Joio do Trigo

Cerca de 100 frases e pensamentos: Joio do Trigo

Não era amor , não era paixão , não era nada relacionado a plural . Ela pensava nele todos os dias de uma forma delicada e escondida. Ela poderia se ocupar com centenas de coisas mas sabia que no final do dia era ele que permanecia na sua mente . Ela fazia de tudo para esquece-lo completamente , mas parecia que ele deixava rastros em todo canto onde ela respirava. Perseguição fantasma. Ela não o via mas sabia que ele estava ali. Num dia desses ela perguntou para si ” É amor ? É desejo ? Que diabo és isto?” . Ela era cuidadosa , quer dizer , ela se tornou cuidadosa . Ela já sofreu tanto com o amor e decidiu não amar. E quem disse que ela não conseguiu ? Sim. Ela conseguiu . Por isso a dúvida. Foi assim que descobriu o que sentia. Ou melhor , o que ela queria que ele sentisse. E era saudade. Ela necessitava que ele sentisse saudades dela. Que ele se importasse , ligasse , mandasse alguma mensagem , lembrasse dela de alguma maneira . Ela só queria que ele sentisse falta. Só isto…

Vitória Trigo

Vai ver o meu final feliz seja somente seguir em frente… Porque sinceramente , cansa esperar por algo que não sabemos se irá ou não valer a pena. Eu acredito na idéia de ”não desistir , persistir”, mas acho que nem sempre essa idéia se encaixa nas pessoas. Talvez seja melhor desistir … porque não haver dois caminhos a seguir? Que irônia. A vida nos mostra centenas de caminhos para centenas de coisas , mas quando falamos de desistência a maioria das pessoas viram a cara e dizem que não é certo ou que essa nunca é uma boa opção. Mas e se for ? Eu desisto porque está começando a me afetar , e não quero mais problemas para mim.

Vitória Trigo

Passei a ser mais seletiva. Nas amizades , nos meus amores , até nas comidas. Destroços de sentimentos não me atingem mais. Estou pronta para recomeçar ; enfrentar qualquer obstaculo , quebrar qualquer barreira. Suar. Lutar o dia todo e de noite apenas descançar. Quero ação , quero amor , quero mistério , quere desvendar sentimentos , descobrir pessoas , quero novidades. E além de tudo , quero e preciso que as coisas dêem certo pelo menos uma vez .

Vitória Trigo

Uma virgula no lugar errado e pronto; A história não será a mesma.

Vitória Trigo

Ela não saia de casa a um tempo depois do acontecido , ela não queria mais saber de saltos e vestidos mas parecia que aquela noite seria diferente. Ela recomeçaria, uma nova mulher iria nascer. Ela saiu de casa com expectativas e sorria… Depois de um tempo, sorria. As horas foram passando e ela até que se divertia , tomava uns drinks e ria de umas histórias contadas por seus colegas. Ela o avistou. Ela bambaleou e sabia que alguma coisa nele ainda a afetava de uma forma que ninguém sabia. Ele a fitou com os olhos e sorrio de lado . Um cumprimento distante e impactante. A história deles não tinha um ponto final , só virgulas e muitos pontos de interrogação. Ela chegou a lembrar de alguns momentos juntos mas foi interrompida por sua amiga puxando-a para a pista. Não lembrava como dançara , havia tempo que ela não dançava. Moveu-se estranhamente linda. Ela esbarrou em um homem , sem querer , um homem reconhecido imediatamente .

- Desculpa eu não quis…

Os olhares deles se encontraram novamente e agora , tão próximos. Ele estava acompanhado por uma linda mulher aparentemente mais velha, talvez nem tanto assim. Ele puxou uma conversa rápida , aquele ”tudo bem?” clichê e ”alguma novidade?” . - Tantas,muitas. Vamos sentar e conversar um pouco mais . - A mente dela pedia um pouco das palavras dele. A mulher com que ele andava deu-lhe um longo beijo , aqueles beijos demorados com direito a mãos bobas e nem um pouco românticos . Ela olhava aquela cena e segurava a lágrima. Ela achou que pelo menos aquela noite ele iria respeita-lá. Saiu sem falar com ninguém , sem dar satisfações . Pegou o carro chorando e chegou em casa . Trancou o quarto e ainda está lá. Festa Suicida.

Vitória Trigo

É incrível como uma palavra ou uma conversa pode mudar seu dia. Me vi , hoje mesmo , trocando de estados por simples e meras palavras. Uma hora sorria , outra nem tanto assim , outra apenas ficava em silencio e voltava a sorrir. E quem vê pode me chamar de maluca , louca … mas não me importo , sou assim , meu humor varia ao passar do dia de acordo com os fatos. Estranho né ? Porque se você me vê feliz de manhã , não significa que de noite estarei do mesmo jeito …

Vitória Trigo

Pensando bem , eu me considero forte. Não conto minhas fraquezas nem para meus melhores heróis ; Deixo elas guardadas , quietas . Mas é fácil percebê-las . Certas palavras machucam e são a chave para uma tempestade interna.

