Jogral para a Páscoa

Cerca de 131 frases e pensamentos: Jogral para a Páscoa

Ele nos ama

"Bendito seja o Senhor!", exclamou o salmista. "Rocha minha e redentor meu". Hoje também bendizemos a Deus com alegria, nosso louvor é repleto de cânticos, instrumentos e dedicação. Estamos maravilhados, ó Deus, com tua misericórdia, teu perdão e amor, pois Tu nos enviaste Teu próprio filho para nos reconciliar contigo. Jesus, que por ter morrido na cruz, nos ofereceu salvação. Ele curou enfermidades, restaurou corações e semeou a esperança. Havia extrema pureza e sabedoria em seu caminhar.

Não, não foi fácil ver o filho padecer no lugar dos homens, que, sem nenhum temor, zombavam dele e o ridicularizavam ao carregar aquela cruz. Entregar seu bem mais precioso significa amar. Um amor maior que o mundo, mais profundo que todos os vales. Mas para sua glória, Cristo ressuscitou. Ele vivo está! E entronizado, governa o universo junto ao Pai.

Bem, Deus também me ressuscita. Dia após dia, sou ressuscitado do medo, da incredulidade, do pecado, porque muito abracei a salvação que Ele me concedeu. Aquele que lavou minhas vestes em seu sangue espera que hoje eu dedique a minha vida em adoração.

Será que temos firmado nossos passos em Deus? Como temos o agradecido por seu amor? Com quantos compartilhamos a felicidade que é ter Jesus como nosso Salvador?

Honra e glória pertencem somente a Ti, ó Deus. Ao mundo bradaremos com a voz do evangelho. Tudo o que temos, tudo o que somos é Teu, porque verdadeiramente o Senhor nos ama.

Gustavo Zamproni (Páscoa)

A Ressurreiçao-Pascoa;
No primeiro dia da semana, de manha bem cedo, as mulheres levaram ao sepulcro as especiarias aromaticas que haviam preparado.
Encontraram removida a pedra do sepulcro, mas, quando entraram nao encontraram o corpo do Senhor Jesus. Ficaram perplexas, sem saber o que fazer. De repente, dois homens com roupas que brilhavam como luz do sol colocaram-se do lado delas.Amedrontadas, as mulheres baixaram o rosto para o chao, e os homens lhes disseram: " Porque voces estao proucurando entre os mortos aquele que vive?
Ele nao esta aqui! RESSUCITOU! Lembrem-se do que Ele lhes disse, quando ainda estavam com voces na Galileia: E necessario que o filho do homem seja entregue nas maos de homens pecadores, seja crucificado e ressucite no terceiro dia". Entao se lembraram das palavras de Jesus.

Lucas 24. 1 a 8 (Biblia Sagrada Nova Versao Internacional)

SIMBOLOGIA PASCOAL
...

No Judaísmo, a Páscoa significa época de libertação, renovação, abundância, fertilidade. A Páscoa (Pessach) é uma festa da primavera, que dura oito dias, em que se comemora a libertação dos judeus da escravidão no Egito e sua formação como o povo do Deus único, com uma religião e um destino comuns.

Lag Baomer, data que relembra a luta contra os romanos. Lag Baomer é o trigésimo terceiro dia da contagem do omer. A contagem dos quarenta e nove dias, que começa no 2º dia de páscoa e termina na Pentescostes. A primeira contagem realizada pelo povo judeu ocorreu na saída do Egito, sendo motivada pela forte ansiedade com que esperavam para receber a Tora, daí a diferença entre nosso calendário com o Judaico*.

Pentecostes (Shavuot): são sete semanas a contar depois do primeiro dia de páscoa, que, atualmente, comemora-se a entrega da Torá aos judeus no Sinai. Representam historicamente o dia em que os judeus levavam ao templo os primeiros frutos da colheita (bikurim), como oferenda, em sete espécies: trigo, cevada, vinha, oliva, figo, tâmara, romã.

No Catolicismo, a páscoa é uma das suas festas mais importantes, o que se comprova pela obrigatoriedade de seu maior sacramento somente na época de páscoa, a eucaristia, que a cerimônia de consagração da hóstia e do vinho durante a missa, após a qual é dada a comunhão: os cristãos católicos recebem a hóstia molhada ao vinho, simbolizando a sagrada ceia e a transmutação do Corpus Christi. Considera-se que a comunhão fortalece o cristão na fé e o aproxima de Deus, protegendo-o do mal.

