Infinito

Cerca de 1784 frases e pensamentos: Infinito

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...

Álvaro de Campos

Tão correto e tão bonito, o infinito é realmente um dos deuses mais lindos.

Renato Russo

A imaginação é parente do infinito.

Baudelaire

Hoje eu acordei com medo
Mas não chorei, nem reclamei abrigo
Do escuro, eu via o infinito
Sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim
E que não tem fim

Cazuza

A fraqueza da mente esconde o infinito de nós.

Jim Morrison

Que é isto que aperta meu peito?
Minha alma quer sair para o infinito ou a alma do mundo quer entrar em meu coração?

Tagore

A liberdade do outro estende a minha ao infinito

Bakunin

Nossa capacidade de amar é limitada, e o amor infinito; este é o drama.

Carlos Drummond de Andrade

Se o amor cabe numa só flor, então é infinito.

Antonio Porchia

Ao infinito e além!

(filme Toy Story)

Buzz Lightyear

Acreditar em si mesmo leva a um destino infinito.
Acreditar que falhou é o fim da sua jornada.

Sarah Meredith

O céu, que é perfeito,
andou jogando em seus olhos
o dom do infinito.

Humberto del Maestro

Tudo é relativo, salvo o infinito.

Duque de Lévis

Mar infinito
três vezes bendito
traz meu filho...

Eugénia Tabosa

sobre a mesa posta
o olhar do peixe descansa
fitando o infinito

Zemaria Pinto

Os velhacos têm por admiradores todos os tolos, cujo número é infinito.

Marquês de Maricá

Eu acho que Deus é uma projeção humana, é um desejo infinito que nós temos de adoração, e de algo que nos suspende com o sentido absoluto.

Adélia Prado

A gente tem sede de infinito e de permanência, então, esse ser que assegura a permanência das coisas, é que eu chamo de Deus. É o absoluto.

Adélia Prado

Cada doença pertence a um doente.
Cada doente tem uma mente.
Cada mente é um universo infinito.

do livro "O Vendedor de Sonhos"

Augusto Cury

Atravessa esta paisagem o meu sonho dum porto infinito
E a cor das flores é transparente de as velas de grandes navios
Que largam do cais arrastando nas águas por sombra
Os vultos ao sol daquelas árvores antigas…
O porto que sonho é sombrio e pálido
E esta paisagem é cheia de sol deste lado…
Mas no meu espírito o sol deste dia é porto sombrio
E os navios que saem do porto são estas árvores ao sol…
Liberto em duplo, abandonei-me da paisagem abaixo…
O vulto do cais é a estrada nítida e calma
Que se levanta e se ergue como um muro,
E os navios passam por dentro dos troncos das árvores
Com uma horizontalidade vertical,
E deixam cair amarras na água pelas folhas uma a uma dentro…
Não sei quem me sonho…
Súbito toda a água do mar do porto é transparente
E vejo no fundo, como uma estampa enorme que lá estivesse
desdobrada,
Esta paisagem toda, renque de árvore, estrada a arder em aquele
porto,
E a sombra duma nau mais antiga que o porto que passa
Entre o meu sonho do porto e o meu ver esta paisagem
E chega ao pé de mim, e entra por mim dentro,
E passa para o outro lado da minha alma…

Fernando Pessoa