Vitória Trigo

Escudo de espinho , força animal , durona ; Eu a procuraria na coluna dos frios nos mercados. Mal sabem que chove e relampeja todos os dias a sua alma.

Vitória Trigo

Aí eu penso e vejo tudo o que eu já passei e pelo que eu ainda passo. Não tem como não me considerar forte.

Vitória Trigo

Todos diziam que ela andava com a cabeça no Mundo da Lua e que em instantes seus pés não estavam mais no chão. Todos a descreviam como ” a desligada ” ou ” alimentadora de fantasias” e eles a julgavam por nunca estar a par da realidade. Era muitas criticas para uma menina que não queria acreditar no real. E foi por isso que ela decidiu fugir. Ela não tinha idéia para onde ia , só sabia que fugir era uma opção tentadora. Fugiu. (…) A menina distraida deixou seu diario em sua cama , bem típico dela. Sua mãe chorando , pegou e leu a ultima frase: ”Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação”.

Vitória Trigo

Mas apenas saiba que provavelmente ainda eu te adore. E não mudou a intensidade, o modo, o tempo e todos advérbios. E de todas desculpas que eu já lhe pedi, venho com esta mais sincera: Minhas desculpas. Mas que saco, com tantas coisas que poderíamos ter sido, escolhemos logo não ser.

Vitória Trigo

Eu não sei se isso é válido. Desistir dos sonhos sem ao menos tentar realiza-los. Deveria haver uma lei. ”Que não desistamos dos nossos sonhos sejam eles árduos ou não”. A cada 1000 pessoas que possuem sonhos, apenas 28% lutam para realiza-los. 10% desistem por não ter investimentos disponíveis e 15% sofrem de baixa autoestima. 8% apenas conseguem chegar próximo ao que imaginam. E desses, somente 2% tem sucesso, completamente. O problema é que ninguém imagina estar nesses 2%. As estatísticas não mentem. Faça por parte. Tente pelo menos estar entre os 8%. Afinal, se chegar, você nunca esteve errado. Ninguém nunca disse pra que servem os sonhos e se disse, eu não escutei. E agora eu te digo que servem para te manter na Terra. Os cientistas dirão que é a gravidade e eu te digo que são os sonhos. Nós vivemos para isso: Realizar nossos sonhos. E ainda dizem que estatisticas não mentem. Blah! Papo furado, enrolação. Qualquer um pode inventar estatísticas… Não que eu tenha feito isso para convence-lo…Não! Fiz.

Vitória Trigo

Muitos dizem que não são responsáveis por tirar o joio do meio da Igreja e isto não poderia ser mais errado, não por tirar o joio e sim por não cuidar do trigo. Se analisar bem a Parábola do Trigo e do joio, pode-se observar que os trabalhadores que reconheceram o joio, permitiram que este fosse semeado entre a boa semente por dormirem. E hoje muitos pastores estão permitindo que o joio seja semeado em meio ao trigo, simplesmente por fazerem como aqueles ajudadores do dono do campo, dormirem em serviço.

Pr. Sérgio Carlos da Silveira

As cravinas floresceram entre o joio

Vi as cores mais brilhantes que jamais vi

toquei a água gelada do córrego

toquei uma tal tristeza...


Sentei-me e descansei no riacho

muitos pássaros empoleirados em um galho seco

Choveu muito a manhã toda

chuva forte, densa, persistente

somada a um vento acre

que estremece as folhas largas, carregadas de umidade

Cheguei ao meu limite

Meus olhos... [ faz-se água


Meu amor é frágil;

Deixará passar o inverno à promessa de por toda uma vida...

é contrário a egenerescência da alma alcançando o espaço iluminado

abstrato em carne e fogo

Quando enlouqueci, pus-me no chão

[ para melhor sofrer

me acostumei com a lama

o céu se largueia em grande azul

Fria impassibilidade,

bebeu-me o sangue, devorou-me os ossos

matou-me abstratamente

Andrê Gazineu

Parábolas do Joio, do Grão de Mostarda, e do Fermento – Mateus 13.24-43



Parábola do Joio

“24 Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeou boa semente no seu campo;
25 mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.
26 Quando, porém, a erva cresceu e começou a espigar, então apareceu também o joio.
27 Chegaram, pois, os servos do proprietário, e disseram-lhe: Senhor, não semeaste no teu campo boa semente? Donde, pois, vem o joio?
28 Respondeu-lhes: Algum inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo?
29 Ele, porém, disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis com ele também o trigo.
30 Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro. (Mateus 13.24-30)

Parábola do Grão de Mostarda

31 Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante a um grão de mostarda que um homem tomou, e semeou no seu campo;
32 o qual é realmente a menor de todas as sementes; mas, depois de ter crescido, é a maior das hortaliças, e faz-se árvore, de sorte que vêm as aves do céu, e se aninham nos seus ramos. (Mateus 13.31,32)

Parábola do Fermento

33 Outra parábola lhes disse: O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e misturou com três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.
34 Todas estas coisas falou Jesus às multidões por parábolas, e sem parábolas nada lhes falava;
35 para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Abrirei em parábolas a minha boca; publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo. (Mateus 13.33-35)