A páscoa acontece durante a festa da Semana Santa, que começa na segunda-feira. Entre os principais acontecimentos há a Via Sacra, celebração que rememora os principais acontecimentos da vida de Jesus na terra, atualmente, em 15 etapas, estampadas em pinturas ou esculturas. Entre elas, na 5ª feira, a celebração da Eucaristia com os doze apóstolos, quando também acontece o chamado Lava-Pés, em que Jesus, dando exemplo de humildade e paciência para com as suas ovelhas, dá a diretriz de como os líderes da sua igreja devem se portar com os cristãos; na Sexta-Feira da Paixão, há a rememória da morte de Jesus na cruz, o que deve despertar no cristão o agradecimento por esse grande gesto de amor; no Sábado Aleluia, acende-se o Círio Pascal, uma grande vela que simboliza a luz de Cristo, que ilumina o mundo material e espiritual, possibilitando voltasse do reino da morte ou Hades, e ressuscitasse, trazendo, ao mundo, uma nova esperança e renovada na fé cristã, o que acontece no Domingo de Páscoa ou da Ressurreição, simbolizando a vitória da vida sobre a morte. Durante toda a Semana Santa, procura-se a conscientização do sacrifício da paixão e morte de Cristo, e, como sinal de gratidão, que se faça uma síntese de sua própria vida, onde cada cristão deve se reavaliar.

Assim, o ovo de páscoa simboliza uma mescla da tradição cultural das duas religiões: do Judaísmo, a fartura e o crescimento da população; do Catolicismo, o surgimento de uma nova vida, ressuscitada na fé e no amor em Cristo e no Pai, que é Deus, e na caridade para com as outras pessoas.

* O calendário romano que é adotado no Brasil tem como início de contagem a partir do nascimento de Cristo. Antes do evento do Cristianismo, o calendário romano contava o tempo a partir da fundação da cidade de Roma.

CRUZ, Ana da. Simbologia Pascoal (Trechos da pesquisa que venho realizando há nove anos sobre as religiões, conteúdo do meu próximo livro, que tenta contemplar a variedade religiosa do povo brasileiro). Mural dos Escritores. URL: http://muraldosescritores.ning.com/profile/blogs/simbologia-pascoal Publicada em

Ana da Cruz

A Páscoa vai muito mais além do ovo de chocolate ou coelho e tal. Páscoa é simplesmente pra nos lembrar do que Deus foi capaz de fazer por amor a nossas vidas, mesmo sem nós merecermos.

Deusdethe Juan

Páscoa,

Tempo de morrer e renascer pessoa nova. É tempo para deixar morrer em nós tudo aquilo que não mais nos cabe, tudo aquilo que nos impede de ser melhor, de fazer o melhor.

Páscoa, tempo de amor, de provar o amor, de viver o amor e mais ainda entender a entrega que o amor nos pede. É tempo de renascer, contabilizar nossos fracassos e frustrações, tirar o pó da nossa fé, mudar atitudes e renascer, deixar as coisas boas, o melhor de nós não para amanhã, para hoje, para sempre.

Melhor que dar e ganhar chocolates é dar e ganhar e ganhar o maior significado desta data, o amor puro, sincero, verdadeiro, intenso ao ponto de por amor se deixar abrir as chagas, se deixar sangrar e doer por amar e ser forte para entender que isso vale a pena, que isso é grandeza de alma e que por amor não se morre, se renasce.

Feliz Páscoa.

Roger Stankewski

Já eram meados de março, o coelhinho da páscoa passeava pela cidade. Kaô estava em cima de um Ipê branco, quando acidentalmente deixou seu boné cair no chão. Ele desce e pega o cachorro no seu colo, pois sabe que àquela altura seu pai não ficaria feliz caso aparecesse em casa sem seu chinelo. Ventos alísios do sul sopravam para oeste, e Gunther corria afobado. Quais seriam seus verdadeiros sonhos?

