar de não existir mal nenhum), você vai ensaiar um passo pra longe, uma repulsão instintiva de quem se sente caçado. Tua mãos, entretanto, ainda comigo em contato, vai ser puxada de volta num leve gesto de quem não quer te deixar ir embora. Agora de costas, ou meio de lado, meio torta, vai evitar me olhar. Nessa hora eu não prometo estar sem sorrir, menina. E quem foi que disse que eu deixaria tua presença feminina, que me desperta e contamina meu ar com um essência tão boa, rapidamente se afastar.

Vou te quebrar. Talvez você não entenda de onde surge a vontade onde só existia medo. Espera o pior de mim, e é bom mesmo que fique esperando. É que mudou alguma coisa, não em mim, mas em nós. E seria tão melhor se tivesse ficado como estava, né? Não. Seríamos cada metade da história vagando por aí, pequena, sem ao menos ter o vislumbre de imaginar para onde escoa esse sentimento.

Gustavo Lacombe

A gente é um enrosco. É uma confusão que, admito, eu gosto. Pode colocar aí: relacionamento enrolado. Por que não? Na frente dos outros, amigos. Por trás do muro, é mais gostoso proibido. Nem é. Mais gostoso é consentido. Com sentido, então. Só que a gente é bagunça e nem tudo é racional. Já viu alguém ir pra longe achando que assim pode encontrar o melhor final? Entende não. Alguns casos, se tivessem explicação, perderiam toda a graça.

G. Lacombe

De onde vem esse vazio existencial incomensurável que faz tanta gente precisar da validação alheia para que sua própria vida tenha sentido???

Silence 3 Benjamim Lacombe