Explicação da Parábola do Joio

36 Então Jesus, deixando as multidões, entrou em casa. E chegaram-se a ele os seus discípulos, dizendo: Explica-nos a parábola do joio do campo.
37 E ele, respondendo, disse: O que semeia a boa semente é o Filho do homem;
38 o campo é o mundo; a boa semente são os filhos do reino; o joio são os filhos do maligno;
39 o inimigo que o semeou é o Diabo; a ceifa é o fim do mundo, e os celeiros são os anjos.
40 Pois assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será no fim do mundo.
41 Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles ajuntarão do seu reino todos os que servem de tropeço, e os que praticam a iniquidade,
42 e lança-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá choro e ranger de dentes.
43 Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos, ouça.” (Mateus 13.36-43)

Depois que nosso Senhor concluiu a sua pregação por parábolas, quando se encontrava num barco à beira mar, Mateus registrou mais um motivo pelo qual Ele falava por parábolas: estava profetizado no Salmo 78.2 que Ele faria isto quando se manifestasse ao mundo:
“34 Todas estas coisas falou Jesus às multidões por parábolas, e sem parábolas nada lhes falava;
35 para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Abrirei em parábolas a minha boca; publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo.”
Quando o evangelista afirma que “sem parábolas nada lhes falava” isto não significa que Jesus somente disse parábolas, mas que estas sempre fizeram parte do Seu ensino e pregação, porque isto estava profetizado acerca dEle.
Um falso messias poderia criar parábolas para tentar confirmar as Escrituras, mas certamente, não poderia falar dos mistérios eternos do reino dos céus através de suas parábolas, porque somente o Filho de Deus, que lá estivera, e que tudo criara, poderia falar acerca das coisas relativas ao reino dos céus.
Nós comentaremos as três parábolas (do joio, do grão de mostarda, e do fermento) desta passagem, em conjunto, dado haver pontos de similaridade entre as mesmas.
Na Parábola do Joio, a boa semente não representa a palavra do reino, como na Parábola do Semeador, mas os próprios cristãos (v. 38).
As parábolas do Grão de Mostarda, e do Fermento, representam o crescimento, a expansão do evangelho. O crescimento e a multiplicação da palavra do reino em todo o mundo, a partir de um pequeno começo.
“E a palavra de Deus crescia e se multiplicava.” (At 12.24). Este texto de Atos não significa que outras verdades eram acrescentadas progressivamente à mensagem que fora pregada e ensinada inicialmente por Jesus, mas que a palavra do evangelho estava se espalhando por várias partes do mundo.
Quanto à Parábola do Joio, muitos se enganam ao dizerem que a Igreja verdadeira é composta tanto por trigo quanto por joio, porque Jesus disse que o reino dos céus é composto por ambos.
Todavia, não é este o ensino de nosso Senhor, porque deixa muito claro que o joio é um elemento estranho ao reino dos céus, à verdadeira Igreja, que foi semeado não por Deus, mas pelo diabo, e está portanto, destinado a ser arrancado, porque o Senhor arrancará de Sua lavoura, no tempo próprio toda planta que não foi plantada por Ele (Mt 15.13).
Além disso, nosso Senhor disse que o joio representa os filhos do maligno, e que a boa semente são os filhos do reino. Assim, somente os filhos do reino haverão de herdar a salvação.
Recomenda-se portanto, que a Igreja não exclua o joio, uma vez plantado, pela simples iniciativa de seus líderes, porque esta operação de exclusão da membresia será usada pelo diabo para abalar a muitos que sejam verdadeiramente trigo no meio do povo de Deus, por tomarem partido daqueles que foram excluídos, ou então, por este joio excluído agir contra o corpo de fiéis, causando danos a muitos. Do mesmo modo quando se tenta arrancar da lavoura uma planta má, que tenha crescido ao lado de uma boa, cujas raízes tenham se entrelaçado à mesma. Ambas serão arrancadas ao se tentar tirar uma delas. Ainda que o cristão verdadeiro, que se escandalize com a retirada de um joio, não sofra qualquer prejuízo quanto à sua condição de ser cidadão do reino dos céus, no entanto, sofrerá algum tipo de dano na sua comunhão com a igreja na qual congregue.
Então devemos deixar Àquele que é o ceifeiro, o trabalho de fazer a separação do joio do trigo, quer neste mundo, quer quando por ocasião da Sua segunda vinda, quando dará ordens a Seus anjos para que façam tal separação definitivamente.

Silvio Dutra

O Materialismo e a ansiedade por sucesso da igreja evangélica atual, incentivada na maioria dos púlpitos, é uma semente de joio que o inimigo semeou e que se alastrou, sufocando a busca da revelação do conhecimento do Filho de Deus.... Foi uma estratégia do inimigo para desviar a igreja dos valores de Jesus...

Valdir Aquino Lubas

Não reconheceram minhas palavras como ouro ou trigo, mas amanhã se levantará um grito que tropeçando se arrastou por toda vida dentro de mim.

Sidiney Breguêdo

As decisões mais importantes também são as mais tristes.

jefferson