Barossi Porto Ortins

FELIZ PÁSCOA!
Muitos Coelhinho a te trazer chocolate!
Papai Noel me disse certa vez que esse tal de coelho da páscoa não existe, mas eu acredito que exista, o bom velhinho talvez esteja com ciúmes porquê as pessoas preferem ganhar chocolates. Não precisa esperar a meia noite e nem descobrir o que tem nas meias penduradas na Arvore ou aos pés da mesma que ele deixou. Ou será que Ele se veste de Coelhinho da páscoa neste dia. Aiaiaiaiai, será que Papai Noel e Coelhinho da Páscoa são a mesma pessoa? Como um Velho gordo pode entrar pela chaminé e sair com a sua roupa pesada limpinha e vermelinha? Um coelho vestido de Papai Noel não faria isso com facilidade? Ainda mais no brasil, onde não existe muitas chaminés! Em todo o caso, mesmo com todas essas dúvidas lúdicas, Te desejo uma FELIZ PÁSCOA, onde todos os seus significados representem sucesso em sua vida!!!!

Márcio Antônio

CANTO DE PÁSCOA - A RENOVAÇÃO


É tempo do despertar da consciência.
Tempo de renascimento e renovação.
Lancemos, pois, por toda a terra
E em nosso ser interior,
Sementes diáfanas de amor.

E que esta terra e este ser
Sejam previamente tratados,
Conscientemente arados,
Humanamente ceifados,
Realisticamente adubados,

Tendo como componentes
A amizade, a doação, a fraternidade
E que ao germinarem,
Possamos colher os frutos
Da Paz, da Esperança, da Verdade

E da União Universal!

Siomara Reis Teixeira

Outra Páscoa...

Meu Deus...
Jesus, Cristo.
Eu, insisto...

Francismar Prestes Leal

Interesseiro...

Chocolate traz felicidade.
Acho que vou me associar
Ao coelhinho da Páscoa...

Francismar Prestes Leal

É Páscoa, a Páscoa do Senhor
Não figura, não história
Não sombra, mas a verdadeira
Páscoa do Senhor
Verdadeiramente, ó Jesus
Livrastes-nos da grande ruína
E nos estendestes as paternas mãos.

Santo Hipólito de Roma

Páscoa do Senhor, Páscoa da vida,
sonho realizado na fidelidade
e no amor.

Este é o dia de Cristo, o Senhor!

O anúncio pascal, hoje, ressoa vibrante:
O Senhor ressuscitou, venceu a morte
e vive para sempre!

Nasce imortal, a humanidade nova!

Com as santas mulheres,
vamos ao túmulo vazio
e nos tornemos
testemunhas
da ressurreição.

Família Passionista no Brasil.

A pascoa é injusta, a galinha bota o ovo e o coelho que leva a fama.

Leandro Alves Santos

Receba nesta Páscoa,
Ovos de alegria,
Chocolates de harmonia,
Bombons de paz,
Pirulitos de amor,
Balas de felicidade
E uma doce saúde.
Meus votos de uma Feliz Páscoa!

Rose Christofari

"Quaresma; de quarta-feira de cinzas a domingo de pascoal,
ovos de páscoa você pode ganhar, mais cuidado… você poderá engordar"!

E. Didier

Viver a Páscoa, é ir além dos ovos de chocolates. Chocolate é bom, mas Páscoa é muito melhor, é algo que deveríamos ter por exercício diário, tirando das nossas vidas tudo que não nos serviu, ou tudo que por atitudes nossas também acabam por não servir a ninguém. Páscoa é renascimento, ressurreição... Vamos adotar o melhor da páscoa e trazer para as nossas vidas, renascendo a cada dia, renascendo a cada desafio e a cada oportunidade que recebemos de fazer de nós, melhores seres humanos, e o melhor disso tudo, sendo bons para com o próximo e por consequência, melhor ainda para nós mesmos. Vamos nos libertar de tudo o que é velho e antigo e olhar pra frente com coragem, vamos nos libertar do mal que nos corrompe. Vamos reconhecer que precisamos das pessoas, e para a nossa própria sobrevivência. Nada, além de pessoas, nos mantém felizes. É bem verdade que a felicidade habita em nós e que somos os únicos responsáveis por fazê-la brotar em nossas vidas, assim como somente pessoas podem mantê-la. Amar o próximo, é amar a si mesmo.

Quanto ao ovo de chocolate, nos lembra que ser doce, nos torna desejados.

Felipe Caxeiro

O Real Significado da Páscoa

Antes de despejar suas pragas sobre o Egito, quando o Senhor enviou Moisés a faraó no princípio, Ele mandou que lhe fosse dito que caso não deixasse ir o seu filho (Israel) para que O servisse, Ele mataria o filho primogênito de faraó (4.23), mas como isto não sucedeu imediatamente, é bem provável que tenha sido este um dos motivos do endurecimento de faraó, no entanto o Senhor havia deixado este juízo, em Sua misericórdia, para o final.
Se faraó Lhe obedecesse antes, certamente seria evitada toda aquela mortandade de primogênitos no Egito, mas o Senhor conhecia o coração endurecido daquele homem, e sabia que ele não obedeceria e não se humilharia a não ser por um juízo forte como este, que o levasse a temer pela própria vida.
Afinal, não era fruto do acaso que morressem somente os primogênitos tanto de pessoas quanto de animais, naquela noite terrível, e nem mesmo um só cão dos israelitas sequer rosnou.
A matança das crianças israelitas por faraó receberia a justa retribuição da parte de Deus, que mataria não os filhos mais moços, mas exatamente os mais velhos, a saber, os primogênitos do Egito.
O capítulo décimo primeiro de Êxodo é uma espécie de introdução e anúncio daquilo que está descrito no capítulo seguinte.
É bem possível que muitos daqueles israelitas que foram livrados da morte dos primogênitos, quando o destruidor passou pela terra do Egito à meia-noite, porque estavam no interior das casas onde o sangue do sacrifício de animais havia sido passado nas vergas e umbrais das portas, tenham se perdido eternamente, por não terem sido justificados pela fé, no entanto, nenhum dos aliançados com Deus, por estarem debaixo da cobertura do sangue de Cristo, jamais se perderá eternamente, pois a promessa do Senhor é de que todo aquele que participa do Seu sangue, tem a vida eterna.
Assim, aquela libertação do cativeiro egípcio, apesar de ter sido uma realidade histórica, configurou uma figura, uma ilustração daquela grande e eterna libertação que é somente pela cobertura do sangue de Jesus, na vida daqueles que se colocam voluntariamente debaixo de tal cobertura.
É por isso que imediatamente antes da saída do Egito, foi ordenado que todas as famílias dos israelitas consumissem o cordeiro pascal, e as características daquele cordeiro, que deveria ser sem mancha e defeito; que não poderia ter nenhum de seus ossos quebrados; que deveria ser consumido inteiramente, e cujo sangue deveria ser passado nas portas para ser visto pelo destruidor, que ao ver o sangue se desviaria e não destruiria a ninguém que estivesse debaixo daquela cobertura, é uma figura perfeita de Jesus como o Cordeiro pascal que nos faz passar da escravidão ao pecado para a liberdade da santidade de Deus.
A palavra páscoa no hebraico significa passagem. Indicando que houve uma passagem do destruidor pelas casas marcadas com o sangue do cordeiro, mas o destruidor teve que pular aquelas casas porque estavam com a cobertura do sangue.
E é exatamente pelo mesmo motivo que os crentes não são destruídos, pois estão sob a cobertura do precioso sangue de Jesus.
E é importante destacar que o motivo da morte dos primogênitos egípcios seria exatamente a falta de cobertura deste sangue, e da participação da páscoa, isto é, de se alimentarem do cordeiro que foi morto para que os primogênitos israelitas não fossem mortos.
Isto é portanto indicativo de que aqueles que não estiverem debaixo da cobertura do sangue de Jesus, perecerão, porque não há outra forma de se escapar da condenação eterna.
Para marcar que é muito importante para Ele a libertação do seu povo do cativeiro, Deus determinou que o dia da saída do Egito seria o primeiro dia do ano dos hebreus, e aquele mês passaria a ser o primeiro mês deles, que foi chamado de Abibe e corresponde aos nossos meses de março/abril.
Desta forma, seriam celebrados dois eventos a um só tempo, todos os anos, em Israel, o primeiro relativo àquele fato histórico da saída do cativeiro egípcio com Moisés, e o segundo à libertação do cativeiro do pecado com Jesus, do qual aquele primeiro era apenas uma figura.
Certamente, os israelitas não tinham o segundo evento em perspectiva, mas sabemos que era principalmente este que estava em perspectiva nos propósitos de Deus, tanto que a morte de Jesus aconteceu exatamente no dia da celebração da páscoa dos judeus.
A eficácia da salvação e do livramento da morte está portanto no Cordeiro e no sangue do Cordeiro, e não em qualquer coisa ou obras daqueles que são salvos.
É por isso que a Páscoa deveria ser celebrada em todas as gerações futuras de Israel, e especialmente as crianças deveriam ser ensinadas sobre o significado daquela celebração.
Por ela saberiam que o Senhor fez distinção entre o Seu povo e os egípcios, tendo libertado os israelitas da morte, por causa do cordeiro e do seu sangue, quando o destruidor passou à meia-noite e matou todos os primogênitos deles, quer de homens quer de animais.
E a Páscoa ensinava de modo tão claro e distinto que era uma festa para ser celebrada para os que estão aliançados com Deus, pois o livramento que lhes deu no Egito havia sido por causa desta aliança, que todo estrangeiro que desejasse participar dela teria antes que se naturalizar israelita, submetendo-se à circuncisão.
Do mesmo modo só podem participar da vida do Cordeiro aqueles que estão aliançados com Deus pela fé nEle.
E se alguém ainda não está aliançado, terá que se arrepender e crer, de modo que, pela conversão, possa participar efetivamente de Cristo, nosso Cordeiro pascal, pela circuncisão do seu coração, ou seja pelo despojamento da vida carnal.
O anjo destruidor havia passado, pulado (páscoa) as casas dos israelitas e não matou os seus primogênitos.
Assim também por causa de Cristo, que é nossa páscoa, a morte eterna tem que passar ao largo de nós, e não pode nos destruir, porque estamos debaixo da cobertura do sangue do Cordeiro.
Quando ocorreu a morte dos primogênitos, faraó sofreu um duro golpe no seu reino e teve que libertar o povo de Deus.
De igual forma Satanás sofreu um duro golpe quando foi despojado por Cristo e exposto ao desprezo, de modo que não lhe restou e não lhe resta outra alternativa, senão a de libertar as almas que se encontram cativas por ele, quando elas correm para debaixo da cobertura do sangue de Jesus.
Jesus o amarra com o Seu poder e ele não pode fazer outra coisa senão libertar aqueles que se encontravam sujeitos à sua vontade.
E assim como o reino de faraó foi subjugado e humilhado por Deus, de igual modo o reino de Satanás foi também subjugado e humilhado.
E os egípcios foram despojados pelos israelitas, não por força, mas tiveram que lhes dar voluntariamente tudo o que de fato lhes pertencia, porque foram por anos seguidos explorados por eles, sem receberem qualquer reconhecimento ou salário.
Deus estava portanto obrigando os inimigos de Seu povo a lhe restituírem de volta o que lhes pertencia de direito.
A paz, a comunhão, o amor, bens e tudo o mais que os homens deveriam ter com Deus, e que Satanás lhes roubou, induzindo o primeiro casal ao pecado, exercendo domínio por usurpação e não por direito legal, têm que ser devolvidos a eles, ainda que não haja nenhuma paz, amor e bens verdadeiros e duradouros na posse do diabo, mas é principalmente ele quem impede que os homens entrem na posse de tais coisas, por mantê-los aprisionados às correntes do pecado.
Porém, quando são libertados por Cristo, o diabo é despojado da sua influência e poder sobre eles, e são assim transportados das trevas para a luz e do poder do inimigo para Deus.
Quatrocentos e trinta anos haviam se passado, conforme a promessa que o Senhor havia feito a Abraão, e agora, depois de passados tantos anos, a promessa estava tendo cumprimento cabal, e assim sucede com todas as promessas do Senhor, elas não são demoradas, apenas são cumpridas no tempo por Ele determinado, e a nós compete apenas reconhecer e aceitar o tempo de Deus, enquanto aguardamos com paciência e esperança pela Sua fidelidade em cumprir tudo o que tem prometido.
Deste modo, podemos esperar com confiança a ressurreição do corpo, o arrebatamento da igreja, o governo com Cristo na terra no milênio, a habitação das muitas moradas do céu, o aperfeiçoamento em glória, a libertação de toda forma de pecado, e o melhor de tudo, poder contemplar a face amada do Senhor na glória celestial.

Baseado em Êxodo 11 e 12

Silvio Dutra

Não é só Papai Noel e coelhinho da Páscoa que não existem.
Derrepente e concerteza também não.

Rannikelly Gonçalves

Criaram Papai Noel Para O Mundo Esquecer Que Jesus Nasceu;
Inventaram O Ovo da Páscoa Para Que As Pessoas Esquecessem Que Jesus Morreu Para Nos Dar A Vida Eterna..

Débora Henrique

Páscoa para os ateus é gula; para os religiosos, ambição.

Johnny Kwergiu